Os Sete Estágios da Cura

A ESPIRAL DA VIDA E SEUS CICLOS CURATIVOS

Todos nós em nosso processo curativo passamos por diferentes fases. Essas fases são partes normais e integrantes no processo de transformação humana. A cura requer modificações não apenas físicas mas também mentais, emocionais e espirituais. Cada pessoa precisa reavaliar o seu relacionamento com as questões envolvidas num processo pessoal de cura, e redefini-las dentro de um novo contexto em sua realidade.

espiral-da-vida

Em primeiro lugar, devemos admitir que há um problema conosco e que somos responsáveis por tudo que criamos (nossos pensamentos, sentimentos, emoções e ações). É necessário deixar de lado a negação e abrir espaço para a aceitação, tomando consciência de um outro aspecto do problema que está em sua frente.

A cura, como terapia, é um processo cíclico que conduz a pessoa por uma espiral de aprendizado. Cada ciclo requer mais auto-aceitação e mais mudanças, à medida que vamos penetrando cada vez mais fundo na autêntica natureza de nosso verdadeiro ser. O ponto até onde vamos e a profundidade em que penetramos depende exclusivamente da escolhe que fazemos. O modo como cada um de nós faz sua viagem pela espiral, e o tipo de guia que usamos também é determinado pela nossa livre escolha, o nosso livre arbítrio. Assim, o caminho é diferente para cada um de nós.

OS SETE ESTÁGIOS DA CURA

O PRIMEIRO ESTÁGIO: A NEGAÇÃO

A  necessidade de negação existe para todo mundo numa ou noutra ocasião. Todos tentamos ou fingimos estar livres das experiências mais difíceis da vida. Usamos a negação para continuar com esse fingimento porque temos medo. Achamos que não poderemos lidar com alguma coisa ou, simplesmente, não queremos fazê-lo.

O SEGUNDO ESTÁGIO: A REVOLTA

Ao passar pelo processo de cura, vai chegar um momento em que você não poderá mais se manter no estágio da negação. A essa altura, você provavelmente vai sentir raiva, fúria, inveja ou ressentimento. Você poderá dizer: “Por que eu?”, “Não escolhi isso para mim”, “Me nego e me mexer”. Como esse tipo de revolta é extravasado em todas as coisas, você provavelmente vai projetá-lo no seu ambiente quase que ao acaso. Amigos, familiares, curadores, médicos, doutrinas religiosas – ninguém será de nenhuma valia e todos estarão fazendo as coisas de um jeito errado.

redencao

O TERCEIRO ESTÁGIO: A NEGOCIAÇÃO

Como a revolta não lhe proporcionou aquilo que você queria, é provável que, de forma inconsciente, você tente entrar num acordo e fazer alguma coisa boa para obter aquilo que quer. A maioria das negociações é feito com o Divino ou Deus, e geralmente mantida em segredo ou quase, assim como dedicar a vida a Deus ou a uma causa especial. Por trás disso em geral há um sentimento de culpa. É muito importante aqui descobrir e se livrar dessa culpa porque ela apenas leva a mais negociação e, eventualmente, à depressão.

O QUARTO ESTÁGIO: A DEPRESSÃO

A depressão designa a sensação que experimentamos quando a nossa energia está muito baixa e perdemos a esperança de ter aquilo que queremos do jeito que queremos. Tentamos fingir que não nos importamos, embora a verdade seja diferente. Estamos tristes, mas não queremos expressar a tristeza. Entramos num estado de melancolia e não queremos agir na companhia dos outros. Depressão significa redução de sentimentos.

depressao

O QUINTO ESTÁGIO: A ACEITAÇÃO

Quando você tiver tempo e energia suficientes, e se concentrar para avaliar os  quatro estágios anteriores, você entrará num estágio em que não vai estar deprimido nem revoltado com a sua situação. Você será capaz de expressar os seus sentimentos anteriores, a sua inveja da saúde e da alegria dos outros e a sua raiva em relação àqueles que não têm de enfrentar os mesmos problemas que os seus.

O SEXTO ESTÁGIO: O RENASCIMENTO – Um Momento para a Nova Luz Aflorar

A aceitação e a cura levam ao renascimento, um momento para se encontrar consigo mesmo de uma nova maneira. Você vai ficar contente e surpreso com o que vai encontrar aí. Nesse estágio, você precisa ficar sozinho e tranquilo durante muito tempo para conhecer a si mesmo. Não se esqueça de reservar esse tempo para você. Talvez você deva fazer um retiro silencioso, ou ir pescar por alguns dias. Você talvez precise de algumas semanas, ou até mesmo alguns meses para você.

mudancas

O SÉTIMO ESTÁGIO DA CURA: A CRIAÇÃO DE UMA NOVA VIDA

Todas as situações vividas por você serão afetadas à medida que você avançar novamente rumo à saúde. Surgem para você muitas possibilidades de mudanças ou oportunidades pelas quais você ansiava, mas que estavam bloqueadas ou, aparentemente, fora de seu alcance. Você vive mais honestamente consigo mesmo e aprende a aceitar mais a si mesmo, o que, antes você era incapaz de fazer. Você descobre dentro de si mais humildade, fé, verdade interior e amor próprio. Essas modificações interiores conduzem-no automaticamente a mudanças exteriores. Elas surgem a partir da sua força criativa, e se espalham holograficamente na sua vida. Você faz novos amigos. Você muda de profissão ou desenvolve uma nova maneira de encarar o seu trabalho. Você pode até mesmo mudar para uma nova casa. Todas as mudanças são muito comuns após a cura.

cura

Fonte: BRENNAN, Barbara Ann; Luz emergente: a jornada da cura pessoal – São Paulo: Cultrix, 2006.

http://www.seressencia.net/os-sete-estagios-da-cura/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s