O medo nunca se refere ao momento

O MEDO NUNCA SE REFERE AO MOMENTO
Mensagem de P´taah
28 de Setembro de 2018

Questionador: Estou um pouco deprimido no momento, Ptaah, assim eu gostaria de seu conselho sobre algumas coisas.

P’taah: Tudo bem. Você sabe, amado, é para seu benefício se você permitir algum tempo a cada dia para permanecer no silêncio, tocar aquele espaço dentro de você que não conhece o medo. Você entende?

O que ocorre para a maioria de vocês é que, na vida cotidiana, você fica preso às histórias de sucesso, de ter que realizar certas coisas por um certo tempo. Você tem medo de não ser bem-sucedido nessa empreitada, seja qual for o seu negócio e, portanto, deixa seu maior estado de ser em espera.

Você diz: “Bem, eu não tenho tempo hoje, mas amanhã eu ainda irei me alimentar, para me lembrar quem eu realmente sou.” E isso é bastante válido, exceto o que ocorre é que você obtém uma queda em sua energia e você é pego nas histórias de sucesso e fracasso e, infelizmente, foca no lado do fracasso e, portanto, fica cada vez mais descentralizado e o coração se fecha. Isso faz sentido para você?

Questionador: Sim

P’taah: Tudo bem. Então, nós diríamos, a primeira coisa para ajudá-lo seria realmente criar um tempo todos os dias para tocar naquele centro do coração. Uma das coisas que o ajuda nisso é começar este tempo em silêncio dizendo ‘Obrigado’.

E a outra coisa é não encarar isso como uma disciplina, não encarar isso como algo que você DEVE fazer. Mas, sim de tê-lo como algo que você esperaria a cada dia.

Portanto, não importa a hora do dia, mas que você reserve um pouco de tempo. De preferência para o seu benefício, seria um tempo antes de você ser pego no stress, humm?

Questionador: Absolutamente.

P’taah: Dê ao seu coração um pouco de tempo, amado, para se abrir. Além disso, lembramos-lhe sobre a DIVERSÃO.

Questionador: Sim, mas a questão é que, toda vez que penso: “Isso é divertido”, a próxima coisa que penso é: “Oh, querido, tenho que criar tanto dinheiro”. E é honestamente muito difícil não cair nas preocupações sobre o dinheiro, especialmente porque isto é muito opressivo.

P’taah: Nós entendemos, amado. Mas recair no medo é aumentar o stress. Você sabe, o medo cresce exponencialmente. Quanto mais você se preocupa, mais e mais você se preocupa. Na verdade um pouco como o amor, humm?

Questionador: Isso é verdade. Mas eu sempre tenho a sensação de que se eu quiser abraçar o medo, então eu realmente tenho que acreditar nisso. E então eu tento e – eu sei que isso é realmente estúpido – eu tento ter pensamentos temerosos, ou realmente penso nos meus problemas e assim posso enfrentar o medo e abraçá-lo. Isso é realmente estúpido, não é?

P’taah: Bem, é. Nós dissemos muitas vezes, não é para tentar induzir qualquer coisa realmente, amor ou medo, mas para permitir que seja simplesmente para manifestar que você pode estar no momento. Não há necessidade de lutar para chegar a um lugar onde você acha que pode estar no momento.

Então, nós diríamos, em termos desse ‘negócio´ de medo: “Às vezes eu fico com medo, e está tudo bem. E nesse momento eu irei lidar com isso. Enquanto isso, irei me divertir muito.”

Questionador: Sim, provavelmente é uma boa ideia.

P’taah: VIVA O AGORA, amado. Veja, a verdade é que o medo nunca se refere ao momento, é? É sempre uma projeção para o futuro. Então traga-se de volta ao momento presente e diga: “Como é que é para mim este momento? O que estou omitindo?” E a verdade é que nada. E de certa forma, você sabe de tudo isso. No entanto, é nossa alegria lembrá-lo.

Questionador: É também uma alegria minha ser lembrado por você.

P’taah: Eu sei, amado. E assim você pode apenas iniciar a comunicação para falar sobre as alegrias da sua vida e não falar sobre os medos e ainda assim teríamos essa comunicação amorosa.

Questionador: Sim

P’taah: Estamos brincando com você.

Questionador: Ah, nós poderíamos falar sobre o amor porque eu gosto muito disso e gosto muito do meu relacionamento. E isso é algo que eu não teria pensado há alguns anos, que isso aconteceria comigo.

P’taah: E como você o criou, amado?

Questionador: De fato, esquecendo isso. Ao não me preocupar.

P’taah: De fato. Ao estar aberto ao amor e estar no momento e na plenitude do amor para o seu amado.

Questionador: Sim, isso é verdade. Hmm, há muito em que pensar agora.

P’taah: E isso é outra coisa a agradecer. Diga ‘obrigado’ a quem você é por ter criado tamanha plenitude, porque, amado, você é um criador muito poderoso.

Questionador: Eu sou de fato!

P’taah: E quando você recorda estes últimos anos e vê como mudou, isso é muito emocionante. E, claro, quando você é pego pelo medo, esquece o que realizou. Esquece como é maravilhosa a criação que você realizou. Você não precisa se concentrar no medo do amanhã. Lembre-se de que você cria o amanhã a partir da existência hoje, para poder criar os amanhãs que deseja.

Questionador: Então, o fato todo do dinheiro, que é a principal coisa agora, é simplesmente não se preocupar, ou se eu me preocupar, abraçar o medo, e de outra forma estar no Agora.

P’taah: De fato, de fato. Afinal, amado, não é que você não tenha o alimento para a sua boca. Não é que você esteja na neve.

Questionador: Graças a Deus, não.

P’taah: Então é para olhar para o que você realmente tem e dizer o mais sincero ‘Obrigado’. Além disso, amado, você pode procurar formas de manifestar um pequeno fluxo de dinheiro através do serviço, compartilhando a sabedoria e o conhecimento que você tem. Esta é apenas uma sugestão para você olhar de uma maneira que você possa ser criativo. De fato, a verdade é que você tem muito conhecimento e muita experiência em transformação, em crescimento, entende? Então esse é um jogo para você contemplar.

Questionador: Parece um bom jogo.

P’taah: Mas isso serviria muito bem para você, diríamos.

Questionador: Obrigado, P’taah!

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
www.Ptaah.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Anúncios

A maior parte de nossas preocupações não e importante

A MAIOR PARTE DE NOSSAS
PREOCUPAÇÕES NÃO É IMPORTANTE
Mensagem de P’taah
29 de Junho de 2018

P’taah:
 Você sabe que realmente no esquema mais grandioso das coisas, muito do que você se preocupa não é realmente importante.

Questionador: Sim, isso é definitivamente verdade, mas é muito mais fácil, penso eu, do ponto de vista de um ser de luz, do que é necessariamente com alguém que está realmente no planeta e lutando com isso.

P’taah: Na verdade, nós reconhecemos isso. No entanto, o que dizemos a você é, na cena mais grandiosa, você vem para ter uma experiência, no entanto, quanto a isto não há julgamento.

Questionador: Oh, tudo bem. OK.

P’taah: Você entende? E uma das coisas é que todos vocês estão se esforçando para serem perfeitos, para serem dignos.

Questionador: Exatamente.

P’taah: Então voltamos para a mesma velha coisa.

Questionador: Hummm.

Questionador: Então, como chegamos ao centro desta indignidade e transmutamos isto, porque, como você sabe, eu lutei…

P’taah: Amado, que tal se você dissesse apenas: “Você sabe, eu gosto que todos tenham essa percepção equivocada, desde provavelmente o dia do meu nascimento, de que eu não sou digno. E eu sei que isso não é verdade, e às vezes, eu até sinto que isso não é verdade “, e deixo por isso mesmo. Então, você descobrirá que, à medida que continua reconhecendo a verdade mais grandiosa de quem você realmente é, esses sentimentos de indignidade desaparecem…

Questionador: Sim, sim, eu acho que sim. Na minha vida, eles certamente têm em grande medida.

P’taah: Na verdade, é assim.

Questionador: E ainda, quando eles não o têm, é como se eles ocupassem toda a nossa vida.

P’taah: Mas é claro, amado.

Questionador: E isto é para todos. Quero dizer, não estamos perguntando apenas para nós. Estamos perguntando em nome de todos porque sabemos o quanto é difícil.

P’taah: É claro, isto quase absorve a sua vida quando você se liga a isto novamente. De certa maneira é como dizer: “Sou viciado em cigarros e este vício não me incomoda, a não ser quando não posso fumar.”

Questionador: Este é exatamente o nosso dilema!

P’taah: Percebe? Assim, como dissemos, você muda isto quando mudar é mais importante do que não mudar. Mas, também, há certos truques para isto, também.

Questionador: Oh, bom!

P’taah: Especialmente com esse negócio de indignidade. E como dissemos, uma dessas coisas é mudar o padrão neural dizendo ‘obrigado’ por saber que você é de fato digno de toda maravilha simplesmente porque você existe como uma Expressão Perfeita e Eterna da Fonte. E você pode mudar as palavras para se adequar, contanto que contenha o sentido e acenda o conhecimento dentro de você dessa verdade e diga “obrigado” por isso. E como vocês sabem, desde que expressaram a sua gratidão, vocês sabem como isso muda a realidade.

Questionador: Absolutamente.

P’taah: E como isto muda as vias neurais.

Questionador: Sim, certamente.

P’taah: Como isto realmente muda a realidade física.

Questionador: Hum, sim. Eu percebo o meu mundo de maneira muito diferente agora do que antes de começar a agradecer toda vez que me viro. E você está certo, é absolutamente uma parte de mim agora, onde está no meu coração. Não está mais na minha cabeça.

P’taah: De fato. E para aquelas pessoas que ainda estão realmente em dúvida sobre a eficácia deste negócio de “obrigado”, seria digno de nota os experimentos feitos com a água. Como dizer “obrigado” muda a estrutura molecular da água. Ao dizer: “Eu te amo” Ao dizer: “Você é tão linda”. Você entende?

Então, se isso pode mudar a estrutura molecular da água, que parece não fazer parte de quem você é, imagine como é quando você diz “obrigado” dentro de você, não apenas ao seu estado emocional, mas também ao seu físico.

E é por isso que dizemos para agradecer ao alimento que você coloca na sua boca. Dizer “obrigado” por tudo o que é maravilhoso em sua vida, seja uma flor pela qual você passa na estrada, ou ao alimento que você põe em sua boca, ou para a companhia de seu animal de estimação, ou pelo amor em sua vida, pelos sucessos, pela excitação do que você cria, quando cria algo maravilhoso em sua realidade cotidiana.

Quando você está dizendo “obrigado, obrigado”, quando você está na gratidão, você está mudando o seu mundo! Realmente, mudando o seu mundo.

Questionador: Estou completamente convencido disto, também. É como se isto transformasse tudo o que toca.

P’taah: Sim, e além.

Questionador: Sim.

P’taah: E nada está separado. Nós continuamos dizendo isso. Nada está separado.

E quando você está dizendo “obrigado”, quando você está na gratidão, essas ondas vão além de sua compreensão, além de seu conhecimento da realidade. E você não está separado no mundo físico.

Enquanto você envia seus agradecimentos, cada pessoa em seu planeta, muda. Isto permite o espaço para a transformação, mesmo para quem não tem consciência disso. Isto permite o espaço para transformação!

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
www.Ptaah.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 

 

Ficando confortável com o feminino

feminino.jpg

FICANDO CONFORTÁVEL COM O FEMININO
Mensagem de Ptaah
17 de Novembro de 2017

Questionador: P’taah, estou ciente, certamente no mundo ocidental, do aumento mais uma vez do conhecimento do poder da Deusa. Todas as mulheres que conheço estão ficando muito mais à vontade com o feminino. E os homens, também, estão se tornando mais à vontade com ele. Assim, embora isto não esteja acontecendo no mundo Islâmico ainda, já está começando esta mudança.

Ptaah: É o balanço do pêndulo. Neste momento a possibilidade de todos vocês é que ele não balance ao contrário, mas que chegue a um equilíbrio que inclua igualmente o masculino e o feminino.

Questionador: É por isto que neste momento é possível começarmos a entender realmente o que é o amor e como lidar com os nossos medos.

Ptaah: Diríamos que esta é a oportunidade mais extraordinária para vocês entrarem em sua própria base de poder do amor. Saiba, também, que não se trata de levar nada disto muito a sério.

Questionador: Esta é a dificuldade.

Ptaah: Eu sei. Veja, você fica preso às histórias, a todo tipo de apego a sua síndrome de Cinderela.

Questionador: O que você quer dizer?

Ptaah: Bem, é este negócio que uma vez que você tenha um relacionamento, deve ser feliz para sempre. E além disto, isto pode ser somente um relacionamento. Este é outro que faz parte de sua cultura, que deve ser um relacionamento apenas para satisfazer todas as necessidades possíveis, desde o início de sua vida, até o final dela.

Assim, em outras palavras, parte do que é difícil com o relacionamento é o quanto ele é opressivo, em vez de algo que é suavemente mantido, unidos pelo amor, permitido a se expandir e a crescer em uma liberdade de expressão.

Agora, não estamos falando necessariamente aqui sobre a sexualidade ou sobre vários parceiros, ou o que quer que seja isto, é que você se torna um pouco atraído, embora isto, de fato, possa ser parte disto.

Estamos falando realmente é para que todos entendam que não existe uma única maneira.
Há maneiras infinitas de expressar o amor.

Questionador: Bem, eu certamente entenderia que eu preciso de várias pessoas na minha vida porque não sou apenas uma pessoa. Eu tenho muitas facetas e pessoas diferentes se relacionam com diferentes facetas em mim e então eu consideraria que eu teria muitos amigos e muitos relacionamentos, mas eu ainda gostaria que todos fossem felizes. Quero dizer, não consigo ver o ponto …

Ptaah: Então, por que é que, amado, você tem relacionamentos adoráveis com amigos e quer que todos eles sejam felizes e que se realizem e, no entanto, com a pessoa que você ama mais do que qualquer coisa, vem o medo de expressar o amor?

Questionador:
 Esta é uma ideia interessante.

Questionador:
 Por que é assim?

Ptaah: É aquilo baseado no medo – o medo da perda, o medo de não ser digno.

Questionador: Então, a qualquer momento que você realmente tenha um problema, seja um relacionamento íntimo ou amizade, se você se aprofunda, lá em algum lugar, há o medo.

Ptaah: Isto é assim. É aí que você está tendo a reação. Onde você está em seu próprio poder, em seu próprio espaço de viver e de permitir o amor e que alguém tenha um problema com isto, então, se não há reação, esta não é a sua história. É a de outra pessoa.

Questionador: Sim.

Questionador: Suponho que eu sempre volto ao mesmo ponto, que não importa quantos níveis eu tente aceitar, o sentimento de indignidade, ou o que quer que seja este medo, há ainda outro nível em que ele continua. Parece que eu nunca consigo que esta cebola seja totalmente descascada

Ptaah: Oh, amado, e se eu disser que está perfeitamente certo se isto nunca ocorrer?

Questionador: Bem, não está.

Ptaah: Veja, então, este é o problema e você nunca irá descascar a cebola.

Questionador: Então, isto significa que….

Ptaah: Este é o enigma, amado. Este é o enigma. Isto se compara à saúde. Quando você estiver muito doente, nós lhe dizemos: aceite a doença. É perfeitamente válido estar doente. Então, enquanto você lutar, enquanto ver a imperfeição da doença, a doença simplesmente estará lá.

E é o mesmo com os seus medos de indignidade. Enquanto você tentar se livrar deles, eles estarão aí. E perceba, está muito bem dizer: “Ah, adeus, adeus”, e tentar acolher, mas não realmente; a verdade é que você está tentando se livrar.

Questionador: Sim, eu concordo e eu não sei como deixar de tentar me livrar de algo que me causa dor.

Ptaah: Dor é resistência, amado. A dor é criada porque você a considera imprópria.

Questionador: Eu sei.

(Continua no próximo mês)

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
www.Ptaah.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Todo o conhecimento está dentro de você – P’taah

TODO O CONHECIMENTO ESTÁ DENTRO DE VOCÊ
MENSAGEM DE P’TAAH
através de Jani King
23 de Outubro de 2012

(repostagem)

Amados, todo o conhecimento do mundo está dentro de vocês. 

E, saibam, para se ligar a ele, vocês não têm que ler outra coisa.
Não têm que ir a outro workshop.
Não têm que ter outra terapia.

Vocês percebem que tudo isto são simplesmente histórias em que se prendem, de modo que não tenham que sentir? 

Bem, se não sentirem, vocês nunca conhecerão os Deuses e Deusas que vocês são.

Nós não lhes dizemos nada que não tenha sido dito a vocês milhares de vezes antes. 
Não dizemos nada que não tenha sido dito à humanidade por éons de tempo. 
É que simplesmente vocês não ouvem. 

Vocês estão tão ocupados em sua mente dizendo “mas”, e “se”, tão ocupados ligados às histórias, que não ouvem. E vocês não ouvem porque estão com medo de desistir daquilo que chamam de vício para a sua condição agora.

O que lhes dizemos é da máxima simplicidade. O que lhes dizemos funciona. O que lhes dizemos é aquilo que irá criar a liberdade – liberdade do domínio, liberdade do medo, liberdade de ser quem vocês são.

O que lhes oferecemos é simplesmente um lembrete de que vocês criam tudo. Se realmente desejam a mudança, se verdadeiramente, verdadeiramente querem a liberdade, tudo o que há a fazer é começar a ser. Não é tão difícil.

E quando se esquecerem de ser, está tudo bem – não incorram no que é chamado de “forte julgamento” e não se preocupem em perder o barco. Vocês não o farão. Vocês já se comprometeram com a mudança, simplesmente ao nascerem aqui e agora.

Assim, vocês não perderão. E quando perderem uma oportunidade de transmutar a dor, de abraçar o medo, está tudo bem. Há somente uma coisa que podem estar absolutamente certos e isto é que re-criarão a situação novamente. Hummm!

E o tempo não importa.
O que é: estão com pressa?

Não há pressa, porque o tempo, fora deste continuum tempo-espaço, está ocorrendo ao mesmo tempo.

Esta vida deveria ser fácil.
Esta vida deveria ser alegre.

Estão prontos para desistir da luta? 
Prontos para começar a jogar? 
Prontos para abraçar este bebê dentro de vocês que tem tanto medo?
Estão preparados, realmente, para ser quem vocês são?

Percebam, amados, estão preparados para deixar de serem espiritualizados, de deixar de participar do jogo?

Porque enquanto estão ocupados sendo espiritualizados, sendo esta pessoa que sentem que deveriam ser, enquanto estão recebendo tudo o que são chamadas de estruturas de crenças de sua religião e da estrutura social e as trazendo para o que é chamada esta nova religião, chamada de Nova Era, vocês não estão sendo quem são. Vocês estão simplesmente re-criando outras estruturas dentro desta estrutura de crenças, para impedi-los de sentir, porque todas as estruturas parecem seguras.

Até o medo parece seguro, porque vocês o conhecem. A dor e a angústia que vocês conheceram desde o seu nascimento parecem seguras. Vocês as conhecem. Estão intimamente familiarizados com elas.

E o que é chamado de “saltar no abismo sem um pára-quedas”, o que é chamado de “ato de fé”, é simplesmente se arremessar quando não estão realmente seguros de que podem voar! (*)

(*) Nota Stela – isso me fez lembrar a História de Bernie, contada pr Kryon…

Não importa o que lhes dizemos.
Ainda que acreditem nisto com a sua mente intelectual, vocês não o SABEM.

Assim, quando puderem mudar os seus sistemas de crenças, quando puderem identificar aquilo que os mantêm onde estão, quando identificarem o quão maravilhosamente vocês criam a sua realidade, momento a momento, logo esta crença aqui (aponta para a cabeça), que diz que vocês podem voar, torna-se um conhecimento absoluto dentro do seu coração, porque todas estas crenças aqui estão somente aqui.

O que estamos preocupados, é com o seu coração, absolutamente, é com o seu coração. Seu coração, de modo que se sintam seguros para se tornarem vulneráveis, de modo que se sintam seguros para ser absolutamente quem vocês são. E isto ocorre quando vocês sabem que quem vocês são absolutamente, cada faceta de vocês, é simplesmente uma demonstração da Fonte – da Criação. E vocês podem fazer isto, passo a passo.

É de fato maravilhoso, não é?

P’taah

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
http://www.ptaah.com/
Tradução: Regina Drumond 
reginamadrumond@yahoo.com.br

Amor, a Essência de tudo o que é.

AMOR, A ESSÊNCIA DE TUDO O QUE É

Mensagem de Ptaah

14 de Setembro de 2017.

Ptaah: Então, o Amor, o que é isto? Em seu sentido mais amplo, é claro, o amor – a essência do amor – é a essência de Tudo O Que É, pura e simplesmente. Assim, é esta essência de Tudo O Que É, que impregna cada átomo, cada molécula da existência.

Agora você pode perguntar o que o amor, como você o compreende nos relacionamentos humanos, tem a ver com aquilo que cria os universos? Bem, a essência do amor, a essência da grandeza, de certa forma, a essência do altruísmo, a essência da expansão, é tudo aquilo que é a mais elevada das emoções humanas, que é o reflexo da essência de Tudo O Que É.

Questionador: Ptaah, eu reconheço o ideal do amor incondicional, mas me parece que todos os relacionamentos que temos são realmente baseados no medo, de uma forma ou de outra.

Ptaah: Na verdade, isto é assim porque, por exemplo, o amor em seu tema mais grandioso é aquilo que não exige retorno. Considerando que aquilo que é chamado de amor na maior parte do tempo, nas relações humanas, de fato, é aquilo que é realmente muito carente, não é assim?

É provável que você possa dizer que aquilo que geralmente é o menos carente é o do pai pelo filho, porque em circunstâncias habituais, os pais desejam somente aquilo que é para o maior bem-estar do filho. Eles realmente não se deterão diante de qualquer obstáculo para garantir a segurança do filho, incluindo dando as suas próprias vidas para se certificar de que o filho sobreviva.

Então, vamos encarar o estado de estar apaixonado, este estado muito mágico, o que você poderia chamar de loucura, onde tudo parece maravilhoso, onde tudo é belo, onde tudo ressoa na luz. Você sabe, isto também é parte da luz da criação. Não estamos falando da carência que cria a ideia de posse, mas sim da leveza que é inflamada no coração.

Questionador: Mas, novamente, como com o filho, isto só dura por um período limitado de tempo e, então, sempre entra em um estado de necessidade, de querer ser amado ou lutar para se sentir digno, ou o medo de ficar sozinho ou querer controlar…

Ptaah: Na verdade, o medo. Tudo bem, e quando você aprende que quem você é, é um reflexo do amor e da luz de Tudo O Que É, e nesta apreciação total de sua própria divindade, você também não pode fazer nada, a não ser se aquecer na luz da Divindade refletida de todas as outras coisas, também. Agora, há a leveza e a alegria do passado, a luz e a alegria do mundo realmente e isto nada exige, exceto o reconhecimento.

Questionador: Acho que a questão é: Como podemos sustentá-lo? Quero dizer, todos nós temos estes momentos, seja no amor ou com os nossos filhos, ou apenas em ser, mas nunca conseguimos sustentá-los. Entramos no medo e o perdemos.

Ptaah: Qual você acha que seja a resposta aqui?

Questionador: Bem, eu sei que a resposta é continuar compreendendo os medos e lentamente, lentamente, eles nos deixam.

Ptaah: Há um outro aspecto importante aqui. Vamos dizer a palavra “Agora”. Estar presente, ao invés de ficar preso nos medos do futuro, coloridos pelos medos do passado. Quando você se traz de volta ao momento do Agora, então, você compreende que, na verdade, não há nada faltando, incluindo o amor. E o reconhecimento é parte do amor – o reconhecimento do cumprimento do Agora.

Questionador: Assim, talvez, a questão seja: Como permanecer no Agora?

Ptaah: Bem, é uma questão de foco. E, é claro, você nem sempre está no Agora porque você está constantemente planejando o futuro. Mas, nós lhe dizemos que, em seus momentos de incerteza, em seus momentos de medo, você tem então que se retirar conscientemente deste incômodo, tudo baseado no futuro. Dizer: “Isto foi então. Agora, como é? Quem sou eu e como posso ser Agora?”

Parte disto, você sabe, é que você ama as histórias e os cenários e o ”e se”. E a verdade é, é claro, você pode criar o seu “e se” para sempre, mas enquanto você está tão focado nestes cenários, você não está realmente no Agora, que é o seu espaço de poder e, na verdade, onde está a sua capacidade de ser o amor. Isto faz sentido?

Questionador: Sim, eu suponho. Estou pensando em termos de um relacionamento que tenho no momento onde sinto que estou amando e quero permanecer amando, mas não é completamente satisfatório, e, portanto, acho que deveria estar procurando algo mais. Mas se a verdade fosse conhecida, se eu pudesse ser completamente amoroso, eu não teria que procurar outra coisa, teria?

Ptaah: Isto é exatamente assim. Na verdade, se você pudesse estar sem julgamento e sem se lançar neste vazio de suas dúvidas e medos sobre a falta de outra coisa, então, de fato, cada momento seria amoroso.

Questionador: Sim.

Ptaah: Há também, às vezes, este medo de se perder.

Questionador: Sim, eu suponho que nem mesmo saiba qual seja a questão, mas trata-se da individualidade da pessoa versus amar incondicionalmente. Se alguém amou completa e incondicionalmente, a pessoa se perdeu nisto e nos apegamos a esta sensação de separação, de individualidade, de certa forma.

Ptaah: De fato, mas saiba que aquilo que é a individualidade não pode realmente se perder.

Questionador: Não pode ser perdido?

Ptaah: Não, não pode ser perdido, não importa o que. Mesmo quando você se funde em sua junção extática com o universo, há ainda o indivíduo que está fazendo a fusão, compreende?

Questionador: Compreendo.

Ptaah: Então, é o grande enigma de cada ser e indivíduo e, no entanto, cada um está totalmente fundido no Tudo O Que É, parte e não separado.

Nós lhe demos muito a pensar, amado, assim façamos uma pausa aqui e continuemos esta discussão no próximo mês.

www.Ptaah.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Porque a canção da manhã é tão poderosa?

cancão da manhã
Mensagem de P’taah
Através de Jani King

Nós lhe dizemos isto, amado, pois enquanto você está procurando a iluminação para escapar do medo e da dor, aqui é onde você ficará exatamente na mesma situação.

Você sabe que o ouvimos. Nós o ouvimos dizer: “Estou fazendo as visualizações. Estou dizendo os mantras. Estou orando muito. Converso com os meus guias e anjos, e realmente nada parece mudar.”

Amado, eu o conheço. Eu o ouço.
Sou um intruso notável, realmente notável.

Quantos de vocês experienciaram a falta de amor em sua vida? Seja honesto agora. Quantos de vocês experienciam o desconforto físico ou a doença? Quantos de vocês experienciam a falta de dinheiro? (Risos). Tudo bem, nós lhe daremos uma oportunidade de ser realmente honesto. Quantos de vocês experienciam a falta de dinheiro?

Quantos de vocês experienciam a falta de beleza e de harmonia em suas vidas? Quantos de vocês experienciam a falta de paz e de tranquilidade? De risos e diversão? Quantos de vocês se sentem impotentes para criar possibilidades maravilhosamente emocionantes?

Agora, com tudo isto que mencionamos, você acha que tem todas estas coisas, às vezes? Às vezes, você tem dinheiro e amor, etc. Sim? De fato. Assim, você pode dizer realmente, que apesar das visualizações, dos mantras, dos anjos, etc, você não está criando realmente aquilo que é a total abundância de toda a magnificência.

Abundância/carência. Não há nenhuma diferença na energia – abundância/carência – esta é a grande verdade. A diferença está em sua percepção. Quando você está focando a carência, a necessidade e que não tem, qual você acha que é a emoção subjacente? A necessidade se iguala ao medo.

Um truque rápido para transformar a sua vida. É claro, isto está presumindo que você estará no abraço desta parte do seu bebê. Um não funciona sem o outro.

Deixe de se concentrar no “não ter”.
Pois, enquanto você se perceber na necessidade, estará em um espaço de medo.

Iremos lhe dar uma bela canção para entoar todos os dias. Realmente?

Você pode criar a sua própria melodia, mas iremos lhe dar as palavras. Está pronto?

CANÇÃO DA MANHÃ

À Deus / Deusa do meu ser,

Agradeço pelo amor que Eu Sou,


Pelo amor da minha vida e pelo amor que me rodeia, obrigado.


Obrigado pelo milagre da vida que Eu Sou e obrigado pelo milagre da vida que vejo refletido sobre mim.


Obrigado pela dádiva da vida que Eu Sou.


Obrigado por este corpo perfeito, pela minha saúde e pelo meu bem-estar, obrigado.


Obrigado pela abundância que Eu Sou e obrigado pela abundância que vejo refletida sobre mim.


Obrigado pelas riquezas e pela riqueza da minha vida e obrigado pelo rio de dinheiro que flui para mim e através de mim, obrigado.


Obrigado pelo entusiasmo e pela aventura dos milhões de possibilidades e probabilidades maravilhosas, obrigado.


Obrigado pela maravilha e obrigado pela alegria.


Obrigado pela beleza e harmonia.


Obrigado pela paz e tranquilidade.


Obrigado pelo riso e obrigado pela diversão


E obrigado pelo privilégio de servir e de compartilhar a dádiva que Eu Sou.


Obrigado! Obrigado! Obrigado!

Veja, não há muita carência aí.
E todas estas coisas pelas quais você agradece, existem em sua vida.

O Amor é a sua verdade. Seu corpo é um milagre e é absolutamente perfeito. Você é abundância – como poderia ser de outra maneira? E tudo o que se refere a você em sua realidade exterior, está cercado por amor, por abundância e pelo milagre da vida.

E você conhece as realidades possíveis e prováveis, maravilhosas e ilimitadas. Você conhece a paz e a tranquilidade, o amor e a alegria, o riso e a diversão. E ainda que não possa realmente compreender isto, neste Agora, você é realmente uma dádiva.

Entoe esta canção ao seu universo a cada dia, enquanto segue para o banho, enquanto está sob o delicioso fluxo da água e o seu belo corpo está quente e relaxado.

A água é cristalina em propriedade. Ela é intensamente amplificadora e, enquanto você canta as palavras, o som envolvido pelo sentimento de estar no Agora, na abundância total, você se encontra nesta realidade. E, à medida que você prossegue em seu dia, você leva com você a ressonância, a energia que não conhece nenhuma carência.

Vale a pena tentar?

Amado, nós lhe demos as ferramentas.
É a sua escolha se deve ou não utilizá-las.

Entendemos que você está ocupado, e que é difícil usá-las quando você está muito ocupado, correndo para o próximo workshop, para aprender como ser iluminado (risos). No entanto, amado, você é soberano. É sempre a sua escolha em cada Agora e seja o que for que escolha, é absolutamente perfeito e válido.

Vocês são Deuses e Deusas participando do jogo e não podem fazer uma escolha errada, ou tomar uma decisão errada, porque seja o que for que escolham, trará uma situação, uma experiência, que traz um sentimento. Simples? De fato.

Ptaah

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
www.Ptaah.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Você é digno e escolhe TUDO.

digno.jpg

VOCÊ É DIGNO E ESCOLHE TUDO
Mensagem de P’taah
7 de Agosto de 2017

Saiba que se você não fosse digno de todas as maravilhas, você não existiria. Todos vocês estão participando de um jogo. Todos vocês são grandes Deuses e Deusas, muito poderosos, participando deste jogo chamado: “Esqueci a minha verdade.”

Você foi criado em um ambiente que lhe diz que você não é digno e todos vocês estão aterrorizados de perderem uma oportunidade – perderem estes maravilhosos contatos com os seus irmãos e irmãs, perderem a Transição, as maravilhas que sabem em seu próprio coração que estão para ocorrer.

Nós lhe dizemos: você não irá perder. Você se criou aqui e agora, neste mundo, neste lugar. Você é o escolhido porque você cria a sua própria realidade, de forma absoluta.

Você é o escolhido para vir neste Agora, de modo que possa participar desta Grande Transição. É por isto que você está aqui e nós lhe dizemos que as histórias de seus irmãos e irmãs alienígenas são maravilhosas, de fato, e são muito emocionantes, mas são somente histórias. Isto não lhe trará ao lar e a volta ao Lar é o que você anseia.

Seus irmãos não o levarão ao lar.
Seus irmãos não mudarão a sua realidade.

Por que? Porque vocês são Deuses e Deusas, muito poderosos, e somente você tem o direito soberano de mudar quem você é – de mudar a sua vida.

Seus irmãos não virão para salvá-lo. Por que? Porque você não precisa de salvação! Você não precisa de salvação, porque você é, a cada agora, não importa como pareça, absolutamente Perfeito, uma Expressão Eterna da Fonte.

Você é isto, meu amado. Você é isto. Você tem dentro de você as sementes de todo o conhecimento. Você tem dentro de você as sementes de Deus/Deusa, senão você não poderia existir.

Aquilo que são as tecnologias e o que é o Outro, as tolices científicas com que todos vocês estão obcecados, não irão mudar a realidade de quem vocês são. Não há nada fora de você: apenas um espelho, um reflexo para lhe mostrar quem você é e como você está em qualquer Agora.

O que isto significa?

Significa simplesmente que a fonte de poder é a sua emoção e seja o que for que esteja ocorrendo em sua vida, seja para o que for que tenha uma resposta emocional negativa, é o seu sinal de que há algo a ser abordado, que há um medo em você sobre quem você é, que é para ser compreendido, de modo que você possa criar a mudança que todos vocês desejam tão fervorosamente.

Mas, somente você pode fazer a escolha. Seus irmãos não o farão porque você é um ser soberano. Aqueles que tiveram conscientemente um contato com os seus irmãos, tiveram contato porque este é o contrato que vocês fizeram antes de nascer nesta vida.

Nós não entraremos em outras agendas. Há milhões de agendas. Dizemos apenas isto a você – não há e nunca houve aquilo que esteja contra a sua vontade, contra a sua escolha.

Em algum nível, você escolhe tudo e dizemos, tudo o que há, em todos os contatos que você tem, seja consciente ou inconscientemente, é de sua escolha, É a escolha da maior parte de você para uma realidade maior – para a Luz, para o Amor, para o conhecimento.

Dizemos novamente que esta percepção, chamada de Iluminação, está simplesmente se revelando no que já é e não há nada a fazer. Não se trata de tentar ser espiritualizado porque você é absolutamente espiritual, ou não poderia existir.

Não há nada em toda a sua vida que não seja espiritual. Não se trata de ser bom. Trata-se de ser quem você é e reconhecer que aquilo que não cumpre a ideia mais elevada de quem você pode ser, é simplesmente aquilo que se baseia no medo.

Não há ninguém o julgando. Não há certo ou errado.
Não há “deveres”. Não há regras.

Vocês são Deuses e Deusas participando de um jogo chamado de “vida humana agora”. Lembramos que você escolheu vir nesta vida para entrar em um maior conhecimento, para amar todas as suas facetas, de forma absoluta. E é disto que se trata.

Veja, meu amado, trata-se de amor. A Iluminação é o resultado natural de amar quem você é – de forma incondicional e absoluta – para se revelar no conhecimento de que você verdadeiramente é uma Expressão Eterna e Perfeita de Deus/Deusa/Tudo O Que É.

A sua revelação neste conhecimento é aquilo que é a sua conexão com os seus irmãos de outras dimensões, de outros mundos. E, de certa forma, aquilo que é denominado de “Contato”, consciente ou inconsciente, é somente para lembrá-lo da verdade maior.

Amo todos vocês, de forma absoluta e venho para refletir para você aquilo que você realmente sabe e para desencadear este conhecimento no interior de cada um de vocês. Nós viemos porque você faz o nosso coração cantar. Você é o reflexo daquilo que é o seu maior potencial – chamado de Deuses e Deusas participando de um jogo chamado Ser Humano.

Nós o amamos porque estivemos com você desde que os seus primeiros passos percorreram este glorioso planeta. Estaremos sempre com você e nunca iremos deixá-lo porque nós o amamos.

P’taah

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
www.Ptaah.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br