Espiritualidade fofinha e macia

Nenhum texto alternativo automático disponível.

“Eu não sei de onde tiramos a ideia de que a espiritualidade deve ser fofinha e macia e jamais incluir a raiva.

Isto parece uma perversão da verdadeira espiritualidade para mim, mais uma receita para a repressão, negação e destruição.

Isso não quer dizer que toda a raiva é boa, minha espiritualidade não inclui raivas insalubres, ataques a inocentes, julgamentos arbitrários, agressão passiva. Mas incluo a raiva saudável, raiva justificada, raiva transformacional, ativismo espiritual. Na verdade, tenho certeza de que não vamos criar o mundo de divinas possibilidades que muitos espiritualistas buscam, a menos que fiquemos com raiva das injustiças que muitos de nós enfrentamos.

Há conflitos desnecessários, e há conflitos saudáveis.

A distinção reside em suas intenções.

É hora de elevar a raiva saudável para a esfera da aceitabilidade dentro da comunidade espiritual. Se você acha que um modelo de consciência está trazendo dano à humanidade, fique com raiva. Se você acha que um guru está abusando de sua autoridade, fique zangado com isso. Se você sentir que o materialismo espiritual está fora de controle, fique com raiva disso.

A expressão reprimida não é nada evoluída.

_____Jeff Brown

Fotografia: Christian Hopkins

· 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s