Reconhecer sua realeza divina – Eclipse Solar da Lua Nova em Leão em 21 de agosto de 2017

21

RECONHECER SUA REALEZA DIVINA
ECLIPSE SOLAR DA LUA NOVA EM LEÃO,
EM 21 DE AGOSTO, 2017
Por Natalia Alba

“Sejam destemidos na busca daquilo que incendeia sua alma” ~ Jennifer Lee

Bênçãos, meus amados,

Estamos finalmente nos aproximando de nosso Novo Espaço Dimensional/Linha do Tempo, mais elevado, em que alguns de nós vimos transitando, nos ancorando e habitando durante algum tempo. Neste momento único na Criação, conforme vocês já podem saber, somos o foco para muitas civilizações e seres não-físicos, que vêm nos assistindo neste salto quântico, e outros que estão ainda tentando submeter, manipular e controlar o nosso Planeta.

Neste momento, as forças da luz e as forças da escuridão estão disputando o controle do Planeta. Todos nós sabemos que, na verdade, a escolha está em nosso íntimo, para finalmente concluir éons de manipulação e controle energético. A escolha também é sua para se unir com uma força ou outra, porque foi exatamente o livre arbítrio que nos trouxe até este momento de bifurcação.

O eclipse solar da Lua Nova, no crítico grau 28 de Leão, será o catalisador para que todos possamos escolher: seja continuar promovendo o velho, seja avançar para novos horizontes. Esse eclipse agirá como o que desperta a consciência, algo essencial para o coletivo, principalmente para aqueles que decidiram acessar uma oitava mais elevada.

Essas ondas ardentes despertarão a nova consciência, queimarão o velho, e se formos alinhados com sua frequência, poderemos trabalhar na autotransformação, por alquimia interna – obtendo a purificação necessária para o lugar aonde vamos.

No período do eclipse, temos forças opostas nos céus. Porque, sem oposição, nunca poderíamos experimentar todos os aspectos do que somos e do que não somos. Por um lado, temos a Lua em Leão, que diz respeito à capacitação própria e ao acolhimento do aspecto individualizado da Criação, que nós somos.

Leão é um signo muito corajoso, que se ama e se comporta como o ser soberano e capacitado que é, visto que nunca se esquece do seu verdadeiro potencial e de sua herança divina. Os leoninos se mantêm firmes nas próprias crenças, honrando-se e amando-se e a sua verdade acima de tudo.

Uma vez que Leão também rege o coração, é uma oportunidade para que possamos ir além do nosso senso limitado do eu, para o nosso Coração Superior, onde constataremos a sensação de unidade com o Todo.

Por outro lado, temos Aquário em oposição à Lua em Leão. Os aquarianos são humanitários, que estão a serviço não apenas de si mesmo, mas da humanidade. Nosso poder e força interiores podem ser direcionadas para ajudar o Todo, ao mesmo tempo em que podemos ainda preservar o nosso aspecto que é livre e único, vivenciando um aspecto individualizado da Fonte, na Criação.

Assim, o nosso desafio é transcender o eu humano egoico para encontrar a Unicidade – sem perder nosso poder e capacidade de discernimento.

Além disso, temos também um grande trígono de fogo, formado pelo Sol, Lua, Marte e o Nodo Norte em Leão; Saturno em Sagitário e Urano em Áries. Não somente temos as bênçãos das forças de luz trabalhando a nosso favor, como também as forças criativas que, com este grande trígono, estão nos mostrando de onde vêm a verdadeira criatividade, inovação e expansão.

Um espaço interno de amor a si mesmos e ao Todo. Pois Leão nos faz lembrar de que é essencial permanecer firmes em nossa verdade. Por outro lado, o Nodo Norte, que representa o futuro, é uma confirmação do lugar para onde estamos indo, para um novo espaço de consciência mais elevada, cujas frequências já estão sendo fortemente sentidas/integradas.

Para mim, a essência oposta desse eclipse, por estar no grau crítico de Leão, e como a frequência oposta do Sol em Aquário, juntamente àquele que desperta, Urano, em um trígono exato com o eclipse, será fundamental para um despertar planetário em massa.

Porque é nesse momento que cada vez mais almas estão começando a reconhecer-se como Mestres, Curadores e Seres Soberanos da própria experiência de vida e, portanto, deixando para trás uma velha era de escravidão mental e emocional.

Lembrem-se, amados, a liberação é feita diariamente, isso não é fácil, porque é desafiador terminar com eons de manipulação e controle mentais, principalmente em nossas células corpóreas e no plano emocional. Isso não é processo para um único dia.

Transformem-se em seus cuidadores e tenham compaixão por si mesmos, conheçam-se e ao seu corpo, saibam do que precisam a cada momento para se curar, se rejuvenescer e se acolher.

Não se trata de uma corrida, mas apenas com o desejo de evoluir, isso não ocorrerá, porque o trabalho interno deve ser feito continuamente, uma vez que estamos mudando sempre, e, portanto, acolhendo uma frequência nova e mais elevada.

Em um nível físico, algumas das muitas sensações provocadas por nosso processo de integração são: palpitações cardíacas, ansiedade, estresse e até “depressão”.

Se não são assuntos médicos, isso está solicitando-lhes que destruam tudo que ainda os mantém temerosos e que vocês não estão deixando vir à tona. Esses sentimentos ocultos estão enterrados tão profundamente em seu subconsciente e no plano emocional, que vocês terão que trazê-los à luz para poder enfrentá-los e desfazê-los.

Problemas estomacais são uma indicação de liberação celular. As ativações da glândula pineal são frequentes neste período também, porque vamos receber muitas revelações para a nossa jornada, assim como para ajudar os outros.

Se vocês estão experimentando uma mudança interna, que é semelhante à reprogramação de si mesmos ou ao trabalho de purificação, então, devem observar como os seus sentidos superiores/chacras não estão fechados, mas trabalhando de modo diferente. Deixem-nos estar e façam o seu trabalho interno, eles também estão se ajustando a uma frequência mais elevada, desconhecida do seu eu inferior até este momento.

As sensações físicas não são fáceis de se compartilhar, em um nível geral, porque vocês são únicos, e vão saber quais os aspectos de si mesmos que precisam ser liberados. Vai variar dependendo do papel exclusivo de sua alma.

Eu estou segura de que neste momento do seu caminho ascensional, vocês acolheram suas sombras, se familiarizaram com elas, e em vez de temer confrontar o desconhecido, acolheram-no com coragem, compaixão e com o amor que vocês são, que em lugar de separar e julgar, reúne Todos.

Em uma visão planetária, a grande cruz, que ocorre no momento do eclipse, entre Áries, Urano, Vênus, quadratura de Plutão e Júpiter vai se concentrar nos governos e no modo como eles utilizam o seu poder.

Isso pode produzir uma crise no coletivo, mas isso é o que vai desencadear a mudança necessária para uma mudança em massa, que poderia ficar oculta pelos eventos negativos. Novamente, esse é o caos necessário que o Universo utiliza para criar novamente.

Visto que esse eclipse ocorre na estrela fixa, Regulus, no coração de Leão, somos convidados a nos perguntar se estamos colocando o nosso poder, permanecendo firmes nele e curando, criando os desejos de nossa alma e ajudando altruisticamente os demais, ou se estamos distribuindo-o, tornando-nos seres impotentes regidos pelas circunstâncias exteriores.

Vocês são seres independentes, íntegros e corajosos que assumem plena responsabilidade por tudo aquilo que criam? Ou vocês ainda colocam a sua responsabilidade nos outros? Vocês sabem de onde se origina a verdadeira realeza?

Um espaço de união total com o nosso aspecto mais elevado de onde agimos todas as vezes? Vocês estão firmes em suas crenças e as compartilham? Ou vocês as ocultam de si mesmos com as muitas máscaras que o seu eu inferior manifestou – durante todos os seus anos como humanos – devido aos temores e a muitas outras formas de ilusão?

Vocês não se arriscam? Ou optam por novos horizontes, demonstrando aonde quer que vão e a todos que vocês tocam quem realmente vocês são, mantendo-se firmes naquilo que os tornam únicos? E a pergunta mais importante: Como vocês se comportam com aqueles que o seu eu inferior acredita que os magoaram? Como vocês os tratam?

Como vocês reagem ou não, demonstra se permanecem em seu poder. Um ser soberano não reagirá, nem se afastará, nem responderá de qualquer maneira. Por quê? Porque se lembra de que só se caminha na verdade, integridade e auto capacitação, quando a pessoa simplesmente governa o próprio ser e poder, e, portanto, desfaz qualquer coisa que não esteja vibrando no mesmo nível.

Vocês se mantêm firmes nos seus?
Ou vocês ainda escolhem envolver-se com as frequências inferiores?

A verdadeira realeza divina provém da lembrança de nossa Essência Divina interna, não da violência, nem da crença de que somos melhores ou superiores aos demais. Sentir-se régios é quando se percebe que pertencemos à consciência superior e que se isso ocorre, Todos pertencem também, portanto, vocês também os veem como seres poderosos e não como seres inconscientes sem esperança.

Quando isso acontece, o seu ego os tocou novamente. E vocês devem começar a reprogramar-se de novo, porque a nossa mente é como uma máquina, e é somente por nos reprogramar continuamente que podemos nos libertar das antigas crenças.

Anjos disfarçados caminham entre nós. Nunca houve em nosso Planeta uma época em que fôssemos ajudados por tantos Seres de Luz, invisíveis aos olhos humanos, na maioria das vezes, mas Presenças muito reais cuidando de nós, vigiando o nosso caminho ascensional e nos ajudando em tudo que podem neste domínio livre.

Sua tarefa é integrar essas energias, que queimam, desfazem o velho e os ajudam a começar novamente. A sua missão não é pedir perdão, nem confiar em forças externas, pessoas ou circunstâncias. Seu principal objetivo é SER e transmutar o que vocês sentem que não os está servindo mais.

Vocês não estão aqui para simplesmente pedir às forças superiores e aguardar. Vocês foram colocados aqui para se lembrar, ajudar, permanecer firmes em seu divino poder e na verdade que vocês são, e criar qualquer coisa que desejem experimentar.

Quando uma de suas criações não funciona, então, realinhem-se com o verdadeiro desejo de sua alma e tentem novamente. Pois sabemos que vocês são os únicos responsáveis por ressoar ou não.

Este momento, como não há outro na verdade, lhes está sendo oferecido para que se honrem, vejam tudo por onde andaram e o que conseguiram. Este não é um momento para se sentir incapazes de evoluir, confiar no externo, lamentar todos que os deixaram, porque estavam lhes fazendo um favor, acreditem ou não.

Este é um momento único na Criação, dado a vocês para que o acolham, o absorvam e o acessem com plena responsabilidade. Vocês temem isso? Ou finalmente acolherão um Caminho Superior de existir, embora não lhes seja familiar?

A cada momento nos é dada uma dádiva preciosa para despertar, evoluir, curar e ver com clareza o que precisamos para a nossa jornada. Vocês têm um momento especial em suas mãos, para deixar de prestar atenção em quem vocês não são mais, liberar seu antigo eu e acolher um verdadeiro e não recordado self. Vocês não estão deixando nada para trás, porque vocês estão acessando um caminho unificado, onde todos são Um.

Todavia, acolher e agradecer as bênçãos de ser um aspecto individualizado da Fonte, encarnado como X, é maravilhoso e necessário, enquanto continuamos a escalar esta eterna experiência evolutiva.

Aproveitem-na, respeitem quem vocês são, porque se trata de Deus vivendo por seu intermédio. Permitam-se experimentar uma jornada de expansão e autodescoberta infinitas.

Porque, quando vocês enviam ao Universo a sua pura intenção para fazer isso, novas portas se abrem para que escolham uma. Novas linhas do tempo, que eram invisíveis antes para vocês, estarão à disposição, e, com isso, a oportunidade de experimentar uma nova jornada repleta de muitas revelações que os conduzirão, passo a passo, para o lugar a que estiverem destinados.

Não é um momento para que se preocupem com quem estará lá para vocês ou não, isso não lhes diz respeito, refere-se a uma Vontade Superior, e tudo o que vocês precisam é confiar no divino e ter um desejo de abrir o seu coração para vivenciar tudo o que o seu Eu Unificado preparou para vocês.

Os portais estão se abrindo à medida que chegamos mais perto do espaço da quinta dimensão, em que iremos habitar. Interiorizem-se, comuniquem-se com a sua alma, libertem-se de todos os temores e escolham a sua porta/linha do tempo.

Que vocês sempre possam habitar na Presença Iluminada da sua Alma, meus amados, onde a clareza, a paz e o amor infinito estão sempre lá para que vocês os acolham. Feliz eclipse!

Com amor e luz infinitos.

Natalia Alba

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Anúncios

Libertem-se e acolham o inesperado -Eclipse lunar da Lua Cheia em Aquário em 07 de agosto de 2017.

eclipse.jpg

LIBERTEM-SE E ACOLHAM O INESPERADO
ECLIPSE LUNAR DA LUA CHEIA EM AQUÁRIO
EM DE 7 DE AGOSTO 2017
Por Natalia Alba

“É preciso um enorme esforço para se libertar da memória, mas quando vocês obtêm sucesso, começam a perceber que são capazes de muito mais do que imaginavam. Vocês vivem neste vasto corpo chamado Universo, que contém todas as soluções e todos os problemas. Visitem sua alma; não visitem seu passado. O Universo passa por muitas mutações e carrega o passado com ele. Chamamos a cada uma dessas mutações de uma ‘vida’, mas assim como as células em seu corpo mudam e vocês ainda permanecem os mesmos, assim também o tempo não passa, simplesmente muda.” ~ Paulo Coelho

Bênçãos, meus amados,

À medida que continuamos a evoluir nesta eterna espiral da Criação, acessamos uma Nova Era de milagres e integridade, o cosmos nos abençoa com uma auto libertadora Lua Cheia/ eclipse lunar no grau 15 de Aquário, em 7 de agosto, para conquistar nossas sombras, liberar padrões cármicos/programas/ilusões e continuar com nosso processo de purificação, enquanto prosseguimos incorporando os códigos mais elevados que estamos recebendo desde o início deste intenso verão.

Os eclipses são para ajudar na mudança da consciência, o que, neste momento de transição, é crucial para auxiliar o Planeta na manifestação de um despertar maciço, que causará o impacto necessário para, finalmente, acessar a oitava superior, uma em que alguns de nós já estamos habitando.

Isso juntamente aos códigos estelares recebidos por muitos portais, e as transmissões solares enviadas por nosso Sol, estão sendo de grande ajuda para transformar em cinzas o velho, trazer cura para as células de nosso corpo e nos ajudar a trabalhar com nossa essência masculina conectada ao nosso poder.

É uma época para nos libertar. É um período em que somos convidados pelas forças universais a, finalmente, colocar um fim no velho ciclo da inconsciência, do carma e começar a adotar um modo mais elevado de existir, baseado na autenticidade e na auto capacitação, em lugar da antiga sensação de medo.

Porque para onde estamos indo é um espaço superior de discernimento, sabedoria e cocriação consciente, e é essencial que o acessemos, por estarmos livres de todas as camadas que costumavam atrapalhar o nosso potencial verdadeiro, como Seres Divinos.

De fato, existem muitos opressores em sua/nossa realidade, mas a maioria deles foi criada por vocês/nós, de modo inconsciente, e devido ao nosso medo de ser quem verdadeiramente somos e de confrontar uma realidade que pode ser familiar, mas que é baseada em ilusões.

Há o opressor que lhes diz que vocês não são suficientes para satisfazer os seus desejos e que devem depender de outros, de coisas externas, para que obtenham o que é seu por natureza.

O opressor que pode entrar em sua vida de muitas formas e meios, que lhes diz que vocês deveriam apenas ganhar uma quantidade limitada e fixa de dinheiro, permanecendo sempre na mesma posição/lugar, porque a mudança não é algo bom para vocês.

Então, há o opressor que atraímos sob a forma de um parceiro, a quem damos todo o nosso poder, nos tornando dependentes de outra pessoa, negando nosso valor e independência, como seres humanos.

Por último, embora haja infinitas maneiras para permitimos opressores externos em nossas vidas, existem as forças sombrias, as que manipulam, que nos controlaram durante éons, e para quem vocês/nós cedemos nosso poder para controlar o que pensamos, sentimos, comemos e somos.

Sim, amados, existem muitos opressores lá fora, para os quais aprendemos a ceder nossa vontade para que decidam por nós, acreditando que eles são necessários, que somos vítimas e que não temos o poder de fazer nada acerca disso.

Durante este verão, teremos um período abençoado, com essas energias liberadoras e ardentes, para trabalhar não somente em nossos antigos medos, crenças e padrões cármicos, mas também reconhecer aqueles programas vitimizadores ocultos, que nos enfraquecem e nos impedem de ser livres e nos tornar os seres poderosos que somos, na essência.

Chegou a hora de acessar uma dimensão superior, mas ao assim fazer, devemos liberar um velho self, que ainda vive sob opressão, com medo, não amado e na velha crença de que não somos merecedores de todo o amor, abundância e alegria neste Universo.

Embora a maioria das pessoas está-se concentrando somente no Portal de Leão e no eclipse em Leão, no fim do mês, este eclipse aquariano é tão importante quanto o de Leão, porque vai estabelecer a frequência perfeita exigida para que trabalhemos na autolibertação.

Esse eclipse ou as energias que vimos integrando durante alguns meses atrás, não estão separadas de Leão, nós que rotulamos e separamos, uma vez que todos são um convite para transmutar, regenerar e purificar a nós mesmos, enquanto galgamos essa infinita escada divina.

À medida que essas energias nos acompanharão durante pelo menos seis meses, vamos estar constantemente manobrando entre liberar e acolher o inesperado, que não é nada senão os muitos milagres e oportunidades, a fim de desenvolver o que o nosso Eu Unificado orquestrou para nós, neste Novo Ciclo, independentemente de o nosso eu egoico temer o desconhecido.

Aquário, um signo fixo, ainda que pertença ao elemento ar é representado pelo aguadeiro, como um lembrete para que também possamos fluir com liberdade e nos adaptar a todas as condições, assim com a água faz.

A água representa as emoções que sentimos, assim como as ideias que mantemos em nosso plano mental (sic) e que na maioria das vezes são fixas e lineares e que nos restringem de experimentarmos nosso verdadeiro potencial. Esse signo está nos dando a mensagem da liberação das velhas feridas e emoções – para retornar ao nosso estado natural de mudança constante e fluxo, regozijo e consciência pura com o Todo.

O aguadeiro é regido por Urano, o chamado planeta da rebelião, que nos ajuda a trazer a mudança interna que estamos tão ávidos para encontrar no lado externo, fazendo-nos lembrar de que nenhuma mudança exterior pode realmente vir, se primeiramente não nos interiorizar e transformar o que for necessário, visto que o macro pode apenas nos mostrar – como Um conosco – do que somos feitos internamente, e daí projetamos.

Como Urano entra em retrogradação em 3 de agosto, nossa missão é utilizar sua destrutiva, porém transformadora frequência, para demolir antigos padrões de pensamento, que estão profundamente ocultos em nosso plano mental e começar a utilizar a essência inovadora de Urano para transformar o familiar, a velha programação, que ainda rege nossas vidas humanas, em novos modos de viver.

Tudo isso diz respeito à destruição consciente das antigas estruturas, ao mesmo tempo em que utilizamos a frequência ígnea, deste mês, para construir novamente.

Esse não é o único Planeta que, durante esse verão, ficará retrógrado, visto que o Universo sempre nos ajuda a habitar nas profundezas de nossa alma, quando o tempo é correto. Também temos Plutão, Saturno Netuno e Quíron em movimento retrógrado, juntamente a Mercúrio fazendo a mesma coisa em 12 de agosto.

Se prestarmos atenção e comungar com o nosso Aspecto Superior, perceberemos claramente que não é o momento para agir de modo físico, mas fazer isso a partir de dentro, ao concentrar toda a nossa energia na dissipação dos velhos mundos, porque é somente quando nos esvaziamos que podemos permitir e incorporar aquilo que estamos destinados a enfrentar, em seguida.

Em um nível cósmico, o aspecto mais importante que ocorre no período do eclipse, é Júpiter, o planeta da expansão, fazendo uma quadratura com Plutão, o planeta do poder e da regeneração.

Esse aspecto já foi sentido fortemente por mais do que uma semana, principalmente no coletivo, onde mais almas estão começando a compreender que elas têm uma vontade poderosa, que pode libertá-las de qualquer coisa/qualquer pessoa que esteja escravizando-as e adotar um nível mais elevado de conscientização.

Isso é relativo ao poder que todos nós temos, como Seres Divinos, de manifestar os desejos verdadeiros de nossa alma, nosso destino e companheiros de alma.

Todavia, só podemos fazer isso, se estivermos plenamente conscientes de quem somos, em essência, de nosso verdadeiro potencial, e resgatar nossa soberania, perdida há éons devido à desinformação e à violência exercida por outras raças “superiores”, que não respeitam a lei do livre arbítrio, nem respeitam todos os seres, assim como o próprio processo de evolução da alma, na Criação.

Júpiter nos convida a expandir nosso senso verdadeiro de poder, concentrar-nos no lugar para onde vamos, que é um espaço superior de amor e integridade, em vez desse que estamos deixando para trás, e nos fazer lembrar de utilizar o nosso poder, de modo sábio, antes de agir impulsivamente. Visto que a Lua fará oposição a Marte, durante a Lua Cheia, podemos cair na armadilha egoica de querer coisas no momento, sem o discernimento adequado.

Portanto, se nos alinhamos com essa frequência, isso nos ajudará a perceber que todos esses são os opressores internos que criamos para diminuir nossa Luz, e que podemos começar a nos libertar de uma realidade ilusória e nos envolver em uma Linha do Tempo Superior de cocriação consciente e soberania.

Esse aspecto, juntamente ao Sol em conjunção com Marte, é uma bênção cósmica, uma infusão de força e de energia para que possamos utilizar o fogo interior, para construir, curar e transformar em cinzas o velho, que ainda está obscurecendo o que a nossa alma cria nos Reinos Superiores, para nos ancorar em nosso domínio físico.

Neste momento, nossa força interior deve ser manejada com delicadeza, pois a intensidade de tudo que está impaciente para ser desfeito internamente, assim como esperando para vir à tona, pode ser avassalador para nossos corpos físicos.

Se forçarmos essa frequência ardente, bem como nossos corpos, para integrá-la, podemos cair em padrões destrutivos, que nos prejudicam, em vez de curar o que é para ser liberado.

É essencial, principalmente se estiverem se sentindo exaustos com essas frequências, que se cuidem e do seu corpo, sem forçá-lo a ir mais adiante, porque isso não se refere a quanto vocês podem integrar a fim de ascender ou quanto esforço deveriam fazer para finalmente acessar este Ciclo Superior, mas diz respeito a saber o que vocês precisam, a cada momento, não queimar o seu corpo e sua energia.

Muitas pessoas acreditam que, apenas porque estão em uma etapa criativa, que é crucial agir no físico, o que, se isso é o que vocês sentem e são orientados a fazer, está perfeito. No entanto, se estão se sentindo cansados, se estão se sentindo drenados mentalmente, isso quer dizer que o seu corpo está trabalhando sem parar para liberar as frequências inferiores, que devem estar fora dele antes que possa internalizar as novas.

Se vocês continuam a se forçar a ser/ fazer mais, então vocês vão criar um colapso internamente, o que impede que o seu processo de cura seja bem-sucedido. É por isso que é tão importante que vocês façam a todo momento aquilo que o seu corpo e o seu ser interior estão pedindo-lhes para fazer e não aquilo que o seu eu egoico quer.

Palpitações cardíacas, dormir mais do que de costume e/ou mesmo em horas em que vocês nunca costumam fazê-lo, sentir como choques elétricos em sua coluna vertebral, ansiedade, dores de cabeça, resfriados, entre muitas outras sensações físicas/internas, são comuns quando estamos deixando uma antiga frequência e incorporando uma mais elevada.

O seu coração está-se expandindo, o seu corpo está-se curando/ liberando, deixem-no fazer o que deve, no próprio ritmo.

O Sol está fazendo um quincúncio com Plutão e outro com Netuno, por ocasião da Luz Cheia, muitas vezes chamado na astrologia de “o dedo de Deus”, é um enorme influxo de ajuda, neste momento de transição, e, principalmente, para o coletivo mudar a consciência, quer as pessoas estejam começando a trilhar neste caminho evolutivo, quer já estejam imersas nele.

Isso propiciará uma alteração de percepção, em como vemos nossa realidade, porque a moldamos para ser de determinada maneira, o que nos impede de vê-la como realmente é. Agora, temos a oportunidade cósmica de nos abrir para perceber uma realidade mais elevada e navegar por ela com uma mente aberta e livre.

Esse eclipse aquariano/Lua Cheia traz um fim ao nosso sofrimento emocional, devido aos muitos opressores, restrições e antigas crenças a que costumávamos ceder nosso poder.

Se estiverem dispostos a finalmente perceber que vocês vivem em um Universo de mudança constante, em que se adaptar a ele continuamente é essencial, e que se deve liberar de modo constante um velho eu, para incorporar novos aspectos do seu Eu Superior, então, vocês vivenciarão esse eclipse como uma bênção, ainda que desafiador, para queimar as frequências inferiores remanescentes em seu interior e em seu corpo físico, e começar a se libertar do tirano que vocês possuem internamente, que está sabotando-os para que não manifeste a verdadeira e mais elevada versão de quem vocês são.

Essa também será uma etapa intensa para todos os estabilizadores, independentemente do modo exclusivo de representar o papel de sua alma, vocês provavelmente vêm sentindo a fogosidade dessas energias desde o fim de maio. Essas energias continuarão por, pelo menos, seis meses.

Os estabilizadores são chamados agora para harmonizar e estabilizar as Grades da Nova Terra, assim como as novas energias que estamos recebendo, durante esse verão intenso, que primeiramente os guardiães dos portões ancoraram.

Este processo exige isolamento. Permaneçam sempre concentrados em seu coração superior, e acima de tudo, permaneçam em equilíbrio perfeito, o que não é fácil, se estiverem cercados por pessoas que escolheram uma frequência diferente, entre outras distrações, que mesmo que possam parecer desafiadoras, também estão ajudando-os a dominar o seu eu inferior e a ficar sempre concentrados em sua missão.

No início, e para ser honesta, o isolamento é uma das mais difíceis tarefas, porque somos enviados para estabilizar não apenas no astral, ou, enquanto estamos despertos, na nossa realidade física, mas na natureza ou quaisquer outros lugares necessários.

Todos nós sabemos que temos o Universo dentro de nós, saber é fácil, sentir, vivenciar, enquanto estamos em um corpo humano, é difícil e desafiador, porque todos nós nos sentimos sozinhos em algum ponto de nossa jornada.

Quando essas sensações de isolamento os sobrepujarem, invoquem a sua Equipe – Eu Unificado/Mônada e Guias – para ajudá-los em seus momentos de maior fraqueza. Invoquem-nos para ajudá-los a se lembrar de que vocês nunca estão sozinhos ou sem esperança. Todo o Universo está lembrando-os disso, em todos os momentos.

A escolha é sua de se concentrar na Verdade Eterna ou no que o seu eu egoico quer que vocês acreditem. Acima de tudo, se lembrem de que vocês escolheram estar aqui, fazendo exatamente e vivenciando exatamente o que vocês estão neste momento.

Podem se sentir isolados, mas não podem imaginar os muitos seres de amor e luz que estão cercando-os, mantendo a luz para vocês.

Como este assunto é complexo, gostaria de compartilhá-lo com Todos, caso isso os ajude em seu caminho. Estou escrevendo outro artigo para demonstrar-lhes como o meu papel, como estabilizadora, funciona, e algumas dicas, principalmente se vocês são novos nisso, como estabilizadores de grades, ferramentas de luz e símbolos que utilizo para estabilizara fim de ajudá-los a permanecer em equilíbrio.

Enquanto transitam para uma nova oitava, vocês estão conscientemente imersos em um processo de descobrir todas as mentiras, em que certa vez acreditaram ser verdade.

Descartar todas as mentiras que lhes contaram, que vocês adotaram durante muito tempo, não é fácil. Exige trabalho interno diário, exige que sintam em todos os momentos a Luz interna, em lugar das sombras que habitam em seu interior – dizendo-lhes que vocês não são suficientes e que não são dignos.

Durante esse período de limpeza, sejam fortes, compassivos em relação a si mesmos. Requer coragem, requer tempo humano e conscientização interna. Olhem diretamente para as suas feridas e as acolham como outros aspectos de quem vocês são e tratem-nas com amor incondicional.

Isso é o que se requer para crescer, ascender. Porque, para fazer isso, se deve começar a desistir do que se espera que seja a experiência de vida e se renda ao que o nosso Eu Unificado preparou para que experimentássemos.

Requer transformação interior, vontade e muito discernimento, para se poder trilhar um caminho de autolibertação e soberania. Pois ainda caminhamos entres seres que estão inconscientes e não vão compreender quem nos tornamos, porque estamos ainda nos ajustando para experimentar o que parece ser o Novo, porém Verdadeiro nós, uma vez que estamos sempre mudando, e, como humanos, a mudança não é bem aceita por nosso eu inferior.

Sim, amados, trilhar o caminho em que vocês estão, em todos os momentos, conscientemente escolhido, não é fácil, mas vocês fizeram essa escolha, vocês estão praticando o que pregam, fazendo o seu trabalho interno exigido para dissipar tudo que não é mais necessário e preparando-se para acolher um novo modo de viver.

Vocês estão fazendo isso, vocês conquistaram suas sombras, reconheceram e superaram a ilusão, e estão cônscios sem julgamentos. Agora, vocês estão prontos para acolher o que significa verdadeiramente viver como Seres Divinos. É o seu direito de nascimento e vocês mereceram isso.

Celebrem o lugar em que estão agora, tudo que conquistaram, alcançaram e transformaram por si mesmos. Comemorem o seu triunfo sobre as forças sombrias, sobre o eu egoico tridimensional.

SEJAM alegres por tudo o que vocês são e o que fazem, porque sem vocês, sem um único de vocês, este mundo jamais conseguiria transitar para a oitava superior, vocês contam, vocês são dignos, vocês estão fazendo exatamente o que precisava para o seu crescimento humano e para o Todo.

Eu lhes agradeço enormemente por sua ajuda incessante, pelo papel único de sua alma na Criação, por todas as vezes que se sentiram sozinhos, mas nunca permitiram que esse sentimento se tornasse real, e, em vez disso, escolheram sentir todo o Universo dentro de vocês.

Por todas as lágrimas, por todos os desafios, saibam, que todos contam, cada simples coisa que vocês enfrentaram lhes trouxe a este momento, de libertação, de amor, de integridade e de expansão infinita.

Eu desejo a todos vocês um eclipse abençoado, transformador e libertador, amados companheiros!

Com amor, luz e serviço infinitos.

Natalia Alba

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

As energias de Agosto por Natália Alba

agosto.jpg

AS ENERGIAS DE AGOSTO DE 2017 &
O PORTAL DE LEÃO
TRANSMISSÕES ESTELARES &
O INÍCIO DE UM NOVO CICLO CRIATIVO
Natalia Alba
21/07/17

Quem conhece sua alma conhece esta verdade: “Estou além de tudo que é finito; agora eu vejo que o espírito, sozinho em um espaço com a sua alegria sempre renovada, expressa a si mesmo como o vasto corpo da natureza. Eu sou as estrelas, eu sou as ondas, eu sou a vida de tudo, eu sou o riso em todos os corações, eu sou o sorriso nas faces das flores e em cada alma. Eu sou a sabedoria e o poder que sustenta toda a Criação”

Paramahansa Yogananda

Bênçãos, meus amados,

Saudamos agora um novo mês energético, agosto, um dos meses mais intensos de todo este ano!

Nesta etapa de nossa jornada ascensional, estamos finalmente prestes a acolher o renascimento cósmico da Terra como um planeta de quinta dimensão. Este é finalmente o fim de nossa realidade tridimensional, conforme a conhecíamos.

Aqueles que vêm ancorando uma frequência superior internamente, assim como na realidade física, já estão sentindo fortemente as mudanças que estão ocorrendo, à medida que continuamos nos afastando da Velha Terra 3D.

É o momento de encerrar um velho microciclo, de modo que possamos estar prontos para acessar um inteiro novo macro, em que, sustentar uma frequência mais elevada, será essencial para que nos ancoremos na linha do tempo da Nova Terra de quinta dimensão que estamos prestes a transitar.

Reconstruir uma realidade, não é um processo de um único dia, porque se deve começar pela própria transformação das profundezas do ser, de tudo o que certa vez se criou a partir de um nível inferior de consciência.

Conforme continuamos trabalhando na destruição dos velhos mundos, durante agosto, vamos combinar esse trabalho interior com o nosso alinhamento mais essas frequências estelares superiores que vão aprimorar nossa criatividade e também ativará nossos sentidos visionários, porque esses novos códigos cósmicos vão causar um profundo impacto em nossa glândula pineal, bem como em nossos chacras superiores, principalmente para aqueles que já despertaram o seu sistema de chacra superior e estão começando a operar nos reinos mais elevados da existência.

Neste momento, estamos começando um novo ciclo criativo, em que seremos desafiados, como Mestres do Novo, que somos, para passar da polaridade e de uma base de medo para a possibilidade, para a consciência de unidade – criando toda a abundância e/ou quaisquer condições que precisemos para nos sustentar no físico, assim como nos expandir para novos horizontes.

Este mês é muito importante para quem está conscientemente transitando para um Espaço Superior, enquanto estaremos trabalhando com a dissolução de todos os antigos padrões que ainda estão impressos em nossos corpos não-físicos, à medida que também integramos e ajustamos nossos corpos aos códigos que estamos recebendo, e que nos ajudarão a despertar novas faixas dormentes de antigas memórias adâmicas, do nosso DNA original.

Como confirmação do início até o fim da conclusão de um novo ciclo, agosto detém uma frequência universal 9 (18 reduzido). O número 9 nos convida a abrir mão de tudo o que não está servindo ao nosso propósito mais elevado, até nos esvaziarmos, até criarmos o espaço interno para permitir que essa nova frequência invada todo o nosso ser.

Conforme venho dizendo há algum tempo, sim, amados, estamos sempre terminando/começando novamente nesta espiral cósmica eterna. Porque nunca terminamos, pelo contrário, estamos apenas começando a descobrir os muitos domínios que existem na Criação e sua infinita sabedoria.

O número 9, em perfeita sincronização com o que estamos vivenciando agora, é também representado no tarô pelo eremita, que, junto a Mercúrio “retrógrado”, em 12 de agosto, está nos lançando a mensagem para sermos sábios, nos voltar para dentro, e como o eremita, nos concentrar em nossa luz interior – verdade – para caminhar entre as sombras, até que alcancemos a nova margem, utilizando somente a nossa luz interior como a única bússola para navegar através de nossa realidade atual, uma vez que não precisamos de mais nada para poder discernir qual o caminho que está alinhado com o nosso Eu Verdadeiro, e qual não nos serve mais.

E mesmo que o caminho solitário nem sempre seja fácil, é essencial escutar nossa divina orientação interna, antes de dar à luz a esta nova realidade, em que já temos um aspecto nosso mais elevado habitando.

Como o Universo já sabe para onde estamos nos dirigindo, e como em sua imensa sabedoria ele orquestra tudo, antes mesmo que ocorra em nossa realidade física, Urano, o planeta da rebelião, fica retrógrado bem no início deste mês, no dia 3 de agosto, para atuar como catalisador dessa grande mudança em que todos nós estamos imersos conscientemente.

A frequência de Urano desencadeará a mudança cósmica exigida para que o nosso Planeta finalmente comece o desligamento da Velha Terra. Está nos ajudando a começar nossa jornada, juntos, em unidade, amor e com grande alegria de, finalmente, poder experimentar a sensação de se viver em uma realidade consciente.

No dia seguinte, temos além disso outro evento cósmico. Júpiter, o planeta da expansão, fará quadratura com Plutão, o planeta do poder. Esses eventos estão nos preparando para o eclipse lunar da Lua Cheia, no grau 15 de Aquário, em 7 de agosto.

Esse evento os convida a se comunicar com a sua alma e refletir acerca de como vocês estão utilizando o seu poder e como poderiam expandi-lo. O poder não se origina da ilusão de superioridade e seu mecanismo egoico. O verdadeiro poder vem quando estamos alinhados com a nossa Essência Divina e utilizamos essa força interior para nos transformar a partir de dentro para o que nos rodeia.

Vocês estão abusando do seu poder para forçar/controlar situações, apenas porque estão com medo da mudança? Estão utilizando o seu poder para servir ao Todo?

O poder, se utilizado de modo sábio, pode curar e transformar vidas. Quando vocês utilizam o seu poder a partir de um espaço egoico, tudo o que vocês podem dar à luz não beneficiará ninguém, na verdade, porque nunca se origina de uma fonte autêntica e os resultados não se sustentam.

Utilizem o seu poder para servir a Lei do Um, à Consciência da Unidade, use-o para construir, regenerar, ser um amoroso sinalizador do caminho, e ser um exemplo do poder do amor sobre o medo.

Em 7 de agosto, teremos um eclipse lunar libertador e muito potente de Lua Cheia, no grau 15 de Aquário. Esse eclipse vem nos libertar das cinzas do velho, para nos ajudar a abrir nosso coração ao Novo, enquanto continuamos navegando entre as velhas memórias, nos recordando de que a expansão somente pode vir quando, finalmente, estivermos prontos para abrir mão do velho, do que uma vez foi, e acolher o que será.

Essa Lua Cheia vai nos ajudar a expressar nossa verdade e juntamente ao fogo desse mês, para sermos livres pensadores – desfazendo mais crenças limitadas do nosso eu inferior – o que nos dá a força e o poder para, finalmente, dar origem aos nossos novos projetos, ser criativos e fazer descer aquelas visões anímicas para o domínio físico.

No dia seguinte, as energias ígneas regendo esse mês vão se tornar ainda mais tangíveis, como o Portal de Leão, porque estamos prontos, desde o início desse mês, nos preparando para receber essa onda cósmica mais elevada.

Durante o Portal de Leão, nosso Planeta alinhar-se-á com a Estrela de Sirius, o Centro Galáctico e com muitos lugares sagrados da Terra, como é a Pirâmide de Gizé, o que nos dá a oportunidade de conectar o Coração Cósmico e outros companheiros estelares que vêm seguindo a evolução de nossa alma, porque nossos antepassados cósmicos de Sirius vêm ajudando no despertar da humanidade por um longo tempo, principalmente após o DNA adâmico original ter sido manipulado, o que nos impediu de ficar plenamente conscientes, como outras civilizações cósmicas, de nossa verdadeira essência divina.

Alinhar-se intencionalmente com o Portal de Leão e suas frequências sirianas poderia ajudá-los de muitas formas. Se vocês estão se concentrando na reconexão do DNA, então, o Portal de Leão é uma dádiva cósmica para que vocês despertem todas as memórias cósmicas que ainda não são lembradas por nosso eu humano.

Se, por outro lado, vocês são trabalhadores da rede da Nova Terra, os sirianos podem ajudá-los em seu papel anímico, porque eles foram os engenheiros da maioria das nossas redes planetárias.

Se o papel de sua alma envolve ancorar frequências mais elevadas dos reinos superiores para a Terra tridimensional, para ajudar o coletivo a despertar, então, esses portais energéticos vão ajudá-los a se tornar pilares para que ancorem essa Luz Superior interna e externamente.

No caso de vocês serem estabilizadores, como é o papel da minha alma, então, vocês gastarão os próximos seis meses, estabilizando, para isso, esse equilíbrio perfeito e solidão são necessários, principalmente após trabalhar no astral com a construção, por assim dizer, das novas redes harmônicas que sustentarão a mudança.

Vocês sabem quem vocês são, os papéis da alma são infinitos e não se pode explicar com palavras humanas o aspecto invisível, porém real, do que fazemos nos planos não-físicos. Honrem o seu papel, a si mesmos e ao Todo, enquanto continuam se desligando da Velha Terra.

Invoquem a sua essência da estrela siriana, convidem-na para ajudá-los a concentrar-se na manifestação da linha de tempo pentadimensional, em que vocês escolheram habitar.

Os sirianos são sua família de alma, eles são os semeadores cósmicos, que observam os nossos esforços para evoluir, durante eons, tornando-se agora real, porque eles vêm trabalhando nos meios invisíveis para ajudar a nos conscientizar mais, desde que este Planeta teve vida consciente.

Prestem atenção a cada sentimento, premonição, retromonição/retrocognição acerca da missão de sua alma, companheiros anímicos, tanto das estrelas quanto daqui da Terra, entre muitas outras revelações. Essas mensagens não fazem parte de sua imaginação, mas do seu Eu Unificado, o seu Verdadeiro Você, demonstrando, ajudando-os a se lembrar de quem vocês são, após experimentar por tanto tempo quem vocês não são.

O trabalho interior de reconexão do DNA e a cura necessária são exigidos para se fazer isso, serão facilitados pelos códigos estelares e as transmissões dos nossos irmãos e irmãs engenheiros de Sirius, porque Sirius, através de nosso Sol, começará a nos enviar os códigos de luz para mais almas que estão começando a despertar, neste momento de transição.

As almas sementes estelares e todo ser humano cuja intenção se origina de um espaço de amor divino e de serviço ao Todo, nossa principal tarefa, à medida que continuamos a transição, é ajudar e apagar a manipulação/programas alienígenas negativos e ajudar a reparar o sistema da rede planetária.

É essencial que possamos unir nossos corações como Um, mais do que nunca, porque a etapa final de nossa bifurcação já está aqui, e é agora em que confusão, dor e muitas outras formas de distração surgem para tirar o foco de nossa missão, e é somente por nos unificarmos que podemos criar um impacto de cura, como já foi feito.

Em um nível físico, cada sensação será o seu corpo pedindo que vocês tomem mais cuidado em determinadas áreas de que vocês se esqueceram. Cada um é único e por isso, cada um integrará e sentirá esses códigos de modos diferentes.

Se vocês sentirem medo ou ansiedade continuamente, é uma mensagem para que estejam plenamente presentes no momento, bem como utilizem essas essências estelares para curar antigos e programados temores humanos.

A ansiedade surge quando estamos vivendo em tempos/dimensões que já não existem em nosso espaço temporal presente. Se sentirem dor em suas articulações e/ou joelhos, vocês estão sendo solicitados a fluir em vez de se contrair. A energia do medo está, portanto, aprisionada nessas partes do corpo, impedindo-os de fluir com a vida.

Se o que vocês experimentam é a necessidade de mais sono, então o seu corpo precisa de cura, porque é descansando que ele consegue regenerar-se e integrar essas novas frequências mais elevadas. Tudo se refere àquilo que vocês precisam para desfazer/curar neste momento para que evoluam.

Como sempre, somos ajudados além de nossa compreensão humana, em 12 de agosto, Mercúrio ficará “retrógrado”, para nos ajudar a descansar e integrar, enquanto também desfazemos o que nos for necessário neste momento.

Como vocês já sabem, eu não me concentro muito em Mercúrio retrógrado, em minha humilde visão, isso continua apenas alimentando a falsa ilusão/crença coletiva de temer Mercúrio retrógrado e, claro, uma vez que nos unimos pensando que algo é verdadeiro, isso se torna assim em nossa realidade, independentemente de ser ou não.

Para mim, essas frequências simplesmente vão nos ajudar a trazer de volta para o foco o que é realmente importante para nós, ao nos lembrar de como é importante nos comunicar com nossas almas, em um mundo em que somente a manifestação e a gratificação instantâneas importam, esquecendo-se da importância de fazer o trabalho interior primeiramente.

Finalmente, em 21 de agosto, haverá outra dança cósmica entre o Sol e a Lua. Pois estamos dando boas-vindas, novamente, às frequências já recebidas, que começaram com a Lua Nova em Leão, um eclipse solar na Lua Nova, no grau 28 de Leão.

Esse eclipse varrerá tudo que o seu velho self criou: linhas do tempo, situações antigas, encontros, de quando vocês possuíam um nível inferior de consciência. É um momento maravilhoso para nos purificar e começar a discernir acerca do que realmente desejamos para a nossa nova jornada.

Vocês estão prontos para, finalmente, deixar o mundo conhecido, com rostos familiares, para acolher o desconhecido? Se vocês realmente estiverem nesse momento, muitas pessoas se mudarão, outras passarão por uma etapa de profundo silêncio, até que aprendam como ajustar-se e a sua realidade física à sua nova frequência.

Tudo está sempre se dirigindo para o espaço certo para todos nós. Não há necessidade de forçar ou correr para alcançar um determinado destino, porque vocês sempre terão a oportunidade de evoluir.

No dia seguinte, 22 de agosto, o Sol entrará em Virgem.

Quando o Sol deixa brilhar a luz em Virgem, somos convidados a nos ancorar e direcionar nosso poder para o plano terreno, o que é algo que vimos fazendo, por um tempo, com essas poderosas e abundantes energias de Leão.

Como um signo de terra, Virgem, nos faz recordar de que estamos aqui para manifestar nossos verdadeiros desejos, que, ao mesmo tempo, serão sempre úteis. Porque Virgem está bastante ciente de sua missão, que é sempre servir ao Todo.

Virgem também trará pureza, alguma coisa que todos estamos começando a experimentar, visto que estamos agora perto dos Reinos Superiores. Convida-nos a lembrar de que a pureza que mantemos internamente também pode ser refletida em tudo o que fazemos em nosso domínio denso.

Mesmo que esse signo possa parecer prático, sua principal essência é nos lembrar de que estamos aqui para combinar o que criamos interiormente com aquilo que os outros possam precisar no físico, porque estamos aqui para sintetizar e unificar ambas as polaridades, ambos os planos: o físico e o etéreo – trazendo todas essas visões para o nosso domínio tangível, visto que somente por fazer assim é que podemos realmente nos dominar como criadores do físico.

Em 25 de agosto, Saturno – o professo cósmico – volta ao movimento direto novamente.

Quando eu falo acerca de um planeta, o que compartilho é como sinto/recebo sua essência, a essência de um planeta não tem nada a ver com os seres que o habitaram ou o manipularam para conseguir seus desejos egoicos. Compartilho isso por causa das muitas coisas ditas sobre esse planeta, e que muitos seres vindos de lá, tentam manipular os humanos.

Saturno é associado com o número 7, porque isso se refere ao domínio de nossos sete chacras inferiores ao liberar as antigas camadas tridimensionais deles, e começar a abrir os nossos chacras superiores.

Essa também é uma mensagem cósmica para aqueles que ainda estão liberando as camadas inferiores dos seus chacras e começando a abrir e trabalhar com os chacras superiores. Saturno, além disso, rege as estruturas e pede que sejamos disciplinados, visto que a verdadeira mestria é alcançada pelo trabalho interno, a contemplação e a determinação.

Muitas pessoas têm a tendência de pensar que esta mudança é feita por si mesma, e que há um tempo específico em que vocês podem transitar ou não, assim como a crença de que as coisas vêm de fora.

Bem, essa é uma mudança que estamos criando a partir de dentro, se vocês não forem disciplinados e fizerem o seu trabalho interno, todos os dias, porque a personalidade 3D é difícil de se dominar, nenhuma mudança virá, porque vocês não a criaram a partir de dentro, para começar.

Saturno pode ser uma essência muito forte para se internalizar, por isso pode ser difícil quando não escutamos realmente, mas sempre vale a pena trabalhar em destruir todas as estruturas mentais e/ou antigos padrões autolimitados de pensamentos que vimos construindo durante anos de nossa existência humana.

Isso também nos convidará a refletir acerca das bases que desejamos construir em nossa nova realidade. Queremos ascender, queremos evoluir, sim, mas se observem e observem como o seu eu egoico se comporta no físico.

Verifiquem onde vocês ainda julgam os outros, acham que são inadequados ou menores. Percebam se vocês têm inveja, se são dependentes de alguma coisa ou de alguém, que lhes traz a paz interior que buscam.

Se vocês se descobrirem repetindo qualquer coisa dessas, a auto piedade ou a vitimização não lhes servirá. Apenas a compaixão e o amor os elevarão e os ajudarão a alinhar-se novamente com o seu Eu Verdadeiro.

A realidade que estamos manifestando, que não é um processo de um dia só, em absoluto, é um lugar de unidade, um lugar onde vocês veem todos como iguais, não é nem mesmo um lugar, mas uma frequência, em que vocês podem decidir morar, ou não.

Se assim fizerem, comecem a observar onde vocês ainda criam separação e diferenças com os demais. Para onde vamos não há algo como diferença. Porque nós simplesmente nos vemos refletidos em tudo e em todos que encontramos, porque agora nos lembramos, porque agora amamos todos como parte do divino.

Como outra confirmação da alma e da expansão humana, que estamos vivenciando, no fim do mês, no dia 27 de agosto, teremos Júpiter sextilhando Saturno.

Esse é um momento de importantes mudanças, é uma oportunidade para que vocês criem o trabalho, o lugar, a expansão que gostariam de alcançar em sua próxima experiência de vida humana. São vocês, sua força interior, não algo ou alguém que cria, se vocês se alinharem com essas frequências, vocês podem acessar a linha do tempo que apoiará as suas visões anímicas.

Deixar para trás uma antiga vida, tudo e todos que já não ressoam conosco, não é fácil, em absoluto, porque o medo da perda que o ser humano tem está além do que podemos às vezes imaginar. Nada nem ninguém jamais é perdido. Apenas temos um tempo diferente para nos reunir novamente.

Vocês não estão deixando nada, vocês estão apenas transitando para uma frequência mais elevada, não há dor no crescimento, somente a alegria de ver quanto amor, compaixão e integridade vocês agora são capazes de sustentar para si mesmos e para o Todo.

Durante este mês intenso – e sempre – sejam fortes. Sejam ousados. Sejam os seres de amor/luz que vieram aqui para se lembrar, para ajudar e amar a Todos. Neste mês em que seremos atingidos por muitas frequências cósmicas mais elevadas, é essencial que utilizem o seu poder divino de modo sábio. Não se concentrem onde os outros estão ou no que eles estão pensando.

Todos nós temos o nosso tempo de despertar ou escolher não o fazer. Não se concentrem em coisas que vocês desejaram, mas que de acordo com o plano superior, não ocorreu. Não deixem que o seu ego lhes diga que vocês são seres humanos insignificantes, incapazes de mudar algo. Vocês, por si mesmos, são a mudança, é por isso que vocês vieram, não para mudar algo, mas para simplesmente SER.

Concentrem-se no amor, quando os desafios vierem, principalmente enquanto continuam liberando um antigo eu, concentrem-se na ajuda recebida em todos os momentos. Vocês nunca estão sozinhos ou sem esperança, aprendi isso da maneira mais difícil. Há prova da ajuda que estamos recebendo em todo lugar, vocês só precisam saber para onde olhar.

Vocês não têm que tentar tornar-se algo. Vocês são os seres galácticos, vocês o têm sido o tempo todo, mas não estavam conscientes disso ainda, porque vocês encobriram isso com as ilusões. Chegou a hora de concentrar-se na unidade, e, como Um ajudar esta transição a ser feita com o mais elevado amor possível para nós mesmos e para o Todo.

Agora, vocês ativaram essas recordações cósmicas.
Agora, vocês estão livres para pensar por si mesmos e discernir.

Não há necessidade de continuar se desvalorizando, quem vocês são e o que vocês fazem. Porque, enquanto o Universo conspira para ajudá-los e está em profunda gratidão por tudo o que vocês são, vocês continuam a escutar o seu eu negativo falar acerca de quem vocês não são.

E chegou a hora de deixar brilhar mais intensamente quem vocês são e unir-se com outras almas fazendo a mesma coisa, não é o momento de se diminuir, o tempo disso acabou. Vocês aprenderam a partir dessa experiência e agora há somente tempo para que vocês reivindiquem a sua soberania, e, portanto, o seu Poder Divino.

Vocês estão fazendo um trabalho maravilhoso, e, é exatamente nesses momentos, que vocês esqueceram, que vocês são imediatamente lembrados por todo o Universo de quem vocês são e da importância de sua Presença, neste momento único na Criação.

Optem por alinhar-se com essas frequências mais elevadas deste mês para se lembrar, para sentir quem vocês são e reconhecer esse mesmo divino nos demais.

Espero que todos vocês usufruam deste mês ardente, e utilizem suas frequências de modo sábio, para queimar tudo o que não é, todas as ilusões, tudo que não for amor, todos os temores, e permitam que a sua verdadeira essência e a Missão de sua Alma venham brilhar.

Tenham um agosto curador, abençoado e revelador, amados!

Com amor e luz infinitos.

Natalia Alba

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Lua Nova em Leão – 23 de julho de 2017

leão.jpg

LUA NOVA EM LEÃO – 23 DE JULHO
INFUSÃO DA CRIATIVIDADE
& CURA MULTIDIMENSIONAL PROFUNDA
Por Natalia Alba

“O processo de autocura é o privilégio de todo o ser. A autocura não é um milagre, nem é a autocura uma dramatização da personalidade como se vocês pudessem fazer algo superior. A autocura é um processo genuíno do relacionamento entre o físico e o poder infinito da alma” 
Harbhajan Singh Yogi.

Meus amados,

Neste momento de nossa jornada ascensional, nos encontramos alinhando-nos com a Nova Frequência da oitava superior/Linha do Tempo, a que estamos conscientemente prestes a acessar.

É exatamente nesta fase transicional intensa, que damos as boas vindas à ígnea Lua Nova, no grau zero de Leão, como uma confirmação do macro acerca da grande infusão de cura /limpeza profunda, assim como da criatividade que estamos recebendo desde o início deste verão intenso.

É um momento de finalizações e novos começos, porque, na verdade, ambos precisam uns dos outros para reconstruir a realidade. É neste lugar em que estamos agora, o que decidimos fazer com isso – assim como criar – é que irá determinar em que linha do tempo vibratório, inferior/superior, nos alinharemos.

Durante esta mudança cósmica, não existe começo nem fim, mas a transformação infinita, que ocorre quando se está pronto para liberar uma forma densa, a fim de incorporar uma mais luminosa.

Esta Lua é – conforme venho dizendo em meus artigos anteriores – a antecâmara do eclipse em Leão, no dia 21 de agosto.

Estaremos navegando entre um portal galáctico de constante renovação, criatividade, dissolução e expansão. Não há um tempo ou espaço fixo/linear para que possamos integrar essas frequências, mas a oportunidade de nos comunicar com a nossa alma, para saber o que precisamos curar/transmutar/acolher a cada momento.

Essa Lua Nova nos traz expansão, revelações criativas e a dádiva de curar as feridas traumáticas que ainda continuamos a reproduzir – profundamente em nosso subconsciente – sem estar cientes disso, impressas em nosso corpo emocional e que queimam tudo o que nos impede de acolher um estado de ser mais elevado.

Todavia, a essência dessa Lua leonina é também uma de alegria, paixão e a oportunidade de exalar criatividade, porque é na exalação em que o divino interno se expande, e dá à luz novos mundos, quando expira.

É um momento para concentrar todo o poder e energia – dessa conjunção – entre a Lua e Marte, ao dar forma aos desejos de nossa alma, em lugar de ser impulsivos e criarmos apenas aos nossos desejos egoicos, que não vão beneficiar nossa vontade mais elevada.

Uma Lua Nova ardente, que vem para nos capacitar, nos ajudar a queimar o velho, nos lembrar de que o verdadeiro poder não quer dizer controlar ou forçar algo, com o “poder” da raiva, mas com a espécie de poder que advém de um coração aberto – sempre apaixonado pelo Todo – que é de onde o verdadeiro poder e presença se originam.

Marte, ao acompanhar a Lua leonina, é um convite para que dominemos nosso ego e nossa raiva, porque a ferocidade não é fazer com que os outros nos temam para conseguir nossos desejos egoicos, mas fazer com que eles nos respeitem, por permanecermos altivos e seguros em nossa luz, em quem somos e a nossa verdade.

Durante este verão (no hemisfério norte), a maioria das almas em ascensão, que está conscientemente trabalhando em si mesmas para finalmente habitar no espaço da quinta dimensão, começará a notar a diferença entre ambas as frequências – 3D e 5D – visto que não é uma localização fisicamente diferente, mas de uma frequência que nos mostrará onde estamos.

Se vocês vibrarem em uma frequência mais elevada, isso é o que estabelece a distinção entre as dimensões. Portanto, a realidade que vocês vivenciam é determinada pela velocidade com que vocês vibram.

Em minha experiência pessoal, independe do caminho que assumo, desde que esteja alinhado com a linha do tempo da 5D que escolhi seguir. Eu nunca atravesso caminhos com qualquer dos meus amigos do passado, mesmo que eles vivam no próximo edifício, e notem que a minha cidade é realmente pequena.

Tudo o que preciso para me sustentar no físico, se manifesta mesmo antes de que eu precise, não no momento, nem após um desafio, porque o Universo sabe do que eu vou precisar. Apenas tenho que estar alinhada com isso e me manter confiante e vibrando tão alto quanto possível para poder receber.

Tudo o que costumava ser uma constante, começou a mudar, até que não seja mais a mesma realidade, porque essa nova frequência não pode coexistir mais com aqueles que escolheram uma totalidade diferente.

Consequentemente, é a sua frequência vibratória – a essência que vocês decidem fazer brilhar – que os limita em seu plano de ação. Se o que estão vendo não é o que desejam experimentar, vibrem mais alto, e a partir desse estado de ser, aprendam como moldar a energia, enviá-la e aprender como criar na Nova Terra, de modo que aquilo que os rodeia comece a ficar alinhado com quem vocês se tornaram.

Esse é apenas um exemplo do que vai acontecer com aqueles que estão acessando o Novo Espaço, porque tudo nele, pessoas, situações, resultados devem estar em ressonância com a sua frequência interna. Porque é Lei que duas frequências opostas não colidam, criando uma barreira vibratória entre uma dimensão e outra.

Estamos também em um período muito importante para os relacionamentos, para aqueles que estão escolhendo um caminho diferente do de vocês, perguntem-se se vocês continuarem forçando esses encontros, quando deveriam ocorrer naturalmente – devido aos seus apegos egoicos – e temores de perder o que nunca pode ser perdido – ou se vocês estão dispostos a abrir mão e deixar que o seu Eu Unificado orquestre os encontros de alma, as situações que são destinadas a acontecer em sua nova realidade.

Em um nível cósmico, não somente temos o nosso Sol Central muito ativo, sempre nos ajudando a liberar o que não nos serve mais, mas também seis Planetas – em Leão – que nos farão sentir o ímpeto de agir impulsivamente.

Há outro aspecto, provavelmente o mais destacado, que é a Lua em Leão, sendo influenciada por Marte, ao mesmo tempo em que o guerreiro faz uma quadratura com Urano, também.

Esse aspecto traz paixão para agir, para permanecer altivos e seguros naquilo que realmente desejamos e recuperar o nosso poder. Se utilizada sabiamente, essa energia pode servir para que sejamos ousados e nos liberte dos velhos grilhões, e que possamos acolher um modo de viver mais elevado.

Contudo, essa frequência, se não for incorporada de modo adequado, pode também nos tornar impulsivos, agressivos e direcionar nossa força interior para alimentar nossa raiva não curada.

Quando temos uma frequência tão poderosa reinando nos céus, devemos nos ancorar e nos equilibrar antes de agir, em vez de criar resultados que não se originem de um espaço de respeito próprio e ao Todo.

É por isso que é essencial agir em todos os momentos como testemunha e não como a personalidade individualizada tridimensional, envolvida em uma jornada humana, porque é aí quando nos perderemos nas ilusões de nosso ego e começaremos a criar sem o foco adequado.

Observem onde vocês se contraem, em vez de permitir que a sua alma se expanda neste domínio físico. Testemunhem o seu eu inferior, vejam onde vocês ainda estão zangados e compreendam que nunca é acerca dos outros, acerca do que eles dizem ou não sobre vocês, o que eles pensam sobre quem vocês são e o que vocês fazem.

Nem é sobre um amante do passado que pensou que vocês não eram o bastante e os deixaram. Não diz respeito ao o que o seu eu egoico pensa que perde. É sempre sobre o que vocês fazem com os seus pensamentos, emoções e percepção da realidade e as expectativas que vocês mantiveram do que deveria ter ocorrido ou não. É tudo sobre vocês, sempre foi sobre vocês e o que vocês criam na vida humana que estão experimentando.

Quando nos concentramos mais em obter resultados/manifestações físicas do que em nosso processo evolutivo interno, criando desequilíbrio entre ambos, é importante prestar atenção aos sinais que o nosso corpo nos envia, para fazer com que nos conscientizemos do que estamos ignorando/negando ver.

Neste momento, muitos dentre vocês podem estar tendo sensações físicas no centro do coração (conectado ao fogo), como ansiedade, palpitações etc., no baço, estômago, pâncreas e/ou órgãos reprodutivos (terra).

Se esse é o seu caso, esta é uma mensagem para vocês se ancorarem, em uma etapa em que em vez de negar o lugar em que estamos e o nosso Planeta, conectando-nos com ele, em todos os níveis, é essencial para a transição como Um, e permanecer bem ancorados para evitar ilusões, assim como desequilíbrios físicos, criados para habitar somente no etéreo. Porque é no físico, pela primeira vez na história humana, que temos a oportunidade de dominar nossos eus inferiores e começar a evoluir, neste plano denso.

Tão importante quanto nos manter ancorados, é combinar isso com um trabalho de nível energético, também, e continuar curando nosso corpo emocional de todas as emoções traumáticas que estão nos impedindo de avançar.

O macro nos confirma que este é um grande momento para a cura, devido ao trígono entre o Sol, a Lua, Marte e Quíron – um encontro formidável de forças que curam, que vão nos enviar a frequência adequada para que trabalhemos conscientemente em nossos corpos emocionais e mentais, para desfazer antigos mecanismos programados, assim como aqueles que foram impressos há muito tempo – em nosso modelo energético – para nos manipular – e as próprias crenças, e começar a nos liberar de mais restrições, algo que o eclipse em Aquário, em agosto, também nos ajudará a fazer.

Um meio de reconhecer as feridas emocionais – que ainda não vieram à tona – é por demonstrar sintomas de dor, encobrindo-as com vícios, escapismo, raiva, frustração, culpando os outros, falta de poder pessoal, inabilidade para expressar nossos corações e utilizar a negação e as ilusões para encobrir a verdade que nos desafiará, mas também nos libertará.

Observem o eu inferior, infundam-no com amor, nunca com comparações, juízos de valor ou falta de empatia, e, consequentemente, compaixão. Vejam onde vocês se limitam, onde ainda se punem por antigos atos, resíduos de vidas passadas (cármicos), sentimentos e muitos outros meios que reduzem a sua Centelha Divina.

Há muitas formas pelas quais vocês podem perceber se ainda estão se punindo e por isso, se sentem inadequados, e sofrem devido aos atos e/ou emoções passados, e comecem o trabalho interior com o seu corpo emocional.

Vocês estão se punindo – e ao seu corpo – com alimentos, bebidas ou qualquer outra substância que os torna viciados na alegria falsa, que isso lhes traz?

Vocês estão se punindo por ficar apegados a antigos relacionamentos, em vez de permitir que a sua alma lhes traga o relacionamento perfeito neste momento?

Isso não é o Universo castigando-os, isso é o próprio eu impedindo-os de ficar alegres, que é o nosso estado natural de ser.

A mesma coisa ocorre com a abundância, todos nós fazemos isso, de vez em quando. Temos a tendência de nos punir, não aceitando a abundância, se não vier do jeito que nosso eu egoico pensa que deveria vir.

Negamos o que é nosso, por direito divino, simplesmente por achar que temos que criar abundância por nós mesmos, impedindo que os outros nos proporcionem aquilo de que precisamos, neste momento de nossa jornada.

Existem infinitos modos para sabotar o self, porque, na verdade, todos nós ainda temos limitados programas impressos, criados por nós mesmos, sendo executados em nosso íntimo, dizendo-nos como nós somos pequenos, quando na verdade somos a Fonte encarnada, um fato básico, que tendemos a evitar/negar.

Ao ter expectativas de como as coisas deveriam ocorrer, ou não, vocês estão se limitando e, visto que não estão conscientes disso ainda, ou desejam estar, vocês não estão recebendo todo o fluxo infinito de amor, que está esperando por vocês, em todos os momentos.

Ninguém está fazendo nada para vocês. Vocês são livres para criar uma versão de si mesmos, desprovida de poder ou reivindicar sua soberania, assumindo a responsabilidade por quem vocês são, e por tudo que criam e começar a seguir um caminho de criação consciente e autêntica.

Existem sempre duas vozes em nosso interior, porque escolhemos experimentar um Universo dual.

Uma voz é o seu ego dizendo-lhes como vocês estão errados, por acreditar que podem realizar tudo o que desejam, a partir de sua alma, porque vocês não passam de marionetes, movidos por forças exteriores, forças que estão também realizando sua missão de derrotá-los ao programá-los com agendas/emoções negativas, se vocês decidirem ceder-lhes o seu poder.

Essa voz, que os mantêm com medo, é uma ferramenta que criamos, como humanos, para nos proporcionar a oportunidade de experimentar o que não somos. Não é real, por assim dizer, não é o que vocês são, mas o que lhes ensinaram/disseram que vocês são, e que vocês continuam repetindo para si mesmos, nos momentos em que estão mais enfraquecidos.

Por outro lado, há essa outra voz interna, divina, sussurrando em seus ouvidos, em todos os momentos, reverberando dentro de si mesmos, que vocês são suficientes, poderosos, belos e apreciados imensuravelmente.

Essa voz é suave, tranquilizante, porém forte o bastante para ser ouvida no silêncio de sua alma – quem vocês verdadeiramente são – lembrando-lhes de que vocês são seres divinos soberanos, e tudo o que vocês poderiam fazer com o poder divino lhes é dado, e que são vocês, se escolherem utilizá-lo de modo sábio, para curar-se e tornar-se um instrumento de luz da Fonte, para ajudar o Todo.

Como sempre, é sua a decisão de brilhar ou viver na escuridão.

Lembrem-se, meus amados, embora o seu eu egoico perceba a escuridão como sendo “maléfica” – tudo serve a um propósito, para ajudá-los a se recordar de nossa Herança Divina Verdadeira. Tudo faz parte da Criação.

A única coisa que vocês deverão decidir, agora, neste período de bifurcação, enquanto somos banhados por essa curadora e poderosa Lua Nova, em Leão, é se vocês já experimentaram suficientemente a limitação, e estão prontos para experimentar as maravilhas de ser quem vocês realmente são, e viver em um espaço vibratório superior, ou se ainda precisam aprender algo que lhes servirá para finalmente acessar uma Nova Realidade de integração e amor incondicional para Todos.

Em continuação, eu lhes deixo um exercício/meditação fácil para que vocês comecem o trabalho interno de dissolução das feridas traumáticas que ainda têm em seu corpo emocional.

Eu não sou fã de lhes dar quaisquer lições ou dizer-lhes o que vocês deveriam fazer, porque vocês são os mestres e curadores de si mesmos e sabem melhor do que ninguém o que é melhor para vocês e eu não sou professora.

Visto que estou simplesmente aqui – como vocês também estão – para compartilhar. Todavia, fui orientada a compartilhar esta técnica que eu faço – com muito amor e respeito – no caso em que possa ajudá-los em sua jornada exclusiva.

Este é um dos exercícios que são essenciais antes de começarmos a trabalhar com o nosso DNA. Servirá para que vocês curem tudo que vocês são – eus passado, presente e futuro. Para que a cura multidimensional ocorra em uma escala não-linear, e à medida que purificamos nosso passado, fazemos isso também com as nossas linhas do tempo presente e futura.

Ao trabalhar com nosso aspecto individualizado da Fonte encarnado neste momento, com um determinado aspecto físico e nome, também estamos fazendo para Todos, porque Todos existem neste exato momento.

Exercício para desfazer feridas emocionais traumáticas:
. Localizem a emoção que está aprisionada internamente devido à ruminação dela. 

Lembrem-se, quanto mais ruminam algo, mais vocês o mantêm ativo em seu corpo emocional, ocupando um espaço que deve ser liberado para que vocês o preencham com amor e emoções novas e construtivas, que vão ajudá-los a construir uma experiência de vida forte e saudável. Invoquem o seu Eu Unificado/Guias para ajudá-los em seu processo de cura.

Essas emoções/feridas inferiores podem estar encobertas por muitas coisas que podem impedi-las de vir à tona. Não as encubram com substâncias, temores ou negação, conscientizem-se, tornem-se o curador que vocês são e sintam a dor. Nunca a ignorem, porque ela é o seu melhor professor e salvador, e o acesso para a autocura.

Após localizar a dor, a coisa mais importante é lidar com ela, não a partir de onde ela vem. Não importa o que costumávamos ser, em nossas existências passadas, e se a dor se origina de lá, somente importa o que estamos sendo agora, e o que estamos fazendo com o que estamos sentindo agora. Se o que estamos sentindo está nos fazendo sofrer, identifiquem de onde essa dor vem, é útil, mas vocês não podem voltar a um tempo passado para corrigir isso, visto que não há nada para consertar, para começar.

A única coisa que vocês podem fazer é perdoar-se e deixar que a dor se vá, depois que vocês aprenderam o que ela veio mostrar-lhes. Se vocês se comunicam com a sua alma, pelo menos alguns minutos por dia, com os outros eus, que são Um com vocês, quer passado, quer futuro, vocês terão a ajuda exigida para fazer o necessário trabalho de perdão de que precisam para liberar essas emoções inferiores que estão causando-lhes sofrimento.

Quando trabalho com o meu corpo emocional, em meu espaço sagrado, sempre o imagino como um mar ou lago azul escuro, como desejar. Relaciono-o com o elemento água, e, para mim, é mais fácil fluir com esse elemento e liberar tudo o que está estagnado nele, porque a água não permite que algo permaneça aprisionado nela.
. Visualizem-se em frente desse mar não purificado, todas as emoções inferiores que estão impedindo que o fluxo natural e o brilho desse mar emerjam. 

Agora, sintam todas as emoções dolorosas que os fazem sofrer, uma a uma, após aceitar a sua responsabilidade por essas situações, sejam gratos por aquilo que elas lhes ensinaram e enviem-nas para o ponto que reside no meio desse mar, onde há uma corrente que conduz a um buraco.

É aí onde todas as suas emoções negativas são liberadas, até que vocês comecem a se sentir em paz, ou, pelo menos, em um estado de ser equilibrado, sem raiva e repressão.

. Após recuperar a tranquilidade, entrem nesse mar – que está agora mais claro devido às emoções liberadas – mergulhem nele, até que caiam no fundo do mar, onde existe um teatro cheio de gente, almas, que os acompanharam nesta existência ou em qualquer outra, embora elas não tenham rostos, têm realmente uma alma e tocaram a sua vida em um sentido, tornando-os melhor e ajudando-os a crescer, quer o seu ego humano reconheça isso, quer não.

Ao entrar, vocês vão ver uma cadeira no meio do teatro. Sentem-se. Isso é para vocês, todas essas almas estão ávidas para ser perdoadas, como a sua alma também está ansiosa para ser liberada de enfrentar a dor que essas feridas ocultas causam. Chamem-nas uma por uma, façam isso diariamente, visto não ser um processo de um único dia, recordem o que aconteceu com esta pessoa que os fez pensar que ele/ela os feriu.

Desfaçam a ilusão, lembrem-se, ele/ela os ajudou, por um contrato de alma, por livre arbítrio, a lembrar-se do poderoso ser que vocês são – para superar qualquer desafio – mas também capaz de perdoar, porque um Ser Soberano capacitado perdoa a si e a Todos, está em sua essência divina, é quem vocês verdadeiramente são: perdão, amor, luz, alegria, humildade e imensuráveis seres sábios.

Digam-lhes o que vocês precisam para acabar com essa dor, sabendo que se trata de uma alma preciosa que os ajudou, porque, por si mesmos, vocês nunca poderiam ter aprendido tanto quanto o fizeram.

Quando finalmente se lembrarem da luz neles como sua única natureza, os enviem, com muito amor e respeito, a um pilar de luz que surge quando alguém perdoa, e os enviem para esse maravilhoso espaço de liberdade – ao mesmo tempo em que vocês também se libertam.

À medida que continuarem a fazer isso, vocês não só farão a recuperação e integração de sua alma, mas a cura de todas as feridas que ainda estão impressas em seu corpo emocional.

É essencial trabalhar com o perdão, porque tendemos a esquecer de todas essas feridas, em negação, deixando-as no plano mental, pensando que estamos livres delas, mas, na verdade, apenas as ocultamos, sem perceber que elas ainda estão machucando o nosso corpo emocional, que é tão importante quanto o nosso corpo humano.

É por isso que às vezes enfrentamos ansiedade, isolamento e sofrimento, mas não somos capazes de perceber de onde essas sensações estão vindo. Queremos pensar que vêm das explosões solares, energias cósmicas e assim por diante, mas, às vezes, elas vêm simplesmente da própria dor que as nossas emoções ocultas nos causam.

. Após fazer isso, voltem ao mar, que agora é de um azul claro, radiante e fluente, conforme vocês também estão agora, em amor, luz, gratidão consigo mesmos e com o Todo, porque vocês vêm se comunicando com a sua alma e também com a alma dos outros, que são a sua Família de Alma e companheiros divinos, em paz. Almas que não fizeram nada a não ser amá-los, de maneiras que o seu eu egoico nunca poderia perceber sozinho.

. Depois disso, afirmem:

Eu (digam o seu nome) aceito a luz da minha alma, assim como a luz que habita nos outros que me ajudaram em minha jornada. Libero todas as ilusões humanas. Todo o sentimento de dor e raiva e tudo o que me impede de ver a verdade de quem eu sou e de quem os outros são. Expando agora, e para sempre, no amor divino e qualquer resistência, para experimentar tudo o que me permitirá crescer e vivenciar alegria, abundância e amor incondicional, de uma nova e mais elevada maneira.

Agora, vocês estão livres, livres para seguir o seu caminho sem interferência. Livres das feridas do passado. Livres para criar um caminho em que não terão que forçar quaisquer interações ou encontros de alma, ou se apegar a qualquer um deles, porque vocês agora caminham como mestres, curadores e seres soberanos de sua experiência de vida, e a mera essência da sua nova frequência atrairá qualquer coisa e/ou qualquer pessoa que vocês precisem para cocriar um novo caminho.

Desejo a todos vocês uma Lua Nova curadora, criativa e sempre amorosa, meus amados!

Com amor e luz infinitos.

Natalia Alba

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar

DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Lua cheia em capricórnio em 09 de julho de 2017

LUA CHEIA EM CAPRICÓRNIO
9 DE JULHO DE 2017
SÍNTESE HARMÔNICA DO CORPO E DA ALMA
Por Natalia Alba

Meus amados,

É o fim ou o início, porque à medida que ascendemos, temos a tendência a perder nosso sentido do tempo e de sua linearidade, de nossas vidas tridimensionais, conforme os conhecemos. Estamos mudando para sempre, e enquanto o fazemos e continuamos a nos afastar da Velha Terra, liberamos mais das antigas camadas do nosso eu antigo, e começamos a despertar nossas essências superiores, há muito tempo latentes em nosso DNA.

É neste momento que estamos deixando tudo o que certa vez nos foi conhecido, não para acessar o desconhecido, mas para nos lembrar do que nós, como almas, sempre soubemos e que, como humanos, nos esquecemos – um verdadeiro estado de paz, que vem do fato de se habitar em um espaço de liberdade, integridade e unidade com o Todo.

Conforme prosseguimos nesta intensa transição, somos convidados a nos afastar, com amor e gratidão pelas lições lembradas, de tudo o que retira o nosso poder e começar a acessar novos horizontes, que podem não ser familiares, mas que é o que precisamos enfrentar para o nosso crescimento humano, nesta nova etapa de nosso caminho ascensional, visto que a alma já é evoluída e é somente o nosso aspecto humano que precisa se lembrar.

Como almas em ascensão, durante esta etapa intensa, nos encontramos habitando nas profundezas do nosso ser, imaginando nossa nova existência em uma oitava mais elevada. Todavia, não devemos esquecer de nossa natureza humana e do verdadeiro motivo de por que vimos para este plano denso – para dominar um reino físico – a arte de trazer nossas criações anímicas, apenas sonhadas, para a nossa realidade tangível.

Com esta lunação, começamos um período de integração contínua, em que o cuidar de si mesmo é essencial, ao mesmo tempo em que continuamos a destruir e reconstruir no físico, porque é aqui onde agora residimos, é aqui onde precisamos dominar como deixar de lado o familiar e começar novamente.

Para nos ajudar a manifestar e ancorar nossa nova frequência, assim como todas as mudanças que vêm com a transformação interior que estamos enfrentando – reconexão do DNA e, portanto, o acesso ao poder que isso traz aos nossos veículos físicos – no dia 9 de julho, temos uma Lua Cheia, terrena, muito poderosa, no grau 17 de Capricórnio.

É aqui que nos lembramos de que a nossa essência e o nosso plano humanos são tão importantes quanto o nosso aspecto que habita o etéreo. É aqui que honramos a ambos, porque ambos são igualmente divinos. É aqui que prestamos atenção à nossa energia e onde a colocamos, e começamos a moldá-la, conscientemente, para criar o que vai nos ajudar na próxima etapa de nossa jornada.

Essa Lua Cheia é a antecâmara do eclipse que teremos em agosto. Visto que o eclipse será em Aquário – uma constelação localizada entre Capricórnio e Peixes – e nos prepara para desencadear as mudanças necessárias para que transformemos tudo que não esteja funcionando mais em nós mesmos e em nossas vidas físicas, e nos liberar, como esse eclipse aquariano, já fortemente sentido, nos lembrará.

Contudo, para que isso ocorra, devemos criar, primeiramente, um equilíbrio energético entre o nosso Eu Superior e o nosso eu inferior, entre os Reinos Superiores, onde nos deleitamos tanto em habitar e o nosso reino terreno.

Durante a Lua Cheia, temos frequências/mensagens opostas. Por um lado, a essência yang terrena de Capricórnio nos lembra de trazer nossas visões internas para o físico, com determinação, em vez de apenas contar com os sonhos e deixar que os nossos objetivos desapareçam no ar.

Por outro lado, temos o Sol no amoroso signo de Câncer. Esse signo de água, intuitivo e com a essência yin, nos convida a habitar nas profundezas de nosso ser para recuperar a orientação e clareza, antes de manifestar nossos desejos.

O signo de Câncer gosta de expressar o coração e seguir o que deseja, sem controlar cada passo. Os cancerianos não seguem a lógica e sim os sentimentos, eles acolhem, amam e honram o invisível.

Capricórnio prefere manifestar, proteger, nutrir o que é tangível e honrar o reino visível. O masculino e o feminino devem acolher-se como um, em uma dança eterna e amorosa de unidade e igualdade e assim essas duas polaridades, que vivem em nós, farão.

Ambas as energias opostas de Câncer e Capricórnio nos dão equilíbrio onde os conflitos internos podem residir – de modo que não caiamos novamente na armadilha das ilusões, procrastinando o nascimento de nossas novas criações, devido aos antigos medos e da falta de confiança, mas sem seguir apenas o nosso aspecto racional que nos obriga a fazer o que pensamos que deveríamos, em vez do que realmente nos sentimos orientados a criar.

Ambas as forças nos fazem querer saber se estamos cumprindo nosso verdadeiro propósito anímico e o que nos faz sentir vivos, ou se ainda nos apegamos ao que o nosso eu humano – e o eu dos outros – pensa que deveríamos estar fazendo.

Em um nível macrocósmico, essa Lua faz conjunção com Plutão. Para conseguir mudar o que não está mais alinhado no físico, primeiramente, precisamos nos comunicar com os sentimentos, os mais sombrios, que o nosso eu humano tenta tão arduamente ocultar. Porque é somente por trazê-los à superfície que podemos reconstruir, amar e nascer de novo.

A pergunta é: Vocês estão prontos para alcançar a verdade e curar-se, mesmo que isso signifique que devem fazer isso por meio do sofrimento e da liberação?

Vocês têm uma oportunidade de transcender suas sombras, compreender a sua dor e acolhê-la, não por habitar nela e vitimar-se, mas por compreendê-la como o seu maior professor e deixar de repetir os mesmos antigos padrões.

É realmente uma dádiva cósmica para que escutemos os sussurros de nossa alma, porque ela revela tudo o que necessitamos para a nossa jornada e, neste momento, amados, somos além de afortunados, porque estamos vivendo em um momento revelador, único.

Escolham transcender seus desafios, escolham se lembrar, desvendar o desconhecido e acessá-lo, porque o tempo é Agora, e o melhor, como sempre, ainda está por vir.

Durante essa alteração da linha do tempo, muitas pessoas, principalmente aquelas que ainda estão trabalhando na liberação das camadas mais baixas da sua personalidade tridimensional, sentirão fortemente as muitas mudanças que ocorrem, neste momento de transição, no campo geomagnético.

Essas sensações, entre muitas outras, uma vez que todos nós somos ímpares, vêm sob a forma de medo, ansiedade, visto que afeta profundamente o sistema nervoso.

Essa é uma mensagem para vocês, se estão enfrentando isso, estar plenamente presentes em vez de viver com medo em espaços e tempos que não existem onde vocês estão agora.

O ego quer permanecer naquilo que lhe é familiar, mesmo que o conhecido signifique sofrimento, o ego quer controlar o que não pode ser modificado, exceto por uma inteligência mais elevada.

A sua missão é dominar o eu inferior para que aceite a mudança e avance. Sua tarefa não é habitar na dor, mas integrá-la e utilizá-la de modo sábio no novo capítulo da vida, que vocês estão criando conscientemente, a partir do seu interior.

Outro importante aspecto é o Sol, fazendo oposição a Plutão e em conjunção com Marte, que também se opõe a Plutão.

Quando a essência potente, masculina e curadora de nosso Sol central toca o planeta do poder e da regeneração, está nos infundindo com a frequência apropriada para nos transformar e fazer renascer tudo o que desejamos fazer novamente, lembrando-nos que o poder de realizar isso vem do divino interno e não de qualquer pessoa ou condição externa.

Não existe mais o fato de esperar, em nossa nova realidade, que os outros façam algo para nós, tornem algo melhor, maior ou nos curem.

Há somente NÓS agindo como seres de amor/luz humildes, porém divinos e capacitados, em todos os momentos, sem desculpas, sem juízos de valor, mas com a pura alegria de estar encarnados, neste momento precioso da Criação, tendo o livre arbítrio para criar, destruir e reconstruir o que for necessário para o crescimento e o aprendizado da nossa alma no físico.

Neste momento, e para nos ajudar a manifestar os desejos de nossas almas, não estamos apenas cercados por essa energia cardinal, mas durante todo este mês temos o grande trígono entre o Nodo Norte, no signo ardente de Leão, Saturno em Sagitário e Urano em Áries.

Esse alinhamento é muito potente para que possamos agir, visto que isso nos trará inovação, inspiração e tudo o que precisamos para tornar tangível tudo aquilo que primeiramente imaginamos em um plano não-físico.

É aí que vocês optam por avançar, e como o Nodo Norte sugere, onde vocês escolhem seguir o caminho de sua alma, há muito planejado por vocês, e se permitem cumprir a missão que a sua alma orquestrou para vocês.

Além disso, temos também uma grande cruz cardinal, durante os primeiros dez dias deste mês, entre Marte em Câncer, em oposição a Plutão, e Júpiter em Libra, em oposição a Áries. Isso diz respeito ao seu poder interno, aquele que pode construir ou destruir.

Destruir não é negativo em si mesmo, porque, quando a destruição é utilizada para desfazer antigos mundos, pode transformar tudo, novamente. Isso se refere à intenção que vocês mantêm por trás de suas ações. Diz respeito a conceder uma essência amorosa ao ato em si, ou não.

Trata-se de como vocês utilizam o seu fogo interno. Vocês caminham como seres soberanos e capacitados? Isso advém de um espaço de humildade, amor e compaixão, em relação a si mesmos e aos outros, vendo todos como iguais? Vocês utilizam sua força interior para se concentrarem nas visões de sua alma e torná-las físicas, ao criar as condições exigidas para que isso ocorra?

Se não, este é o tempo perfeito para criar as mudanças necessárias interiormente, para que se libertem dos antigos comportamentos repetitivos, que os diminuem, e comecem a agir com integridade, e a partir de um espaço capacitado de total respeito e amor em relação a si mesmos e ao Todo.

É um momento de recriar nosso novo caminho interno, mas sem permanecer à deriva, expandindo nossa centelha divina no físico, que é o motivo principal por que vimos aqui – para dominar a arte de trazer à manifestação o que, em primeiro lugar, se originou em nosso plano mental.

É também um tempo perfeito para mudar o que não ressoa mais, no físico, com o lugar em que estamos, ao que perguntamos: Vocês estão amando o que estão fazendo e o lugar em que estão? Estão colocando o seu coração e a sua alma em tudo o que vocês fazem? Ou ainda estão fazendo o que o seu eu humano pensa ser seguro, embora não preencha a sua alma?

Quantas vezes vocês se olham no espelho e percebem o ser divino e poderoso que vocês são, e se dizem como vocês e sua existência são preciosos, independentemente dos desafios?

Quantas vezes vocês apreciam que o Divino escolheu experimentar a si mesmo por seu intermédio neste domínio físico?

Quantas vezes vocês se encontraram no abismo, esperando que alguém os ajudasse, resolvesse seus problemas ou fizessem milagres para vocês e mudassem tudo?

E finalmente, quantas vezes vocês compreenderam que vocês são os únicos que podem criar o que quer que desejem, a partir da alma?

É um momento para agir, sim, para manifestar algo que o nosso eu egoico constantemente deseja.

No entanto, na verdade, a manifestação e a expansão, mais do que querer constantemente coisas materiais, é o principal motivo pelo qual nossa alma está em um corpo físico, vivenciando este domínio humano, neste momento.

Acima de tudo isso, trata-se de uma Lua para que sintam o seu poder divino interno. Para se lembrar de quem vocês são e do grande poder criativo da sua centelha interior para dar origem a tudo o que a sua alma deseja no tangível.

Esta é uma Lua para que utilizem o seu poder de modo sábio, tornem-se UM com ela e comuniquem-se com a sua alma, a partir de um lugar em que todas as suas escolhas devem vir, porque, como almas ascendentes, não desejamos mais o que pensamos ser melhor para nós, mas o que a nossa vontade mais elevada deseja para Todos.

Vocês estão aqui para SER, observar e ajudar, e para poder fazê-lo, devem estar plenamente ancorados na Terra.

Durante essa lunação de terra, temos a oportunidade de criar uma convergência harmônica entre nossa alma e nosso corpo, e agir a partir desse espaço sintetizado, porque estamos aqui não para ascender aos reinos de onde vimos, mas para fazer descer toda essa sabedoria para o nosso eu humano e começar a expandir nossa centelha cósmica, no amor divino, em nosso plano físico.

Desejo a Todos vocês uma Lua expansiva, no físico, enquanto vocês continuam a habitar na essência luminescente de sua alma.

Com amor e luz infinitos.

Natalia Alba

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Tornar-se Canais do Amor Divino – Lua Nova em Câncer 23 e 24 de junho de 2017

tornar-se.jpg

TORNAR-SE CANAIS DO AMOR DIVINO
LUA NOVA EM CÂNCER, 23/24 DE JUNHO 2017
Por Natalia Alba

Por meio da meditação intensa e profunda, vocês alcançam um estado que está além do pensamento, além da mudança, além da imaginação, além das diferenças e da dualidade. Uma vez que possam permanecer nesse estado, por um momento, e sem sair dele sem perder nada, então, o amor divino interior começará a emanar por seu intermédio. Vocês não verão as pessoas como indivíduos diferentes e separados. Vocês verão o próprio Self em todos que o cercam. Daí, o fluxo do amor interno será constante e ininterrupto. ~ Swami Muktananda.

Meus amados,

Este é o começo, assim como o fim, de uma passagem muito intensa que ajudará a nos ancorar em nossa jornada transicional para uma oitava de dimensão superior. É com esta Lua Nova em Câncer que também encerramos um antigo microciclo, ao mesmo tempo em que começamos a navegar através de uma onda mais elevada, experimentando uma profunda mudança de frequência, que começará com a chegada do solstício e que vai durar todo esse período de verão, principalmente durante o eclipse que enfrentaremos em agosto.

Durante o verão (hemisfério norte), o nosso Planeta se encontrará recebendo uma infusão cósmica de frequências oriunda dos reinos superiores de iluminação, que nos ajudarão a fazer as mudanças necessárias em nossos corpos físicos, exigidas para descartar o que não vai servir ao nosso Novo Caminho. Antes da intensidade que nos aguarda, nos meses seguintes, temos uma acolhedora e amorosa Lua Nova em Câncer para iluminar nosso caminho para uma forma mais elevada de amor e autocura.

Câncer – a Mãe, um dos signos mais intuitivos de todo o zodíaco, que vive nos reinos das emoções e de uma forma mais elevada de amor – representa o princípio feminino da criação, o nosso aspecto feminino que dá à luz, cura e acolhe tudo o que toca. Um cuidador e curador naturais e que é responsável por criar as nossas visões interiores. Como Câncer é um signo acolhedor por excelência, está relacionado às nossas partes físicas que alimentam e protegem.

É por isso que, na Lua Nova, quaisquer problemas desconfortáveis das mamas ou do estômago, porque as emoções são processadas em nossa região digestiva, vão lhes mostrar onde vocês precisam se nutrir mais, visto que estão alimentando temores humanos, e esse é o modo de o seu corpo expressar-se.

Como o Sol também estará muito ativo, haverá sensações de exaustão e drenagem, principalmente para aqueles que estão fazendo o trabalho interno da reconexão do DNA. Não se pressionem para integrar mais, para alcançar um estado de ser mais elevado. Vocês sempre são tudo o que precisam ser e exatamente onde precisam estar.

Além disso, neste momento de nossa jornada ascensional, muitos encontram-se habitando entre a luz e a escuridão, porque, conforme continuamos nos separando da velha Terra tridimensional, teremos que escolher se desejamos agir sempre com o amor divino ou se podemos deixar que os nossos temores humanos nos controlem.

Sabe-se, desde muito tempo, que há uma guerra entre as forças sombrias que ainda habitam o medo e as almas que estão ajudando a recuperar o amor e um modo de vida mais elevado, que é a nossa natureza divina.

É durante esse período de separação que os estabilizadores, as Âncoras da Nova Terra, os Guardiães do Portal, dentre muitos outros papéis preciosos na Criação, encontram-se fortalecendo a ponte com a Nova Era, para as almas que estão conscientemente escolhendo acessá-la.

Todos nós fazemos isso de muitas maneiras – como seres multidimensionais que somos – enquanto estamos trabalhando conscientemente no astral, quando estamos despertos, por ancorar nossa frequência amorosa na Terra, e enquanto estamos concentrados em todos os momentos em nosso coração, sentindo, pensando e agindo, sempre, a partir desse espaço compassivo.

No período da Lua Nova, temos o Sol, a Lua, Mercúrio e Vênus em Câncer, juntamente a Netuno e Quíron em Peixes, também um signo de água. Por outro lado, temos uma quadratura em T ocorrendo entre Marte em Câncer, e Júpiter em Libra, e em oposição a Plutão em Capricórnio.

Isso será para nos desafiar a perceber onde vemos tudo no amor divino ou onde ainda julgamos e promovemos o medo, que ainda é um resíduo que deve ser purificado, porque nos impede de ver – com clareza – que na verdade, tudo sempre é o amor encarnado em um domínio denso, tendo a própria experiência para se lembrar da pureza e da Fonte amorosa de onde todos nos originamos.

Temos também Netuno, o planeta da ilusão e da intuição, retrógrado, desde 16 de junho até 22 de novembro, em Peixes. Conforme Netuno se alinhar com a Lua, vamos ficar ainda mais sensíveis a essas frequências etéreas. A magia, a criatividade e uma compreensão superior da realidade vêm com as energias netunianas, porque é aí que comungamos com nosso subconsciente – fazendo descer todas as criações que as nossas almas desejam trazer para o tangível.

Todavia, visto que vivemos em uma realidade dual, Netuno e ainda mais perto da Lua, traz ilusão, se nos concentrarmos e polarizarmos em um determinado estado de ser. É com Netuno que dominamos nossas partes que ainda estão dependentes de alguém ou de determinadas substâncias.

É com esse planeta que habitamos, por enquanto, nas profundezas do nosso ser, e começamos a curar nossos medos e feridas ocultos, compreendendo que nossas sombras são preciosas e que fazem parte da luz, porque nos dão a oportunidade de amar a todos que são igualmente partes do divino.

Sob a minha perspectiva, e como uma pisciana, tendo Netuno, que me ajudou tremendamente a trazer à tona todo o meu eu humano negado. É uma grande oportunidade observar a que coisas ou a quem vocês cedem o seu poder.

Vocês o cedem a algum vício, porque lhes permite escapar da realidade, assim como amainar a sua dor? A uma determinada pessoa, dando-lhe o poder de fazê-los felizes ou não? Se assim for, apenas o amor compassivo vai lhes mostrar a luz que vocês são, porque vocês precisam se lembrar, mais uma vez, da magnificência de quem são, assim como da importância da sua Presença aqui.

Netuno vem ajudá-los a dominar o seu eu humano, não os castigar. Sua frequência é sempre amorosa, que podemos polarizar, mas se nos tornarmos testemunhas, será o catalisador cósmico que nos ajudará a dominar os nossos aspectos que ainda habitam no sofrimento, na ilusão e acima de tudo no medo.

Esta é de fato uma Lua poderosa e que cura, porque nos oferece a oportunidade de mergulharmos profundamente em nossos sentimentos ocultos e feridas egoicas, e trazê-los à superfície, compreendendo que nunca se referiram ao que os outros nos fizeram, mas ao que nos fizemos, em nossa falta de consciência e nossa visão egoica da realidade.

Requer tempo, trabalho interno e dedicação/intenção consciente para que nos separemos completamente de nosso eu humano e nos tornemos testemunhas, a fim de perceber claramente o que está nos impedindo de ver aquilo que ainda não somos capazes de confrontar e de curar.

O caminho para a transformação pessoal e a ascensão não é fácil, porque temos que, primeiramente, nos conscientizar dos muitos mecanismos que nos fazem crer que não somos merecedores, amados, ou, pelo contrário, superiores ou mais ascensionados do que os outros.

Neste caminho da integração consciente, nossa alma nos apresentará os desafios necessários para que cresçamos, ao desencadear internamente os aspectos que ainda não estão unificados. De fato, requer autodisciplina e força para poder acolher nosso lado sombrio e, mesmo se estivermos imersos profundamente nele, sermos capazes de ver a luz e o amor que igualmente aí residem.

É com essa Lua Nova em Câncer que seremos capazes de interromper todos os ruídos humanos, nos comungar com a nossa alma e nos perguntar se estamos vendo o amor e a alegria do Criador em Todas as nossas atuais experiências de vida, quer as rotulemos como sendo boas, quer más, ou se ainda culpamos as outras pessoas, julgando, deixando de amar a todos igualmente.

Lembrem-se, amados, ninguém fez nada para vocês, e assumir a responsabilidade por tudo o que acontece em sua jornada humana única é uma das coisas mais importantes que aprendemos, às vezes, o modo difícil, no nosso caminho evolutivo consciente.

Outro aspecto importante dessa Lua canceriana é que o Sol e a Lua fazem conjunção com Mercúrio. Com o Sol conjunto a Mercúrio, temos uma dádiva cósmica para estabelecer uma forma superior de comunicação com os reinos mais elevados, que, novamente, habita em nós mesmos.

Essa é uma oportunidade para nos comunicar com a nossa alma/Eu Unificado e começar a escutar a Verdade que o nosso ego humano nega. Contudo, o Sol em conjunção com a Lua pode trazer memórias passadas, que ainda não foram compreendidas e liberadas, principalmente relacionadas com a nossa família e relacionamentos passados.

Essa Lua traz grandes oportunidades e encontros de alma predestinados, mas que primeiro precisam ser purificados de tudo o que o nosso eu humano se apega. Se vocês ainda estão querendo saber por que um relacionamento passado não funcionou, se voltará ou por que não estão em uma parceria em que gostariam de estar, talvez, seja o momento de verem qual é o relacionamento que vocês primeiramente mantêm consigo mesmos.

Acolham-se, habitem internamente, e, a partir de um espaço amoroso, conversem com a sua criança interior, como o seu eu real, e tragam perdão e compreensão àquilo que vocês estão na ilusão de pensar que os feriram no passado. Tragam compaixão e perdão para todos, e comecem a trilhar um caminho de pureza e interação consciente em relação a si mesmos e a todos que cruzarem o seu caminho.

Essa Lua Nova traz uma luz acolhedora, reveladora e que cura todos os que estão prontos para abraçar os seus verdadeiros sentimentos e lados sombrios, sem os temores humanos, e começar a funcionar como seres unificados de amor e luz. Não é nenhuma novidade que os humanos vivem com medo, como espécie manipulada e programada desde éons, esse tem sido nosso principal mecanismo de defesa egoico.

Há muitos seres que se encontram ascendendo para a libertação desse medo primário e ilusório, mas a verdade é que todos nós ainda temos medo de muitas coisas, e dentre elas, do nosso potencial divino, porque agora estamos apenas começando a despertar e perceber do que somos realmente feitos e do que somos capazes.

Para poder agir como seres soberanos conscientes de nosso verdadeiro poder, em primeiro lugar, devemos incorporar a humildade e aceitar tudo o que fizemos, com infinito amor em relação a nós mesmos.

Não podemos seguir um caminho de unidade, enquanto nos rotularmos e nos separarmos dos demais. Não podemos desejar o relacionamento perfeito, se, em primeiro lugar, não conseguimos nos acolher por completo. Nunca podemos ter o que não somos. Chegou a hora de nos reconectarmos ao nosso eu ferido e curar os aspectos dele que ainda estão imersos no medo.

É o momento de vocês permanecerem altivos e seguros em sua verdade, e no que vocês têm para compartilhar da sua maneira exclusiva, porque isso não se refere a vocês, isso é egoico, mas diz respeito à ajuda que os outros receberão de vocês, quando vocês decidirem ver o seu verdadeiro potencial divino, incorporar sua missão de alma e compartilhar a sua luz única. Porque isso trará cura profunda, não apenas para vocês, mas para Todos.

Estamos os aguardando, eu sei que muitas almas desejam compartilhar a sua preciosa orientação, mas têm medo de fazê-lo. Eu os conheço, eu sempre os conheci, eu sei que vocês têm dúvidas acerca de quem vocês são e de seus dons anímicos, mas, finalmente, é o momento de acolher a jornada superior em que vocês podem deixar muitas coisas/relacionamentos de lado, mas apenas começar acolhendo os autênticos, que são destinados a tocar a sua vida neste momento de transição, na Criação.

Vocês vieram aqui para serem vistos, apreciados e amados, vocês não vieram aqui para se esconder sob as sombras egoicas e os sentimentos de desmerecimento que elas provocam. Sintam o amor de quem vocês são, sintam a necessidade e o apreço de Todos por vocês. Compartilhem a singularidade do Divino Encarnado por seu intermédio.

Feliz solstício e feliz Lua Nova, amados companheiros!

Com amor por todos vocês devido ao que são e pelo que fazem.

Natália Alba

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Lua Cheia em Sagitário – 09 de junho de 2017 – As Revelações da Alma

lua cheia.jpg

LUA CHEIA EM SAGITÁRIO – 9 DE JUNHO 2017
AS REVELAÇÕES DA ALMA
Por Natalia Alba

“A verdade é por natureza evidente por si mesma. Logo que vocês removem as teias da ignorância que a rodeia, ela brilha claramente” – Mahatma Gandhi.

Meus amados,

É um momento para profundas revelações da alma. É um momento para a verdade, principalmente para aqueles que estão prontos para confrontar suas sombras e medos humanos. Porque a Lua Cheia em 18o 53’de Sagitário vem para nos mostrar o que o eu humano tende a ocultar e negar, visto que teme o desconhecido, assim como a libertação que a verdade traz.

Durante esta etapa, o cosmos está nos convidando a curar os cantos não amados de nosso ser, porque tudo é sempre divino, quer nos obriguemos a crer, quer não, o Universo somente cria aquilo de que é feito, e isso é sempre amor e perfeição de infinitas maneiras.

É a verdade incorporada que nos faz ascender, que nos permite integrar um nível mais elevado de consciência, mas, a fim de fazer isso, primeiramente precisamos nos esvaziar de tudo o que acreditamos ser a verdade, porque à medida que evoluímos, percebemos que não existe uma verdade tão irrevogável, porque há muitos desvios, e conforme o nosso eu humano cresce, descobrimos que há sempre mais do que pensávamos, e que foi apenas a nossa visão limitada que nos impediu de ver o que sempre esteve ali.

Não existe nada escondido no Universo, tudo o que desejamos conhecer já está aí para que possamos acolher. Como humanos, tendemos a estar buscando constantemente em lugares remotos aquilo que nunca esteve oculto no começo.

Essa Lua no buscador da verdade, Sagitário, o eterno pesquisador da sabedoria nos convidará a nos interiorizarmos, a fim de conhecer e discernir o que encontramos internamente, e, se nos alinharmos com a sua frequência, nos tornando o eu eterno que, em essência, somos, seremos capazes de receber todas as respostas, toda a sabedoria cósmica, que estamos tão ávidos para encontrar do lado de fora.

Os sagitarianos demonstram perseverança naquilo que realmente desejam. Eles usufruem mais a jornada do que o seu “destino final”, uma vez que são gratos por todas as lições aprendidas em seu caminho e sabem que, na verdade, nunca há um propósito final, porque estamos sempre evoluindo e nos transformando de novo. Sagitário nos convida a descobrir a verdade por nós mesmos, porque esse será o único jeito em que ela nos será revelada, sem os filtros de qualquer ilusão mundana.

Júpiter rege Sagitário. Júpiter voltará ao movimento direto algumas horas após a Lua Cheia. Como Júpiter é o planeta da expansão, ele nos ajudará a melhorar determinados aspectos/áreas de nossas vidas em que buscamos expansão e inovação. Júpiter não nos dará sorte, como se diz muitas vezes, porque é outra força no Universo experimentando a própria jornada.

A sua essência, se incorporada adequadamente, nos ajudará a trazer um crescimento maior em nossas vidas, temos apenas que acessar o nosso mapa astral e ver onde ele está, para trazer mais expansão e inspiração.

A Lua Cheia faz conjunção com Saturno. Isso vai nos ajudar a agir como seres integrados, atuando conforme pensamos e sentimos, em vez de simplesmente habitar as mentiras e meias verdades que são mais confortáveis para o nosso eu humano. A frequência de Saturno pode nos atingir duramente, se não estivermos dispostos a escutar, mas nos ajudará a avançar em vez de permanecermos fixados nos resultados que queremos obter.

Lembrem-se, amados, toda vez que encaramos um desafio, nos é dada ao mesmo tempo a solução. Apenas temos que testemunhar a partir de fora o que está ocorrendo, em vez de ficar fixados naquilo que está realmente “errado” para nós.

Visto que a verdade pode vir de muitas formas – por meio da arte, do amor, de mensagens etc. – também temos um aspecto maravilhoso e mágico nessa Lua Cheia, uma vez que Netuno faz quadratura com a Lua e o Sol, assim como a Lua faz uma sesquiquadratura (*) com Vênus, o que vai harmonizar e tornar mais agradável essa Lua.

N.T.(*) – sesquiquadratura equivale a 135 graus.

As energias netunianas enfatizam a tênue linha entre as ilusões e a realidade, e a necessidade de fluir e criar o equilíbrio apropriado entre ambos. Esse é também um período maravilhoso para curar, porque temos também Quíron em Peixes, e isso é uma dádiva, para aqueles que estão prontos para começar a transformação interior exigida, para acessar esta jornada evolutiva.

Diz-se além disso, que esse aspecto fará milagres em nossas vidas. Para mim, milagres fazem parte natural de nossa essência como seres divinos. Milagres não se originam de fora, porque eles todos são orquestrados a partir de dentro, de nossa alma, e eles apenas ocorrem quando nos alinhamos com a solução, com o amor que já recebemos, e não com os temores humanos.

Como Netuno poderia nos fazer cair na armadilha de apenas viver no mundo etéreo, sem a intenção de trazer esses desejos não-físico para a manifestação, essa Lua Cheia irá nos certificar de que estejamos conscientes do que é real e autêntico, e do que é outra construção equivocada de nosso eu inferior.

Esse aspecto trará também magia, um aumento de nossos sentidos não-físicos, assim como a oportunidade de comungar com a nossa alma e fazer descer todas as visões de nossa maneira exclusiva, que recebemos dos reinos etéreos mais elevados.

Também temos outro aspecto importante, o Sol fazendo um quincúncio com Plutão. Diz-se que se trata de um aspecto “fatal”, porque traz desordens emocionais e manipulações, entre muitas outras coisas.

Bem, como vocês já sabem, eu não entro em ressonância com determinadas interpretações tradicionais da astrologia, embora respeite todas elas, considero que são limitadas em sua visão. No passado, isso era justificado, porque os seres humanos acreditavam que o cosmos os regiam e os controlava. Atualmente, estamos mais conscientes e sabemos que eles estão apenas representando um aspecto externo nosso, tendo a própria ascensão neste Universo.

Esse aspecto, para mim, simplesmente trará à luz tudo o que continuamos repetindo, e de que não temos consciência. Se trouxer comportamentos insalubres, seja com referência a nós, seja com nossos relacionamentos, feridas emocionais e a necessidade de controle que, como humanos, possuímos etc., não é porque esse aspecto seja negativo, mas porque há algo que ainda não curamos/unificamos, internamente, e que nos está sendo demonstrado gentilmente.

Essa é uma oportunidade, um alívio cósmico, para que vocês se modifiquem e também a sua vida, por se conscientizar daquilo que não está mais funcionando a seu favor nem a favor do Todo.

Estejam conscientes acerca do lugar em que vocês colocam o seu poder e a sua intenção. Não os utilizem para forçar nem permitam que os outros os controlem e manipulem. Essa é uma dádiva cósmica para que possamos nos conscientizar de onde ainda exercemos controle sobre as coisas, situações e pessoas, quando sabemos que não podemos controlar a natureza de nada.

Quando queremos manipular ou controlar alguém ou uma determinada situação, é porque não queremos aceitar o resultado que este sábio Universo e nossas almas já planejaram.

Quando manipulamos e as coisas acabam sendo como queremos, embora no tempo divino, sempre voltará ao seu estado natural, e no nosso íntimo sabemos que estamos vivendo uma mentira, um falso cenário, em que não há amor real, respeito e honra pela verdade que deveria ser.

Se vocês ainda se pegam nesses atos egóicos, não se julguem, em absoluto, em vez disso, se perguntem: “Estou disposto a pagar esse preço?” Vocês sempre podem escolher experimentar a verdade, independentemente da forma com que ela surja, e alterar o que não estiver alinhado com o seu caminho, em vez de viver uma mentira, que somente atrasa o verdadeiro resultado que será para Todos.

Essa Lua Cheia nos ajudará a recuperar novas orientações – ao revelar tudo o que precisamos integrar neste momento, por intermédio das recordações da alma. Há muitas pessoas que temem encarnar novamente, neste planeta, como se este planeta fosse uma prisão ou alguma espécie de castigo.

Muitos indivíduos me escrevem sobre isso. Existem os que querem ascender por ler, assistir a vídeos ou pensar que isso é uma espécie de salvação que lhes acontecerá em algum ponto no fim de sua jornada.

Seus pensamentos e sentimentos são respeitados, mas se vocês desejam ascender fisicamente, em primeiro lugar, devem ser honestos consigo mesmos e perguntar-se:

Libertei-me dos antigos programas mentais da terceira dimensão, fazendo o trabalho interior necessário para integrar as verdades mais elevadas? 

Fiz o trabalho consciente de liberar todos os padrões cármicos ancestrais? 

Resgatei as “peças” perdida da minha alma, começando o longo caminho da integração da alma? Aprendi com todas as experiências humanas passadas? 

Liberei tudo e todos que não estão alinhados com o caminho que escolhi para experimentar neste momento? 

Como sempre, somente vocês possuem a resposta, bem como a constante escolha para começar a se trabalhar e realmente começar a ascensionar.

Essa é uma Lua que restaura o que parece “partido” ao nosso eu humano, com a sua perspectiva limitada. Um tempo para a verdade, para a clareza, que só podem vir quando nos tornarmos testemunhas em vez de juiz, e começarmos a permitir que o Universo nos diga o que verdadeiramente é, em vez do que queríamos que fosse.

Um tempo para as revelações da alma, em que se cessarmos todos os ruídos e permitirmos que o Infinito e Eterno Eu Interno surja, vamos ouvir, encarar e aceitar a verdade em cada canto de nosso ser e de nossas vidas.

Chegou a hora de uma profunda cura celular, quanto mais nos purificarmos, mais permitiremos as frequências superiores e sua sabedoria em nosso ser, porque estamos acelerando nossa ascensão, enquanto somos seres físicos, a fim de que possamos finalmente nos deleitar com uma forma e modo superiores de existência, no divino amor, nos outros confins do Universo, onde a separação começa a se desvanecer, e a lembrança da consciência da unidade começa a ser acolhida e dominada.

Desejo a todos vocês uma reveladora e amorosa Lua Cheia, amados companheiros!

Que vocês possam sempre escolher escutar os sussurros de sua alma e não o barulho do seu eu egóico. Que vocês possam sempre se tornar testemunhas da própria experiência de vida – para poder sentir o amor, a paz e a verdade que estão sendo enviados para todos nós, em todos os momentos.

Com amor e luz infinitos.

Natalia Alba

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar

DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com