Atenção! Este conteúdo pode salvar a sua vida: 12 comportamentos de pessoas tóxicas

 

Todos nós já fomos respingados pelo veneno de pessoas tóxicas. Muitas vezes foi mais como um afogamento. Pessoas difíceis são atraídas por pessoas racionais, e todos nós já tivemos (ou temos) pelo menos uma pessoa nas nossas vidas que nos faz ceder em inúmeras tentativas para agradá-la – pra no final das contas, não conseguirmos.

As suas sutis mentiras e a forma com que elas soltam a clássica resposta ‘não são eles, são eu’. Elas conseguem fazer com que você questiona sua ‘reação exagerada’, sua ‘sensibilidade exacerbada’, sua ‘tendência de interpretar as coisas de forma errada’. Se é você que é continuamente ferido, ou quem está continuamente ajustando seu comportamento para evitar ser ferido, há grandes chances de que o problema não é você, e sim o outro.

Ser capaz de perceber seu comportamento nocivo é o primeiro passo para minimizar os impactos. Você pode não ser capaz de mudar o que essas pessoas fazem, mas você pode mudar a forma que você recebe isso.

Há uma variedade de coisas que pessoas tóxicas fazem para manipular pessoas e situações em sua vantagem. Temos aqui doze delas. Conhecê-las vai ajuda-lo a não cair na influência dessas pessoas.

1- Elas vão fazer com que você adivinhe qual versão delas você está vendo.

Elas serão completamente amáveis em um dia, e no outro você ficará se perguntando o que fez para elas que elas estão magoadas. Muitas vezes não terá nada óbvio que justifique a mudança de atitude – você simplesmente sente que tem algo errado. Elas podem estar irritadas, tristes, frias ou nervosas, e quando você perguntar o que tem de errado, a resposta normalmente será ‘nada’ – mas elas te darão sinais suficientes de que tem algo sim. Pode ser um suspiro profundo, uma sobrancelha erguida, um ombro frio. Quando isso acontecer, você pode se pegar criando desculpas para elas ou fazendo de tudo para que elas se sintam felizes – tá vendo porque essa tática funciona pra essas pessoas?

Pare de tentar satisfazê-las. Pessoas tóxicas descobriram há muito tempo que pessoas decentes fazem de tudo por aqueles com quem se importam. Se suas tentativas de agradar não estão surtindo efeito, talvez seja hora de parar. Vá embora e volte quando o humor estiver mudado. Você não é responsável pelos sentimentos de ninguém. Se você desapercebidamente machucou alguém, pergunte, converse e peça desculpas se preciso. Do jeito que for, você não é obrigado a adivinhar.

2- Elas vão manipular.

Se você tem a sensação de que é o único contribuindo para o relacionamento, você provavelmente está certo. Pessoas tóxicas têm uma maneira de te induzir a pensar que você deve algo a elas. Elas também têm um jeito de tirar de você e te machucar, e então insistir dizendo que fizeram tudo por você. Isso é particularmente comum em locais de trabalho e relacionamentos onde não há equilíbrio de poder. ‘Eu achei que você agradeceria a oportunidade que eu estou te dando’, ou então ‘sexta-feira vou servir um jantar. Por que você não traz comida? Pra dez pessoas. Hora de mostrar seu talento!’.

Você não deve nada a ninguém. Se não parece ser um favor, é porque não é.

3- Elas não assumirão seus sentimentos.

Ao invés de assumir seus sentimentos, elas agirão como se eles fossem seus. Isso é chamado de projeção, como em projetando seus sentimentos e pensamentos em você. Por exemplo: alguém que está bravo mas não assumirá responsabilidade sobre isso e vai te acusar de estar bravo com ele. Pode ser tão sutil quanto um ‘eu te fiz alguma coisa?’ ou um pouco mais direto, como ‘por que você está bravo comigo?’ ou ‘você ficou de mau humor o dia inteiro’.

Você vai se justificar e se defender, e isso andará em círculos – porque o problema não é você. Seja muito claro naquilo que é seu e naquilo que é do outro. Se você sentir que está se defendendo muitas vezes de acusações e questões que não fazem sentido, pode ser que o outro esteja se projetando em você. Você não tem que se explicar, se justificar e se defender de acusações mal colocadas. Lembre-se disso.

4- Elas farão com que você se prove pra elas

Elas regularmente te colocarão numa posição onde você precisa escolher entre elas ou alguma coisa – e você se sentirá obrigado a escolhê-las. Pessoas tóxicas esperarão até que você tenha um compromisso, e então começarão o drama. ‘Se você realmente se importasse comigo, você não iria para aula e ficaria comigo’. O problema aqui é que o suficiente nunca será suficiente. Poucas coisas são fatais – a não ser que seja vida ou morte, pode esperar.

5- Elas nunca se desculpam.

Elas mentirão antes mesmo de se desculparem, então não tem motivo para discutir. Elas distorcerão a história, mudarão o jeito que as coisas aconteceram e contaram tudo de maneira tão efetiva que elas mesmas acreditarão nos seus absurdos.

Pessoas não precisam se desculpar para estarem erradas. E você não precisa de um pedido de desculpas para seguir em frente. Simplesmente siga em frente – sem elas. Não ceda à mentira, mas não continue com a discussão. Não tem necessidade. Algumas pessoas têm mais vontade de estarem certas do que felizes, e você tem mais coisas para fazer do que fomentar a necessidade delas.

6- Elas estarão lá na crise, mas nunca compartilharão da sua alegria.

Elas arranjarão desculpas pra que suas novidades nunca sejam grandes novidades. As clássicas, sobre a promoção: ‘o salário nem é tão bom em vista do tanto de trabalho que você vai ter’. Sobre o feriado na praia: ‘nossa, vai estar muito calor. Certeza que você quer ir?’. Sobre se tornas rainha do universo todo: ‘ah, o universo nem é tão grande assim, e eu aposto que você nem vai ter pausa para o lanche’. Pegou a ideia? Não deixe que elas te puxem pra baixo e te reduzam ao tamanho delas. De qualquer forma, você não precisa da aprovação delas – ou de ninguém mais.

7- Elas não vão terminar a conversa – e vão ficar offline.

Elas não vão atender ao telefone. Não vão responder mensagens ou e-mails. E entre uma mensagem e outra na caixa postal, você se pega pensando na conversa e/ou briga, imaginando qual o status do relacionamento, ou o que você fez que magoou a outra pessoa, ou se ela está viva, ou morreu, ou se está simplesmente te ignorando. Às vezes você pensa em tudo isso ao mesmo tempo. Pessoas que se importam com você não vão te deixar se sentindo como um lixo sem pelo menos tentar resolver o problema. Isso não significa que tudo irá se resolver, mas pelo menos elas irão tentar. Receba como um sinal do investimento delas no relacionamento se elas te deixam no vácuo.

8- Elas usarão palavras não-tóxicas com um tom tóxico.

A mensagem pode ser inocente o suficiente, mas o tom entrega muito mais. Algo como ‘o que você fez hoje?’ pode ter vários significados, dependendo da forma que é dito. Pode ser algo entre ‘aposto que não fez nada, como sempre’ e ‘tenho certeza que foi melhor que o meu dia, porque o meu foi terrível, péssimo, e você nem reparou o suficiente para perguntar’. Quando você perguntar do tom, elas responderão com um ‘eu só perguntei como foi seu dia’, o que é verdade, mais ou menos, só que não.

9- Elas trarão detalhes irrelevantes à conversa.

Quando você estiver tentando resolver algo importante pra você, pessoas tóxicas vão trazer um detalhe irrelevante de cinco brigas atrás. O problema disso é que, quando você perceber, estará discutindo sobre algo que fez seis meses atrás, ainda se defendendo, ao invés de lidar com o problema do presente. De alguma forma, sempre acaba sendo sobre algo que você fez à pessoa.

10- Elas farão girar em torno de como você fala, ao invés de ser sobre o que você fala.

Você pode estar tentando resolver um assunto ou esclarecer algo e, antes mesmo que você perceba, a conversa mudou do assunto que te interessa para a maneira que você o trouxe a tona – independentemente de ter ou não algum problema com seu jeito de falar. Você se pegará defendendo seu tom, seus gestos, sua escolha de palavras ou até a forma que sua barriga mexe quando respira – não precisa nem fazer sentido. Enquanto isso, seu assunto importante foi para a pilha de coisas não resolvidas que parece crescer a cada dia que passa.

11- Elas exageram.

‘Você sempre…’, ‘você nunca…’. É difícil se defender desse tipo de manipulação. Pessoas tóxicas sempre usam aquela única vez que você fez/não fez algo para ilustrar uma deficiência sua. Não caia nessa. Você não vai ganhar essa briga, e nem precisa.

12- Elas julgam.

Todos nós erramos de vez em quando, e pessoas tóxicas vão fazer questão de nos mostrar nossos erros. Elas julgarão e tentarão diminuir nossa autoestima sugerindo que somos menos porque cometemos um erro. Todos tem o direito de errar de vez em quando, e a não ser que seja algo com efeitos graves, ninguém tem o direito de se pôr na posição de juiz.

Conhecer as principais jogadas de pessoas tóxicas vai melhorar seu radar, tornando as manipulações fáceis de reconhecer e identificar. Mais importante, se você conhece as características de uma pessoa tóxica, você terá uma chance melhor se sair fora antes de se envolver tentando agradá-la.

Algumas pessoas não podem ser agradadas e algumas pessoas não te farão bem – e muitas vezes isso não tem nada a ver com você. Você sempre pode dizer não às loucuras desnecessárias.

Seja autoconfiante e dono das suas culpas, da sua personalidade e daquilo que te faz brilhar. Você não precisa da aprovação de ninguém, mas lembre-se de que se alguém está fazendo muito esforço para manipular, é porque precisa da sua aprovação. Você nem sempre precisa dá-la, mas se decidir por isso, não deixe o custo ser muito alto.

Tradução e adaptação:Equipe Revista Bem Mais Mulher – Mariana Silva

http://www.bemmaismulher.com/pessoas-toxicas-12-coisas-que-elas-fazem-e-como-lidar-com-elas/

Anúncios

Idéias

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Conflitos sem raiva
“A paz interior se expressa externamente e afeta a todos ao nosso redor.
Se estivermos tomados pela fúria, não poderemos ajudar.
A energia da raiva permeia tudo, como um cheiro pútrido.
Sua influência vai além da vítima, da testemunha e do agressor.
A raiva nos deixa rígidos, apegados demais ao nosso ponto de vista e nos faz perder as qualidades de pacificadores.
É necessário oferecer a todos o benefício de uma compreensão mais profunda, um modelo de amor e compaixão. Assim, seremos capazes de protegê-los.”
~ Chagdud Tulku Rinpoche (Tibete, 1930 – Brasil, 2002)

……………………………………..

Certamente você se torna a coisa com que luta.
Se estou com raiva e você me encontra com raiva, qual é o resultado? Mais raiva. Você se tornou aquilo que eu sou.
Se eu sou mau e você luta comigo com mal então você também se torna mau, conquanto correto possa sentir. (…)
Se uso métodos violentos para subjugar a raiva em mim mesmo então estou usando meios errados para um fim correto, e por isso o fim certo deixa de existir.(…)
Nós criamos o inimigo, o bandido, e nos tornarmos o inimigo de modo algum leva a um fim da animosidade. Temos que compreender a causa da animosidade e parar de alimentá-la com nosso pensamento, sentimento e ação.
Esta é uma tarefa árdua que exige constante conscientização e inteligente flexibilidade, pois o que somos a sociedade, o estado é.
O inimigo e o amigo são o resultado de nosso pensamento e ação.
Somos responsáveis por criar animosidade e assim é mais importante estar consciente de nosso próprio pensamento e ação do que estar preocupado com o adversário e o amigo, porque o pensamento correto põe fim à divisão.
O amor transcende o amigo e o inimigo.
~ Krishnamurti

………………………………………..

 

Atitudes que drenam energias

 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

ATITUDES QUE DRENAM ENERGIAS
1. Pensamentos obsessivos – Pensar gasta energia, e todos nós sabemos disso. Ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia inteiro de trabalho físico. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos – mal comum ao homem ocidental, torna-se escravo da mente e acaba gastando a energia que poderia ser convertida em atitudes concretas, além de alimentar ainda mais os conflitos.
Não basta estar atento ao volume de pensamentos, é preciso prestar atenção à qualidade deles. Pensamentos positivos, éticos e elevados podem recarregar as energias, enquanto o pessimismo consome energia e atrai mais negatividade para nossas vidas.

2. Sentimentos tóxicos – Choques emocionais e raiva intensa também esgotam as energias, assim como ressentimentos e mágoas nutridos durante anos seguidos.
Não é à toa que muitas pessoas ficam estagnadas e não são prósperas.
Isso acontece quando a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade é gasta na manutenção de sentimentos negativos.
Medo e culpa também gastam energia, e a ansiedade descompassa a vida. Por outro lado, os sentimentos positivos, como a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a auto-estima, a alegria e o bom-humor recarregam as energia e dão força para empreender nossos projetos e superar os obstáculos.

3. Maus hábitos, falta de cuidado com o corpo – Descanso, boa alimentação, hábitos saudáveis, exercícios físicos e o lazer são sempre colocados em segundo plano.
A rotina corrida e a competitividade fazem com que haja negligência em relação a aspectos básicos para a manutenção da saúde energética.

4. Fugir do presente – As energias são colocadas onde a atenção é focada. O homem tem a tendência de achar que no passado as coisas eram mais fáceis: “bons tempos aqueles!”, costumam dizer.
Tanto os saudosistas, que se apegam às lembranças do passado, quanto aqueles que não conseguem esquecer os traumas, colocam suas energias no passado.
Por outro lado, os sonhadores ou as pessoas que vivem esperando pelo futuro, depositando nele sua felicidade e realização, deixam pouca ou nenhuma energia no presente.
E é apenas no presente que podemos construir nossas vidas.

5. Falta de perdão – Perdoar significa soltar ressentimentos, mágoas e culpas. Libertar o que aconteceu e olhar para frente.
Quanto mais perdoamos, menos bagagem interior carregamos, gastando menos energia ao alimentar as feridas do passado.
Mais do que uma regra religiosa, o perdão é uma atitude inteligente daquele que busca viver bem e quer seus caminhos livres, abertos para a felicidade.
Quem não sabe perdoar os outros e si mesmo, fica ”energeticamente obeso”, carregando fardos passados.

6. Mentira pessoal – Todos mentem ao longo da vida, mas para sustentar as mentiras muita energia é gasta.
Somos educados para desempenhar papéis e não para sermos nós mesmos: a mocinha boazinha, o machão, a vítima, a mãe extremosa, o corajoso, o pai enérgico, o mártir e o intelectual.
Quando somos nós mesmos, a vida flui e tudo acontece com pouquíssimo esforço.

7. Viver a vida do outro – Ninguém vive só e, por meio dos relacionamentos interpessoais, evoluímos e nos realizamos, mas é preciso ter noção de limites e saber amadurecer também nossa individualidade.
Esse equilíbrio nos resguarda energeticamente e nos recarrega.
Quem cuida da vida do outro, sofrendo seus problemas e interferindo mais do que é recomendável, acaba não tendo energia para construir sua própria vida.
O único prêmio, nesse caso, é a frustração.

8. Bagunça e projetos inacabados – A bagunça afeta muito as pessoas, causando confusão mental e emocional. Um truque legal quando a vida anda confusa é arrumar a casa, os armários, gavetas, a bolsa e os documentos, além de fazer uma faxina no que está sujo.
À medida em que ordenamos e limpamos os objetos, também colocamos em ordem nossa mente e coração. Pode não resolver o problema, mas dá alívio.
Não terminar as tarefas é outro “escape” de energia.
Todas as vezes que você vê, por exemplo, aquele trabalho que não concluiu, ele lhe “diz” inconscientemente: “você não me terminou! Você não me terminou!” Isso gasta uma energia tremenda. Ou você a termina ou livre-se dela e assuma que não vai concluir o trabalho.
O importante é tomar uma atitude. O desenvolvimento do auto-conhecimento, da disciplina e da terminação farão com que você não invista em projetos que não serão concluídos e que apenas consumirão seu tempo e energia.

9. Afastamento da natureza – A natureza, nossa maior fonte de alimento energético, também nos limpa das energias estáticas e desarmoniosas.
O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados, vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energia.
A competitividade, o individualismo e o estresse das grandes cidades agravam esse quadro e favorecem o vampirismo energético, onde todos sugam e são sugados em suas energias vitais.
Desconheço o autor.

Perdão – Louise Hay

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé e texto

“Meus queridos,

O perdão é uma área difícil para tantas pessoas. Todos precisamos fazer o trabalho de perdão. Qualquer pessoa que tenha um problema de amar a si mesmo está presa nesta área. O perdão abre nossos corações ao amor próprio.

Muitos de nós trazem rancores por anos e anos. Sentimo-nos justos por causa do que eles nos fizeram. Eu chamo isso de estar preso na prisão de ressentimento auto-justo. Nós ficamos certos. Nunca chegamos a ser felizes.

Eu quase posso ouvir você dizendo: “Mas você não sabe o que fizeram comigo; É imperdoável. “Não ser disposto a perdoar é uma coisa terrível a se fazer.

A amargura é como engolir uma colher de chá de veneno todos os dias. Acumula e prejudica você. É impossível ser saudável e gratuito quando você se mantém ligado ao passado. O incidente é longo e acabou.

Sim, é verdade que eles não se comportaram bem. No entanto, acabou. Você pode sentir que se você perdoá-los, então você está dizendo que o que eles fizeram estava bem.

Uma das nossas maiores lições espirituais é entender que todos estão fazendo o melhor que podem em qualquer momento. As pessoas só podem fazer muito com a compreensão, consciência e conhecimento que eles têm. Invariavelmente, qualquer pessoa que maltrata alguém se maltratou como uma criança.

Quanto maior a violência, maior a sua própria dor interior e mais podem atacar. Isso não quer dizer que seu comportamento seja aceitável ou desculpável. No entanto, para o seu próprio crescimento espiritual, devemos estar conscientes da sua dor.

O incidente acabou. Talvez por muito tempo. Deixe ir. Permita-se ser livre. Saia da prisão e entre na luz do sol. Se o incidente ainda está acontecendo, então pergunte-se por que você pensa tão pouco em si mesmo que você ainda aguenta.

Por que você fica em tal situação? Não perca tempo tentando “ficar igual”. Isso não funciona. O que você dá sempre volta para você. Então, deixe cair o passado e trabalhe em se amar a si mesmo no agora. Então você terá um futuro maravilhoso.

A pessoa que é mais difícil de perdoar é quem pode ensinar-lhe as maiores lições. Quando você se ama o suficiente para se elevar acima da situação antiga, então a compreensão e o perdão serão fáceis. E você será livre.

Aqui estão algumas afirmações de exemplo que você pode dizer para o perdão:

• Agora é seguro para eu liberar todos os meus traumas de infância e me mudar para o amor.
• Eu sei que não posso assumir a responsabilidade por outras pessoas. Todos estamos sob a lei de nossa própria consciência.
• Eu perdoo todos no meu passado por seus erros percebidos. Libero-os com amor.”
– Louise Hay –

Ela ajudou a conscientizar e trabalhou na CURA INTERIOR de muitos seres nesse Planeta.
Obrigada Louise Hay!

Eu sigo a minha sabedoria interior

EU SIGO A MINHA SABEDORIA INTERIOR

Mensagem de Louise Hay

31 de Agosto de 2017.

“Trabalhe em fazer o que é certo para você e entre em contato com a sua própria voz interior. Sua sabedoria interior sabe as respostas certas para você.”

Venha deste espaço maravilhoso e atencioso do seu coração. Permaneça centrado e ame quem você é. Saiba que você é realmente uma Expressão Divina e Magnífica da Vida. Não importa o que esteja acontecendo lá fora, você está centrado. Você tem direito aos seus sentimentos. Você tem direito as suas opiniões. Apenas seja. Trabalhe em se amar. Trabalhe em abrir o seu coração. Às vezes é assustador fazer isto porque as respostas que você tem em seu interior podem ser bem diferentes do que os seus amigos querem que você faça. No entanto, você sabe, interiormente, o que é certo para você. E se você seguir esta sabedoria interior, você estará em paz com o seu próprio ser.

Apoie-se ao fazer as escolhas certas para si mesmo. Quando estiver em dúvida, pergunte-se: “Eu venho do espaço amoroso do meu coração? Esta é uma decisão que está me estimulando? Isto é adequado para mim agora?” A decisão que você tomar em algum momento – um dia, uma semana ou um mês mais tarde – poderá não mais ser a escolha certa, e, então, você poderá mudá-la. Pergunte a cada momento: “Isto é adequado para mim?” E diga: “Eu me amo e estou fazendo as escolhas certas.”

Trecho extraído de “Pensamentos do Coração” de Louise Hay

www.LouiseHay.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Gratidão, Louise Hay por toda a sua Luz que compartilhou conosco. Segue em Paz!

Energias de Setembro de 2017

set.png

Por Natalia Alba:

AS ENERGIAS DE SETEMBRO DE 2017
RENASCIMENTO CÓSMICO NA TERRA DE QUINTA DIMENSÃO
Por Natalia Alba

“É a verdade que liberta, não os seus esforços para serem livres” ~ 
Jiddu Krishnamurti

Estamos prestes a entrar em um novo mês energético, em que finalmente iremos testemunhar o renascimento cósmico de nosso Planeta no domínio da quinta dimensão. Um espaço em que a liberdade, o amor incondicional e a autenticidade sejam nosso único meio de ser e existir.

Estivemos nos velhos mundos, que foram úteis para o crescimento de nossa alma, mas que – devido a quem nos tornamos – não estão mais alinhados com a nossa nova linha do tempo pentadimensional.

Vimos dissipando nossas sombras interiores, ao trazer aceitação, luz e maior compreensão para o que anteriormente parecia sem solução ao nosso eu inferior.

Após fazer todo o trabalho interno, que nunca termina nesta infindável Espiral Divina, estamos finalmente prontos para atravessar os véus da ilusão – que certa vez nos serviram para que experimentássemos uma realidade limitada – e acessar uma nova oitava, em que o nosso aspecto mais elevado já habita.

É durante este novo mês de setembro que o nosso amado Planeta está finalmente se bifurcando da matriz da 3D.

Conforme vocês já sabem, isso não diz respeito a uma localização física, mas à frequência que escolhemos habitar, de modo consciente, o que decide se permanecemos sob a escravidão das forças tridimensionais ou se viajamos para um novo espaço, em um reino mais elevado. 

A frequência pentadimensional é uma frequência que vocês criam, à medida que ascendem e incorporaram, vocês a sustentam internamente. Não se trata de um evento externo ou de algo destinado a ocorrer globalmente que irá mudá-los.

Se existirem nessa frequência superior, vocês manifestarão de acordo – vendo provas disso em todos os lugares. Pelo contrário, se apenas lerem acerca disso, mas não fizerem o trabalho interior de elevar conscientemente a sua frequência, por liberar um antigo eu, então, tudo o que vocês verão será igualmente provas da sua falta de alinhamento.

É uma escolha consciente. Não existem milagres externos que virão para salvá-los, porque vocês são os que devem criá-los, para começar.

As energias ígneas que vêm nos banhando e que continuarão a estar conosco – por pelo menos seis meses – serão de grande ajuda para que continuemos a liberar, ao mesmo tempo em que continuamos a integrar um nível mais elevado de consciência.

Como sempre, a necessidade de trabalhar com nossos corpos mentais e emocionais nunca termina, e essas energias ardentes do eclipse, do Portal de Leão e do nosso Sol Central estão nos proporcionando a frequência apropriada de que precisamos para continuar com o nosso trabalho de cura.

Como sempre digo, isso não é uma corrida, e não há um tempo fixo para se acessar esse novo espaço dimensional mais elevado, como alguns de nós, que já residem fora do espaço e do tempo linear tridimensional já estão experimentando.

Durante agosto e neste novo mês de setembro, as energias continuarão a se evidenciar, ao retornar antigas memórias que estiveram profundamente ocultas em nosso subconsciente, assim como outras feridas profundas – não lembradas devido ao nosso sentimento humano de negação – para que possamos esclarecer o que está esperando, a fim de que nos ensine algo valioso, que servirá para o crescimento de nossa alma.

Todas as memórias, independentemente de sua natureza, ou de como o nosso eu egoico as rotule, devem ser unificadas – não apagadas ou negadas. Isso é o que nos trará a oportunidade de libertar a nossa alma, e, portanto, de integrar, permitindo-nos finalmente liberar antigos votos e laços cármicos, à medida que começamos a perceber que ninguém nos fez coisa alguma, para começar.

Tudo foi previamente acordado relativo a determinadas situações que estavam destinadas a nos ajudar durante nossa aventura terrena. Nunca foi para que acreditássemos plenamente na natureza maligna dessas ações.

Em relação às sensações físicas, como sempre digo, somos todos únicos, e generalizações não vão ajudar, somente escutar o seu corpo o fará. As energias do eclipse e de outros eventos cósmicos que aconteceram neste verão (hemisfério norte) continuarão a ser sentidos fortemente. As energias em si mesmas não estão fazendo nada a vocês, é a sua resistência em curar-se que provoca a dor.

Quando as sensações físicas surgem é porque o seu corpo está lhes pedindo que escutem e percebam onde vocês ainda estão mantendo antigas memórias e dor, que é a resistência em integrar essa frequência mais elevada que estão recebendo. Quanto mais deixarem de lado o que o seu eu egoico ainda se apega, mais vocês poderão suavizar essas sensações físicas que os estão impedindo de acolher o curador e mestre internos.

Chegou o momento de reconhecer o tesouro por trás das lições, a dádiva por trás das nossas ilusões humanas, e começar a perceber as bênçãos divinas de tudo o que estamos enfrentando, quer “bom”, quer “ruim”. Nunca residiremos no espaço vibracional superior devido a meras palavras, mas devido ao trabalho interno, e por permanecer continuamente na Presença Iluminada de nossa alma, onde tudo é amor, igual e possui um propósito mais elevado.

Nesta etapa de transição, e principalmente para aqueles que sentem que estão navegando entre esses dois domínios, à deriva, assim como para os que estão começando a entrar nessa jornada, lembrem-se, amados, o trabalho de recuperação da alma é essencial para que nos sintamos inteiros e em paz – não somente neste aspecto individualizado chamado X, encarnado neste Planeta – neste momento – mas com todos os nossos aspectos passados, paralelos e “futuros” que precisam dessa integração e purificação.

Conforme vocês ascendem, outros aspectos seus farão o mesmo, mesmo as almas diretas – que pertencem à sua família anímica direta – que dependeram do seu processo único para a ascensão. É sua a oportunidade de ascender, enquanto estão no físico, é sua também responsabilidade por tudo o que ocorre em sua experiência de vida humana.

Tudo o que vocês pensaram que fosse real, era somente uma ilusão, uma realidade distorcida da 3D, manipulada por muitas forças – e fontes – da escuridão que fizeram com que vocês acreditassem que era real.

A Velha Terra nunca foi tão real quanto fizeram vocês pensar que fosse, nem vocês o foram. Agora, nesse espaço pentadimensional, somos os portadores da Verdade, os reconstrutores da Terra em sua forma mais pura, e aqueles que devem vir primeiramente para ser renovados e purificados de todas as ilusões humanas.

Vocês estão prontos? Ou ainda se sentem apegados a algo/alguém, permanecendo em um espaço tridimensional, que, ainda que não esteja alinhado com a sua vontade mais elevada, vocês consideram essencial?

Lembrem-se de que aquilo para o qual vocês não dizem adeus/liberam, permanece com vocês, impedindo-os de avançar. Vocês se sentem livres para praticar o que pregam e expressar os seus sentimentos verdadeiros? Ou vocês ainda confiam em forças externas sem perceber que a sua força interna é mais poderosa? Estar presentes e conscientes em todos os momentos, faz toda a diferença.

Como confirmação do novo início, que não é apenas nossa experiência, mas também de nosso Planeta, este mês é um número universal 10/1 – 19 reduzido.

Estamos começando a nos ancorar em uma Nova Linha do Tempo 5D, algo que levará tempo, exigirá constância e paciência, pois a jornada está pavimentada com desafios, e quanto mais tentarmos acelerar essa mudança interior e essa transição física, mais a estaremos impedindo.

Isso é o que o número 10 representa, neste poderoso momento, uma transição em que estamos concluindo um velho ciclo e começando a nos ancorar internamente em um novo. É nessa interfase que, sustentar uma frequência mais elevada, é essencial para que possamos dar esse passo quântico.

No tarô, a carta que representa o número 10 é a roda da fortuna. Essa carta representa a transição, a mudança do destino, que fomos capazes de realizar, que criamos conscientemente para nós mesmos, e que somente sabemos se a mudança que criamos, a partir de dentro, nos conduzirá a um espaço superior ou inferior, porque ninguém jamais pode predizer para onde estamos indo, senão nós mesmos.

Em um nível cósmico, começamos setembro tendo o guerreiro Marte entrando em Virgem, juntamente ao Sol neste mesmo signo.

A ferocidade e a impulsividade, assim como a força de Marte, no puro signo de Virgem, nos ajudarão a utilizar toda essa força para construir algo prático e duradouro, o que necessitamos neste momento de mudança, para construir as fortes bases do Novo, que nos servirão para construir e expandir-nos nesses novos horizontes – que apenas começamos a nos deleitar.

Para nos ajudar na maestria de nossa jornada de fazer descer para o tangível os desejos de nossa alma, nesse mesmo dia, Mercúrio voltará ao movimento direto, embora, como vocês já saibam, eu não alimento a velha crença 3D/medo de Mercúrio retrógrado, e falar sobre algo que é simplesmente uma ilusão a partir da Terra, me fará cair, novamente, na mesma armadilha, e eu sou leal à minha verdade.

No dia seguinte, 6 de setembro, teremos uma poderosa e mágica Lua Cheia em Peixes.

Como nada acontece por acaso neste amoroso e sábio Universo, acabamos de ter uma Lua Nova em Leão para queimar os remanescentes de nossos velhos mundos, e com Peixes, o último signo do zodíaco, nos dá a oportunidade de transcender a ilusão, uma antiga era de escravidão, e começar a encerrar todos os contratos cármicos, ao sermos perdoadores e compassivos com tudo o que criamos que já não nos serve mais, e com o poder regenerador da água, começarmos de novo.

Conforme acontece na Criação, nada é deixado à deriva ou é feito sem um motivo, em nosso plano denso, e essa Lua Cheia ocorre no grau 13 de Peixes, para nos ajudar a transformar, transmutar e reconstruir uma velha realidade há muito tempo promovida não apenas pela inconsciência, mas pela incapacitação e falta de compaixão.

O espaço 5D que ocupamos agora, como eu disse, é um espaço e uma realidade externa que criamos agora, não é baseada em hipocrisia, em que é melhor fingir do que ser, porque todos nos lembramos agora, pois todos sabemos que não se trata de ser visto ou de agir, mas simplesmente SER. Porque ao ser, nos tornamos quem somos – nós mesmos – e ajudamos os demais a compreender, nos tornando sinalizadores dos caminhos do amor.

Em 9 de setembro, Mercúrio entrará em Virgem, juntamente a Vênus fazendo o mesmo em 19 de setembro, o que culminará em uma maravilhosa e reconfortante Lua Nova no grau 27 de Virgem, no dia seguinte, 20 de setembro.

A essência de Virgem, que regerá a maior parte deste mês, vai nos ajudar a nos purificar sendo ancorados. O signo terreno de Virgem, regido por Mercúrio, está associado ao arquétipo da virgem, que de modo algum está relacionado ao celibato.

Pelo contrário, tem a ver com o arquétipo do feminino divino da sabedoria, pureza e totalidade – acolhendo e amando tudo o que toca, no físico. Virgem gosta de servir a humanidade, o que lhe dá alegria e propósito. O puro e amoroso senso de cuidar dos outros que Virgem já possui, sem se esquecer de si e dos aspectos práticos da vida, que serão enfatizados durante a Lua Cheia de Peixes.

Mercúrio e Vênus em Virgem nos dão a oportunidade de nos expressar com precisão, amor, igualdade e integridade. Mercúrio em Virgem será muito confortável, porque rege Virgem e podemos cair no extremo de sermos mentais demais, isso porque a essência amorosa de Vênus nos fará recordar da importância que estar consciente de nossos pensamentos e palavras tem para nós mesmos e para os demais.

Como o signo de Virgem tende a ser muito prático e analítico, e ainda mais com Mercúrio, Vênus nos lembrará de que precisamos ser sensíveis conosco e em todos os nossos relacionamentos. Na maior parte do tempo, não é sobre o que pensamos, sentimos ou dizemos, o que fere mais, porém o que não expressamos, o que negamos sentir por nós mesmos e em nossos encontros.

Ser sensíveis significa nos tornar nossos cuidadores, porque somente por nos amar e nos aceitar completamente é que podemos fazer isso com os outros. Vênus nos lembrará da importância de não ser diplomático ou prático, mas também acerca da importância de discernir sobre o que vamos expressar antes de prejudicar alguém.

A Lua Nova no grau 21 de Virgem, em 20 de setembro, será um banho de cura, após as intensas energias que vimos integrando e que na maioria das vezes causaram um profundo impacto em nossos corpos físicos. Essas energias da Lua virginiana nos ajudarão a nos acalmar, à medida que continuamos a nos bifurcar da Velha Terra.

A Lua Cheia em Peixes nos convidou a ver além da realidade humana e acessar o vasto oceano de nossos domínios interiores, nos tornando Um com o nosso aspecto que é capaz de transcender o mundano a fim de curar aquelas feridas profundas, que ainda não foram trazidas à luz, assim como descobrir novas realidades – que mesmo que sejam invisíveis aos olhos humanos – são tão reais quanto o mundo denso que vivenciamos fisicamente.

Virgem, por outro lado, nos convida a nos ancorar, bem como ao propósito de nossa alma, na realidade tangível. Pois não se trata apenas de construir no etéreo, sem dar forma, mas de desfrutar dessas visões anímicas no físico também.

Em 23 de setembro, temos o Sol entrando no signo de Libra, juntamente ao equinócio. Ambos eventos são Um, visto que ambos estão nos enviando a mesma mensagem de unificação e equilíbrio, resgatados por meio do processo apropriado da alquimia interna que vimos trabalhando por um tempo.

A passagem do equinócio trará unificação de ambos os nossos aspectos: sombrio e luminoso, e nos lembrará novamente que é devido a ambas as forças que somos completos e que é somente nosso eu humano que cria divisão e julgamentos falsos. Quanto ao divino, todos são um e iguais.

Com as energias de Libra e Virgem neste mês, temos um período muito poderoso e reconfortante para equilibrar nossas essências femininas e masculinas internamente. Todos nós as temos, não tem nada a ver com o gênero.

Se desejamos evoluir e fazer descer essa frequência pentadimensional em nós mesmos, primeiramente devemos ultrapassar a nossa profunda sensação de polaridade e separação. Fazemos isso por começar a nos unificar, e uma vez que criamos a síntese interna, sentindo-nos completamente íntegros, amorosos e harmônicos com nós mesmos e com Todos, é que estamos prontos para dar o próximo passo nessa infinita espiral evolutiva.

No dia seguinte, Júpiter fará um quincúncio com Quíron.
Quando Júpiter habita em Quíron, nos convida a expandir a cura.

Esse é um maravilhoso encontro cósmico para que possamos descobrir novos métodos de cura, abrindo nossas mentes ainda limitadas para encontrar novos meios em que podemos continuar trabalhando com o processo sem fim da reconexão do DNA, cura emocional e muitas outras coisas com que estamos lidando, enquanto continuamos revelando mais camadas de nosso eu tridimensional, a fim de nos incorporar/unificar com o nosso Eu Superior.

Com relação aos seguintes aspectos que vou compartilhar, eu sei que esses aspectos são vistos como uma maldição, para a maioria dos astrólogos tradicionais, cujo trabalho eu respeito e amo.

No entanto, e embora eu não seja astróloga, simplesmente interpreto as energias da minha maneira singular, vocês sabem que eu não alimento as velhas crenças relacionadas aos Planetas, de modo que em minha humilde perspectiva, vejo quase tudo como sendo sempre de grande ajuda para que trabalhemos com nós mesmos não algo externo que vem nos punir.

Isso porque os Planetas, como nós, simplesmente são, e é a nossa crença coletiva de que eles nos amaldiçoam que se manifesta, não a essência dos Planetas em si mesma.

Este é o momento para se trabalhar nas crenças autolimitadas, principalmente tendo Quíron em Peixes e com Júpiter expandindo essa essência de cura para o Todo. Além disso, em 27 de setembro, Júpiter fará uma sesquiquadratura com Netuno, o que também nos ajudará a expandir nossa mente subconsciente, a fim de trazer cura para tudo que ainda está oculto.

É um período precioso para superar restrições e começar a reconhecer que nada jamais foi fixo, linear ou o mesmo na Criação, porque isso sempre esteve mudando, evoluindo e transmutando continuamente por si mesmo para novos modos de ser. Foram as nossas mentes tridimensionais limitadas que tornaram tudo estático, irreal e dividido.

Agora, sabemos que nada é para consertar, mas para liberar e unificar, porque nunca fomos avariados, mas inconscientes de todas as maravilhas que nos circundam, assim como de quem verdadeiramente somos. Agora, somos livres, escolhemos caminhar com amor, na luz e aceitar tudo como é.

No momento sabemos que na verdade nascemos curados e que aquilo que chamamos de doença, apenas veio quando escolhemos cobrir nossa saúde com ilusões, medo e falta de amor. Agora sabemos que a cura é o nosso estado natural de ser, e que sempre prevalecerá se tão-somente escolhermos retirar esses véus ilusórios e começar a caminhar em direção à Luz de quem já somos, e sempre fomos.

E, como com a cura vem a liberdade, em 28 de setembro, temos Júpiter em oposição a Urano. Júpiter expandirá a essência de Urano de libertação de tudo o que nos acorrenta. Observem o seu eu inferior, vejam como ele se comporta e principalmente a conversa consigo mesmos. Observem onde vocês ainda pensam que devem fazer isso ou aquilo, se não… observem o que acontecerá se vocês não fizerem.

Às vezes tendemos ao auto sacrifício pelos demais, devido ao temor, e outras vezes somos nós que nos acorrentamos, ao permitir que outros nos controlem. É vital começar a observar onde ainda não nos sentimos livres e escolhemos inconscientemente nos restringir.

Uma vez que descubram ao que ainda reagem, se rebelam ou simplesmente permitem que outros os manipulem, sejam compassivos, não se castiguem. Muitas pessoas, devido aos seus sentimentos de culpa, se punem de muitas maneiras diferentes e desconhecidas! 

Alguns escolhem dizer-se constantemente como são feios e como são incapazes de mudar sua realidade. Outros fazem isso por meio de vícios, e ter vícios não é apenas beber, drogar-se e fumar, vício é qualquer coisa para o que cedemos o nosso poder, a fim de nos ajudar a aliviar da dor que sentimos, que somente vai embora quando a encaramos, sentimos cada sensação, acolhendo e aceitando todas elas e então liberando-as.

Outro importante evento cósmico no fim do mês, é Plutão, o planeta do poder, em movimento direto, em 28 de setembro. Enquanto Plutão estava retrógrado, principalmente com Mercúrio também, vimos a verdade, enquanto habitávamos nas profundezas de nossa alma, assumimos a responsabilidade por nossas criações, alterando, transformando e regenerando, a partir de dentro, tudo o que não ressoava mais com quem estamos nos tornando agora.

Agora que Plutão está em movimento direto novamente, utilizamos todo esse poder e conhecimento para transformar tudo que for velho em nossas vidas físicas também. Plutão nos oferece a dádiva de sermos os transformadores de nossas vidas. Está constantemente recriando a realidade – como também estamos fazendo isso a partir de dentro – mesmo que possuíssemos um senso de quietude.

É uma oportunidade para que possamos continuar destruindo os velhos mundos e começar a trazer para a forma novos mundos, baseados na liberdade e no regozijo que seguir os verdadeiros desejos de nossa alma traz.

Setembro será uma continuação do processo de cura/liberação – que vimos fazendo por um tempo – que continuará até finalmente nos ancorarmos, de modo pleno, na frequência que esteja alinhada com o nosso atual estado de ser. É um momento de nos libertar, e a liberdade vem quando se está disposto a desfazer e abrir mão de um velho mundo e se render ao que o nosso Eu Unificado preparou para nós.

A libertação vem quando decidimos, de modo consciente, incorporar um nível mais elevado de consciência, porque isso iluminará todas as ilusões, que ainda estão em nossas mentes humanas, e conscientemente, optamos por dissipar tudo o que não seja a verdade.

Liberdade quer dizer domínio, o que costumávamos admirar nos outros e que reconhecemos agora em nós mesmos, porque o momento de ser um seguidor passivo, os tempos dos gurus, acabaram, por enquanto nos lembramos de quem somos, sabendo que todos somos iguais e que todos temos o poder internamente para nos tornar mestres, curadores e seres soberanos de nossa experiência de vida, compartilhando – quem somos – não como professores, mas como seres humildes e integrados que apenas desejam ajudar, expandir e ser sinalizadores dos caminhos do Novo.

Com a liberdade, também vem a bem-aventurança e a gratidão de ser capaz de ver – sob uma perspectiva mais elevada – o que fomos capazes de imaginar, quando estávamos inconscientes.

Contudo, com a liberdade também vem o compromisso de assumir cada pensamento, palavra e ato, sabendo que, quando prejudicamos os outros, fazemos isso a nós mesmos, porque, com uma consciência mais elevada, vem a verdade, e a verdade é que nós todos somos Um, experimentando a ilusão de ser separados.

Vocês estão prontos para confrontar suas sombras, liberar-se da sua personalidade egoica tridimensional, e finalmente ser livres para caminhar como a Luz que vocês são, sem estar condicionados pelos seus medos?

Como sempre, a escolha é sua para acolher a liberdade ou continuar a optar pela escravidão.

Eu desejo a todos vocês um mês de setembro reconfortante e milagroso, amados!

Com amor e luz infinitos.

Natalia Alba

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com
…………………………………………………………………………………………………………………..

AS ENERGIAS DA ASCENSÃO
DE SETEMBRO DE 2017
FOCO MENTAL
Uma mensagem de Jamye Price
30 de Agosto de 2017

REVISÃO DE AGOSTO

Fiquei surpresa por Agosto ser tão suave quanto ele era energeticamente. Houve muitos desafios acontecendo de diferentes maneiras, mas as energias coletivas foram uma justaposição fascinante. As energias de Agosto (o influxo e a resposta eletromagnética) iniciaram uma ressonância que teve um efeito profundo em um nível mental.

O efeito emocional e físico no imediato pode ter parecido como uma ida e volta de repetição de liberação/resolução. Alguns padrões que precisavam ser liberados do coletivo foram estimulados através de cada indivíduo.

Você percebeu alguns momentos de ah!, algumas mudanças em suas reações ou observações? Eles podem parecer menores, mas é isto o que cria a mudança. Às vezes, são dois passos para frente, um passo para trás. Permita que os reajustes do seu tempo se formem.

Vi muita emoção e até mesmo alguma agitação, mas tudo faz parte do foco consciente do despertar, para que tudo sirva a um belo potencial. As energias fazem o seu trabalho não importa o que, porque a Lei da Ressonância é o núcleo de nossa experiência.

As energias de Agosto foram um abraço maravilhoso de esperança e de possibilidades que agora iremos expressar com uma maior capacidade por causa de nossa disposição de receber. Vi muita coragem amorosa sendo incorporada, um pouco através de desafios e um pouco através da expressão criativa e alegre. Tudo é perfeito neste caminho de progressão. Isto nos leva a Setembro…

O PODER DO FOCO

Setembro introduz outra camada do Foco Mental. A experiência física é linear porque isto nos proporciona uma experiência detalhada e única. Neste momento atual da Ascensão, estamos evoluindo a experiência humana para o foco consciente dos reinos sutis. O sutil sempre esteve aí e sempre interagimos com ele. Agora estamos nos graduando na interação criativa consciente, daí o foco maior em nossos pensamentos e emoções.

Há alguns aspectos importantes disto em que se concentrar, especialmente em Setembro. As energias de Setembro estão ancorando as energias de Agosto na aplicação prática de nossa nova ressonância que foi iniciada através dos eclipses (e mais).

A fim de mudar a experiência humana, estamos aprendendo a “estarmos no mundo, mas não sermos dele”. O que isto realmente significa? Eu o interpreto como estarmos ancorados e conscientes, enquanto escolhemos conscientemente, ao invés de apenas permitirmos que o mundo nos arraste de forma inconsciente.

FOCO BIOLÓGICO

Areon canalizou sobre a nossa evolução de muitas maneiras, ao longo dos anos. Como eu mencionei no vídeo, parte do seu nome foi desenvolvido para representar o foco mental da humanidade (a outra parte sobre o Tempo). Para nos tornarmos um criador consciente com o reino sutil, e utilizarmos o imenso poder do reino sutil que constrói mundos, estamos descodificando o subconsciente, o motor poderoso do cérebro.

Neste mês, à medida que expandimos o nosso foco mental, estamos nos abrindo para um novo nível de criação sutil. Eles falaram consistentemente sobre a importância de permitir que os nossos desejos fluam no mundo. Nosso foco e preces positivos são informações sutis importantes que afetam as novas gerações nascidas no campo de informação da Terra – a conexão do coletivo.

Uma parte importante do acesso aos nossos potenciais positivos são as emoções autênticas que criam uma clareza de ressonância. Muitas vezes, coisas como nossas frustrações, desesperança e inseguranças se perdem na estrutura do ego. Isto não é ruim, é uma parte perfeita de nossa evolução.

A mudança se torna uma necessidade – seja uma necessidade de experiência ou desejo.
Tudo faz parte da perfeição da progressão.

FOCO AUTÊNTICO

À medida que desejamos a mudança, colocamos a informação nos sistemas da rede que cercam a Terra – a biosfera de informações que está em constante retransmissão conosco. Acessamos o que ressoamos. Por escolha, através do foco ou dados inconscientes. Quanto mais conscientes nós somos, mais clara a nossa ressonância e fluxo.

Quando estamos conscientes de nossos sentimentos autênticos, estamos ressoando mais claramente. Esta consciência é uma grande parte do trabalho. Ela começa o trabalho de transformação. Permita que os seus pensamentos e emoções autênticos fluam em sua consciência e comece a transformá-los. Isto o ajuda a criar um caminho de progresso mais direto.

Se você se encontrar com algumas reações indesejadas autênticas como o ódio ou o medo, entregue-se à transformação. Isto não define quem você é. É apenas um momento de reconhecimento de que há informações em seu subconsciente de que você agora pode escolher novamente. A partir deste espaço (uma abertura para que o novo se forme), você começa a se concentrar na mudança.

FOCO ABERTO

O caminho da evolução requer olhar além do que é, para o que pode ser. Observar o que é, permanece uma base importante. Estar no presente é onde está o poder enquanto você experiencia a vida. Para manter esta conexão e observar o que pode ser, você está começando a conectar o presente com o potencial futuro, alinhando a trajetória de sua vida, em uma conexão não linear do Tempo.

Isto é uma chave para a criação consciente, não apenas o pensamento positivo, mas sentir os potenciais do futuro em sua clareza presente. Isto exige prática, abertura e uma paz que ultrapassa toda a compreensão. Às vezes, são dois passos à frente e um passo atrás, mas tudo faz parte da progressão perfeita.

FOCO INTERIOR

Quando eu estava filmando o video mensal, um louva-a-deus veio nos ensinar. De acordo com a Linguagem dos Animais por Ted Andrews, ele representa o Poder da Tranquilidade. É esta calma poderosa que nos permite criar com sabedoria, em vez de apenas com uma ação cheia de esforço. A ação inspirada se torna rápida e significativa por causa da clareza do pensamento e do tempo cultivados antes da ação.

A tranquilidade e a paciência seguem de mãos dadas. Em vez de forçar as coisas com desespero, o foco interior cria uma força e uma clareza que apoia o ajuste aos momentos que exigem ação ou inatividade. É uma abertura aos potenciais que permite que a janela de oportunidade seja clara.

A mensagem do louva a deus também continha uma mensagem específica do poder e da inocência da juventude. Jesus disse: “Para entrar no reino do céu, você deve ser como uma criança.” As gerações mais jovens são aquelas que entram em uma ressonância de informação que são os desejos das gerações anteriores.

Como Areon diz, elas nasceram para manifestar estes desejos através do tempo. Elas vêm equiparadas para lidar com o que é necessário para criar melhorias. A melhoria é exclusiva para o indivíduo quanto ao que ele é especificamente ressonante a realizar.

A inocência neste sentido não é ingenuidade. É a maravilha das possibilidades e a descoberta da vida através da alegria. A alegria, um tópico que abordamos no curso do último mês, é uma emoção importante por muitos nomes diferentes.

Ela gera uma abertura para a vida, porque ela se conecta profundamente com o momento e com os potenciais do futuro. Tem uma força do passado incorporada nela, que tudo o que aconteceu antes não apenas preparou este momento, mas desejou este momento, esta resolução, este recebimento e renovação. Um momento alegre permite a perfeição do caminho para criar o progresso.

FOCO DE SETEMBRO

Em Setembro, encontre algum tempo para permitir que os seus pensamentos e emoções conectem o momento presente com potenciais futuros. O bem que você observar, aprimore-o com a gratidão e a expansão. O negativo ou os desafios que você observar, transforme-os com gratidão e expansão em novos potenciais. Use esta bela mente para se conectar com o seu poderoso coração e se concentre no progresso da humanidade.

À medida que você se concentra nos futuros potenciais no momento presente, seu cérebro se conecta com o não linear e cria a linearidade. Quando você se conecta conscientemente com os potenciais não lineares, você está integrando o Tempo e o Espaço em seu presente.

Você sempre foi uma dádiva para a Vida. Receba isto profundamente e dê à Vida a dádiva dos seus desejos, de modo que a manifestação continue através de você.

Suas preces, suas descobertas, suas escolhas permitem que a Vida mude.
Através de você.

Tenha um Setembro maravilhoso!

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar

DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
www.jamyeprice.com 
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Louise Hay voltou hoje prá casa

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé e texto

A nossa amada amiga e fundadora Louise Hay transição esta manhã, 30 de agosto de 2017, de causas naturais aos 90. Anos de idade, ela passou pacificamente rodeada por entes queridos.

A Louise era uma incrível visionário e defensora. Todos os que tiveram o privilégio de conhecê-la, ou em pessoa, ou através das suas palavras, sentiram a sua paixão por servir os outros.

” Encontro Louise mudou a direção da minha vida,” disse reid tracy, presidente e CEO DA HAY HOUSE, Inc. ” a sua paixão por servir os outros traduziu-se em tudo o que ela fez. Simplesmente trabalhando ao lado dela, um contador analítico como eu transformou-se em alguém que se tornou consciente do poder das afirmações e do amor próprio. Ser capaz de aprender com ela tem sido uma das maiores bênçãos da minha vida. A beleza de Louise era que você não tinha que trabalhar ao lado dela para aprender com ela, você sentiu que estava lá com ela, com cada palavra que você leu ou ouviu.”

O Hay House vai continuar com o legado de Louise e continuar a publicar produtos e cursos de aprendizagem online que se alinhar com a sua mensagem de auto-Aperfeiçoamento e amor próprio.

A propriedade de Louise Hay, bem como todos os futuros direitos de autor, serão doados à fundação hay, uma organização sem fins lucrativos criada por Louise, que apoia financeiramente diversas organizações que fornecem alimentos, abrigo, aconselhamento, cuidados hospício e fundos para aqueles que precisam.

Nós convidamos você a compartilhar suas histórias de Louise conosco nos comentários abaixo. Juntos, nós-la através das nossas memórias e da continuação do seu legado inesquecível.

Adoramos-te, Lulu.

No infinito da vida onde estou, tudo é perfeito, completo e completo. – Louise L. Feno

Leia mais em http://www.hayhouse.com/louise-hay-legacy

Menu

%d blogueiros gostam disto: