Ignorância

anjinho pendurando as asas

“Quando sentimos raiva, apego, aversão, ciúmes, inveja ou qualquer outro sentimento negativo já podemos partir logo do pressuposto de que é ignorância. Estamos com a mente autocentrada e focada num detalhe apenas.

Respiramos, tomamos um distanciamento do pensamento ou ato que nos causou esses sentimentos e analisamo-nos, vendo as coisas de um panorama mais amplo, e logo rejeitamos tais pensamentos/sentimentos. Não por serem maus, mas por serem estúpidos.
Quando uma pessoa está consciente a raiva, aos poucos, desaparece. Torna-se simplesmente estúpida. Não má. Não é pelo fato de ser má que tu deixarás de permanecer tomado por ela, mas sim porque será uma tolice. Não um pecado, mas simplesmente uma estupidez. A avidez desaparece, ela é estúpida. O ciúme desaparece, ele é estúpido.
Não existe escuridão, apenas ignorância.”

Buda

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s