Não vejo a hora

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, oceano, água e natureza

Não vejo a hora de chegar o dia em que as nossas relações não se baseiem em ilusões, mas em um profundo reconhecimento da autenticidade de cada um. Tem sido tão confuso para todos nós, tentar nos equilibrar na linha tênue entre nossas necessidades de segurança e vulnerabilidade. Um dia, as perversões da polaridade vão desabar e nós vamos chegar a um equilíbrio sagrado entre todas as formas saudáveis de ser. As mulheres vão se sentir seguras para afirmar a sua voz e encarnar sua totalidade e os homens se sentirão igualmente seguros para se desarmar e falar da sua vulnerabilidade. Nos rios da essência, tudo flui na mesma direção, em direção ao mar da totalidade.

___ Jeff Brown

Fotografia: Felicia Simion

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s