Vivendo entre realidades

VIVENDO ENTRE REALIDADES
Os Pleiadianos
Através de Suzanne Lie
26 de Junho de 2018

Queridos terráqueos, que incluem TODOS os seres vivos que são capazes de receber e compartilhar nossa mensagem, temos a honra de compartilhar com vocês o que está ocorrendo nas dimensões superiores que circundam Gaia.

Os Arcturianos também terão sua transmissão, mas eles queriam que nós, os Pleiadianos, iniciássemos esse processo à medida que parecemos mais humanos e mais capazes de entender os comportamentos humanos. Além disso, nós, os Pleiadianos, tivemos muitos corpos terrestres para entender melhor a humanidade.

Nós, os Galácticos, ocasionalmente recebemos um “corpo terrestre” como uma preparação para nós entendermos melhor a sociedade da Terra. A parte mais difícil de nos unirmos à sociedade da Terra é a ilusão de estarmos sozinhos.

Na nave, estamos em constante contato com todos na Nave. Podemos facilmente reconhecer o outro por sua aura e podemos misturar nossas auras para compartilhar nossos pensamentos e sentimentos sem falar.

Os líderes são escolhidos por sua experiência e misturam suas auras com todos os membros da Nave para compartilhar suas vidas pessoais e profissionais. Esses líderes são escolhidos por suas experiências, que são automaticamente compartilhadas através de suas auras, e através do Amor Incondicional que preenche sua aura.

Além disso, todos os líderes têm e continuam a ter dedicação total ao nosso “serviço aos outros”. No entanto, o termo “outros” inclui a Nave, com quem todos temos um relacionamento íntimo. A Nave mantém o Projeto da 5D para a Terra e para TODOS os seres de Gaia que visitam e / ou vivem a bordo da Nave.

A maioria dos ocupantes da nave se oferece como voluntário para realizar “missões” na Terra física, para que possam aprender mais sobre como podem ajudar na ascensão planetária, bem como para ter uma experiência mais íntima com os “humanos ancorados”, que fazem parte da “Equipe de Fora” da Nave.

O maior desafio para o nosso time visitante é lembrar do nosso verdadeiro eu e não nos perdermos nas ilusões e medos de nossas expressões tridimensionais que se juntaram ao nosso time visitante com Gaia.

Nós não somos “apenas” Seres Multidimensionais. Temos a capacidade de “sermos Um”, ou “fundirmo-nos”, apenas com o nosso ser Pleiadiano, OU nos fundirmos apenas com o nosso eu humano, E / OU simultaneamente sermos o nosso eu humano da terceira dimensão, nosso eu astral da quarta dimensão e além do EU Galáctico.

Quando não limitamos nosso “senso de EU” a sermos um ser humano da terceira dimensão, permanecemos em contato constante com nossas expressões de dimensões superiores do EU. Descobrimos que essa conexão de mão dupla com o nosso Eu da Terra e nosso EU Galáctico pode ser muito desafiadora.

Felizmente, estamos muito satisfeitos em ver que mais e mais de nossas “expressões humanas da terceira dimensão do eu” estão se lembrando de seu “Eu Galáctico da quinta dimensão” enquanto ainda estamos usando nosso representante humano da terceira dimensão.

Dizemos “vestindo o nosso eu da terceira dimensão” porque o nosso eu da terceira dimensão sente que estamos “usando” esse componente do nosso EU. Às vezes parece que estamos usando um suéter ou jaqueta para protegê-lo do frio, assim como dos campos de energia de frequência mais baixa dos perdidos que se esqueceram de seu verdadeiro EU Multidimensional.

Todas as expressões do nosso EU Multidimensional estão disponíveis para nossos estados de consciência de quarta dimensão e além. No entanto, até nós, os Pleiadianos, podemos nos perder nas ilusões da realidade da terceira dimensão.

É por essa razão que sempre viajamos com um “amigo” como os humanos diriam. Quando somos acompanhados por um amigo íntimo e parceiro, podemos nos ajudar mutuamente enquanto viajamos nas profundas ilusões e mentiras de sua realidade de terceira dimensão..

Ao visitá-los na Terra, podemos ver que muitos de vocês também escolheram essa encarnação em 3D para aprender a expandir a consciência enquanto estão constantemente cercados pela baixa frequência da terceira dimensão.

Elogiamos a todos vocês, especialmente aqueles que tiveram muitas encarnações na Terra da terceira dimensão. Vemos que vocês fazem isso para entender melhor a terceira dimensão, e como expandir sua consciência o suficiente para enfrentarem bravamente os muitos desafios que vocês, nossos “voluntários da Terra da terceira dimensão” devem enfrentar.

Felizmente, quando nós Galácticos recebemos um corpo terrestre, somos capazes de expandir nossa consciência, e consequentemente nossas percepções, para podermos “ler a aura” de outros da mesma maneira que lemos a aura e nos comunicamos psiquicamente em nossas Naves.

Através desta informação psíquica, podemos determinar se um humano seria capaz de expandir a sua mente o suficiente para aceitar que somos, na verdade, seres da quinta dimensão de uma dimensão superior.

Alguns humanos, na verdade, mais e mais de vocês, são capazes de nos permitir ajudá-los a expandir temporariamente sua consciência para abranger a frequência da quinta dimensão da realidade.

Quando vocês são capazes de expandir sua consciência desta maneira, vocês são mais capazes de viajar para a nossa, sua, Nave estelar e então retornar ao seu corpo físico com a memória de sua vida na Nave. Enquanto vocês continuam a visitar o seu “Lar” na Nave, é muito mais fácil para vocês se lembrarem tanto da sua vida na Terra quanto da sua vida na Nave.

Mesmo que sua memória terrestre de sua vida na nave seja fraca, vocês ainda se lembram da “Missão na Terra” que escolheram. Esta memória pode ir e vir de sua consciência, mas é como um “rastro de migalhas de pão” que os lembra de que há um caminho para o Lar, e vocês o encontrarão quando for o AGORA para retornar,

No entanto, se vocês tiverem medo, frustração, raiva, tristeza ou doença, é MUITO mais difícil lembrar-se do seu Eu Verdadeiro e da sua Missão da Terra, que é o que vocês se ofereceram para se lembrar e fazer. Achamos que pode ser MUITO difícil lembrar de nossa missão quando estamos cercados pelos medos e desafios do mundo da terceira dimensão.

O processo de receber um Corpo Terrestre, e ficar confinado ao seu eu físico / astral na terceira e quarta dimensão, pode facilmente fazer com que vocês se esqueçam do seu Eu Verdadeiro e Multidimensional.

É por esta razão que levamos o seu eu durante o seu sono, ou meditação, de volta à Nave assim que a sua consciência se expande para os estados da quarta e / ou quinta dimensões de consciência. Enquanto nesses estados superiores de consciência, vocês podem se lembrar mais facilmente de tudo sobre sua Missão.

Quando vocês vêm à Nave, uma das primeiras coisas que fazemos é colocá-los em uma das “camas de cura”, que os ajudará a aliviar seus medos e preocupações da terceira dimensão.

Com os seus medos e preocupações da 3D / 4D transmutados de volta para o Amor e a Luz da quinta dimensão, vocês são mais capazes de retornar à Terra com seus estados inatos superiores de consciência e continuar com a sua Missão.

Como o “tempo” é uma ilusão da sua realidade de terceira / quarta dimensão, ninguém em seu mundo da 3D saberá que vocês “apagaram” o tempo e o espaço da terceira dimensão durante o sono ou a meditação. Como os da “terceira dimensão” não têm noção de nossa realidade, eles não percebem o que não podem acreditar.

Em seu AGORA, muitos de vocês estão vivendo entre realidades. Portanto, vocês não são totalmente da terceira, quarta ou quinta dimensão. Na verdade, vocês – os despertos – estão aprendendo, bem como começando a lembrar, como a sua vida diária na terceira dimensão influencia e é influenciada pelos seus momentos e sonhos artísticos da quarta dimensão.

Alguns de vocês também estão se lembrando de suas experiências de quinta dimensão em sua nave espacial que está orbitando no espaço exterior e, às vezes, em torno de seu planeta. No entanto, nossa nave-mãe de quinta dimensão é totalmente camuflada e não entra muito profundamente em seu Sistema Solar, pois poderia afetar demais os planetas.

Portanto, enviamos nossas Naves de Escoteiros, que ainda são enormes de acordo com os padrões humanos, mas não são grandes demais para afetar a gravidade do seu sistema planetário. Mais e mais dos nossos ancorados que escolheram receber um corpo terrestre para ajudar Gaia, estão vendo, sentindo e visitando estas Naves enquanto estão dormindo ou em profunda meditação.

Amor Incondicional é a vibração que pode criar uma vibração que é elevada o suficiente para permitir que sua consciência entre em ressonância com a quinta dimensão. Nós estamos lembrando a todos vocês que nossas Naves estarão entrando cada vez mais em seus campos perceptivos, para que vocês NÃO se sintam amedrontados.

Além disso, estaremos conversando com vocês cada vez mais, para que vocês tenham uma sensação de alegria e até de júbilo quando vocês nos virem nos seus céus. Entendam, mais e mais de vocês estão expandindo sua consciência ao ponto de poderem ver nossas naves.

É claro, por outro lado, há mais pessoas que se assustam com o conceito de nossas Naves, pois temem que os machuquemos. Essas pessoas são geralmente aquelas que ainda têm medo e tristeza, bem como aquelas que gostam de aproveitar o “poder sobre os outros” da terceira dimensão.

Essas pessoas não estão felizes com a nossa aparência, pois não querem desistir de seu poder sobre os outros, ou de sua ganância e maus-tratos ao querido planeta Gaia.

A mudança está chegando à Terra de Gaia, e aqueles que desfrutaram de seu “poder sobre os outros” não ficarão felizes quando a humanidade começar a lembrar e usar seu próprio “poder interior”. De fato, muitos dos líderes do “poder interior” estão tendo um “enfrentamento” com os líderes do “poder forçado”.

Iremos agora falar sobre as fases iniciais de estar em uma realidade de quinta dimensão, nave ou planeta. Uma realidade da quinta dimensão não precisa de um “lugar” e pode viver em sua consciência.

Uma nave de quinta dimensão é uma nave estelar galáctica, que pode estar oculta para o mundo da 3D, ou escolher se revelar brevemente. No entanto, nós nos escondemos rapidamente para não assustarmos os humanos que não nos conhecem.

Nós separamos “realidade”, “nave” e “planeta”, porque a realidade é a maneira pela qual diferentes pessoas percebem o mesmo processo de ascensão do planeta. Nossas naves são geralmente camufladas para a proteção daqueles que estariam muito assustados.

No entanto, muitas vezes mostramos nossa frequência mais elevada de quarta e quinta dimensões, às pessoas que percebem que têm um estado mais elevado de consciência. Em geral, ficamos longe de qualquer exposição à Terra da terceira dimensão, pois ainda há muitas pessoas que se assustariam ou tentariam nos derrubar.

É claro que eles não poderiam “nos abater”, mas podem assustar os outros, ou suas armas poderiam atingir outra coisa e prejudicar os outros. A realidade é específica para o estado mental e o nível de consciência de cada pessoa.

Portanto, algumas pessoas passaram suas vidas encontrando maneiras de educar as pessoas de que Gaia é um ser vivo e que a humanidade tem agido muito mal. Por outro lado, algumas pessoas vêem o planeta como um lugar onde podem pegar o que querem, não importando o custo para o planeta, e fazer o que querem fazer, não importando o custo que haja para o planeta.

Essas pessoas são frequentemente chamadas de Illuminati, ou os Escuros, ou aqueles que vivem através de “poder sobre os outros” sem preocupação com os outros. Às vezes há líderes que não se importam com o planeta, nem com as pessoas que vivem nele. Esses Seres das Trevas só se preocupam com eles mesmos, com seu próprio dinheiro e com seu próprio poder sobre os outros.

Esses humanos NÃO serão capazes de perceber as dimensões mais elevadas da realidade, muito menos entrar nesse mundo de vibração ou na nave estelar. Por outro lado, mais e mais dos “seres despertos” que expandiram a sua consciência para a quarta e quinta dimensões, estão atendendo ao pedido de socorro de Gaia.

Esses seres avançados são tão dedicados à Gaia, e aos seus esforços para ascender ao seu Eu Planetário, que eles realmente virão ao planeta Terra para ajudar nesta Ascensão Planetária. Além disso, sempre que um planeta é capaz de ascender – elevar a sua freqüência de ressonância para a quinta dimensão – todo o Sistema Solar se beneficia do fluxo da luz da quinta dimensão.

Nós, Galácticas, aplaudimos as valentes tentativas dos “Despertos” de participar da grande honra que une sua consciência pessoal superior, da quarta e quinta dimensões com a consciência planetária de Gaia.

Se vocês encontraram esta mensagem interdimensional e reservaram o seu “tempo da Terra” para lê-la, provavelmente estão entre aqueles que estão se lembrando, e despertando para a sua própria expressão da dimensão superior do EU.

Nós, Pleiadianos, bem como os nossos amigos Arcturianos e outros amigos galácticos, somos gratos pelo seu “serviço de dimensão mais elevada.” Por favor, lembrem-se de que Gaia é uma “escola planetária”, ensinando a humanidade que “energia enviada é energia recebida.”

Gaia também tem em seus cursos para ajudar seus “alunos” a liberar a ilusão de “tempo e espaço” na terceira e quarta dimensões. Uma vez que essa ilusão seja liberada, Gaia e seus habitantes se lembrarão de como retornar ao Sistema Operacional de quinta dimensão do Aqui e AGORA..

Nós, a sua Família Galáctica, queremos lembrá-los de que estamos aqui em seu AGORA para ajudá-los nesta mudança evolutiva. Chamem-nos! Nós responderemos!

Bênçãos

Os Pleiadianos e sua Família Galáctica

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Suzanne Lie – https://rayviolet.blogspot.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

7 sinais de sofrimento emocional não resolvido

7 SINAIS DE SOFRIMENTO
EMOCIONAL NÃO RESOLVIDO

Pensar que situações difíceis, ou que geraram grande sofrimento em nós, são resolvidas isoladamente com o tempo é um erro. Não agir impulsivamente ou pensar em outra coisa é frequentemente insuficiente. O sofrimento não será capaz de parar completamente se o problema ou trauma não for tratado e reformado/concluído mesmo que o tempo possa fazer atenuar ligeiramente.

Permanecer com dor permanentemente, ou evitá-la, geralmente não é uma boa solução. Essas experiências dolorosas exigem digestão ativa. Em outras palavras, devemos compreendê-las plenamente, e as influencias pelas consequências que elas deixarão em nossas vidas.

A vida é frequentemente complicada pelo sofrimento emocional não resolvido. As características ruins de personalidade tornam-se crônicas, o sistema imunológico enfraquece e a manutenção da concentração exige grande esforço. Você se sente mal, mas não pode identificar a fonte desse desconforto. Estes são sinais de que precisa fazer algo com o seu passado.

“Se você não pode mudar uma situação que lhe causa dor, você sempre pode escolher a atitude com a qual você enfrenta esse sofrimento.” ~ Viktor Frankl

7 SINAIS DE SOFRIMENTO EMOCIONAL NÃO RESOLVIDO:

1. Dificuldade em administrar a raiva

Este é um dos sinais mais comuns de sofrimento emocional não resolvido. Ficamos com raiva de tudo. Disputas ou conflitos com os outros se tornam comuns. Estamos de mau humor em todos os momentos. Nossas expressões de raiva se tornam desproporcionais.

Nós frequentemente explodimos com violência. Às vezes nos propomos a mudar, mas sem sucesso. Além disso, passamos nossos dias nos desculpando, ficando com raiva de nós mesmos. Estamos procurando razões para justificar nossa raiva. A dor emocional não resolvida pode ser a essência do problema.

2. Instabilidade nas relações sociais

Nossos relacionamentos com os outros às vezes mudam imperceptivelmente. Outros parecem repentinamente entediantes, indignos de atenção ou totalmente intoleráveis. Torna-se difícil perceber positividade naqueles que nos rodeiam. Nós tendemos a quantificar suas falhas.

Às vezes queremos sair com alguém, mas nos arrependemos um pouco antes de fazermos isso e vamos para a cama. Encontramos desculpas para não compartilhar nada com aqueles com quem costumávamos fazer. Por outro lado, sentimos que preferimos a solidão, mas sem nos sentirmos bem quando estamos sozinhos.

3. Negligência pessoal

Uma pessoa que ama a si mesma, valoriza a si mesma, cuida de si mesma e do que ela tem. Estamos nos referindo aqui à aparência externa, mas também aos detalhes que compõem a rotina. Os horários das refeições, por exemplo, podem se tornar aleatórios.

Algo semelhante acontece com o descanso. Nós dormimos muito ou pouco. Nossos hábitos normais parecem sofrer de falta de controle. Algumas pessoas também estão começando a se envolver em situações que envolvem risco físico ou perigo para sua integridade pessoal.

4. Desespero: um sinal de sofrimento emocional não resolvido

Desespero é a sensação de ter uma bússola que não funciona, o que não indica o norte. Também implica que nada mudará no futuro, a ideia de que a situação é ruim e que continuará assim, seja o que for que fizermos. Nós olhamos para frente e vemos apenas uma repetição eterna da mesma coisa. Não temos interesse nem entusiasmo pelo que acontecerá.

Esse sentimento de desesperança pode ser esporádico ou permanente. Pode gerar a sensação de que estamos prestes a perder a cabeça ou terminá-la, se permanecer por muito tempo. Chegar a este ponto significa que precisamos de ajuda.

5. Pensamentos obsessivos e compulsões

A mente se enche de medos e apreensões irracionais. Às vezes se torna obsessivo. Por exemplo, começamos a acreditar que haverá um incêndio em nossa casa. Começamos então a rever, dia após dia, de novo e de novo, as possíveis origens ou causas desse incêndio que apenas imaginamos.

6. Fadiga 

Muitas pessoas com dor emocional não resolvida são dominadas por um sentimento de fadiga constante. Este último experimenta-se fisicamente e mentalmente. É como se não houvesse energia alguma; essa falta de vitalidade também se reflete em uma vida mais sedentária.

7. Falta de desejo

Um sofrimento incrustado também pode corroer o desejo sexual. Não só o interesse em fazer sexo, mas também o interesse em acariciar, seduzir e ser seduzido, a ausência de desejo faz com que uma fonte de prazer desapareça.

Por isso, é comum que a cumplicidade com o outro seja ameaçada … justamente quando a pessoa precisa de mais apoio. A empatia torna-se mais difícil quando é mais necessária.

Todas essas características podem ser sinais de sofrimento emocional não resolvido. Está no nosso passado. Às vezes podemos identificar a origem dessa dor, outras vezes não. Estamos em ambos os casos em uma situação que requer ajuda profissional. Você ficará surpreso com toda a ajuda que um profissional pode lhe dar.

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
https://nospensees.fr/7-signes-de-souffrance-emotionnelle-non-resolue/
Tradução – Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

Técnica telepática para acerto de contas e cura

TÉCNICA TELEPÁTICA PARA
ACERTO DE CONTAS E CURA
Por Megan Edwards

Estamos no tempo da limpeza emocional

Atualmente, a humanidade parece estar passando por um período muito intenso de limpeza emocional, e nos últimos dois a três anos esse fenômeno tornou-se cada vez mais urgente, bem como cada vez mais perturbador para nossas vidas.

À medida que esse processo se desenrola, inevitavelmente significa que os relacionamentos pessoais surgem como áreas de tensão ou conflito e, muitas vezes, pode ser difícil saber como começar a lidar com tais situações ou pessoas.

Muitas vezes, esses relacionamentos podem ser bastante tóxicos, ou tê-lo ferido tão profundamente que parece impossível lidar com eles face a face.

Para outros, pode ser mais uma questão de compartilhar um assunto delicado com outro, o que inicialmente poderia ser complicado fazer diretamente.

Para outras pessoas, pode ser que existam coisas não ditas a alguém que já tenha passado.

Há infinitos exemplos de situações em que a comunicação precisa ocorrer entre você e outro – ou mesmo um grupo de pessoas – mas você se sente desafiado a fazê-lo de uma forma mais direta – pelo menos para começar.

Este é o lugar onde a “Técnica Telepática” mostrou um poder incrível para ser capaz de curar muitas situações de relacionamento pessoal. Para ajudar a resolver algumas dessas feridas antigas, você pode tentar uma técnica incrivelmente poderosa, mas simples.

Não lhe custará nada além de alguns momentos do seu tempo. Isso pode ser feito a partir da privacidade do seu próprio espaço, e ninguém precisa saber que você parece estar “falando consigo mesmo!” Pode servir como um “ensaio geral” antes de escolher lidar com alguém.

COMO FAZER ESTA TÉCNICA TELEPÁTICA

Passo 1 – Encontre um local tranquilo

Onde você não será perturbado. Tire o telefone do gancho, tire o gato ou o cachorro para fora do ambiente; certifique-se de que as crianças não podem entrar … e depois coloque duas cadeiras – uma em frente à outra. Sente-se na primeira cadeira e depois permita-se entrar em um espaço profundo, meditativo ou de oração. Visualize a pessoa com quem você quer conversar.

Passo 2 – Imagine a pessoa com quem você deseja se comunicar

Uma vez que você se sinta confortável e centrado, imagine a pessoa com quem você precisa fazer algum trabalho de Cura sentada na cadeira vazia à sua frente. Ou coloque uma foto da pessoa com a qual você deseja se conectar. Ou você poderia simplesmente escrever seu nome em um pedaço de papel e colocá-lo na cadeira; o que funcionar melhor para você.

Passo 3 – Conecte-se Energeticamente em sua mente

Assim que você sentir que ela está lá – energeticamente: seu “eu-essência” – imagine um poderoso raio de Luz indo do seu coração para o dela – se isso for confortável para você.

Além disso, veja outro feixe indo da sua mente para a mente dela. Se isso é pedir muito de você, então imagine um casulo de Luz ao redor dela. Veja esse casulo como um símbolo de sua intenção de transformar algo fundamentalmente e de cura entre vocês dois.

Passo 4 – Inicie a Comunicação

Então, em sua mente, abra seu coração para ela. Lembre-se, tudo isso está acontecendo estritamente dentro de sua própria mente e sua “imaginação”.

Comece a falar com ela, em silêncio, em sua mente, ou se você tem o luxo de privacidade e uma sala à prova de som, então você pode falar em voz alta – se preferir. Mas, francamente, é provavelmente melhor fazer tudo isso silenciosamente dentro do seu próprio espaço mental. Também não importa se você mantém os olhos abertos ou fechados.

Não tenha medo de dizer o que você precisa dizer quando você faz esta técnica telepática.

Você pode, de fato, ter uma raiva muito válida e justificável em relação a essa outra pessoa, pelo que ela pode ter dito ou feito a você. Então, você pode ser tão franco e direto quanto desejar quando estiver falando com ela – de dentro de sua mente.

Então, quando você começa esse processo, você pode inicialmente precisar descarregar e vocalizar – dentro da sua mente – quaisquer emoções que você sente por muito tempo; incapaz de expressar face a face. Diga-lhe como você se sente sobre o que aconteceu; o que isso fez com você; como lhe feriu de alguma forma. Seja claro, conciso, honesto e preciso.

A grande coisa sobre essa técnica telepática é que você não precisa lidar diretamente com o eu- ego, que inevitavelmente só responderia de uma maneira tipicamente defensiva – se não ofensiva.

– A comunicação pode ser sobre outras coisas também

Para outras pessoas que querem fazer essa técnica, pode não haver raiva na situação. De fato, você pode estar lidando mais com muita culpa sobre algo que você pode ter feito ou dito a outra pessoa.

Quaisquer que sejam os detalhes de sua comunicação com essa pessoa “sentada” na cadeira à sua frente, o principal é permitir-se – da forma mais honesta e clara possível – dizer exatamente o que você quer dizer, mas que foi impossível fazer face a face.

– Tome tanto tempo quanto você desejar

Essa comunicação pode durar tanto quanto você escolher, desde que você se sinta satisfeito ao final e tenha dito o que precisava dizer.

Etapa 5 – Visualize um resultado positivo

Seja claro e conciso no que você quer.

Agora que você teve a chance de realmente “descarregar” suas emoções, ou seus pensamentos para aquela pessoa que precisa ser comunicada, em seguida, declare o que é que você deseja para si mesmo, bem como a partir dela.

Então, usando seu “poder da mente” – ou fazendo “visualização criativa” – gere uma vinheta mental na qual você se vê em um estado de resolução. Isso pode ser na forma de ver vocês dois tomando uma xícara de chá juntos; caminhando juntos pela praia; recebendo uma carta de carinho do outro; dando um ao outro um abraço.

Visualize um resultado positivo!

Talvez você queira um pedido de desculpas. Pode ser que você lhe peça um pedido de desculpas – e nesse caso você já pode pedir-lhe que o perdoe enquanto você faz esta técnica telepática.

Para outros, pode ser simplesmente que você tenha uma reunião importante ou uma entrevista com alguém, ou até mesmo um grupo de outras pessoas, e você gostaria de antecipar-se a essa ocasião, tendo uma oportunidade de expressá-la – de forma clara e concisa o que você deseja transmitir.

Proporcionará uma maravilhosa oportunidade de capacitação para praticar o que você deseja dizer a eles. Ou você visualizará o resultado final, recebendo uma carta confirmando que teve sucesso nessa entrevista, por exemplo.

Por fim, também pode ser que você nunca mais veja ou esteja em contato com a pessoa com quem você acabou de se conectar telepaticamente; está bem também. Mas, o que esse processo permite que você faça é “formalmente” deixá-la saber exatamente o que você pode quer dizer há muito tempo – embora “só” telepaticamente!

Não subestime o poder da técnica telepática

No entanto, não subestime o poder dessa comunicação. Eu já vi tantos “milagres” de Cura acontecerem entre tantas pessoas, durante tantos anos, que mais do que me convence que tal comunicação “mental” é realmente muito real, e pode ter resultados maravilhosos em consertar uma ampla gama de feridas emocionais passadas, ou preparando para uma situação à frente.

Várias décadas de uso dessa técnica com muitas pessoas me convencem de que tais comunicações são definitivamente recebidas – ainda que inconscientemente – das quais os resultados da Cura têm sido alcançados com muita frequência.

Você não tem nada a perder usando essa técnica

Francamente, não há nada a perder ao tentar esta técnica, além de muita dor que pode estar assombrando você por um longo período de tempo. Tenha em mente também que reter essas emoções feridas trancadas em seu corpo é uma maneira infalível de gerar todos os tipos de “doenças” em seu corpo, ou disfunção em sua vida.

Quanto mais focado o processo, mais poderosos são os resultados

Etapa 6 – Como encerrar uma sessão telepática 

Para encerrar essa sessão telepática, é mais importante desconectar-se energeticamente da maneira correta. Você pode primeiro oferecer-lhe perdão ou pedir perdão – se você está pronto para essa etapa, ou se isso é apropriado para o que era a sua necessidade de comunicação.

Em seguida, crie um poderoso casulo de Energia, que você coloca ao redor da pessoa, como um símbolo do seu Amor ou Compaixão. Então, veja aqueles “raios de Luz” que você conectou à mente e ao coração dela simplesmente se dissolvendo. Não há necessidade de cortá-los ou quebrá-los, nem nada tão agressivo. Depois de concluir essas etapas, está feito.

Quantas vezes faço este processo?

Você pode fazer essa técnica telepática sempre que desejar. Se o problema que você está tentando curar tem sido profundo, se estender por longos períodos, talvez seja necessário repetir essa comunicação uma vez por dia durante algum tempo.

Ironicamente, muitas vezes é a outra pessoa que pode acabar contatando você … e não se surpreenda se ela disser algo como: “você tem estado em minha mente ultimamente … eu senti que precisava entrar em contato com você.

Bem, agora é com você.

Sim, em um nível, pode parecer uma espécie de “farsa”. Mas, se você está enredado em uma situação emocional profunda e dolorosa, que você realmente gostaria de resolver, então esta Técnica Telepática pode ser exatamente o que você está procurando para iniciar um processo de Cura profunda entre você e a outra pessoa.

Peter De Ruyter é consultor e autor de vários livros e mora em Sydney, na Austrália.

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
https://prepareforchange.net/2018/06/27/telepathic-technique-for-clearing-and-healing/
Tradução – Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

Um conselho de mãe para conflitos em família

UM CONSELHO DE MÃE
PARA CONFLITOS NA FAMÍLIA
MÃE MARIA
Através de Gabriel RL
19.06.2018

Gabriel: Por favor, queridos, leiam na sintonia dessa música abaixo. Eu particularmente recomendo que coloquem a música em uma altura agradável e leiam em seguida a mensagem em voz alta. Poderão sentir maravilhosas vibrações de luz em seus corpos. 

Franz Schubert – Ave Maria (Instrumental)
LINK YOUTUBE

Amados Filhos!

Que as bênçãos do Amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Amados, quantos entrelaçamentos, quantas experiências adquiridas na convivência de almas tão nobres ao vosso derredor! Tivestes, de fato, muitas vidas, tivestes muitos pais, mães, tios, avós, filhos, netos, esposos, esposas… Tivestes companheiros de jornada, seja qual for o título social dado a eles.

É sabido que em muitos destes entrelaçamentos houve desentendimentos, conflitos indigestos para muitos de vós e, claro, muitos laços de Amor apertados, seguramente. De qualquer forma, amados, muita experiência, entrega e Amor, independentemente de como vossos egos pudessem ver as situações.

Agora, porém, é hora do desligamento emocional de culpa, raiva e insatisfação. É hora de perdoar… Perdoar qualquer coisa que esteja ainda em vós, difícil de digerir. É hora de perdoar algumas dessas almas do vosso meio familiar com que tenhais algum atrito, e de reaver o laço de Amor, de compreender, de maneira mais elevada, todas as funções que exercem as almas deste vosso meio.

Hora de unificar. Sim, amados! Não estou dizendo que deveis conviver com aqueles que, energeticamente, são incompatíveis com vosso estado de ser por motivos que o Universo sabe e entende, mas sim, deveis tomar posse do vosso Amor incondicional e honrar essas almas à vossa volta, principalmente aquelas deste círculo fechado socialmente chamado de família.

Círculo fechado, pois aí está outro ponto que deveis começar a entender e a expandir. Vossa família vai além de laços sanguíneos e já deveis estar bem cientes disso.

As almas do círculo familiar são as mais corajosas, pois é a partir delas que virão os maiores aprendizados, lições e de quem obtereis ainda mais expansão. A partir delas que compreendereis os pontos principais que precisais trabalhar em vós.

Elas são as almas nobres que decidiram estar juntas a vós nessa troca mútua de experiências a aprendizados, tendo como pontos de apoio umas às outras. Apesar dos desentendimentos que pudessem haver, elas saberiam, no mais profundo, que havia ali uma ligação, um acordo, um tratamento em andamento.

Amados, sim, todos vós fostes à Terra para amardes e serdes felizes! Mas há de se compreender que existem forças na Terra que trabalham para esse impedimento, como a própria energia necessária para as vossas expansões, pois, em vossa natureza inata há um movimento poderoso em que, quanto mais sois pressionados, mais expandis.

E isso não é um jogo masoquista. São movimentos que mostram que todo mal nada mais é do que um impulso para que possais amar mais, compreender mais, expandir mais. O mal é um letreiro dizendo a vós “podeis amar mais do que isso”.

Sempre, amados, sempre que há sofrimento, há falta e/ou incompreensão do Amor. E essas almas deste círculo familiar são, pois, esses grandes seres devotados a você, querido(a). Devotados ao vosso crescimento, pois deles, tende certeza, partirão todos os movimentos para que impulsos para o Amor apenas cresçam em vós.

Sim, amados, eu também tive uma família! Eu também tive mãe, pai, tios, avós. Também tive esposo, filho, este que conheceis tão bem! Dizer que não houve problemas em nosso meio não seria verdadeiro. Dizer que não houve questões entre nós a serem trabalhadas não seria honesto, pois houve.

Deram a nós o título de “Sagrada Família” e, de fato, somos uma Sagrada Família, não por sermos quem vossas religiões impuseram majestade e santidade, mas porque sabíamos dos nossos compromissos uns com os outros.

De fato, nossos laços eram sagrados e precisávamos nos apoiar mutuamente, independentemente de qualquer coisa, desentendimento ou frustrações. E qual é a diferença de “nós” para “vós”? Nenhuma, pois também sois uma sagrada família. Vede vossos entes queridos deste círculo, todos eles, como uma “Sagrada Família”.

Quantas vezes Jeshua quis fazer algo e o repreendi – como todas vós, mães, que me leem agora fazeis com vossos filhos – julgando estar protegendo-o do mal? Quantas vezes ele, embirrado como vossos adolescentes, contestou minha decisão? Óh amados! Não tireis nossa humanidade, pois vivemos e experimentamos como vós, de igual maneira. Tivemos as mesmas questões que vós, indubitavelmente.

Quantas vezes discutimos, eu e José, pois nos últimos dias de sua vida física ele me dizia: “Mulher, deixa a criança ser quem ela precisa ser…” E eu, como uma mãe protetora, dizia: “Como? Se eu deixá-lo ser como ele é, pode ser que o matem rapidamente! Não!” E ele: “Óh, mulher, não sejas incompreensiva! Sabe que Deus está com ele e que algo grande está se manifestando! Não sejas teimosa!”

Quantas discussões assim tivemos, antes de sua partida para os reinos espirituais. Óh, meu amado José… Meus filhos que me leem agora… Algo familiar nesses relatos? Algo particularmente comum? No entanto, nos amávamos incondicionalmente, no mais profundo, nós sabíamos a grandiosidade de tudo!

Nós sabíamos o Plano Maior que se desenrolava e, vós, que me leem agora, estais sendo chamados a essa compreensão. Compreensão que a vossa família, vosso círculo atual é uma “Sagrada Família” com um Plano Superior em desenvolvimento. Todos vós sois “José, Maria e Jesus”.

Experimentai, amados, após a leitura desta minha mensagem, procurar aqueles os quais já tivestes ou tendes atritos e, de coração aberto dizer apenas “Dê-me um abraço”. Ainda que a outra parte permaneça irredutível e negando essa amorosidade, vós fizestes a vossa parte e destes o passo, pois soubestes que poderíeis fazer MAIS.

“PUDESTES AMAR MAIS DO QUE ISSO”.

Mais do que qualquer atrito, mais do que qualquer desentendimento, ou qualquer outra coisa. E ainda que não convivais com esse ente querido mantendo uma distância saudável e amorosa, garantireis, mesmo assim, a expansão, pois o Amor une em qualquer ponto deste Universo.

Fazei isso por vós, queridos filhos, fazei isso para o vosso próprio bem! Desatai-vos da dor, mágoa e sofrimento! Dou a vós a minha palavra de mãe que, se fizerdes isso, desconsiderando a reação do outro, vos libertareis e sereis mais felizes, eu garanto!

Compreendei: o Amor é a chave de tudo; tudo se resolve através do Amor.

Quando sois atacados por alguns dos vossos entes queridos como, por exemplo: “Falas demais.” Na verdade, eles estão dizendo que estais fugindo de vós mesmos e deveis ouvir mais, silenciar mais e ouvir mais os vossos corações.

Quando dizem: “Vós não sabeis o que dizeis!” Estão dizendo que vós precisais confiar mais em vós e reconhecerdes mais o seu valor. “Não suporto vossa presença!” Dizem que vós precisais andar mais com vós mesmos, gostardes mais da vossa própria companhia, pois ela é bela e merece ter a vós mesmos como parceiros.

“Eu não te amo!” Dizem que tu és tão belo(a) e que mereces cuidar mais de ti, amar-te mais, pois há um grande potencial em vós. Quando dizem “Tu és calado demais, não conversa!” Dizem que vossa voz precisa ser ouvida, pois ela é bela e todos merecem ouvi-la!

Nunca tomeis como pessoal, queridos, no sentido agressivo. Não importa como essas críticas chegam a vós, sabei: sois vós próprios se expressando através de todos estes que vos alertam e dão os sinais que vós próprios solicitastes, portanto escutai vós mesmos sobre o que é melhor para vós, no vosso mais íntimo.

Sempre virão conselhos a vós, de todos os lados, pois isso faz parte da experiência, mas a experiência ainda maior é que, em meio a tudo isso, deveis ouvir a vós mesmos, acima de tudo.

Deveis passar tudo pelo crivo dos vossos corações. Só ele sabe o que é melhor para vós.

Até mesmo esta minha mensagem deve passar pelo crivo dos vossos corações, pois sois inteiramente livres para discordar desta mãe que tanto vos ama e tanto quer o vosso bem. Mesmo assim, vós sabeis o que é para o vosso bem. Se minhas palavras ressoam em vossas almas, se elas vos fazem ver o que de fato sois e quereis para vós, segui-as.

Lembrai-vos, filhos amados do meu coração, que estou sempre à vossa disposição para que possais me chamar. Chamai-me, chamai-me, chamai-me! E eu vos atenderei.

Bem-amados, eu vos deixo agora, derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos em meu manto de proteção, porque …

Eu Sou Maria, a Vossa Mãe.

Gabriel RLGratidão sempre, amada Mãe!

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
http://www.sementesdasestrelas.com.br

Escavando profundamente, enfrentando o desconforto….

ESCAVANDO PROFUNDAMENTE,
ENFRENTANDO O DESCONFORTO
LISA RENEE

Transcrição: Agora, antes de começarmos esta noite, a nossa principal discussão é dedicada à nossa Comunidade como uma Salvaguarda da Sanidade. Espero que você volte a essa transcrição, como um recurso, quando estiver se sentindo desencadeado ou sobrecarregado pelas circunstâncias da vida. Eu gostaria de dizer do meu coração que este mês o que está acontecendo no campo planetário teve resultados muito intensos no corpo mental e emocional – as mentes e emoções de muitas pessoas.

Um dos principais objetivos transmitidos em nossa Comunidade é trabalhar para obter disciplina sobre os pensamentos que desencadeiam o Corpo de Dor, pensamentos que são divisores e críticos, de modo que esses intensos tempos de transformação na Terra se tornem muito mais fáceis de serem processados.

Eu sei que muitas pessoas agora estão lutando com muitas questões complicadas e difíceis em sua vida, e por essa luta eu tenho muita Compaixão e Amor Incondicional. Eu sei o quão doloroso isso pode ser.

O tópico de maior importância agora é como lidar efetivamente e enfrentar questões complicadas e conflitos dolorosos em sua vida da maneira mais eficaz e suave. Essas Linhas de Tempo trazem muitos problemas com o Corpo de Dor que estão sendo projetados para outras pessoas, e ao nosso redor, quando não entendemos o que está acontecendo.

Nós não podemos fugir do conflito. Não podemos fugir nem escapar do nosso desconforto.

O padrão de dor e desconforto que você sente está existindo dentro de você. Sente-se com isso e não deixe que isso o assuste. Existe um grande poder em perceber isso. Saiba que você tem o poder de mudar isso, de remover e limpar aquela dor em particular, para que nunca mais tenha que sentir o mesmo.

Agora, o que você vai fazer sobre isso? Você vai persistir nesses padrões antigos? Você precisa projetar essa dor e desconforto em outras pessoas para se sentir melhor? Você sabia que você pode sentir a dor, mas isso não tem impacto sobre como você se sente sobre si mesmo?

Você pode manter o amor-próprio, a auto-aceitação e a auto-estima, mesmo quando está passando por mudanças dolorosas e grandes desafios da vida. Você nunca precisa sentir mal consigo. Você nunca precisa se sentir mal com os outros, mesmo que por 30 segundos. Você poderia escolher sentir Compaixão total em vez disso. Você poderia mudar isso em um instante, se você quisesse, agora mesmo.

Um novo lema quando se sentir mal: sinta Compaixão.

É hora de controlar o Corpo de Dor e limpá-lo. Está tudo em suas mãos. Agora, neste mês, falamos sobre os eventos do Acionador da Linha do Tempo Histórica.

Muitos desses eventos estão desencadeando o Corpo de Dor.

Temos uma oportunidade maior de romper as barreiras amnésicas e a memória, para recuperar mais conhecimento pessoal que nos conecta com a verdade de nossa própria experiência nos níveis individual, coletivo e até mesmo galáctico.

Como estamos aprendendo, a verdade nem sempre é bonita, mas ainda é a verdade. Nossa identidade espiritual existe além dessas inversões de energia e maquinário de sifonagem que gera essas Linhas de Tempo falsas e artificiais, todo esse ego negativo e fragmentos corporais dolorosos.

Como uma fase natural da Ascensão Espiritual, estamos cruzando com uma abertura onde o verdadeiro registro histórico e nosso autêntico Eu podem ser muito mais facilmente recuperados.

Nosso Corpo de Consciência Superior pode estar emergindo internamente em memórias que precisam ser sentidas, que precisam ser testemunhadas, e aspectos que precisam ser reintegrados.

A oportunidade durante este tempo é para libertar-se dos impactos destas matrizes inferiores na 3ª dimensão, bem como as experiências da mistura dimensional dos alienígenas negativos, e existir acima destas redes artificiais, desta rede de linhas temporais que difunde o ego negativo e programas corporais de dor.

Para sustentar este processo, podemos precisar compreender alguns dos impactos dos eventos desencadeadores da Linha de Tempo Histórica que estão aparecendo nas áreas subconscientes de nosso corpo para nos ajudar a recuperar nossas memórias, e retornar quaisquer partes de nós mesmos que possamos lembrar durante esse tempo…

Este processo pode parecer agradável ou desagradável às vezes. Para se tornar a pessoa mais Autêntica, você tem que enfrentar e lidar com a verdade como ela é.

Não é a realidade que você desejava, mas a realidade que aparece como está agora, e a capacidade de ver isso verdadeiramente, libertará você da dor. Liberta-o de criar mais do mesmo padrão doloroso do passado, trazendo isso para o seu futuro cronograma/Linha de Tempo.

Então, o que significa a recuperação de nossas memórias realmente? Qual é o processo?

Eu acho que muitos de vocês já sabem disso porque estão passando por isso agora.

Nosso corpo vai começar a lembrar memórias. Talvez essas lembranças sejam impressões emocionais que também podem ser emoções negativas no Corpo de Dor.

Este conteúdo profundamente enterrado de memórias e registros históricos em superfícies que haviam sido previamente enterrados em nosso subconsciente, acontece a fim de transmutar a negatividade e limpar a energia da sombra, para eliminar os bloqueios corporais da dor.

Como consequência, agora muitas pessoas estão sentindo um grande trauma ou ansiedade, um desconforto que está se originando das memórias tentando emergir do subconsciente para a consciência consciente, quebrando as barreiras amnésicas, que também chamamos de Muro da Separação interior – os compartimentos da mente.

A fim de trazer a memória para a superfície, testemunha da mente consciente agora, lembre-se que a memória será associada a uma forma de pensamento particular ou geralmente uma emoção de algum tipo – geralmente neste contexto com o Corpo de Dor pode ser uma emoção negativa ou dolorosa que está associada a essa memória – e para que a memória surja, deve haver um elo que conecte as três camadas entre o subconsciente, a camada instintiva e a própria mente consciente.

Se essas camadas estiverem desconectadas, se elas não estiverem se comunicando bem uma com a outra, a barreira amnésica, a parede da separação, ocultará o conteúdo doloroso da consciência superficial da mente, mas a pessoa ainda estará experimentando sentimentos negativos ou se sentindo emocionalmente desencadeada por algo enterrado em seu subconsciente que a incomoda.

Desta vez é como cavar a terra.
Temos que encontrar os lugares dentro de nós em que nos machucamos.

Algumas pessoas não querem cavar fundo, mas é a única maneira de obter uma cura eficaz e permanente do Corpo de Dor. Para não nos sentirmos emocionalmente desencadeados por situações da nossa vida, temos que passar pelas barreiras amnésicas e descobrir o que nos magoou e o que nos faz sentir desencadeados emocionalmente.

Talvez quando nos sentimos inseguros por todas as incógnitas que estão aparecendo em nossa vida, podemos sentir que há muita mudança pela frente e essa mudança pode ser sentida como assustadora. Isso pode nos levar a ser excessivamente defensivos e até paranoicos.

Pessoas que são emocionalmente voláteis e têm uma tendência a projetar seus problemas ou culpar outras pessoas por sua volatilidade emocional, têm um problema com traumas e sentimentos feridos que são registrados em sua mente subconsciente e o subconsciente ativa isso na mente instintiva e o resultado disso é o Corpo da Dor.

Se não pudermos controlar nosso Corpo de Dor, não nos sentiremos seguros com os outros. Será difícil termos a qualidade também de ser uma pessoa segura.

Quando o Corpo de Dor está fora de controle, ninguém pode se sentir seguro, porque a dor assume a percepção da pessoa. Nosso objetivo é curar o Corpo de Dor e parar os gatilhos emocionais, o que trará a experiência de segurança dentro de nós mesmos para que possamos aprender a estar seguros com os outros.

A única maneira de curarmos é sentir, e ver, e expressar, que tipo de dor ou trauma nos aconteceu, e estarmos dispostos a ter a coragem de encontrá-lo, rastreá-lo, revelá-lo e estar disposto a esclarecer e resolvê-lo, e por isso vai parar de nos provocar pela maneira que percebemos as coisas em nosso mundo.

Naturalmente, para curar traumas, a pessoa precisa se sentir segura em seu ambiente para fazê-lo. E essa é outra razão pela qual nos esforçamos tanto para criar um espaço seguro e sem julgamento em nosso espaço comunitário.

Quando uma pessoa sofre um grande impacto de trauma emocional, e isso acontece em qualquer idade, mas geralmente há tanto trauma de infância que sua mente gerará uma barreira amnésica para empurrar essa memória sob a consciência superficial para que ela esqueça esse trauma na mente consciente.

A questão com isto é que o trauma é suprimido e negado e, portanto, o trauma ou a dor não desaparecem. Apenas se espalha sob a superfície da mente consciente. Quando esse registro de trauma é enterrado na camada subconsciente atrás da barreira amnésica, ele impulsiona o Corpo de Dor. Quando o impulso é muito negativo e doloroso para essa pessoa, ele se manifesta em eventos negativos e dolorosos em sua vida.

Agora pense nisso em um nível energético. Trauma e mágoa é energia negra e morta que parece dolorosa. Essa energia negra dolorosa está enterrada nas camadas energéticas de nossa aura ou Corpo de Luz e está registrada nas células de nosso corpo.

O que estou tentando expressar para você neste momento importante é que, em algumas pessoas, a barreira amnésica entre as camadas subconsciente e consciente está se dissolvendo. As pessoas estão passando por essas barreiras amnésicas e essa energia negra, essa mágoa e dor, essa energia de trauma registrada está emergindo de sua mente e corpo inconscientes.

E se elas não desenvolveram o Núcleo de Amor-Próprio, Auto-Aceitação e Auto-Estima, isso pode gerar uma experiência corporal de muita dor neste momento. O conteúdo inconsciente de muitas pessoas está se derramando em sua consciência consciente da mente a partir da dissolução dessa barreira amnésica e pode criar muita confusão em você.

O conteúdo inconsciente de muitas pessoas está se derramando em sua consciência consciente pela dissolução dessa barreira amnésica e pode criar muita confusão se você não souber o que é isso ou como realmente processá-lo.

Podemos alcançar e desvendar essa energia do trauma negro através de diferentes exercícios de liberação da dor, mas também podemos limpá-la através do corpo físico através de trabalho corporal, como a experiência somática.

Se não eliminarmos essa energia negra em nosso corpo que está enterrada nas camadas subconscientes, ela terá impacto constante em nossa qualidade de vida.

Ela irá filtrar negativamente a maneira como pensamos e processamos a realidade. Isso nos desencadeará emocionalmente ou carregaremos essa bagagem ao redor como um trauma emocional e continuaremos jogando esses padrões negativos em nossa vida e em outras pessoas.

Para mudar o padrão negativo, temos que ver o padrão negativo e não negá-lo, abordando a dor ou o trauma e tirando-o do corpo, limpando-o da mente e das emoções.

Às vezes, isso pode ser tão simples quanto mudar sua resposta a gatilhos dolorosos. Ao mudar sua resposta e não reagir, você está ajudando a mudar o padrão negativo dentro de você.

Como o trauma é registrado no corpo?

Bloquear a consciência de dor ou trauma não significa que a pessoa não tenha efeitos nocivos dessa dor ou trauma. Usar habilidades negativas, defensivas ou dissociativas não significa que a dor, a mágoa ou o trauma não tenham acontecido.

Negação significa que a pessoa está simplesmente se recusando a reconhecer o fato de que foi ferida, que estava sentindo dor ou foi traumatizada e ela não pode olhar honestamente para as circunstâncias.

Muitas pessoas são ensinadas a fingir que não estão se sentindo magoadas por algo, quando se machucaram muito.

Mesmo que as lembranças de dor ou trauma estejam ocultas da consciência consciente ou superficial da pessoa, que bloqueou a dor, o trauma, a dor não resolvida, criam sintomas muito evidentes e óbvios que podem ser facilmente percebidos em sua vida cotidiana.

Vivemos em um tempo na Terra onde o que foi gravado em nosso subconsciente está surgindo e agora temos que enfrentá-lo e se você não o viu antes, pode ser chocante e doloroso.

Você pode ter que ver e testemunhar outras pessoas em sua vida também passando pelo mesmo processo. Então, rompa a dor e o trauma, conforme isso afeta você agora, assim como isso afeta as pessoas ao seu redor.

Dor, mágoa e trauma são feridas profundamente energéticas que, se não forem resolvidas e curadas em uma pessoa dentro das camadas dos corpos, elas criam um caminho para vários bloqueios de energia, como anexos que formam muitos tributos energéticos que alimentam a mesma ferida interna, a dor ou trauma.

Na visão superior, pode parecer algo como um polvo de energia negra no campo da energia de uma pessoa, que é realmente sua própria dor. Isso poderia ser sentido e formado a partir de um evento central de trauma com várias linhas de energia escura se movendo no corpo para serem acionadas de várias maneiras dentro dessa pessoa. Isso as desencadeia, obviamente, emocional e mentalmente.

Quando essas feridas profundas de trauma estão na pessoa, há cordões conectados a elas.

Muitas vezes eles se conectam a esses eventos onde o trauma aconteceu ou certos programas de controle da mente que são específicos para os sistemas de crença do ego negativo da 3ª dimensão. O que pode acontecer é que o trauma ou a ferida dolorosa atrai até mesmo entidades extradimensionais que estão vibrando naquele nível particular onde quer que a dor ou a ferida traumática estejam.

Então, digamos que haja um evento psicoespiritual traumático ou alguém foi vítima de abuso em algum momento de sua vida, a pessoa passou por algum tipo de experiência em que se sentiu realmente magoada, abusada ou traumatizada. Então, se essa energia dolorosa não for limpa, movida e perdoada pelo corpo, essa pessoa provavelmente se separou daquela Linha do Tempo e um cordão ou ligação astral a está conectando à Linha do Tempo do evento onde a dor aconteceu.

Muitas vezes eu vi criança que passou por abuso ou mágoa, e seu desenvolvimento emocional e espiritual ficou atrofiado, e o processo de maturação realmente paralisado. O processo de desenvolvimento emocional na verdade pára no momento em que o trauma ocorreu.

E mesmo quando o corpo biológico envelhece, seu corpo emocional ou espiritual fica atrofiado ou congelado no tempo. Aquela pessoa que sofreu a dor e o trauma pode realmente ter o desenvolvimento emocional de 8 ou 10 anos de idade, em particular por questões em que foram desencadeadas e porque nunca curaram a Criança Interior da dor que sofreu com aquele acontecimento ou Linha do Tempo especifica.

Então, é importante entender como essas Linhas de Tempo funcionam e quando você chama de volta esses aspectos da Criança Interior ou do eu, você está chamando de volta fragmentos de si mesmo que foram quebrados por essas Linhas de Tempo específicas, especialmente quando há profundas feridas de dor deixadas sem solução e sem cura, ainda afetando você hoje.

Essas feridas não curadas criam buracos, rasgos ou vulnerabilidade em nosso campo de energia (aura) que podem atrair energias indesejáveis ​​e também algumas energias negativas.

Algumas vezes elas podem ser seres que têm os mesmos problemas não resolvidos que começarão a se ligar a essa pessoa, porque é uma energia familiar que está vibrando com a mesma dor ou trauma para eles. Existem milhões de razões pelas quais energias negativas ou entidades se ligam às pessoas. Às vezes eles são de acordos, mas a maioria destes são desequilíbrios que são criados a partir de feridas não curadas de dor e trauma.

Nós nos manifestamos a partir da Lei da Ressonância, então quando nosso corpo está ressoando em uma vibração particular de dor ou ferida traumática, pode atrair as energias que ressoam na mesma taxa de frequência, e isso também inclui entidades; e quando entidades começam a se envolver e se anexar no campo energético humano para ajudar no desencadeamento emocional e mental (porque muitas vezes as entidades estão envolvidas no processo de desencadeamento), então essa pessoa experimentará sentimentos de grande densidade, ou opressão, coisas que tiram a alegria natural que temos quando estamos espiritualmente conectados e somos infundidos com sentimentos baseados no coração e capazes de nos conectar com a alma.

Existe uma conexão enorme entre essas feridas profundas de traumatismo que permanecem não curadas e, com o tempo, essas feridas são exageradas e aumentadas mil vezes em seus efeitos dolorosos por meio de entidades que se ligam aos gatilhos que a pessoa pode estar carregando.

A carga emocional que temos em torno de dor ou trauma é realmente a questão número 1 que leva a comportamentos espiritualmente abusivos ou destrutivos, como problemas de dependência.

Portanto, se houver feridas profundas e dolorosas, não apenas emocionalmente, mas em torno do Corpo de Dor, isso geralmente leva a algum tipo de vício nesse mundo, e muitas pessoas que têm desejos ou problemas enormes com dependência provavelmente seriam dispensadas da intensidade desses desejos, na verdade, apenas abordando os cordões energéticos e expulsando essas entidades especificas de acioná-los.

Eu vi pessoas profundamente enraizadas em problemas de feridas dolorosas ou dependência e uma grande porcentagem de sua dor percebida não é nem mesmo vinda delas como um indivíduo. Isso está realmente sendo filtrado das energias negativas que elas estão atraindo e das entidades negativas que estão manipulando os gatilhos – porque se você não estiver totalmente no comando do seu ser, se você não estiver tomando o poder sobre o seu corpo, então alguém o fará.

Então, quais são os sintomas mais comuns do que está enterrado no Corpo de Dor?

Os sintomas gerais de trauma são:

* (podemos fazer uma auto-avaliação e também podemos considerar os nossos entes queridos ou pessoas ao nosso redor que observamos tendo um momento realmente difícil durante a Planetária Noite Escura da Alma).

 Lesões não resolvidas ou trauma se transformam em problemas que se parecem com comportamentos viciantes.

Quando alguém está se voltando excessivamente para algum tipo de substância na parte externa, não precisa ser uma substância que altere a consciência, mas também pode ser compras/consumismo, desordem alimentar ou jogo, assim como drogas, álcool e sexo, ou até mesmo drogas.

Pode também ser sobre uma outra pessoa, porque isso se torna uma maneira de afastar emoções difíceis ou coisas que são perturbadoras para que não lidemos com o conteúdo da dor ou do trauma dentro de nós.

Também cria uma incapacidade de tolerar conflitos com outros tendo medo de conflitos, fugindo de conflitos, evitando conflitos e mantendo percepções distorcidas de conflito.

 Incapacidade de tolerar sentimentos ou emoções intensos, talvez preferindo evitar sentimentos desconfortáveis ​​e agir defensivamente sobre qualquer coisa que os desafie emocionalmente.

 Às vezes uma crença inata de que eles são inúteis, sem valor ou importância.

É claro que sabemos que uma parte do controle da mente da Agenda Alienígena Negativa para criar escravos em nosso planeta, está em acreditarmos que os seres humanos são inúteis, daí sermos muito mais fáceis de controlar.

 Pensamento preto e branco, tudo ou nada, mesmo que essa abordagem acabe nos prejudicando, isso é chamado de divisão e é um tipo de mecanismo de defesa do ego. O pensamento em preto e branco é como dizer que você está comigo ou não está. E como sabemos, a vida e os relacionamentos são muito mais complicados do que isso.

 Ligações impróprias a figuras de autoridade, figuras de mães ou pais ou com pessoas disfuncionais ou insalubres.

 Co-dependência ou confiança excessiva para que outras pessoas façam coisas por elas.

 Ansiedade intensa e repetidos ataques de pânico, pensamentos intrusivos, imagens perturbadoras ou pesadelos angustiantes.

 Atuar repetidamente a partir de um papel de vítima nas relações comuns.

 Ações de destruição que geram dano próprio ou mesmo depressão, que é um dano cometido contra o espírito interior.

Se você está experimentando esses sintomas, pergunte a si mesmo se você está verdadeiramente pronto para resolver seus problemas de dor e trauma ou se acha mais confortável continuar vivendo com essas dificuldades.

É mais difícil enfrentar como a dor realmente chegou ou é mais difícil viver uma vida cheia de ansiedade, relacionamentos problemáticos, medos extremos e dor física?

Correndo da sua dor e histórico de trauma não vai ajudá-lo a se sentir melhor. Enfrente sua dor ou trauma para ser honesto com os comportamentos de trauma que você sabe que o desencadeiam emocionalmente.

Gatilhos emocionais estão enredados com algum tipo de dor, mágoa ou trauma e os eventos que estão ligados a esse trauma. Muitas vezes, se você puder chegar ao evento do trauma em que realmente se machucou, poderá clarificá-lo naquele momento, nas camadas inconscientes, vendo realmente o que estava fazendo com que você se sentisse assim, para começar. Esse evento de trauma também pode precisar de Perdão e Amor, especialmente se for difícil abandoná-lo pela aceitação da situação.

Temos que compreender, se não vamos Soltar/Deixar Ir – a história do trauma continuará a nos assombrar. Ela continuará nos tornando infelizes ou miseráveis.

Portanto, lembre-se de que, quando você começa a processar um gatilho emocional, algo que o magoa, é doloroso até que você também esteja disposto a deixá-lo ir e encontrar aceitação para poder seguir em frente com a sua vida criando padrões mais saudáveis.

Você também precisará ser muito honesto sobre si mesmo se essa dor não resolvida e esses gatilhos estão sendo parcialmente gerados por meio dos pensamentos e comportamentos negativos que você não está deixando ir.

Assim, nosso corpo ascendente pode estar processando algumas energias e emoções muito complexas agora, quando a barreira amnésica se dissolve, e começamos a nos lembrar das emoções ou sensações que experimentamos ao longo de nossa vida, ao longo de eventos históricos que nos impactaram negativamente, também como a consciência coletiva, e mesmo aqueles de outros paralelos no tempo.

Como a humanidade não recebeu o contexto apropriado não apenas para curar e processar o trauma, mas também para o que aconteceu nas memórias coletivas de consciência através da história da Galáxia, muitas pessoas não têm associações corretas de memória com o que estão sentindo ou quando estão experimentando as emoções ou o processamento das sensações e isso pode trazer um impacto para o funcionamento normal do corpo físico.

No entanto, quando começamos a recuperar nossas memórias, quando começamos a Lembrar o que aconteceu conosco, quando reconhecemos as áreas dentro de nós que se sentem feridas ou estão com dor, isso sustenta a recuperação dos Fragmentos de Alma e o retorno das memórias da consciência que estavam sendo manipuladas pela versão AI (Inteligência Artificial) das Linhas de Tempo 3D porque o que há na barreira amnésica é como somos manipulados no controle da mente.

Agora, mais comumente isso vai acontecer conforme os conteúdos da mente subconsciente, que não foram notados antes, começam a ser vistos pela sua mente consciente ou eles entram em consciência superficial quando não estavam lá antes. Como imagens, sentimentos, sensações, partes de cenário.

Eu sugeriria que se você estiver sentindo ansiedade e fora do centro e facilmente assustado, se seu Corpo de Dor foi ampliado ultimamente, para não deslocar ou transferir esses sentimentos para a comunidade em geral, mas para ter a coragem de olhar para dentro e descobrir o que é isso que realmente está perturbando você.

Novamente, este é o momento de exercitar o treinamento de neutralidade que você obtém aqui neste espaço (blog) para que você possa permitir que essas memórias apareçam. Quando os sentimentos subconscientes começarem a surgir, não os negue ou reprima, pois isso só aumentará ou prolongará o sofrimento.

Trabalhe suas ferramentas para se sentir seguro novamente.

 Encontre o Observador Interno.

 Tenha o compromisso de mudar a dor que tem dentro do seu corpo que está desencadeando você.

 A única maneira que você encontrará liberdade emocional é através do esforço e compromisso que você faz para se livrar dessa dor.

A Paz esteja com o seu coração e mente!

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
https://energeticsynthesis.com/index.php/resource-tools/blog-timeline-shift/3324-facing-our-discomfort
Tradução – Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

O tempo não apaga sentimentos: nos permite colocá- los em seu lugar

O TEMPO NÃO APAGA SENTIMENTOS:
NOS PERMITE COLOCÁ-LOS EM SEU LUGAR

O tempo não resolverá seus conflitos, não apagará os sentimentos que o atormentam, nem esquecerá o que aconteceu. Esta afirmação é realmente muito difícil, mas ainda muito real: o tempo só ajuda você a colocar tudo em seu lugar e faz de você o protagonista de sua vida.

Assim, quando se lê em Miguel de Cervantes que o tempo dá doces problemas a amargas dificuldades, podemos considerar que o tempo é uma ferramenta para a mudança.

Por causa das adversidades que enfrentamos, nos afastamos, mas os dias que passam nos dão esperança de harmonia emocional.

“O tempo é muito lento para quem espera, muito rápido para quem tem medo, muito longo para quem sofre, muito curto para quem se beneficia; mas para aqueles que amam o tempo é uma eternidade “.  ~ William Shakespeare

O tempo é relativo e uniforme e difere de acordo com a psicologia de cada um.

É por isso que o tempo não pode apagar o sofrimento, mas pode, por outro lado, nos permitir ter espaço suficiente para continuar e avançar; às vezes, alguns meses são necessários e outras vezes, alguns anos.

VOCÊ É O PROTAGONISTA DA SUA HISTÓRIA

O tempo que nos damos para digerir um passado ruim é tão eficaz quanto os amigos íntimos ou qualquer outra pessoa que ofereça sua ajuda.

É um apoio pelo qual podemos ser muito gratos, mas, apesar de tudo, ninguém além de nós mesmos pode viver em nosso lugar.

“Não importa o que nos aconteceu, o que nos acontece ou o que pode nos acontecer: existe uma lacuna entre essas coisas e as respostas que lhes damos.”  ~ Stephen Covey

Se você sente a necessidade de recuperar sua coragem, você deve tomar as coisas em suas próprias mãos e decidir.

Tudo em seu lugar e um lugar para tudo

Com o tempo e a coragem, todos os sentimentos que nos magoaram ou o que nos fizeram ainda não desaparecem.

É uma espécie de tatuagem com a qual devemos viver, mas que também nos permite situar as coisas: cada coisa encontra o seu lugar no nosso coração e na nossa memória, para que permaneça ancorada em nós depois para ser transformado: apesar do aguilhão de dor que pode permanecer quando você toca nessa área, você não está mais paralisado, mas isso traz à mente uma lição aprendida do passado que lhe permitiu avançar .

Então entendemos que não havia espaço para dúvidas e que este lugar, onde hoje é a dor, era o seu lugar. Então vem o dia seguinte, e você não terá esquecido nada: os calafrios, sejam eles bons ou ruins, não são esquecidos.

Saiba também que você não sofrerá mais se puder perdoar os outros ou, em alguns casos, perdoar a si mesmo: será uma nova lição de vida, onde o verdadeiro herói é você, não é o tempo.

O tempo vai ensinar a olhar e estimar

No entanto, o tempo nos permite abrir nossos olhos e valorizar o momento presente, durante o qual a vida tem precedência sobre o resto, durante o qual podemos estabelecer muitos outros relacionamentos que não os de cuidar e estimar, e durante o qual há mais pessoas e projetos pedindo que coloquemos um pouco do nosso.

“Com o tempo, você aprende que a vida está aqui e agora, e não importa quantos planos você tenha, amanhã não existe e ontem também.” ~ Verónica Shoffstall

Não importa quais planos sejam feitos, se permanecermos passivos e não fizermos nada para que eles aconteçam. Não seremos capazes de nos sentir melhor se não operarmos a Chave da Força Interior: o tempo pode ajudar, se não carregar todo o trabalho, porque nesse caso ele fugirá.

Por fim, o tempo lhe ensinará a encarar a vida a partir de hoje e não desde ontem ou amanhã: os que partiram porque queriam não estão mais lá; aqueles que foram embora, mesmo sem querer, estão lá; aqueles que não partiram querem que estejamos lá.

E se não nos apercebermos disso, o tempo irá escapar sem sequer nos voltarmos para nós mesmos.

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
https://nospensees.fr/temps-nefface-sentiments-permet-de-mettre-a-place/
Tradução – Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

O sofrimento existe, mas ele não controlará mais minha vida.

O SOFRIMENTO EXISTE,
MAS ELE NÃO CONTROLARÁ MAIS MINHA VIDA

Todos nós já nos machucamos uma vez ou outra em nossas vidas, ou até mesmo podemos ter nos machucado. Nesse sentido, é provável que o dano tenha sido inconsciente ou, infelizmente, direta e verdadeiramente consciente.

Por outro lado, cada pessoa dá às suas próprias histórias a importância que elas sentem que têm, porque o dano causado aos outros é uma coisa muito relativa; algumas pessoas são extremamente afetadas por algo que, para nós, pode representar apenas um simples contra-tempo e vice-versa. O que é verdadeiramente humano é entender que todas as circunstâncias são dignas de serem respeitadas.

Em qualquer caso, devemos deixar o sofrimento ir embora para viver em harmonia com nós mesmos. Com certeza é difícil enfrentar o momento em que o único remédio disponível para nós é aceitar o que aconteceu, mas isso é possível. E se o fizermos, seremos recompensados.

É bom permitir-se sofrer

Fala-se muito sobre o fato de que o sofrimento é negativo, por isso é bastante lógico que sempre tentemos nos afastar dele quando ele ameaça se aproximar de nós, ou que tentamos fugir quando ele começa a nos invadir.

Por nada no mundo queremos ter negatividades que quebram nosso equilíbrio emocional e que nos dão a impressão de que caímos em um abismo sem saída. Até certo ponto, temos ferramentas suficientes para superar o sofrimento, mas nunca estamos preparados quando isso acontece.

E mesmo que tenhamos a ideia de que essa é uma possibilidade, nem nos adaptamos facilmente às cenas que recebemos. No entanto, muitas vezes afirmamos o fato de que as duras críticas têm um lado positivo: aprender.

“Você sabia? Uma pessoa pode considerar que a vida é repleta de dificuldades para evitar, ou que representa um vasto parque infantil que oferece em cada um dos seus recessos uma experiência para viver “. – Laurent Gounelle

As lições que tiramos das experiências que vivemos são como pequenas colheitas cujos frutos devemos colher, aqueles frutos tão preciosos para nós, se quisermos continuar progredindo na vida.

Assim, deste ponto de vista, é bom permitir aprendermos com o sofrimento e absorvermos totalmente todos os detalhes da vida.

É bom sentir o fracasso como é bom sentir o sucesso. É bom chorar para iluminar nossos olhos e aliviar nosso coração. Finalmente, é bom entender que, durante uma jornada, há altos e baixos.

ALÉM DISSO, DURANTE ESSES BAIXOS, ELES NÃO SÃO UMA COISA RUIM SE NOS DIZ COMO TEMOS QUE NOS LEVANTAR.

O passado não pode lhe machucar novamente se você evitar

Quando estamos lá, no fundo de um poço profundo, temos a sensação de que as ferramentas que nos permitem sair deste lugar estão fora do nosso alcance. E precisamente, é a sombra desse sentimento que permanece em nós quando não conseguimos superar o passado.

Em outras palavras, vivemos em um presente onde esse sofrimento não existe mais, mas que às vezes continua a nos ferir. Se isso acontece, é porque não conseguimos deixar para trás todas as coisas que vivemos e precisamos realizar. Não devemos esquecer que o passado não pode nos ferir novamente se impedirmos.

“Mas quem pode se lembrar do sofrimento uma vez que ele se foi? Tudo o que resta dele é uma sombra; nenhum vestígio permanece no espírito, nem mesmo na carne “. – Margaret Atwood –

Saberemos que teremos atravessado esta trajetória quando olharmos para trás e descobrirmos que é apenas uma lembrança, que agora não nos magoa mais e não nos controla mais. Nós merecemos passar por esta direção, perdoar os outros e / ou nos perdoar, conforme o caso.

ENCONTRE O CONTROLE

O sofrimento controla temporariamente nossas vidas, porém, com paciência e coragem, conseguiremos recuperá-la. É você quem está no comando: você é o único que decide a direção a seguir.

Com a nossa mala cheia de sentimentos úteis, vamos deixar para trás o que é inútil a partir de agora. Nós descarrilamos, mas voltamos aos trilhos e não nos permitimos perder de novo. E se, por causa do destino, algo acontecer, encontraremos o caminho de novo.

“(…) Decidimos o momento de perder o controle das nossas vidas. Porque sempre há um momento em que, na vida, descarrilamos…” – Gillian Flynn

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
https://nospensees.fr/souffrance-existe-ne-controlera-plus-vie/
Tradução – Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

Lua cheia do dia 28 de junho.

LUA CHEIA DO DIA 28 DE JUNHO
Claudia Lazzarotto
Astróloga Kármica

Uma Lua literalmente Cheia!!! 
Cheia de aspectos fortes, de Planetas Retrógrados e significados vibrantes!! 

A Lua Cheia do dia 28/06/2018 (1:53h do Brasil), terá acima de tudo a conjunção com Saturno, que estará muito mais próximo da Terra, e de frente, ou em oposição, ao Sol.

Esta fortíssima conjunção em Capricórnio, entre Lua, Saturno e Terra (que no mapa astral está sempre oposta ao Sol), além da oposição ao Sol em Câncer, fará quadratura a Quíron em Áries, formando um T-Square ao qual devemos prestar atenção.

Teremos com esta aspectação e com a aproximação de Saturno, mais uma das bombas energéticas, das grandes aberturas de Portais que o Cosmos vem nos presenteando, cada vez com maior intensidade, como um presente grande, como daqueles que se ganha em ocasiões especiais.

E a grande mudança de vibração e de dimensão que se aproxima é, na verdade um presente imenso, nos trará, ou nos levará à Luz, de forma tão intensa como o processo de um nascimento…e vamos combinar que se não é fácil para uma mãe dar à luz, para sairmos do conforto do ventre, por um caminho apertado para este mundo maluco, não deve ser nada fácil também…só que a gente não lembra…e também ficar lá guardadinhos para sempre na barriga ia chegar um momento que se tornaria sufocante…

Então…é mais ou menos isto… nesta fase de transição teremos que sair, do que consideramos erroneamente, uma zona de conforto, para uma “existência” que podemos chamar de nova. Esta transição também não será fácil, mas no final veremos que era exatamente assim que deveria ter sido… como no caso de nosso nascimento nesta encarnação…

Quando a transição em questão é de magnitude dimensional, Universal, a oportunidade de adequação vibratória gradativa é uma benção um presentão mesmo…se fosse de um golpe só seria devastador…

Temos ainda no Plenilúnio desta fase lunar, além de Saturno, Plutão, Netuno e Júpiter retrógrados, também agora, o Planeta Marte retrógrado em Aquário, conjunto ao nódulo Sul e oposto a Nódulo Norte e quadrado a Urano regente de Aquário.

Sendo os Nódulos Lunares regentes de nosso Plano Divino, e Marte sendo regente de Áries, onde está o Quíron, formando outro T-Square, que vem complementar a energia do outro, e trazer também de forma nada sutil, o redirecionamento de energias, vidas e caminhos.

Mas sempre, e sempre mesmo para o nosso bem e nossa evolução…

E aqui estou eu, mais uma vez, falando da importância do direcionamento que nos damos as energias vigentes, mesmo aos desconfortos emocionais e até físicos que possamos sentir.

É de suma prioridade que sintonizemos com o positivo destas vibrações e assim as direcionemos no sentido da Luz, pois, nada acontecerá por inércia.

O nosso livre-arbítrio, mais do que nunca, será decisivo de forma quase que imediata. Por isto, mais do que nunca também, é fundamental escolher com o coração, com a sabedoria de nossa essência, e não de nosso Ego.

E se por um momento nos sentirmos perdidos, é melhor não fazer nada e respeitar o fluxo, do que fazer no meio da confusão e depois se arrepender.

E se doer, o peito, e ficar difícil respirar…espera…medita…busca o autoconhecimento…não precisa ter pressa…, mas…precisa respeitar a rapidez do ritmo e fluxo energético deste Momentum…

E respeitar, não significa sair correndo atrás do fluxo apavorado, tentar se encaixar, e ao invés disto, cair e se arrebentar…. Respeitar é sim ter a calma e a sabedoria para se alinhar a este fluxo, na sua hora certa … na harmonia do seu ser.…porque só assim você não vai tropeçar… e vai conseguir acompanha-lo…

Por mais difícil que seja… vamos manter a calma, manter o foco no coração e a mente na Luz… vamos precisar deste equilíbrio…

Deixe fluir…mas trace o seu caminho em meio a este fluxo…respeite…acompanhe…mas não se perca nunca de si mesmo…é preciso evoluir na plenitude integrada de seu ser!!!

Desenhe com seu livre arbítrio, suas próprias estrelinhas para te guiarem no caminho…

Eu sou Claudia Lazzarotto 

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
https://www.facebook.com/claudia.lazzarotto.1

O amor é a base de tudo o que é.

O AMOR É A BASE DE TUDO O QUE É
GRUPO ARCTURIANO
Através de Marilyn Rafaelle
17.06.2018

Saudações mais uma vez, queridos.

Estamos todos conscientes de todas as atividades conturbadas e caóticas tentando fazer com que você caia em medo e em dúvida. Sempre lembre que, apesar das aparências, o que você está fazendo é expondo a velha programação, os segredos e as criações tridimensionais.

Energias de Alta Ressonância Luminosa estão iluminando e pavimentando o caminho para a remoção, pois energias densas não ocupam o mesmo espaço que frequências mais refinadas e elevadas.

Tudo está bem apesar de como as coisas possam parecer. O mundo precisa se conscientizar dessas coisas antes que elas possam mudar. Mantenham a esperança, queridos, pois vocês estão criando um novo mundo com a sua consciência desperta enquanto vocês trazem e sustentam a Luz, auxiliando aqueles que agora estão preparados para despertar e criando espaço para muitas almas evoluídas que estão chegando agora.

Alguns estão vindo como walk-ins e alguns como recém-nascidos, mas um grande número já está aqui como crianças e adolescentes que vieram especificamente para ajudar no processo de ascensão de Gaia e da humanidade através de seus níveis evoluídos de consciência.

A maioria deles ainda não está ciente de sua missão, mas vê e entende o mundo a partir de um estado de consciência mais expandido do que a maioria. Na medida do possível, procure auxiliar para que esses jovens não sejam influenciados pela crença de que há algo errado com eles. Eles são almas muito antigas em corpos muito jovens.

À medida que mais e mais pessoas despertam, as frequências da Luz tornam-se automaticamente mais fortes e dominantes. Entenda que muito do sofrimento que você está testemunhando neste momento representa escolhas pré-nascimento feitas por indivíduos com o propósito de mudar a consciência do mundo ao expor quantas crenças comumente aceitas servem apenas a algumas pessoas enquanto trazem dor e sofrimento para os outros.

Muitos que até agora viveram completamente enraizados em crenças de dualidade e separação, estão começando a despertar e a reconhecer o sofrimento provocado por algumas crenças e leis comumente aceitas, muitas das quais foram criadas por nada mais do que a crença de alguns.

A humanidade está começando a despertar. Saiba que muita coisa está acontecendo nos bastidores das quais o público em geral ainda não está ciente. Suas fontes de notícias não dão a você a imagem completa, então tenha isso em mente quando você sintonizar. ]

Seu trabalho como pessoa desperta é manter a Luz dentro e fora em todos os momentos, apesar das aparências, simplesmente fazendo o que é necessário a partir de um estado mais elevado de consciência.

Havia e há muitos seres que desejam estar na Terra neste momento, mas que não foram permitidos. Somente aqueles com algo para oferecer ao processo de ascensão e a força para fazê-lo foram permitidos durante esses tempos poderosos.

Mas… “E os terroristas, os desordeiros, os violentos e não evoluídos?”

O estado “terrorista” de consciência é aquele que está totalmente emaranhado nas energias da dualidade e da separação. Muitos deles tiveram experiência limitada na Terra e só são capazes de viver no sistema de crenças tridimensionais, que é tudo o que sabem. É o seu estado de consciência momentâneo.

No entanto, esses entes queridos são necessários neste momento para trazer e expor questões de dualidade e separação. Saiba que cada um de vocês foi o “vilão” em uma ou mais vidas durante sua jornada de despertar.

Você está exatamente onde precisa estar neste momento, fazendo o que precisa fazer e fazendo um bom trabalho, mesmo que pareça que não está fazendo nada.

Ser a verdade, não permitindo que as aparências externas o desviem, cria uma atmosfera na qual a mudança pode acontecer. Saiba que tudo está seguindo de acordo com o planejado. A jornada espiritual é agora uma questão de SER em vez de FAZER.

A dúvida é sempre baseada na crença da separação e tem sido dominante na Terra ao longo de suas centenas de vidas. A dúvida se tornou um hábito que está arraigado em quase todos até que eles conscientemente decidam ir além.

Quando a dúvida surgir, lembre-se de que, uma vez que exista apenas o UM, você só pode estar dentro e fazendo parte dele, pois nada mais existe.

Portanto, toda qualidade incorporada dentro de VOCÊ, deve também ser sua, independentemente das aparências contrárias – ordem, harmonia, abundância, inteligência, etc., são para sempre mantidas no lugar pela Lei Divina.

Desejamos mais uma vez falar de amor, pois o amor é a base de tudo o que é – a energia de conexão entre todas as coisas vivas dentro do UM. O amor é a cola da vida, desdobrando-se e revelando-se em novos níveis à medida que o indivíduo evolui.

Na terceira dimensão o Amor, assim como tudo o mais, só pode ser entendido e interpretado de acordo com a consciência alcançada pelo indivíduo.

O amor, a energia entre as coisas vivas, é frequentemente sentido, interpretado e depois atuado pela consciência “não desperta” por meio de ações de violência, estupro, guerra e abuso. No entanto, a realidade e a coesão do UM expressando-se de forma e variedade infinitas nunca mudam ou são afetadas por essas falsas interpretações.

Aqueles que perguntam: “Como Deus pôde permitir isso?”, não entendem que Deus não sabe nada sobre sonhos ilusórios. Atrocidades não existem na Consciência Divina. Isto é o que é o despertar, a compreensão e a vivência dessa verdade.

Vemos muitos lutando para alcançar uma compreensão mais profunda do amor, mas buscando-o através das muitas ideias falsas sobre o amor que fluem de conceitos tridimensionais e crenças a respeito do amor. O amor é e só pode ser seletivo, condicional e limitado quando entendido através de crenças de dualidade e separação.

“Como posso amar aqueles que desconheço? Como posso amar as escolhas feitas pelo o outro? Como posso amar o que vejo acontecendo no mundo? Como eu amo?”

Queridos, essas perguntas são feitas em algum momento por todos que buscam conscientização espiritual.

Permitam-se abandonar as centenas de conceitos tridimensionais de amor e, especialmente, aquele que diz que o amor é sempre emocional. Mude para a compreensão do amor como a lei da unidade. Sim, as emoções estão frequentemente envolvidas com as muitas formas de amor, mas a realidade subjacente ao amor em todas as suas formas é a Unidade.

Você é a energia do amor toda vez que pensa ou manifesta expressões de Unidade, não importa quão pequena ou insignificante essa expressão pareça.

Pode ser tão simples quanto ajudar um animal em sofrimento, abrir a porta para outro, tornando a vida de alguém um pouco mais fácil de alguma forma sem ser requisitado, ou reconhecendo a verdadeira natureza Divina de uma pessoa não-desperta e desagradável. O amor pode ser tão simples quanto dizer corajosamente “não” quando for apropriado.

À medida que você alcança uma consciência cada vez mais profunda do que o amor realmente é, seus pensamentos e ações automaticamente começarão a refleti-lo. Você se torna Amor porque na realidade você é consciência e não apenas um corpo físico. É isso que faz um mestre espiritual parecer diferente ou “mais iluminado” do que os humanos comuns.

O amor não exclui o EU, pois como alguém pode estar fora do UM?

Muitos estudantes sérios da verdade se excluem quando experimentam sensações de arrependimento ou culpa decorrentes de ações passadas comparando à luz de seu novo estado de consciência.

Veja, não há necessidade de “justificar-se” ou culpar-se, apenas permita que essas emoções venham à tona para que você reconheça, mas não dê poder a elas. Elas são uma parte do seu processo de despertar agora pronto para ser liberado da memória celular.

Por exemplo: “Eu me magoei porque alguém não me incluiu em algo que eu senti que deveria fazer parte e respondi com palavras de raiva e ações de ressentimento. Agora estou envergonhado”.

Pergunte a si mesmo: “O que eu estava acreditando naquele momento que me fez agir assim?”

Você descobrirá rapidamente que a maioria dessas experiências foram baseadas em crenças de separação – “Eu não sou amável. Estou sempre do lado de fora olhando para dentro”. Agora pergunte a si mesmo: “Na Luz do que agora entendo ser a verdade, isso poderia ser verdade?”

A energia que sustenta o sistema de crenças da terceira dimensão é sempre algo como: “Você nunca será bom o suficiente.”

Sentimentos de culpa e remorso muitas vezes perduram por muito tempo depois de serem reconhecidos pelo que são. Não se culpe ou entre em pânico na crença de que de alguma forma você fracassou, porque a resistência simplesmente confere poder àquilo.

Em vez disso, permita que essas emoções fluam, experimentando-as sem rótulos de boas ou ruins. Agradeça-lhes por lembrarem-lo do que você ainda pode estar segurando, envie Luz para suas células dizendo-lhes que é hora de liberar todas as energias tridimensionais velhas e obsoletas e então simplesmente siga em frente com o seu dia.

É um processo. As velhas energias recuam quando você é capaz de se mover além de dar-lhes importância ou poder sobre você. Em algum momento, essas coisas simplesmente se dissolvem no nada que são, porque você não está mais alimentando-as com sua energia.

Em um momento ininterrupto e silencioso, visualize cada aspecto indesejado de si mesmo como uma menininha ou menino aguardando reconhecimento e aceitação. Você pode nem perceber que rejeitou alguma parte de si mesmo, mas descobrirá quando vir a criança se aproximar ou se esconder à espera de aceitação.

Convide cada criança para você, uma de cada vez, e permita-se abraçar, amar e aceitá-la. Até que você possa incondicionalmente amar e aceitar todas as partes de si mesmo simplesmente como sendo facetas de quem você foi ao longo do caminho ou até agora, você então terá a plenitude do amor para fluir para os outros.

Aprenda a amar e aceitar tudo sobre si mesmo, não importa o quão desagradável ou desamoroso você possa ver agora suas ações ou palavras. Peça perdão se você for guiado, mas não perca uma quantidade excessiva de tempo revivendo ou tentando consertar alguma experiência antiga.

Saiba que toda ação realizada e toda experiência vivida em toda a vida tem sido um passo ao longo da estrada evolucionária para todos os envolvidos. Nada é ou pode ser aleatório dentro do UM.

Memórias antigas não têm poder sobre você além do poder que você lhes dá. A vida na Terra é sobre aprender e evoluir através de experiências até o momento em que a evolução espiritual é capaz de fluir a partir de dentro.

Tudo está bem, nada está errado. Todos em sua vida, assim chamados inimigos e também amigos, fazem parte do seu plano evolucionário.

Seu Eu Superior sabe exatamente o que você precisa, quando você está pronto para isso, e como guiá-lo através dele, se você permitir, confiar e não escolher alguma forma de resistência.

A evolução é para os guerreiros, e vocês são eles.

Nós somos o Grupo Arcturiano

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Marilyn Rafaelle – http://www.onenessofall.com/
Tradução: Sementes das Estrelas / Walter Neto
Revisão de texto: Valéria Albuquerque 

A hora é esta.

A HORA É ESTA
ARCANJO MIGUEL
Canalizado por Leslie-Anne Menzies
25/06/18

Lembrem: não olhem para fora de SI MESMOS em busca de respostas.

Cada um de VOCÊS é um ser soberano, nem melhor nem pior em relação aos demais.

VOCÊS são todos UM, portanto, o que está disponível, está disponível para TODOS.

Sentem-se em silêncio, sintonizem-se com a sua “vida interior” e constatarão que tudo está à sua disposição. O Ser Superior/Aspecto do seu verdadeiro self está aguardando. Vocês são este.

Perguntem, meus queridos, e a resposta será dada.

Em paz e no silêncio TUDO os aguarda.

Meus queridos, estes são momentos importantes em seu Planeta – TODAS as verdades estão sendo reveladas e a maior delas é a VERDADE ACERCA DE VOCÊS. Quem vocês realmente são: Seres de Luz e Amor, Anjos Galácticos/Humanos.

Quando eu lhes digo essas coisas, muitos ainda se “encolhem”. Não eu, vocês dizem! Meus queridos, são VOCÊS. Seres Mestres que se esqueceram da sua essência verdadeira. Esconderam quem vocês realmente são, não só de todos os outros seres, como também de si mesmos, o que é mais importante.

O Véu da Amnésia que colocaram sobre si mesmos está se dissipando.

As existências de condicionamento e doutrinação cobraram o seu preço. Contudo, este é o momento do AGORA que vocês invocaram. É hora de relembrar-se de “quem vocês realmente são”.

Os grilhões dos “velhos” vocês estão desaparecendo mais rápido a cada dia.
É o momento de revelar a “OSTRA NA CONCHA DE VOCÊS”!

E, meus queridos, que ostras requintadas, vocês são.

Vocês vêm aguardando por este momento para reconhecer o seu verdadeiro eu. Quando digo essas palavras, vocês têm uma sensação de “ah ha”, um reconhecimento da VERDADE das minhas palavras.

Vocês podem sentir “arrepios” ou marcas de anjo surgem em sua pele.
Saibam que isso é o reconhecimento de uma Verdade da Alma.

Meus queridos, saiam das sombras, ao reconhecer o ser de VOCÊS. Iguais a todos os outros seres. Não há mais falsos mestres – vocês são os MESTRES em que estão se transformando.

Olhem para os Filhos da Luz, eles SABEM quem eles são – todos magníficos Seres de Luz que escolheram avançar nesse salto mais significativo da consciência que está agora EXPLODINDO em todo o seu Planeta.

Olhem além do que “parece” ser ruim, errado, inimaginável e SAIBAM que – tudo isso está de partida!

NUNCA MAIS VOLTARÃO.

Por isso é que vocês vieram – para fazer parte desta EVOLUÇÃO de toda a humanidade.

VOCÊS se levantaram orgulhosamente e disseram “Enviem-me”.

Vocês sabiam que conseguiriam tudo o que estabeleceram. Sabiam que a sua Família de Alma estaria aí, para apoiá-los ao passar por “qualquer coisa” que fosse colocada em seu caminho para impedi-los de alcançar aquilo que vieram realizar.

Os obstáculos acabaram se transformando em oportunidades para que “testassem” sua resiliência e força, e deu-lhes impulso à medida que avançavam.

E aqui estão vocês, queridos corações, à beira de uma magnífica evolução – vocês são os Seres “escolhidos” para dar origem a esta Nova Terra.

O passado e todas as suas realizações acabaram.

Vocês estão agora prontos para acolher todas as “dádivas” dessa Nova Terra.

Aguardamos também por este momento, sempre sabendo que vocês realizariam aquilo que fosse necessário. Todavia, jamais tivemos a noção de que vocês fariam com tanto estilo e elegância, e em um período tão curto do que vocês chamam de “tempo”.

Tem sido um prazer estar ao seu lado, apoiando seus corações, abrigando-os constantemente, enquanto vocês dão esse próximo passo de fé gigantesco – passo este que vocês sempre souberam que dariam.

Essa força e capacidade de resiliência e essa crença que vocês exalavam antes de entrar nesta linha do tempo, estão agora sendo solicitadas.

Chegou a hora de brilhar, queridos Seres de Luz e Amor, Anjos Galácticos/Humanos, Seres Soberanos.

Permaneçam firmes, segurem-se as mãos, acalentem os corações.

Está na hora.

E assim é.

EU SOU

ARCANJO MIGUEL

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Ao compartilhar esta mensagem, favor respeitar os créditos, sem acrescentar, modificar ou extrair nada do texto publicado. leslie-anne@angelstoinspire.com.au – www.angelstoinspire.com.au
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavaiwordpress.com