O amor está aumentando

O AMOR ESTÁ AUMENTANDO
A MENSAGEM DA LUA CHEIA
Simon & Jennifer
21/01/19

Nosso espírito, a essência de quem nós somos, as paixões que nos impulsionam, o significado por trás dessas coisas pelas quais nos sentimos apaixonados e o amor que sentimos, são todas coisas que existem fora de nossa realidade física.

Podemos ver os recipientes dessas coisas no mundo ao nosso redor, nas coisas que criamos e naquilo que nos é caro, mas a consciência no interior dessas coisas não pode se limitar aos recipientes, refletindo-os. Tudo o que podemos ver com os nossos olhos é mais profundo que sua representação e muito maior do que a forma que assume.

Embora seja fácil acreditar que nossa realidade física, nossa autoimagem e a aparência das coisas ao redor são o que as definem, devemos também considerar que são meramente representações e recipientes para a consciência que deseja vir à superfície.

À medida que olhamos para dentro de nós mesmos, além de nossos pensamentos e planos, mais profundamente do que quaisquer ideias conceituais de quem somos, acessando o mundo de nossas emoções mais profundas, além de nossos temores, nossos desejos e nossa inspiração e mais profunda ainda…finalmente nos deparamos com um abismo, um oceano de consciência, que é o oceano de onde tudo em nosso mundo emergiu: cada pessoa, cada lugar.

Esse oceano está em todos os aspectos de nossa realidade, nas profundezas de sua manifestação. No sonho que foi certa vez.

Estamos em um estado de profunda transformação pessoal e coletivamente. A consciência, sob as formas que nossos olhos podem ver, está se tornando mais disponível à nossa percepção.

Enquanto processamos as camadas de traumas e dor que nos isolam de nossa profundidade e nos mantêm aprisionados em um ciclo de medo e sofrimento, estamos nos conectando ao significado mais profundo da vida, acessando valores humanos que estão em harmonia com a verdade de nosso ser e percebendo a essência de nossa consciência espiritual.

E somente ao permitir que essa consciência surja em nosso interior, estamos então reformulando a própria manifestação do recipiente que a contém, a identidade que encarnamos e a manifestação das estruturas que vemos em nosso entorno.

Enquanto a consciência em nosso interior, as paixões que nos impulsionam e o significado por trás dessas coisas estão começando a vir à tona, estão nos solicitando que liberemos e permitamos nos moldar a partir de dentro. Estão nos pedindo que confiemos que a forma que assumirem será fiel à consciência interna e permitirá que o fluxo natural dessas essências os moldem.

Nossa verdade interior e nossa natureza autêntica estão surgindo dentro de nós. Impulsionando nossas dores para a superfície e nos pedindo que permitam que elas se curem, forçando os limites em que existimos a serem remodelados, emanando em lugares que nos esquecemos de ver e sentir.

Os limites que sentimos são os lugares que são pequenos demais para a consciência em desenvolvimento e que está pressionando. A frustração que sentimos é a paixão de nossos sonhos querendo vir à tona.

Somos instados a nos manter mais do que antes em nossos vasos humanos, a expandir as limitações e permitir que o espírito em nosso interior emane em direção à Criação manifesta, para criar uma nova realidade que seja grande o bastante para incorporar mais profundidade e espírito do que nunca.

Somos solicitados a confiar na nova forma que a nova realidade está se tornando, para permitir que as ondas da consciência mudem o recipiente que as contém.

O amor está aumentando.
Não o detenham, incorporem-no!

Com amor,

Simon & Jennifer

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Acolher o próximo capítulo da nossa história

ACOLHER O PRÓXIMO CAPÍTULO
DA NOSSA HISTÓRIA
A MENSAGEM DA LUA CHEIA
Simon & Jennifer
22/11/18

Um novo capítulo está surgindo na jornada da nossa vida. Uma nova jornada prestes a começar. Podemos ter acolhido conscientemente as mudanças que nos trouxeram a este ponto ou podemos permanecer no passado, observando-o se desvanecer no vazio.

Este novo capítulo ainda não foi escrito, somente as nossas experiências vão ditar, como a história acontecerá a partir da perspectiva de como estamos nos relacionando com as experiências. Como sua história está começando? Vocês estão se sentindo empolgados, ansiosos ou perdidos?

Onde quer que possamos ir na vida, quaisquer que sejam as mudanças pelas quais passamos, sempre carregamos nosso “lar” dentro de nós. E com a palavra “lar” queremos dizer, as pessoas que amamos, as recordações que acalentamos, o sentimento de segurança, familiaridade e amor.

Não precisamos reter nenhuma imagem do que isso representa para nós, se isso significar viver em um capítulo completo apenas para revivê-lo reiteradas vezes. Podemos levar o que nos é significativo, para o novo desconhecido, em nossos corações, e podemos nos abrir para que mais recordações mágicas se formem em nossa nova jornada.

O que vocês estão levando para esse novo capítulo?

O que estão deixando para trás?

Foi-nos concedida uma oportunidade para experimentar uma espécie diferente de beleza em nossas vidas, que está alinhada com quem realmente somos sob as camadas de experiências que nos moldaram e sob as condições em que todos nascemos neste mundo.

Estamos voltando para casa, para nós mesmos, experimentando-nos de novas maneiras e estando no mundo de um jeito diferente do que jamais nos foi demonstrado. Estamos trazendo algo novo para o mundo que reside em nossa natureza intrínseca, mas que também pode ser refletido para nós por meio da incorporação do que é ser quem realmente somos.

A jornada à frente está se revelando enquanto trilhamos o caminho, orientados pela nossa intuição, nosso entusiasmo e nossa verdade. Podemos sentir o fluxo da direção mesmo que não possamos vê-la.

Este é um momento para olhar as coisas conforme elas são e não como gostaríamos que fossem, para habitar na realidade e liberar quaisquer ilusões, o que não significa abrir mão de nossos sonhos, esperanças e desejos. Somente deixar de lado o modo como nos serão apresentados, de que forma e onde em nossa jornada de vida.

Nós não somos os criadores de nossa realidade (sic), mas somos os narradores de nossas histórias, e, à medida que esse novo capítulo começar, temos a oportunidade de trazer nossos corações à superfície de nossa história e abraçar a aventura.

Não existem finais, apenas novos inícios para acrescentar à nossa jornada de vida.

Como o seu novo capítulo começará?

Com amor,

Simon & Jennifer

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Tradução de: Ivete Brito – adavai@.me – www.adavai.wordpress.com

Transmutar nossa herança

TRANSMUTAR NOSSA HERANÇA
A MENSAGEM DA LUA NOVA
Simon & Jennifer

Embora muitas vezes pareça que não temos escolha em nossa vida, a verdade é que somos contemplados com uma escolha a cada passo que damos ao longo desta jornada da vida.

As escolhas, no entanto, ocorrem nas profundezas do nosso ser antes que nossa mente seja capaz de criar uma história para a situação, e antes que sejamos apresentados aos possíveis resultados.

Essas escolhas, que são feitas nas profundezas do nosso ser, têm um tremendo efeito nos resultados em nossas vidas à medida que tudo que se revela seguirá a trajetória do caminho escolhido.

Vivemos em uma realidade que é a manifestação de nossas escolhas coletivas. O mundo, conforme o conhecemos, é a representação do que nós individualmente escolhemos para nós mesmos e como escolhemos nos relacionar com todos os aspectos de nossa vida e de nossa realidade.

E, embora estejamos agora sendo solicitados a assumir a responsabilidade por nossas escolhas, e nos tornar conscientes do nosso futuro, não vamos nos condenar por aquilo que se criou a partir de nosso inconsciente coletivo do passado, mas simplesmente incorporar uma participação em nosso futuro – dessa forma podemos transmutar esse passado em um novo futuro.

Na profundidade das células de nossos corpos, sustentamos uma trajetória herdada – uma continuação do caminho em que nascemos. Não é difícil ver para onde esse caminho nos está conduzindo, com o atual estado de devastação em nosso mundo.

Mas, por meio dessa devastação, temos a oportunidade de transmutar nossa direção e criar um novo futuro para nós mesmos e para as gerações vindouras. Isso não pode ser realizado olhando para as autoridades para que mudem os seus caminhos, mas em virtude de cada um e de todos nós olharmos para o nosso interior.

A mudança ocorre a partir de dentro, nas profundezas do nosso ser. Acontece nas escolhas que fazemos antes mesmos de termos uma escolha a fazer: as escolhas de acreditar em nós mesmos, de acreditar na vida e no amor.

Nesta dualidade pode parecer que as coisas se movem em uma direção linear – que existe isto ou aquilo. Podemos acreditar que temos somente duas opções, os dois lados opostos de nossa realidade que parecem ser as únicas alternativas.

Mas, onde quer que haja dois lados para alguma coisa, sempre há também uma terceira visão holística disponível, uma que pode estar além do que podemos ver no contexto de nossa realidade, mas que está sempre à disposição, internamente, se pudermos olhar com a profundidade suficiente.

É nessa terceira visão holística em que os próprios códigos da vida estão escritos, onde os nossos sonhos estão entrelaçados com a vasta rede de nossa realidade. É aí que constatamos que somos conectados com toda a vida, que nada é uma coincidência e que a sincronicidade é nosso sistema de navegação para ver onde estamos além da trajetória linear da vida.

Ao acreditar e incorporar essa terceira postura holística, a cada passo de nossa jornada, é que vamos poder transmutar nosso destino e manifestar conscientemente um futuro além daquele que herdamos.

Vocês se lembram de uma época em que vocês realmente acreditavam na magia da vida?

Vocês se lembram de sentir que os seus sonhos eram possíveis ou que vocês tinham um destino especial?

Chegou o momento de se reconectar com essa crença em sua vida e em si mesmos, para escolher a vida que está chamando-os por confiar nos impulsos que passam por vocês e depois os ativando. A escolha acontece em nosso relacionamento com a própria vida.

A fim de criar algo, devemos primeiramente acreditar que de fato é possível, após o que nosso compromisso e direção nos apresentarão a possibilidade de que precisamos, uma escolha de cada vez, para trazer essa visão à realidade.

Quando somos capazes de acreditar na vida e em nós mesmos, podemos nos permitir render-nos à direção a que ela está nos conduzindo, e então ter a coragem e a convicção para agir naquilo que sentimos que somos chamados a realizar e onde sentimos que devemos ir.

Mudar nossa realidade exige ação determinada, e por trás dessa ação, precisamos confiar em nossa direção – uma confiança que existe na crença de que isso pode ser real.

Com amor

Simon & Jennifer

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Tradução de: Ivete Brito – adavai@.me – www.adavai.wordpress.com

Guiados por nossa luz interior – mensagem da lua cheia

GUIADOS POR NOSSA LUZ INTERIOR
A MENSAGEM DA LUA CHEIA
Por Simon & Jennifer
23/10/18

Existem pontos de transição em nossa jornada evolutiva quando as forças opostas são igualmente predominantes em nossa consciência, em que elas mantêm força igual quando se opõem e, assim, destacam a própria dinâmica que está em jogo.

Onde o passado e o futuro se tornam opostos em nossa consciência, trazendo uma oportunidade para uma imensa conscientização de onde estamos dentro dessa história que se desenvolve e de quais dinâmicas devemos abrir mão e quais devemos acolher.

Imaginem-se de pé no centro dos quatro pontos do espaço, olhando nas quatro direções e vendo claramente os diversos elementos. Qualquer movimento desequilibra e leva a uma mudança irrevogável. Assim, como vocês navegam a partir desse ponto?

A resposta é: integrando o quinto elemento e, portanto, alquimizando os elementos opostos dentro de nós. Ao permanecer fiel à nossa bússola interna, a sabedoria dos nossos corações, nossos valores inerentes, integridade e graça. Ao fazer escolhas conscientes, permanecendo responsivos e não reativos. Por intenção e ação conscientes, incorporar nossa verdade interna e não uma verdade que o nosso ambiente pareça estar provocando em nós.

Nós somos o vaso alquímico e quando a proporção dos elementos dentro do vaso é exata, a alquimia pode ocorrer. Temos uma bela oportunidade para transcender as limitações do passado baseadas na falta de reverência em nós mesmos e na vida, os temores e as dúvidas que contaminaram nossa consciência e nos impediram de acreditar em nós e na vida.

Temos uma bela oportunidade de transcender essas limitações ao nos render à nossa verdade interior, ao viver em total confiança de que a nossa luz interna nos orientará e que a vida refletirá as circunstâncias exatas de que precisamos a cada momento.

Podemos criar uma nova linha histórica para nós mesmos que não implique em fugir do passado ou evitar o futuro, transformando a maneira como encarnamos a cada momento nosso.

Estão prontos para ser a mudança que vocês precisam em sua vida?

Bênçãos,

Simon & Jennifer

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Tradução de: Ivete Brito – adavai@.me – www.adavai.wordpress.com

Queimados por nossas ilusões

QUEIMADOS POR NOSSAS ILUSÕES
A MENSAGEM DA LUA NOVA
Simon & Jennifer
08/10/18

Vocês estão sentindo um profundo desejo de ser sustentados em amor incondicional? Um desejo de conexão absoluta e confiança inabalável de que vocês estão seguros para relaxar e receber tudo de que precisam e dar tudo o que sentem?

Vocês sentiram que esse desejo os queima ultimamente, enquanto vocês se agarram à conexão que acham que precisam e descobrem que está fora de alcance, ou talvez completamente ausente?

Quando sentimos essa sensação, é realmente o fogo interno queimando a ilusão de que não temos o que estamos procurando dentro de nós mesmos.

É a pura sabedoria de dentro de nossos corações buscando um reflexo externo do que é de modo próprio conhecido internamente – procurando um lugar seguro o bastante para permitir que a sua sabedoria “irracional” seja ouvida sem julgamento e confiada sem hesitação.

O fogo que queima nossas ilusões é doloroso de se sentir.

Queima tudo até as profundezas de nossos anseios, mostrando-nos o exato lugar para onde gostaríamos de trazer a luz: o anseio de permitir que nosso amor, compaixão, humildade e sabedoria conduzam; o anseio de expressar nossa verdade em toda sua terna e vulnerável autenticidade, expondo e liberando o lugar que está guardado tão profundamente em nosso íntimo, intensamente protegido por camadas de defesa que nos protegem da dor do fogo ardente que nos fere tanto.

Já consideraram que talvez vocês sejam o lugar seguro para manter essa frequência pura, e que, ao expressá-la, podem somente torná-la mais forte?

Talvez as muitas queimaduras que vocês sentiram não fossem para machucá-los, mas para trazer sua consciência à natureza resiliente do seu amor. Talvez seja realmente o seu sofrimento sendo queimado para que vocês possam saber que o seu amor pode durar, que o anseio do seu coração continua independentemente de quantas dores ele sentiu.

É hora de deixar que a sabedoria do seu coração se expresse em sua forma mais pura – permitir que o fogo queime as defesas, os motivos delas, as dores passadas e as proteções das dores futuras.

É o momento de permitir que o nosso autêntico eu interior seja expresso e confiar que ele será refletido para nós de alguma forma. Somos convidados a permitir que nossas ilusões de separação se apaguem, a sentir a dor das inverdades sendo purgadas de nós mesmos, a fim de que possamos nos reconectar com o nosso mais verdadeiro ser: para dar apenas o que somos e receber somente o que os outros são, com amor. O resto deve queimar!

Com amor,

Simon & Jennifer

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavaiwordpress.com

Tecer nossos sonhos na realidade

TECER NOSSOS SONHOS NA REALIDADE
A MENSAGEM DA LUA NOVA
Por Simon & Jennifer
09/09/18

Às vezes, são as nossas maiores adversidades que nos revelam a verdadeira magnificência de nossos corações resilientes. Às vezes, nossos maiores desafios nos ensinam como revelar a fonte de nossos dons mais preciosos e acender a paixão que abastece nossos sonhos.

Assim como um diamante é produzido a partir de extrema pressão, e em seguida é cortado e polido à perfeição para que transpareça o seu brilho máximo, assim também nossas almas são comprimidas nas limitações deste mundo físico e no sofrimento da experiência humana de modo que possamos ser refinados na expressão do mais exclusivo brilho que nossas almas abrigam.

À medida que nos defrontamos com as adversidades e limitações através da vida, existe a oportunidade de se descobrir uma grande sabedoria – sempre nos é dada a oportunidade de aprender o delicado equilíbrio entre o esforço e a rendição.

Ao nos render, podemos aceitar as coisas que não podemos mudar e, em resposta, podemos encontrar força e inspiração que se originam das experiências, o que nos ajuda a descobrir novos modos e novas perspectivas de avançar.

É assim que o destino esculpe o caminho para nós, por meio de obstáculos e limitações em nosso caminho, ajudando-nos a ver o que precisa ser deixado de lado e nos mudando para um novo fluxo de ação. Faz-se isso por delinear nosso caminho, retirando o desnecessário até que apenas o necessário permaneça.

“Alcança-se a perfeição não quando não há mais nada para se acrescentar, mas quando não há mais o que retirar”– Antoine de St Exuperi .

Estamos tecendo nossos sonhos na realidade por moldar de maneira delicada e precisa a forma como nos apresentamos ao mundo – estamos cortando e polindo o diamante que representa a expressão de nosso destino.

Se puder deixar que o destino molde isso espontaneamente e se puder fluir com as mudanças que se lhes apresentam, vocês logo verão o método por trás da loucura.

Bênçãos,

Simon & Jennifer

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Tradução: Ivete Brito – adavai@me.com

Manifestar nossa natureza autêntica

MANIFESTAR NOSSA NATUREZA AUTÊNTICA
A MENSAGEM DA LUA NOVA
Simon & Jennifer
13/06/18

Nossa natureza essencial, nossa bondade e valores inatos, como almas encarnadas conscientes, foram muitas vezes comprometidos por nossa necessidade de sobreviver neste mundo.

Muitas leis naturais foram substituídas por leis feitas pelo homem durante os últimos dois mil anos. Removidos de nosso espaço na ordem natural, nos afastamos tanto da vida de conexão e simbiose com o nosso meio ambiente, que muitos de nós, agora, acham difícil diferenciar pensamentos e crenças de nossos instintos mais naturais.

A lei natural funciona de acordo com a natureza, com os ciclos e os sincronismos naturais. Nada é separado e nada funciona de modo independente no ecossistema natural.

A lei natural reconhece e permite que esse crescimento natural ocorra de dentro para fora, em total conexão com todas as outras coisas. Toda mudança afeta o todo e não pode haver incidentes isolados na unidade da ordem natural. Tudo tem seu lugar e propósito no ecossistema natural e nada é excluído da totalidade.

Se traduzirmos isso em nossos valores humanos, significa que vivemos em consideração do todo, dos efeitos de nossas escolhas e que damos e recebemos igualmente; que reconhecemos a abundância do apoio e do amor disponíveis para nós, e naturalmente compartilhamos essa abundância e apoio; que permitimos que o nosso lugar natural no mundo ocorra no próprio ritmo e não minimizemos nenhum papel que vivemos individualmente, porque compreendemos que é o esforço combinado do todo que serve ao todo.

Em vez disso, nos encontramos em um estado de isolamento, precisando comprometer nossa verdadeira natureza para nossa sobrevivência, buscando suprir necessidades superficiais que servem apenas para compensar nossas verdadeiras necessidades não satisfeitas.

Com frequência, deixamos de compreender que nossas definições de posições nos sistemas hierárquicos fazem parte de um sistema criado pelo homem, que servem apenas ao indivíduo em detrimento dos outros.

À medida que o impulso para despertar da ilusão e retornar à nossa verdadeira natureza se intensifica, também despertamos de nossa insatisfação e de nossa necessidade de buscar soluções rápidas para preencher o vazio que sentimos internamente.

Mas acabamos percebendo que não podemos escapar, não há como sair desse ciclo, mas nos voltamos para dentro. Se chegarmos a esse ponto e ainda buscarmos encontrar soluções para o nosso sofrimento fora de nós mesmos vamos nos deparar com total desesperança e futilidade.

O vazio existencial que todos carregamos internamente só pode ser preenchido com a percepção de nossa verdadeira natureza; nosso retorno aos nossos valores centrais e nossa percepção da conexão total de todas as coisas.

Assim, nossa jornada de cura é o retorno à nossa natureza central e o perdão de como individualmente e como um todo desafiamos a natureza e nossa natureza. É um processo de nos permitir – e aos outros – a compaixão de que precisamos para nos sentir seguros internamente o suficiente para acessar as sombras da desconexão e trazê-las à luz.

Um passo vital nesta jornada é nos integrarmos aos nossos valores naturais e trazê-los para um mundo que ainda precisa apoiá-los; permanecer fiel ao conhecimento interior, mesmo que o mundo ainda não esteja refletindo para nós o que sentimos.

O reflexo que vemos no mundo é do passado. É o que manifestamos coletivamente em nosso estado de sombra – na separação e no medo – e se desejamos manifestar o que é verdadeiro à nossa natureza devemos buscar essa imagem refletida internamente e confiar que seremos apoiados, enquanto integramos nossa verdadeira natureza no mundo externo, e criar um lugar nosso nesse mundo que não comprometa nossa natureza interna.

Se vocês estão se esforçando para saber como integrar o novo sentido de si mesmos nas estruturas existentes do mundo; se forem confrontados com dificuldades ou temores, saibam que o seu coração pode penetrar no significado da situação, ao buscar o reflexo e as respostas internamente.

Se puderem confiar em sua verdadeira natureza, em seus valores e sabedoria inatos e em sua conexão com o todo, e saibam que vocês fazem parte de toda a humanidade e da natureza, buscando manifestar essas mudanças, e que o seu papel individual apoia o todo, assim como o todo apoia o seu papel, vocês descobrirão a força e a orientação de que precisam para continuar em seu caminho.

E, ao fazer isso, vocês pavimentarão o caminho para os outros que seguirão a sua liderança, enquanto despertam essas mesmas partes em si mesmos. Então, quando aqueles que os seguirem, despertarem para as mesmas verdades que as de vocês, o mundo não vai parecer tão sem esperança e haverá reflexos de suas ações já manifestadas para vocês – e para os demais – a fim de encontrar a esperança.

Não é um caminho fácil, mas isso é o que realmente significa a mudança!

Com amor,

Simon & Jennifer

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com