Pérolas de Sri Prem Baba

 

prem-baba

“Amigo é aquele que quer ver o outro brilhar, quer ver o outro feliz, celebrando a vida, sem querer nada em troca. Mas isso é muito raro neste planeta. Aqui é cada um por si. Todos os desafios que enfrentamos hoje são porque não desenvolvemos essa dimensão do amor que é a amizade. O egoísmo está no comando da vida neste plano.”

Sri Prem Baba

………………………………………………………

“O que te impede de ter a consciência da unidade é a mente agitada. O pensamento compulsivo não só impede a percepção da beleza, como também impede que você produza beleza. Uma mente agitada só pode reproduzir agitação, seja mesmo na forma de arte. Toda a feiúra é resultado da mente agitada pelos fantasmas do medo, do ódio, do sofrimento e da ingratidão.”

Sri Prem Baba

……………………………………………………………..

“O que impede que tenhamos consciência do nosso propósito de vida e realizemos o nosso dharma são as muitas camadas de desamor que se manifestam na forma de mágoas e ressentimentos, pactos de vingança, medo e ódio. Para que possamos realizar o dharma, precisamos remover essas camadas, pois o desamor impede a percepção do propósito.”

Sri Prem Baba

……………………………………………………………………

“Muitas vezes você acha que não tem nada a ser melhorado em si mesmo e na sua vida, mas fica estagnado dentro de uma zona de conforto. Você se ilude achando que está tudo bem e com isso não chega a ter consciência do que te mantém paralisado. Para poder movimentar o que está paralisado se faz necessário um trabalho de cura, mas só é possível curar o que já foi diagnosticado – só é possível transformar aquilo que já foi identificado.”

Sri Prem Baba

…………………………………………………………………………….

“Quando você, de fato, toma consciência do que está fazendo consigo mesmo e de como está usando equivocadamente os presentes que Deus lhe deu – que são os seus dons e talentos – o orgulho e o medo se dissolvem e você começa a se mover em direção à humildade e à confiança. Dessa forma se abre um espaço para a manifestação do amor e consequentemente para a realização do seu propósito.”

Sri Prem Baba

………………………………………………………………………………….

“O seva ou trabalho voluntário para um mestre é uma rara oportunidade de liberação dos karmas que te aprisionam ao sofrimento. Poder servir desinteressadamente é se abrir para a experiência da alegria sem causa. E também é o karma que possibilita a chance de servir: se você já está servindo é porque é merecedor de estar onde está. Enquanto você faz seva, bilhões de pessoas estão se debatendo, procurando uma luz, uma guiança – uma maneira de ir além do sofrimento.”

Sri Prem Baba

……………………………………………………………………………………

“O serviço desinteressado é o amor em movimento. O amor não exige nada em troca; ele não espera resultado – apenas vai doando.”

Sri Prem Baba

……………………………………………………………………………………….

“Para o propósito se manifestar, ele precisa dos seus dons e talentos. A consciência do propósito traz a consciência do serviço, então você passa a colocar seus dons e talentos à serviço do propósito maior. Quando isso acontece, você se sente guiado e, consequentemente, encaixado. Você está onde deve estar.”

Sri Prem Baba

………………………………………………………………………………………..

“Muitas vezes, ao se permitir aprofundar numa relação íntima com outra pessoa, você se depara com o medo, porque essa intimidade inevitavelmente te leva para um núcleo interior profundo. Ela te despe das suas defesas, das suas armaduras e você se torna vulnerável. Então, você entra nesse espaço de fragilidade e fica tentando fugir. Mas, se você chegou até aí, isso significa que o confronto consigo mesmo está por vir.”

Sri Prem Baba

…………………………………………………………………………………………..

“Se você tomou consciência da crueldade que te habita. Se já viu o auto-ódio, os pactos de vingança, a culpa e o medo que ainda existem no seu sistema, eu sugiro que você esqueça a busca pela iluminação e foque a atenção na liberação e cura das suas feridas do passado.”

Sri Prem Baba

……………………………………………………………………………………………

“Você se liberta do passado se harmonizando com ele. O primeiro passo para isso é tomar consciência de que existem sentimentos negativos guardados no seu sistema. Existem ‘nãos’ se manifestando como ciúme, inveja, possessividade, obstinação e muitas ouras formas de autodestruição. Porém, tomar consciência disso tudo não é suficiente porque você ainda pode cair na armadilha de achar que é uma vítima: do destino, do outro, do governo, do pai, da mãe… Para deixar de ser um prisioneiro do passado é preciso acordar o valor da autorresponsabilidade.”

Sri Prem Baba

…………………………………………………………………………………………..

“Tornou-se um grande mistério acordar o amor, embora, no mais profundo, ele seja a essência do que somos. Estamos aqui para despertar a nossa essência adormecida, aquilo que de fato somos. Mas, num mundo onde o egoísmo impera, isso tem sido cada vez mais desafiador.”

Sri Prem Baba

…………………………………………………………………………………………….

“Quando uma pessoa se sente ameaçada, ela tende a tratar o mal com um mal ainda maior. É muito difícil amar quando você se sente ameaçado, porque o medo é o oposto do amor. Onde existe medo, não existe amor.”

Sri Prem Baba

………………………………………………………………………………………………

“O yoga é um remédio para a violência. Não importa qual o tipo de yoga, ele ensina o caminho de volta para o coração amoroso. Um caminho de volta à a morada sagrada, onde se encontra nosso tesouro espiritual, que é um amor infinito e incondicional, capaz de amar até mesmo aquele que nos agride.”

Sri Prem Baba

……………………………………………………………………………………………..

“Estamos aqui para encontrar o amor incondicional, aquele que não se altera com o que acontece lá fora. O amor que é o mesmo, independentemente de ser bem tratado ou maltratado. Porque é muito fácil amar as pessoas que não te ameaçam, que pensam como você; que te agradam, te respeitam e te consideram. Difícil é amar as pessoas que não te respeitam, que pensam diferente de você e que, de alguma maneira, te ameaçam e acordam o medo em você.”

Sri Prem Baba

…………………………………………………………………………………………

“O silêncio é a eloquência da existência, é a voz da intuição. Para que possamos nos comunicar com o mistério e receber as instruções superiores, se faz necessário nos afinarmos com os códigos divinos do silêncio.”

Sri Prem Baba

……………………………………………………………………………………….

“A vida é única: é a mesma vida que faz a flor desabrochar e o rio correr. Ela é o que permite os olhos abrirem e o coração bater. A vida é o Ser que habita em todos os reinos da natureza. Alguém disse: ‘O Ser dorme no reino mineral, sente no reino vegetal, se agita no animal e evolui no homem’. Sinto que essa é nossa missão. Estamos à frente dessa imensa corrente vital em direção à expansão da consciência maior. Essa é a responsabilidade que temos perante todos os seres deste planeta.”

Sri Prem Baba

Anúncios

Pérolas de Sri Prem Baba

prem-baba

“Vivemos um momento no qual estamos sendo levados a nos alinhar com a verdade. E esse alinhamento exige sacrifícios. No Brasil está bem claro que a política tem catalisado esse processo de alinhamento, que é sinônimo de purificação. Mas esse fenômeno está ocorrendo em todo o planeta. Estamos tendo a chance de tomar consciência das nossas contradições que se manifestam como divisão, guerra, medo e egoísmo. Estamos sendo levados a nos comprometer de verdade com a paz e com a união.”

Sri Prem Baba

………………………………………

“Você diz: ‘Quanto mais me dedico à expansão da consciência, mais difícil fica’. Isso é uma ilusão. O que ocorre é que, no decorrer desse processo, os amortecedores da consciência deixam de fazer efeito e você passa a ver e sentir coisas que antes não via e sentia. Tudo parecia estar mais fácil porque você estava adormecido. Consciência é luz. É como se você abrisse a porta de um quarto escuro que ficou fechado durante muito tempo e visse que tem muita sujeira. Então, antes de usufruir do bem-estar da luz, se faz necessário fazer uma faxina”.

Sri Prem Baba

……………………………………………..

“O processo de purificação que é inerente à expansão da consciência pode ser extremamente difícil. Ao expandir a consciência você ilumina a os cantos escuros da sua alma e passa a ver o que estava escondido. Muitas vezes, você se depara com bichos peçonhentos e acha que não vai dar conta de limpar. Então você tenta voltar atrás e fechar a porta mas não consegue porque, depois de ver a sujeira, já não é possível conviver com ela. Você até consegue fazer isso por algum tempo, mas o sofrimento se torna tão intenso que não há outra saída: encarar o medo e ir adiante.”

Sri Prem Baba

……………………………………..

“O planeta está atravessando um turbilhão de transformação. Estamos tendo que dar conta do mau uso que fizemos do poder. Infelizmente, antes de melhorar, parece que ainda vai piorar muito. Antes que a renovação se complete, ainda haverá muita anarquia e caos, até que surjam jovens preparados para assumir o poder. E estar preparado significa poder agir em sintonia com o coração, o que é sinônimo de manifestar valores como honestidade, autorresponsabilidade, respeito, humildade e compaixão.”

Sri Prem Baba

…………………………………………

“A meta de despertar o amor no ser humano e espiritualizar a vida na Terra precisa ser bem-sucedida, caso contrário a raça humana não se sustentará por muito tempo aqui.”

Sri Prem Baba

……………………………………………….

“As contradições internas que nos levam ao sofrimento têm base nas nossas imperfeições. Para esconder nossas misérias e obter aquilo que achamos que precisamos, nós aprendemos a usar máscaras. Mas é impossível continuar o processo de expansão da consciência sem retirar as máscaras e encarar as imperfeições, pois esse processo é uma transição do sofrimento para a alegria, do falso para o real, do imperfeito para o perfeito.”

Sri Prem Baba

……………………………………………..

“Se uma situação negativa insistentemente se repete na sua vida, isso indica que você está sendo movido por crenças inconscientes. Crenças são formas rígidas de pensar que, na maioria das vezes, não têm relação nenhuma com a realidade. De alguma maneira você é levado a acreditar em determinada coisa e isso se transforma numa verdade absoluta para você. Uma crença pode ser tão forte que um caminho neural é criado no seu cérebro, fazendo com que você reaja sempre da mesma maneira, mesmo querendo fazer diferente.”

Sri Prem Baba

……………………………………….

“Assim como não é possível conhecer o sabor da maçã sem experimentá-la, não é possível conhecer o Mistério através da mente. A comunhão com o Eterno, o êxtase divino, se dá no plano do coração.  Não é possível descrever essa experiência com palavras. Mas através da arte é possível ter uma pequena prova do sabor da maçã – a arte nos aproxima do Mistério.”

Sri Prem Baba

…………………………………………….

“Quando um pensamento se repete compulsivamente, significa que existe uma rede neural dando sustentação a ele. Existe uma crença instalada no seu sistema. Você é levado a pensar sempre da mesma maneira. A crença é uma prisão. Ela te limita à uma única forma de pensar e isso muitas vezes te impede de encontrar saída para determinadas situações da vida. Mas é possível criar novas redes neurais e pensar diferente. Esse redirecionamento ocorre quando você assume total responsabilidade pelos seus pensamentos e, consequentemente, pelas suas palavras e ações.”

Sri Prem Baba

………………………………………………..

 

 

Mais Pérolas de Sri Prem Baba até setembro 2017

prem-baba

“A criança chega nesse mundo livre e espontânea, manifestando as fragrâncias do Ser que ela é, entre elas a confiança. Ela pega na mão do pai ou da mãe e vai, sem saber para onde está sendo levada. Ela pode ser ela mesma pois ainda não foi contaminada pela vergonha e pelo medo.”

……………………………….

“Uma forma simples de conectar-se com o propósito da sua alma é lembrar o que você queria ser quando criança. O que você queria ser quando crescesse? Essa lembrança te dará um indício. E hoje, se você não tivesse que ganhar dinheiro ou agradar alguém, o que você faria? Essa resposta é outra pista.”

……………………………………

“O silêncio se tornou o bem mais precioso e raro no nosso mundo, especialmente nos grandes centros. Para encontrar um lugar silencioso precisamos pagar caro por isso.”

……………………………………

“As redes sociais e tecnologia como um todo têm um potencial gigantesco de fazer o bem. Elas podem ser aliadas para criarmos uma cultura de paz. Porém, infelizmente não tem sido assim. Ao invés de gerar união, as redes têm gerado separação e isolamento. Precisamos rever a maneira de usar essas ferramentas.”

………………………………

“É curioso: todo ser humano quer ter paz no coração, mas não sabe como. Somos levados a acreditar que o dinheiro trará paz e felicidade, mas para acumular esse dinheiro machucamos o outro, roubamos e criamos desordem na sociedade.”

……………………………….

“A inconsciência em relação ao propósito tem consequências: ansiedade, tristeza, desencaixe, desanimo, depressão… E o ser humano encontra-se em um profundo estado de esquecimento do propósito maior. Por isso a depressão é a doença do século. Os remédios antidepressivos estão na lista dos mais vendidos justamente por causa desse esquecimento; por causa da ignorância em relação ao propósito da vida.”

………………………………….

“Os seres humanos estão cada vez menos inspirados a se vincular. Isso ocorre por diversas razões, mas essa tendência faz parte da desconstrução desse modelo de sociedade falido no qual vivemos. Tudo está sendo ressignificado, até mesmo a forma de nos relacionarmos.”

…………………………………

“Eu sinto que somente uma grande reforma na educação poderá melhorar a situação da nossa sociedade. Mas essa reforma precisa começar agora, com a reeducação dos adultos – pais e professores.”

…………………………………..

“A educação é fundamental na formação da personalidade e no processo de expansão da consciência do ser humano, porém, ela pode facilitar ou dificultar esse processo. E para que ela possa ser uma facilitadora, ela precisa trazer autoconhecimento.”

………………………………………

“Na medida em que nos conhecemos, vamos nos libertando de nossas crenças limitantes e nos tornamos capazes de apoiar o desenvolvimento sustentável da personalidade infantil, o que implica em não projetar nossas misérias nas crianças e dar força para que elas possam revelar sua visão e sabedoria para o mundo.”

………………………………………….

“A mais importante ferramenta no processo do desvendar do propósito interno é o autoconhecimento. Não é possível descobrir o seu propósito sem mergulhar fundo em si mesmo. Inevitavelmente você precisará navegar no oceano interior.”

……………………………………………..

“Quando pode transformar as suas ações em uma prática de serviço desinteressado, você se torna um elo na cadeia de felicidade: a felicidade passa por você para chegar ao outro. Se você tenta reter a felicidade somente para si, inevitavelmente ela se transforma em sofrimento. Não é possível reter a felicidade somente para si, até porque ela é o destino de todo ser humano.”

……………………………………………..

“O primeiro passo para identificar as crenças que limitam na vida é tomar consciência daquilo que te incomoda, mesmo que, num primeiro momento, você esteja acusando o outro. O que te perturba? É um comportamento? É porque o outro te rejeita? Pode ser verdade ou pode ser mentira – não questione isso – apenas identifique o que te tira do seu centro. O segundo passo é voltar-se para dentro e ver quem em você está provocando essa situação e por que. E o terceiro passo é reeducar esse eu psicológico que insiste em sabotar a sua felicidade.”

…………………………………………………

“Uma das crenças mais enraizadas no ser humano é a de que o outro é culpado pela sua infelicidade. Enquanto não perceber que é você quem gera sua própria perturbação, não será possível fazer nada a respeito. Quando não assume responsabilidade por aquilo que acontece, você coloca sua vida na mão do outro.”

…………………………………………………..

“Muitas vezes é mais fácil acusar o outro pela sua infelicidade porque assim você encontra desculpas para continuar não fazendo nada a respeito. A crença de que a felicidade depende do outro é justamente o que te impede de ser feliz. Questione essa falsa crença: será mesmo que só consigo ser feliz se o outro estiver agindo da maneira que eu espero? Provoque a autorresponsabilidade.”

……………………………………………………

“A felicidade se tornou refém do nosso sistema de crenças. Acreditamos que precisamos ser tratados de determinada maneira para sermos felizes. Mas assim como as crenças foram criadas, elas podem ser desfeitas, pois elas são feitas de pensamentos. Em última análise, somos reféns dos pensamentos.”

…………………………………………………….

“Ao agir a partir do silêncio, você evita a ativação dos karmas que te mantém preso à escuridão. E você se move em direção a esse silêncio interior de duas maneiras: através do cultivo do silêncio, por períodos curtos de tempo no seu dia, e através da renúncia da maledicência, que é o uso distorcido da palavra. É quando você usa o poder da palavra para gerar dúvida, desconfiança e desamor no outro e acaba desviando-o do seu caminho.”

…………………………………………………….

“Estamos vivendo uma grande transição, um período de resgate e de colheita. Estamos colhendo aquilo que plantamos no passado. Esse é o significado mais profundo daquilo que no oriente é chamado de karma: uma lei da natureza que determina basicamente que é preciso lidar com as consequências das nossas ações.”

………………………………………….

“Somos co-criadores de absolutamente tudo o que acontece em nossas vidas. Se olharmos com os olhos do espírito, veremos que até mesmo os crimes que sofremos são tramas karmicas; são jogos divinos. A vítima sempre está dos dois lados da arma. Você sempre está onde precisa estar para dar conta do seu karma e aprender o que precisa ser aprendido.”

…………………………………..

“O amor é a senha de acesso às dimensões celestiais. Na medida em que vai expandindo sua consciência, você vai tendo acesso a essas dimensões ou quadrantes da consciência que até então estavam fechados para você. Você vai expandindo até que se reconhece como o Ser que está além do corpo e da mente. Então você tem acesso às iniciações maiores da vida e se transforma num curador que trabalha para o despertar planetário.”

……………………………………..

“As crises em todos os setores da sociedade indicam que algo precisa ser transformado. Estamos sendo chamados a dar um passo no processo evolutivo da consciência. Esse passo implica em assumir responsabilidade pelos nossos próprios erros, pela nossa ignorância, assim como perdoar os erros dos outros. Somente dessa forma acordaremos o amor adormecido em nós e nos libertaremos do sofrimento generalizado no qual a raça humana se encontra.”

……………………………………..

“Estamos dentro de um turbilhão de transformação no qual precisamos dar conta dos reflexos dos nossos atos do passado. Ainda hoje, com todo o conhecimento disponível, o ser humano é canal da bestialidade. Até pouco tempo atrás, o abuso do poder se manifestava severamente na forma do imperialismo, da escravidão e de tantas outras distorções do masculino. Não há como fugir do karma: enquanto não aprendermos o que precisamos aprender, sofreremos as consequências.”

………………………………………..

“Temos falhado na difícil arte de nos relacionarmos. Temos falhado em amar uns aos outros. Isso equivale a dizer que não estamos cumprindo a nossa missão aqui na Terra; o propósito maior de estarmos encarnados aqui.”

…………………………………….

“Estamos trabalhando para acordar a lembrança de nós mesmos. Partimos do princípio de que nem tudo que acreditamos é verdade, pois temos visto que o nosso sistema de crenças tem gerado muito sofrimento. Em síntese, buscamos por liberdade –  liberdade de ser quem somos. E desconhecemos quem somos por conta das crenças a respeito da nossa identidade. Esse é o núcleo central do conflito humano, que se manifesta mais objetivamente em relações destrutivas.”

………………………………………

 

 

 

 

 

Integração do masculino e feminino

A imagem pode conter: 1 pessoa

INTEGRAÇÃO DO MASCULINO E FEMININO 💖🌟

“O feminino é a aceitação, é receptividade. Quando distorcido se transforma em submissão.

O masculino é ação, realização. Quando distorcido se transforma em violência, em destruição.

O ato de plantar uma semente é masculino, e o tempo de espera para a semente germinar é feminino.

Esses são princípios universais que se manifestam até um determinado estágio do universo.

Isso se manifesta também dentro de cada ser humano em diversos níveis O desequilíbrio que nós estamos vivendo hoje na natureza revela que nós estamos maltratando severamente o feminino.

A poluição das águas, o desmatamento, o excesso de consumo, o lixo que produzimos; tudo isso são desrespeitos em relação ao feminino.

Meu mestre certa vez disse: “Quer saber como está uma sociedade? Avalie como ela se relaciona com a mãe”. Porque o externo é um reflexo do interno.

Isso que nós estamos vendo acontecer com o meio ambiente é um reflexo de como estamos tratando o feminino aqui dentro de nós e o feminino que está aqui do nosso lado.

Como é que você está em relação ao feminino?

Como você está em relação a sua mãe?

Como é que você está em relação à mulher que está ao seu lado?

Como é que você está em relação à mulher que está dentro de você?

Como é que você está em relação à aceitação? À receptividade? À doçura? Ao acolhimento?”

~ Sri Prem Baba ~

Vítima, não.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, árvore, grama, atividades ao ar livre e natureza

“Somente é possível evoluir através da autorresponsabilidade, ou seja, quando você compreende que está onde se coloca, por mais que o mundo esteja provando que você é uma vitima.
Ao compreender que cria as próprias dificuldades na vida, você está começando a amadurecer, e a sua consciência começa a expandir para estados mais elevados.”
~ Sri Prem Baba

Controle

A imagem pode conter: nuvem, céu, atividades ao ar livre e natureza

“A raça humana está experienciando uma profunda mudança e, muitas vezes, é difícil saber o que é pessoal e o que é coletivo (até porque a separação é somente uma ilusão).

Alguns estão podendo ver essas transformações sem se identificar com elas, pois já abriram mão do controle. 


O sofrimento nasce do controle; o controle é um instrumento do medo; e o medo nasce da falta de fé na existência.”


~ Sri Prem Baba

Entenda o medo da escassez

Entenda o medo da escassez.

Entenda o medo da escassez.

 

O que está por trás do medo da escassez? Essa pergunta pode ser a chave para repensar nossa relação com o Divino e com a avareza.
Um dos aspectos principais do medo é a escassez. O medo é uma matriz bastante complexa que contém muitos agregados psicológicos, e o medo da escassez é um dos seus pilares. Ele gera a insegurança que alimenta a ideia de que você é um eu separado.

Em verdade, o medo da escassez é somente um sintoma que mostra que você não está alinhado com o dharma, com o seu lugar no mundo. Quando existe o alinhamento, o que significa colocar os seus talentos e dons a serviço do amor e do Divino, você não tem medo. Se você tem medo é porque, nesta área da sua vida que é a profissão, o eu inferior ainda está no comando. Ainda existe uma programação karmica que não foi integrada. Tudo indica que ainda existem sentimentos suprimidos e imagens que não permitem que a vida flua nesta área.

Existe outra área, que muitas vezes é consequência da área profissional: a financeira. Elas são áreas diferentes e, às vezes, você até já está no caminho certo e está colocando os seus talentos a serviço do Supremo, mas ainda existem bloqueios na área financeira que te fazem acreditar no medo da escassez.


“Se você tem medo é porque, nesta área da sua vida que é a profissão, o eu inferior ainda está no comando.”


Nesse caso, imagens e sentimentos negados estão impedindo que você se harmonize com o fluxo da prosperidade e da abundância, que também são atributos divinos. Você é um herdeiro das glórias eternas e o tesouro universal é seu, mas, devido a estes bloqueios, você trava o fluxo da prosperidade e experimenta esse sintoma tão amargo e sofrido que é o medo da escassez, que nada mais é do que uma forma de autopunição. Existe um sentimento interno de não merecimento e o medo da escassez é uma forma de se castigar.

Por isso eu digo que, se você investigar, perceberá que esse medo é somente um sintoma da sua separação de Deus. E, dentro desse seu mundo particular, você está tentando se machucar para chamar a atenção de alguém. É uma forma de protesto.

Eu estou falando de algo muito profundo. Neste hiato que se configura, são criadas muitas outras interferências entra elas as interferências sociais, políticas e uma série de outras formas externas. Mas, devemos nos conscientizar da porta que abrimos para que estas influências externas dificultem ainda mais essa nossa tendência. A porta que se abre, é justamente o que eu chamo de isolamento.

É você separado de Deus, sozinho nesse mundo criado a partir dos seus traumas, que faz com que veja o dinheiro como um inimigo ou um perigo. Ou então, você dá ao dinheiro um valor emocional que não tem nada a ver com ele. Isto precisa ser bem compreendido.


“Mas, devemos nos conscientizar da porta que abrimos para que estas influências externas dificultem ainda mais essa nossa tendência.”


O dinheiro é um tremendo poder. Se você o respeita, ele pode facilitar a sua jornada neste plano terreno. Se você não o respeita, ele pode destruí-lo. Respeitá-lo significa dar a ele o seu devido lugar: ele é um instrumento neutro, que deve estar a serviço do amor; a serviço do coração. É necessário investigar se nessa área da sua vida (a área financeira), existe um alinhamento com a corrente de afirmação; se existe um sentimento de merecimento.

Essa corrente de afirmação – esse sim – promove a união com o Divino, dissipa o medo da escassez e toda a sensação de fracasso. A união com o Divino significa deixá-lo atuar através de você, mas para isso acontecer, se faz necessário sair da frente. Se você está na frente, querendo fazer do seu jeito, vale a pena tomar consciência do motivo disso estar acontecendo.

Por que você insiste tanto que as coisas sejam do seu jeito?  Você está brigando com quem? Vá olhar para os seus condicionamentos, liberar os sentimentos guardados, dissolver imagens de dor, acertar as contas do passado… Só fazendo esse mergulho em seu mundo interno será possível sair da frente e deixar Deus agir através de você. Aí não existirá mais medo. Se Deus está aqui e o amor está fluindo do seu coração, não há espaço para o medo.

Outro aspecto importante é que a avareza nasce do medo da escassez.  É o medo que faz com que você tenha que criar uma trincheira para se esconder atrás. Você precisa acumular e possuir para poder se proteger. Você aprendeu que ter dá segurança, mas isso é uma crença. Existe uma imagem congelada no seu sistema que determina isso e é justamente essa crença que impede que a prosperidade e a abundância possam se manifestar no seu canal. A prosperidade é uma frequência divina que, como toda a frequência de energia, precisa circular.

Se você tentar segurar as coisas materiais, é o mesmo que estar segurando maya, a ilusão. Nesse caminho, você passa a vida sustentando a identificação com o falso eu, com a ideia de separação e consequentemente, acaba se frustrando e sofrendo repetidas vezes.

Pode parecer um paradoxo, mas a verdade é que somente quando você se liberta do medo da pobreza é que pode verdadeiramente se afinar com os códigos divinos da prosperidade e da abundância. Assim é. Reflita sobre isso.

Sri Prem Baba