Amores Impossíveis

 

A imagem pode conter: atividades ao ar livre, natureza e uma ou mais pessoas

“É difícil abandonar o padrão de se sentir atraído por amores impossíveis.
Esse padrão nasce muitas vezes de nossa tendência infantil em tentar obter o amor de uma pedra (pais negligentes/distantes).
É como se só conseguíssemos confiar em quem é emocionalmente indisponível, porque eles refletem para nós o que passamos a acreditar sobre nós mesmos: que somos indignos de amor.
Criamos, então, essa estranha ilusão de que, se pudermos conquistar quem é inacessível para amar, teremos enfim o amor de nossos pais.
A abordagem mais óbvia – que compartilhamos o amor com alguém que realmente pode dá-lo – muitas vezes se perde no embaralhamento kármico.
Este padrão não é fácil de quebrar, mas precisamos romper-lo se quisermos finalmente nos render ao amor que merecemos.”

___ Jeff Brown

Fotografia: Brooke Shaden

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s