Anistia Concedida: A Grande reconciliação

ANISTIA CONCEDIDA: A GRANDE RECONCILIAÇÃO
Lauren C. Gorgo

Saindo dos eclipses, seguindo pelo Equinócio, e em Mercúrio Retrógrado… nós vamos!

A partir de hoje… a temporada de Mercúrio… estamos oficialmente iniciando a extensa calibração mental necessária para atender o recém calibrado Coração. De acordo com minhas fontes, este é o “grande evento” da primavera (no norte), que será seguido por uma importante calibração do corpo físico que abrangerá toda a temporada de verão (inverno no sul).

Durante as próximas semanas, estaremos integrando totalmente a nova Mente do Coração humano, o verdadeiro veículo para a co-criação (com a Mente Divina) e o mecanismo necessário para transcender o funcionamento da experiência humana inferior … tudo para que possamos nos envolver plenamente nos reinos mais elevados da Criação.

A Mente do Coração é a interface entre a Terra e os Reinos Divinos, nosso Portal de comunicação para “além do véu”. Ele é criado a partir da síntese de nossas polaridades masculina / feminina, permitindo-nos ancorar na Matriz da Unidade e assegurar nossa posição na Terra da 5ª dimensão … ou seja, é um componente importante do novo processador humano.

A Reconciliação nasce da sua capacidade de subir e descer, em última instância, para se elevar acima da queda … do homem.

É através da ativação da Mente do Coração que deixamos para trás o mundo (causal) da constante reciclagem cármica e nos movemos para o mundo unificado de reconexão com tudo o que É.

A temporada à frente anuncia o início oficial de um Novo Mundo, onde nossa soberania reina suprema. Quando saímos da matriz de separação, também chamamos de volta as partes de alma separadas que fragmentamos para existir ali.

A fim de reestruturar nossa segunda vida com base no todo de quem somos, não podemos mais nos dividir ou separar da nossa verdade (repartir qualquer parte de nós mesmos), e assim a recordação será um tema contínuo este ano das partes de nós mesmos que demos (principalmente aos outros) na causalidade.

Este processo de desfragmentação radical é necessário para restaurar a perfeição às nossas células e exigirá que permaneçamos em nossa verdade autêntica a todo o custo … enquanto observamos o mundo e aqueles que nos rodeiam se transformarem … sem nos curvarmos, acedermos, sujeitarmos e/ou pisarmos fora de nós mesmos.

Para aqueles que estão no caminho da Maestria, você pode estar realmente percebendo que grande parte da sua dívida (polaridade) já é considerada resolvida pelos conselhos cármicos, mas que seus padrões de excelência estão excedendo a necessidade dessa resolução.

Esforçar-se por uma impecabilidade está tão arraigado, tão profundamente enraizado no DNA dos Iniciados das Sagradas Ordens da Ascensão que alguns estão tendo que recuar agora … para reavaliar nossa posição e perceber se nossos esforços são em vão, se estamos nos esforçando demais.

A liquidação da dívida kármica garante que a estrada se levantará para nos encontrar, mas não se ainda estivermos defendendo nossa posição de polaridade. Seu lugar na Dualidade se encerra quando não mais se sente conectado/interessado na história de seu próprio ferimento ou no ferimento dos outros … quando você não se relaciona mais com o sofrimento de um ponto de vista pessoal.

Quando este momento chegar… e chegará… é hora de se recompor, recolher as peças do seu passado e seguir em frente completamente.

Não é tão simples quanto parece, mas se você está sentindo essa resolução dentro … e nem todo mundo está (ainda) … o trabalho agora é liberar qualquer sentimento de obrigação de se identificar demais com o sofrimento dos outros, ou de superar sua responsabilidades cármicas, e para simplesmente, de todo o coração, incorporar a sua Verdade.

Nossa aliança cármica acabou, o que significa que estamos livres para parar de lutar, forçando e exigindo que o divino Feminino encontre seu lugar neste planeta …, logo, não precisamos mais defender nossa posição na vida como Seres Portadores da Luz.

Já ganhamos e já vencemos.

Hora de criar de nova maneira.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
http://www.decoracaoacoracao.blog.br
https://lecocq.wordpress.com
https://thinkwithyourheart.com/34353/amnesty-granted-the-great-reconciliation/
Tradução – Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

Anúncios

Além do Véu: o “outro lado” do eu

A imagem pode conter: céu

ALÉM DO VÉU: O “OUTRO LADO” DO EU

Estamos claramente em um momento sem precedentes. Eu sei que na linguagem dos nossos tempos essa afirmação é em grande parte usada em excesso, mas estamos realmente em um território muito desconhecido. E percebemos isso. Há tanta mudança ocorrendo sob a superfície que implora por nascer no mundo da forma e, enquanto isso possa parecer muito distante no momento, o nascimento do nosso projeto superior / PROPÓSITO COMEÇA ESTE ANO, NESTA PRIMAVERA, de fato.

Atualmente, enquanto mergulhamos profundamente nos mares Piscianos, não temos muito apoio para os pés ou deslocamento, mas as comportas para os reinos intuitivos definitivamente se abriram e tanta informação / instrução vem através do véu, destacando as novas mudanças de direção estimuladas em nossas matrizes divinas.

À medida que essa informação se apresenta, torna-se nítido onde precisamos reorientar nosso foco, mas é como transformar um grande navio no meio do oceano … leva tempo, diligência e esforço, e precisamos ser pacientes por um pouco mais. Por mais desafiador que seja fazer qualquer progresso real em Peixes, também pode ser um tempo produtivo e criativo interiormente com acesso a potenciais de grande alcance … assim como existencialmente distante. Então, uma vez que secamos nossas asas sob o Sol de Áries, podemos fazer um voo no ano novo astrológico e colocar nossas paixões recém-nascidas em ação.

Para avançar para além do véu inverta o espelho, reoriente para o outro lado do Eu.

Após 9 semanas de expansão sem interrupção, estamos todos prontos para dar nascimento a uma Matriz nova. Nós fomos esticados … e esticados … e esticados… para ultrapassar os limites mais profundos e mais familiares da limitação, aqueles que inconscientemente criamos para nós mesmos por causa e efeito. Agora, começando com a Lua Cheia em Virgem esta semana … alcançamos um ponto máximo significativo que servirá para levar uma grande parte da nossa jornada de eclipse pessoal para uma responsabilidade máxima, bem como iniciar o programa do ano novo.

Isso traz a compreensão de como um pouco de um tempo de desobstrução libertará muita força vital que foi bloqueada em nossos corpos por semanas. Escavamos tanta memória corporal discordante desde o início do ano, a fim de criar mais espaço para entrar a Luz Diamante / Verdade … processo que pode trazer tanta densidade e literalmente nos abater com morosidade e fadiga de todas as muitas emoções que estamos processando.

Fevereiro não foi um mês fácil por qualquer aspecto, mas em comparação com janeiro, um dos meses mais empolgantes que temos já experimentado, sentimos um pouco de respiro. Ainda ocorreu … SONO … VAZIO … mas definitivamente precisamos de espaço para integrar tudo o que aconteceu anteriormente.

Em Março, que parece muito mais harmonioso, seremos gratos (retrospectivamente) pelo tempo interno que tivemos … nós veremos (indiscutivelmente) que ao entrar no corredor final do Ciclo do Eclipse cada um de nós foi indelevelmente alterado, e como tais alterações profundas não podem ser desfeitas elas estão agora revelando nosso núcleo espiritual, rompendo a ilusão restante para divulgar a Verdade de quem sempre fomos eternamente.

Aqueles que fizeram a subida para a Porta do Céu agora começam a descida de volta pela mesma escada do céu, para retornar à terra da vida, para trazer um único pedaço do Lar para a Terra. Ao fazê-lo, encontraremos o Nirvana ancorando dentro de nós agora, para nunca mais sair ou separar-nos de novo. Com essa ancoragem, finalmente estaremos totalmente equipados para começar o que está sendo chamado de “fase da ascensão” … preparados para criar a Utopia em nosso mundo, no mundo enquanto a nossa própria versão do céu encontra as muitas inspiradas criações que nos aguardam.

A Porta do Céu, uma vez aberta, nunca mais fechará para nós … somos livres para entrar e sair deste estado à vontade … experimentando isso na fisicalidade, sustentando isso, que será uma grande parte da nossa mestria neste ano.

Nosso novo nível de aprendizagem começa no final da estação (20 de março).

Lauren C. Gorgo

Tradução Vilma Capuano

ThinkWithYourHEART.com © As LOVE, Inc. 2018 Todos os direitos reservados. Permissão concedida para copiar e redistribuir.
https://thinkwithyourheart.com/…/beyond-the-veil-the-other…/