Cura e as mulheres

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna

” Cada mulher que cura a si mesma contribui para curar a todas as mulheres que a precederam e a todas aquelas que virão depois dela”.

Nossos Pais

A imagem pode conter: céu, atividades ao ar livre e natureza

NOSSOS PAIS

“Os cabalistas ensinam que por mais que nosso relacionamento com pai e mãe não seja perfeito, é nosso dever agradecer aos nossos pais, que aceitaram perante a Luz Infinita trazer nossa alma ao mundo físico, ao milagre de sentir as sensações da Criação manifestadas em cada detalhe do mundo que nos cerca.
Para tanto, basta erguer o rosto, sentir o calor do sol na pele e agradecer aos que nos possibilitaram estar presentes no mundo físico.
Nós somos formados por nossos pais. Nós os carregamos dentro de nós. Por isso a maior honra aos pais é quando alguém honra seus pais em si mesmo. Isso significa identifica seu pai e sua mãe em você e se alegra por isso. Seus pais sempre estarão vivos através de você. Honrar isso é estar pronto para amadurecer.”

Mario Meir
Academia de Cabala

Despertar sem dor

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

“Não há despertar de consciências sem dor. As pessoas farão de tudo, chegando aos limites do absurdo para evitar enfrentar a sua própria alma. Ninguém se torna iluminado por imaginar figuras de luz, mas sim por tornar consciente a escuridão.”
Carl Jung

Inspiração

Nenhum texto alternativo automático disponível.

“Eu espero que a vida te surpreenda e que você não se prenda, não se acanhe, não duvide. Porque parte das coisas boas vem das lutas, mas a outra parte vem sem avisar. Eu desejo que os dias te peguem desprevenido, desajeitado, despreocupado. Afinal, o que não foi programado também funciona, nem toda ação inesperada merece ser descartada e algo não planejado pode vingar.”

Fernanda Gaona

.

 

Pensamento do dia

“Quem é rico em sonhos não envelhece nunca. Pode até ser que morra de repente. Mas morrerá em pleno voo…”


Rubem Alves

A imagem pode conter: nuvem, céu e atividades ao ar livre

Pensamento

 

gaiola e pena - facebook. - GG.jpg

“Somos assim: sonhamos o voo mas tememos a altura. Para voar é preciso ter coragem para enfrentar o terror do vazio. Porque é só no vazio que o voo acontece. O vazio é o espaço da liberdade, a ausência de certezas. Mas é isso o que tememos: o não ter certezas. Por isso trocamos o voo por gaiolas. As gaiolas são o lugar onde as certezas moram.”

___ Fiodor Dostoiévski

O Caminho

“Se você deseja seguir um caminho individual, ele será o caminho que você construir para si mesmo, que nunca é prescrito, que você não conhece com antecedência e que simplesmente aparece quando você põe um pé diante do outro.

Se sempre fizer a próxima coisa que precisa ser feita, você percorrerá com total segurança e a passos firmes o caminho determinado por seu inconsciente.”

___ Carl Gustav Jung

Fotografia: Laura Chacón

A imagem pode conter: sapatos, planta e atividades ao ar livre

Dois excelentes vídeos de Leonardo Manfroi e seu filho Bernardo de oito anos.

Seguem dois vídeos curtos excelentes.

 

Uma mensagem de Bernardo, 8 anos, filho de Leonardo Manfroi, sobre o “Jogo da Terra”, a vida, quem somos e o que é a alma. Seu pai, Leonardo Manfroi, comenta sobre o vídeo: “Meu filho me perguntou esses dias sobre o sentido da vida, o que era alma, o que acontece depois que morremos. Perguntas que nos fazemos todos os dias, não é? Quem as sabe responder? Bem, não economizei em explicar e mostrar muito do que sei para que ele tirasse suas conclusões. Após alguns dias ele me falou o que entendeu e pediu pra gravar. Essas são palavras dele, pensamentos dele. Demorei muito pra postar e o fiz depois de muito ele me pedir. Tirem suas conclusões. Espero apenas o respeito que cada um tem sobre a ideia e opinião dos outros.”

 

Aqui, Bernardo de 8 anos explica o que ele entende sobre corpo e alma:

 

A Alma, o Sentido do Jogo (Bernardo Manfroi, de 8 anos) – 1:40 min

 

E aqui o pai fala sobre crenças limitantes – a função da nossa mente é criar coerência entre nossas crenças e a realidade que vivenciamos:

Crenças Limitantes (Leonardo e Rafa Manfroi) – 5:13 min

https://www.youtube.com/watch?v=djj0pu8tO80

Para tocar a alma…..

Hallelujah – Pentatonix

Bruxas

” BRUXAS… é como chamam por aí…
As insubordinadas, divergentes, antenadas.
Sábias, ditas loucas… profundas, espiritualizadas.
As perigosas…
Mulheres que lutam…contra preconceitos, ignorância, machismo, opressão, violência, exploração.
Mulheres que amam, sem medo de parecerem impuras, se envolvem, se entregam, se rendem…verdadeiramente femininas…
Mulheres que cuidam, dos próprios filhos, dos filhos de todos, das chagas de muitos, das milenares e desprezadas tradições originais, da fé, da natureza, dos conhecimentos intuitivos, marca que jamais deveria ser apagada…
Mulheres que guardam…em si, o poder de gestar, de nutrir, de guiar…a vida!
Mulheres que preservam…as últimas chances do mundo sobreviver ao caos…os saberes simples das ervas, da compaixão, do respeito a toda Criação Divina.
Sim…as guardiãs de tudo que é digno e eterno… tão bem resolvidas.
Que despertam amor e ódio.
Mulheres que servem…e vivem à amparar umas às outras, totalmente descrentes da subcultura da competição.
Mulheres que estudam, lêem, observam, questionam, argumentam, se impõem…
Mulheres que sofrem…por não se ajoelhar ante à repressão dos sistemas…
Mulheres fantásticas, surreais, feiticeiras, endiabradas, filhas do mal?
Não…mulheres como vocês e eu.
Foram perseguidas e queimadas e ainda são amordaçadas…eram mulheres…eram irmãs, são BRUXAS!

Michelle Marques