Flor do Dia – Sri Prem Baba

Flor do Dia

“Tudo está em constante movimento; não podemos controlar o mundo. E a impermanência está intimamente relacionada com a liberdade ou, melhor dizendo, a aceitação da impermanência é que nos possibilita a liberdade. E para aceitarmos a impermanência, precisaremos chegar a um acordo com a nossa necessidade de controlar que, por sua vez, está intimamente relacionada com o medo.”

…………………………………….

Flor do Dia

“Medo-desejo é o binômio do controle. Podemos também traduzir o desejo como esperança; esperança de que as coisas aconteçam de uma determinada maneira e medo que as coisas não aconteçam dessa determinada maneira. Medo e esperança são as bases do nosso sistema de controle, que tenta segurar as coisas em uma permanência; ou seja, sustentam uma ilusão de permanência, que é uma das raízes do sofrimento, da ansiedade, da agitação e de muitas doenças que assolam a humanidade.”

…………………………………..

Flor do Dia

“Na base mais profunda é o medo o nosso grande desafio nessa jornada. Em algum momento nós vamos precisar chegar a um acordo com o medo para que nos libertemos da esperança e do controle. Quando eu falo esperança, entenda que estou falando da fantasia; porque existe uma esperança real, baseada na verdade. Estou falando de uma esperança mágica, criada pelo medo. Porque quando você se liberta do medo, você se liberta da esperança e se liberta do controle. Quando você se liberta do controle, você se liberta do tempo psicológico, você se liberta da prisão do tempo e pode relaxar no presente, aceitar a impermanência e ler os sinais que a existência nos envia a cada momento.”

…………………

Flor do Dia

“Toda a existência está interconectada. A vida é única. Quando conseguimos perceber de fato essa unicidade é que podemos então ir além do tempo psicológico. Aí você pode manifestar sua verdadeira identidade. Você pode então celebrar. Essa celebração a que me refiro é sinônimo de Santosha. Santosha é alegria que não depende de nada lá fora; é um contentamento, uma fragrância do seu ser real. Você sente esse contentamento quando pode ser você mesmo.”

………………………………

Flor do Dia

“O medo e a esperança, sinônimos de controle, fazem com que você desenvolva um viver artificial, porque você vive para agradar o outro, já que o medo original é o medo de não ser amado. O medo é instalado no seu sistema quando você experiencia um choque de desamor e aí, para evitar reviver a dor do desamor, você usa máscaras. O controle é para não cair a máscara; porque se cai a máscara, você perde a proteção e experimenta a dor de novo: a dor do desamor.”

………………………………………….

Flor do Dia

“Para ser você mesmo, a máscara precisa cair. E para deixar a máscara cair, você precisa conhecer melhor os seus medos. Eu estou aqui te apresentando o medo original que é o medo do desamor. Mas isso pode ser ainda apenas uma teoria para você. Essa, no entanto, é a minha experiência. Você precisa então chegar nisso por você e, para isso, tem que estar disposto a olhar para os seus medos até que você possa realizar que eles são uma ilusão e só existem em sua mente.”

……………………………………………………

Flor do Dia

“Vamos aos poucos aprendendo a soltar esses medos, a soltar as histórias que criamos e que dão sustentação a eles, a soltar o tempo psicológico. O medo não existe na eternidade, ele existe no tempo psicológico. Estou mostrando um caminho para você superar o medo psicológico e consequentemente aceitar a impermanência e poder relaxar na verdade de quem é você.”

…………………………………………………………..

Flor do Dia

“O mantra OM é uma declaração de unidade, uma declaração de presença. Quando você vocaliza o OM de forma compenetrada, a partir do chackra laríngeo, localizado na garganta, o tempo psicológico desaparece. Você tem um vislumbre da eternidade. Quando você se encontrar perdido na jornada, perdido no controle, no medo, na esperança, nas histórias criadas pela mente, permita-se sentar, alinhar o corpo e vocalizar o mantra OM por três vezes. Essa prática te permite voltar para o centro e então você pode recomeçar a jornada. Você identifica onde foi que você se perdeu, identifica qual é o seu ponto de trabalho e continua.”

……………………………………………………………………

Flor do Dia

“Quando você volta para o centro e amplifica o observador, os sentidos ficam mais aguçados e você percebe, ao mesmo tempo, o som da natureza, o som da obra, o som dos carros. Tudo isso são atrativos. Algumas dessas atrações te convidam a expandir e outras te convidam a contrair. Algumas te convidam a subir e outras te convidam a descer. E às vezes você aceita os convites. É preciso então que você compreenda que o poder de escolha é seu, cabe a você desenvolver a sua consciência para perceber qual convite deseja aceitar.”

………………………………………………………………………..

Flor do Dia

“Ser o que você é. É disso que se trata ser honesto consigo mesmo. Eu sinto que pode ser de grande valia você dar uma olhada nas diferentes áreas de sua vida com o objetivo de identificar onde você não está sendo você e onde você está mentindo para si mesmo. E como você sabe que está mentindo para si mesmo? Quando existe sofrimento. Essa é a indicação de que há um NÃO bloqueando o fluxo da vida.”

……………………………………………………………………………

Flor do Dia

“Você é um raio de sol. Você é um SIM. Quando você está manifestando a verdade de quem é, tudo flui. Quero te convidar a realizar a prática de não sofrer por hoje. Somente por hoje. Somente por hoje não dê atenção para os dramas criados pelo seu eu sofredor. Hoje você escolhe ser o SIM, se identificar apenas com o SIM. Coloque a sua atenção, então, na confiança de que você pode fazer essa escolha e se fortaleça no compromisso com a sua verdade.”

…………………………………………………………………………………..

Flor do Dia

“Entenda que o sofrimento é um sonho. Não é real. Você sofre mais por conta do que fantasia do que pelo que de fato acontece. Pode até ser que quando você se soltar plenamente alguém te rejeite ou te julgue. Pode até acontecer. E se um dia acontecer, aí você vai lidar com isso. Você pode aprender a lidar com isso de uma forma muito tranquila. Entendendo que não é pessoal. O que o outro tem a ver com sua forma de ser ou de viver? Retire a sua atenção do que é externo e coloque sua energia no seu estudo pessoal, ele vai te levar a conhecer cada vez mais o que você realmente é.”

……………………………………………………………………….

Flor do Dia

“Para você deixar de alimentar o eu sofredor, você precisa entender que ele te conta uma fantasia. Você só vai realizar que é uma fantasia se você pegar no pulo. Se você investigar. É preciso querer ver. O despertar desse sonho às vezes é mais fácil, às vezes é mais difícil. A identificação pode estar muito cristalizada e se esse é o seu caso, estou aqui para te lembrar: não se distraia, não é lá fora, é dentro de você. Você está mentindo para você mesmo, você está usando uma máscara, esse não é você.”

……………………………………………………………………..

Flor do Dia

“Esse que não é você está sempre navegando no túnel do tempo. No aqui e agora ele desaparece. O falso eu desaparece no momento presente. Há poucos dias eu disse para você: de tempos em tempos, não importa o que você esteja fazendo ou quem você seja, pare por um instante e faça a seguinte pergunta a si mesmo: Onde estou? O que estou fazendo? E volte. Volte. Não importa onde você esteja, em que história você esteja. Volte.”

…………………………………………………………………………..

Flor do Dia

“Eu tenho dito que você não pode simplesmente querer que o passado não exista. Você precisa chegar num acordo com ele. Você deve olhar para trás e agradecê-lo. Não se trata de agradecer da boca para fora, mas de uma gratidão existencial. Todas as células do seu corpo precisam ser gratas pelas experiências que a vida te deu. Se você pode expressar essa gratidão, eu lhe afirmo que o sofrimento não encontra espaço em você.”

 

Flor do Dia – Sri Prem Baba

“Hoje quero sugerir uma reflexão: Você está de fato onde quer estar? Se sente em harmonia com o fluxo da vida? Sente que está entregando para o mundo aquilo que veio para entregar? Você se sente encaixado no mundo? Eu lhe convido a olhar para si mesmo com honestidade. Considero que a síntese da Missão Sachcha seja honestidade consigo mesmo. E essa honestidade evoca muitas vezes a necessidade de uma revolução de consciência. Saber aonde está e para onde precisa ir é o primeiro passo.”

………………………..

“Considero que a vida na Terra seja um drama de decisões. Estamos sempre sendo levados a tomar uma decisão. Eu fico ou eu vou? Eu vou para a esquerda ou para a direita? Mas, muitas vezes o que ocorre são decisões automáticas conduzidas por condicionamentos. O autoconhecimento te permite sair desse piloto automático que te leva às decisões equivocadas. Esse é o momento de nos conectarmos com o que é real, de descobrir as belezas e as surpresas de viver conscientemente ancorados na presença.”

…………………………………

“Aquilo que conhecemos como realidade ou situação de vida é construída pelos nossos pensamentos, por nossas emoções e consequentemente por nossas ações. O que ocorre é que pensamos e sentimos com base em crenças profundamente enraizadas. Muitas vezes não temos consciência desses pensamentos, dessas crenças, porque elas estão no subconsciente; o que nos faz sentir, muitas vezes, vítimas de um destino implacável por desconhecermos a relação de causa e efeito. Empenhe-se em compreender que as situações da sua vida são construídas por você mesmo. É a partir daí que se abrem as portas para a transformação que você tanto deseja.”

…………………………………….

“Tomar consciência de que você não quer estar onde você está é o início de uma reforma íntima. Tomar consciência das suas insatisfações é o início do despertar. Quando você toma consciência dessa realidade indesejável, você consequentemente é levado a se perguntar: o que eu preciso fazer para mudar isso? O que eu preciso fazer para transformar a realidade que estou vivendo? ”

………………………………………..

“Você não pode ter um resultado diferente fazendo as mesmas coisas que você tem feito. Se você quer uma situação de vida diferente, se você quer um resultado diferente, você vai precisar mudar o seu padrão de pensamento, sentimento e ação. Sempre que você se vê repetindo uma situação indesejável não importa em que área da vida – afetiva, profissional, na sua relação com a família, com os amigos – é porque você está agindo mecanicamente, repetindo o mesmo padrão sem perceber.”

………………………………………….

“É importante que você se comprometa com o seu estudo pessoal. Isso significa ter coragem de olhar de frente para suas repetições. Essa honestidade consigo mesmo não é tão fácil, porque muitas vezes vai contra o nosso padrão de perfeição. Às vezes o que estamos fazendo e que está gerando o resultado que não queremos vai contra aquilo que acreditamos que seja o certo; por isso tiramos do campo de visão. Estou querendo dizer que tem partes de nós que nos causam vergonha, por isso escondemos de nós mesmos. Negamos. Mas são exatamente esses padrões negados, os quais nos causam vergonha, que têm gerado as situações de vida que não queremos.”

………………………………………….

“O nosso coração se assemelha a uma mandala, nenhum aspecto da personalidade pode ficar de fora e nenhum aspecto da nossa história pode ficar de fora. Tudo tem que vir para o coração. Tudo precisa ser queimado no fogo do amor. Tudo. Até aquelas partes que você mais despreza, mais condena e acha mais humilhante. Tudo precisa ser queimado no fogo do amor. E para trazer ao coração, você precisa enxergar. E para enxergar, você precisa querer enxergar.”

………………………………………

“A transformação só é possível com autorresponsabilidade. Então, sempre que você se vir diante de uma situação negativa em que não se sente bem, se sente desconfortável e percebe a repetição na sua vida, você precisa ter a coragem de dizer com todas as forças possíveis: Eu quero ver qual é a minha responsabilidade dentro dessa repetição. O que eu estou fazendo que está gerando essa repetição? Quais são os meus hábitos, os meus comportamentos, os meus pensamentos, minhas crenças que estão gerando essa situação indesejável?”

…………………………………………

Sri Prem Baba

 

Flor do Dia – Sri Prem Baba

“A nossa linguagem é muito limitada, ela não é suficiente para descrever o mistério da vida, da existência. Nossa linguagem ainda é muito dualista e insuficiente para traduzir a unidade. A experiência da unidade só é possível quando você silencia internamente, quando você se volta para dentro e se liberta de todas as crenças, de todas as ideias, de todos os pensamentos. É quando você se coloca totalmente presente.”

……………………………………………..

“Aquilo que está vivo está em constante transformação, porque a impermanência é uma característica desse planeta e da vida humana. Que você consiga se abrir para então, perceber toda a beleza da impermanência e se permita deixar essa transformação fluir por você. Aceite os movimentos naturais de estar vivo. Nessa vida morremos e renascemos constantemente e isso é uma grande dádiva. Não se apegue a nada. Aproveite as suas experiências com presença e entusiasmo. Seja grato pelo mistério do qual você é parte.

……………………………………………….

“O Ser é como uma luz branca, que contém muitas cores, contém o arco íris. Mas essa frequência, o Ser pleno, só se manifesta quando é invocada. Para isso se faz necessário criar um campo de prece para que essa frequência possa se manifestar de maneira prática por meio de suas palavras e de suas ações. Você é um veículo da existência. A existência quer fazer uso de você para manifestar tudo que é belo, alegre e próspero. Esse é o seu mais valioso tesouro. Confie.”

………………………………………………….

“Eu estou querendo que você possa dar um salto quântico na sua jornada evolutiva, que você cresça em amor e em consciência, que você cresça em autossuficiência. Eu sinto que temos uma oportunidade de avançar na espiritualidade e alcançar estágios ainda não alcançados. Abrir outras páginas do livro da vida que até então não havíamos aberto. Lembre-se: o oceano contém a onda, e a onda contém o oceano. Esteja atento. Atento para não criar divisões, para não criar separações entre matéria e espírito.”

……………………………………………..

“O OM é o som sagrado constituído de A, U e MA. A é a criação, de acordo com a cosmovisão védica é Brahma, o criador. U é Vishnu, o conservador e MA é Shiva, o destruidor. São as três forças que possibilitam a manifestação desse jogo que os nossos sentidos podem captar e que chamamos de vida. Ao vocalizar esse mantra nós estamos fazendo vibrar todos os principais centros de energia do corpo e criando união entre eles. Essa é uma forma de declararmos unidade, a nossa intenção de criarmos unidade. É como um sinal de fumaça que emitimos para o plano superior dizendo: estamos aqui, olhe por nós.”

…………………………………………….

“Temos que criar novas redes neurais, novos caminhos, utilizar os nossos recursos, os nossos potenciais mais amplamente. Temos utilizado muito pouquinho, sempre as mesmas regiões da mente. Meu trabalho é te ajudar a ir além. Falando bem objetivamente, te ajudar a deixar de ser detento do primeiro e segundo chakras: sobrevivência e sexualidade. Entenda que isso é possível e real, mas fomos condicionados a acreditar na escassez. No entanto essa é mais uma ilusão. Eu estou junto com você nessa caminhada. Empenhe-se e confie.”

……………………………………………………

“Nas relações da nova era não existem segredos, não existem mentiras nem jogos de perde e ganha. Existe de fato companheirismo, amizade. Quando surge um conflito, existe ali a boa intenção de cada um olhar para sua responsabilidade em vez de cair no jogo de acusações.
Existe uma intenção de caminhar junto olhando para a mesma direção e se movendo para unir a energia sexual com o amor.”

……………………………………………….

“Uma importante lição: não cair na armadilha de se fechar e ficar preso na raiva quando você é desafiado. Esse é um truque para te arrastar para o inferno e eu sei que para a grande maioria é dificílimo não cair nessa armadilha devido à profundidade do condicionamento. Mas esse é o nosso desafio, é estarmos suficientemente atentos e presentes para não nos resvalar em padrões e atitudes viciadas e repetitivas. Trabalhe para que seu coração permaneça aberto e alinhado com o fluxo da vida.”

…………………………………………….

“Hoje quero sugerir uma reflexão: Você está de fato onde quer estar? Se sente em harmonia com o fluxo da vida? Sente que está entregando para o mundo aquilo que veio para entregar? Você se sente encaixado no mundo? Eu lhe convido a olhar para si mesmo com honestidade. Considero que a síntese da Missão Sachcha seja honestidade consigo mesmo. E essa honestidade evoca muitas vezes a necessidade de uma revolução de consciência. Saber aonde está e para onde precisa ir é o primeiro passo.”

Sri Prem Baba

Pérolas de Sri Prem Baba

“Que você possa reconhecer e fazer valer o que você tem recebido de aprendizado por meio da vida, dos desafios que atravessa. Que você se abra para compreender que absolutamente tudo está dentro, não existe nada fora. Que você se reconheça merecedor da sua reforma íntima e que se dedique a ela com amor e entusiasmo. Que você transite com suavidade por sua jornada interior, reconhecendo seus limites e validando seus tesouros. Que você possa dizer: sou uno com tudo que há de belo, prazeroso e abundante. Que você se torne a manifestação plena da luz que te habita.”

………………………..

“Estamos adentrando uma etapa que nos permite a sintonia com a Vontade Divina, a renúncia da vontade pessoal, esse movimento de entrega que só é possível quando existe compaixão. Mas, para que haja compaixão se faz necessário empatia, se faz necessário perdoar, e para perdoar temos que renunciar a guerra que nos habita. Te convido então a focar neste trabalho que envolve o despertar da compaixão. Vamos aos poucos compreender melhor o que isso significa de forma prática no nosso dia a dia. Estou falando de uma frequência espiritual que chegou e que inevitavelmente você vai sentir, vai compreender. É só uma questão de tempo para que possamos completar o download dessa transmissão.”

…………………………………..

“É importante você saber, ter o conhecimento e confiar que possui a estrutura que possibilita a experiência da comunhão. Essa experiência se dá por meio do relaxamento, da concentração e da auto-observação que integram a meditação ou cultivo intencional do silêncio. Se você puder permanecer um tempo nesse vácuo, nesse vazio, a distância entre você que é o herói da jornada, o ego consciente e aquilo que passa por você (pensamentos, sensações, emoções) aumenta. Assim cada coisa vai tomando o seu devido lugar: o que é o seu eu real, diferente do que pode ser observado por você, ou seja, aquilo que passa por você.”

…………………………………….

“Na busca pela felicidade, muitas vezes nos equivocamos e vamos deixando os rastros desses equívocos pelo caminho. Isso pode ser entendido como Karma, ou seja, os rastros dos nossos pensamentos, sentimentos e ações. Essa é uma das leis da vida na Terra, aquilo que emanamos deixa marcas que retornam a nós para que possam ser compreendidas e transmutadas. Podemos entender isso como uma oportunidade dada pela existência para evoluirmos. É importante reconhecermos, então, que detemos o poder da escolha e à medida que vamos avançando podemos optar pela melhor forma de agir. É dessa forma que podemos construir o bom Karma, que são as flores perfumadas que deixamos nesse mesmo caminho.”

…………………………………

“Que a cada dia possa crescer em você a gratidão pelas crises que atravessa. E que você consiga perceber a maturidade que está desenvolvendo, que acontece especialmente por conta da frustração das expectativas. Entendo que o que é verdadeiro surge quando as expectativas são frustradas: expectativas com relação ao que é a espiritualidade; expectativas com relação ao caminho nesse trabalho de desconstrução de um sistema de crenças, desconstrução da ideia de quem somos e do que é a vida em si; porque é disso que se trata, de tomar consciência daquilo que pensamos ser para poder chegar naquilo que somos.”

…………………………………….

“As dificuldades que nos desafiam repetidamente e que são focos de angústia, ansiedade, ou desconforto, se conectam com as nossas imperfeições, aquelas que já estão em condições de serem elaboradas e transmutadas. Isso acontece quando podemos acolher a nossa angústia, e olhar de frente para as dificuldades do nosso dia a dia. Se hoje você conseguir olhar de verdade para o ponto que drena a sua energia e se conscientizar dele, você terá também condições trazê-lo para a luz e entender que pode haver aí alguma questão com seu passado que você ainda não perdoou. Esse deve ser então o foco do seu trabalho: o despertar do perdão sincero. Aquele que irá te harmonizar com a sua história.”

………………………………………..

“Eu acredito que podemos receber o perdão que precisamos por meio da Graça Divina. Já vi isso acontecer muitas vezes, você pede a Deus essa ajuda para que consiga perdoar e ele atende. Isso integra o mistério da existência, a graça é a graça e não há como explicar. Acontece que mesmo sabendo disso e realizando as suas orações você não deve deixar o seu empenho pessoal de lado. Na verdade, você não deve esperar pela graça e sim trabalhar para adquirir o conhecimento que te permite alcançar a evolução que você precisa, o despertar da consciência amorosa, seja por meio do perdão, da gratidão ou da compaixão.”

…………………………………………

“Existem ainda entre nós formas de consciência muito densas, presas ao medo, ao ódio e a competição. O ego é ainda muito infantil e necessita a todo custo provar seu valor, o que é natural pois o ego precisa ser cristalizado nesses casos. Em contrapartida existem também outro grupo de almas que já se percebe em outro lugar e que por isso se sente completamente desencaixado. Independentemente de onde você esteja, é importante que saiba que estamos aqui com o mesmo objetivo que é desenvolver compaixão uns pelos outros e renunciar a ilusão da dualidade.”

……………………………………………

“Trabalhamos pela desconstrução de um sistema de crenças que tem como pilar central a sexualidade. A repressão da sexualidade não é exclusividade de alguns, esse é um fenômeno global, planetário e é a raiz da carência que é a mãe das misérias e de todas as dificuldades que vivemos. Então a nova sexualidade que inclui amor e meditação, intimidade de verdade, só vai se manifestar quando você primeiro se libertar da culpa. Quando você aceitar a sexualidade como um fenômeno natural da vida, quando puder se abrir para a experiência da unidade por meio da beleza que essa intimidade pode proporcionar.”

………………………………………………..

“Precisamos construir um caminho para a cura da sexualidade. Esse é um aspecto da vida que precisa ser purificado das crenças limitantes que dizem que sexo é sujo, é pecado, é terreno. Lembre-se então que você é humano, lembre-se que você é terráqueo, vamos procurar entender esse processo de integração sem excluir nada. Se alguma coisa fica de fora, entenda que pode se tornar uma porta aberta para o sofrimento, para culpa, para insatisfação, para inquietação. O despertar é um processo orgânico e um florescimento, assim como essa cura profunda também. Ele começa com a consciência de onde estamos para entendermos onde precisamos chegar.”

………………………………………………….

“O entendimento e a compreensão a respeito desse fenômeno da transição que se dá no mundo, pode acontecer por meio de uma leitura clara das mudanças que estão acontecendo dentro de você. Colocando a atenção nesse fenômeno interno, você pode compreender como se ajudar para que essa mudança aconteça com o mínimo de sofrimento e da forma mais rápida possível. Ficar consigo mesmo é a fase zero do processo. E de tudo o que falamos até aqui, considero que o mais importante é a auto-observação. Então vou insistir mais uma vez nessa poderosa ferramenta de cura e libertação. Ela é gratuita, acessível e que só depende de você.”

………………………………………………..

“Tudo o que você deseja como realidade é criado a partir do seu interior e passa pelo seu processo de autoconhecimento, pela sua reforma íntima, pela sua meditação. De nada adianta desejar a prosperidade e não reconhecê-la dentro de você, desejar o amor verdadeiro do outro sem descobrir o seu amor por você. Se você deseja o melhor fora e não trabalha para o melhor dentro, é bem provável que essa realidade externa não se sustente e te leve para situações repetitivas. Compreenda que é o seu estudo pessoal que te levará aonde você quer e merece.”

………………………………………………

“Sabedoria e amor são as duas colunas que sustentam o templo da consciência. Saber e ser. Meu primeiro Mestre aqui nessa Terra, Mestre Sammael, tinha um ditado assim: uma pessoa que só sabe mas não é, é um ignorante ilustrado; uma pessoa que só é e não sabe, é um santo ignorante. Trabalhamos para encontrar o ponto de intersecção, esse é o objetivo. No entanto, dedicamos milênios para o Saber. Agora se faz necessário que dediquemos um pouco mais de energia e mais tempo para o Ser.”

…………………………………………..

“Que você possa reconhecer e fazer valer o que você tem recebido de aprendizado por meio da vida, dos desafios que atravessa. Que você se abra para compreender que absolutamente tudo está dentro, não existe nada fora. Que você se reconheça merecedor da sua reforma íntima e que se dedique a ela com amor e entusiasmo. Que você transite com suavidade por sua jornada interior, reconhecendo seus limites e validando seus tesouros. Que você possa dizer: sou uno com tudo que há de belo, prazeroso e abundante. Que você se torne a manifestação plena da luz que te habita.”

……………………………………………..

Pérolas de Sri Prem Baba

“Faz parte da experiência humana lidar com a dor, lidar com a perda, lidar com o abandono, lidar com a traição… Nós temos que encontrar uma maneira criativa de lidar com o sofrimento sem fugir dele. Temos que aprender a respirar esse sofrimento e se desprender dele, entender que o sofrimento faz parte da experiência humana, assim como a alegria e a bem-aventurança. Quando compreendemos que a vida pode integrar todos esses aspectos, abrimos uma porta importante para o desapego, que libera o sofrimento instalado em nosso sistema.”

……………………………….

“É importante encontrarmos o ponto de equilíbrio entre matéria e espírito. Muito do que recebemos de entendimento e condicionamento ao longo da história fez com que negássemos uma primordial verdade: A prosperidade também é Deus. A partir dessa negação, criamos uma série de dificuldades para as nossas vidas, sendo a principal o aprisionamento na cela do medo da escassez. Deus é prosperidade e bem-aventurança e você é um filho dessa existência. Confie que é merecedor de tudo que há de melhor. Alinhe seus pensamentos e ações para que essas frequências possam se manifestar em sua vida.”

………………………………..

“Além de trabalharmos para identificar as crenças limitantes e de tomarmos consciência de que não somos essas crenças com o objetivo de dissolvê-las, vamos nos alinhando com os códigos divinos da prosperidade e da abundância na medida em que a gente compreende que os aspectos superficiais da vida: alimento, roupa, abrigo – estão a serviço de proteger a entidade humana na sua experiência, no seu religare.”

…………………………………..

“Estamos pouco a pouco nos tornando maduros o suficiente para completar a transição do NÃO para o SIM. Um processo que envolve abrir mão definitivamente do que não nos serve mais. Esse trânsito provoca sintomas que podem ser difíceis de experimentar: divisões, separações, ajustes. Ao mesmo tempo em que ocorre um reagrupamento de almas semelhantes e uma reintegração dos seres e seus propósitos reais. Por isso eu digo: coragem e firmeza para enfrentar o desapego, ele abre as portas para a liberdade que você tanto quer e merece.”

…………………………

“Quem é você por trás dessa identidade construída com base em informações vindas de fora? Quem é você e o que veio fazer aqui? Para que você acorda de manhã? Há algum tempo eu venho falando de Propósito, a coragem de ser quem somos. Te instigar com essas perguntas é uma maneira simples e efetiva que encontrei para te ajudar a ativar a lembrança de si mesmo. O propósito se apresenta à medida que vamos compreendendo o nosso papel dentro do jogo da existência.”

………………….

“Muitos falam do trânsito da terceira para quarta ou quinta dimensão. Eu prefiro falar em transitar do egoísmo para o altruísmo, do medo para confiança, da competição para a cooperação, do estado de separação e isolamento para a experiência da unidade. Transitar do ódio para o amor, gratidão e perdão. É esse movimento interno que irá te apresentar a um novo tempo, a uma nova realidade.

……………………………….

“A experiência da unidade ou a felicidade do Ser é conhecida na cultura védica como santosha. Essa expressão significa a satisfação interior, que independe do que esteja ocorrendo fora, do que acontece com você ou ainda das circunstâncias da vida. É quando a inteligência espiritual e a inteligência emocional atuam conjuntamente para promover a integração e nos harmonizar com a nossa real essência.”

……………………………..

“Muitas vezes nos perdemos por conta dos medos e esperanças. Medo de não atender às expectativas, medo de não agradar, medo de não corresponder, bem como a esperança de agradar, a esperança de corresponder. Nós temos que conseguir ir além do binômio medo/esperança e nos integrarmos com a essência do karma yoga: a ação verdadeiramente desinteressada.”

……………………………………….

“Muitas de nossas ações são motivadas pelo apego a algum resultado específico. Então, um importante exercício nessa etapa de transição é agir a partir de uma intenção genuína e amorosa, entendendo que não temos controle sobre o resultado de nossas ações. Renunciar ao fruto da ação significa fortalecer a nossa espontaneidade.”

……………………

“No caminho da autoinvestigação, o ego consciente dirige o estudo. Essa é uma ferramenta muito poderosa porque possibilita o autoconhecimento. É o autoconhecimento que vai te libertando, vai expandindo a sua consciência, vai resgatando partes suas que estavam escondidas. Eu trabalho para que você se revele a você mesmo, para que você possa se encontrar com a sua beleza, com a sua riqueza interior, com a sua potência realizadora.”

…………………………..

“O despertar espiritual só é possível quando você aceita quem você é, quando você não deseja mais um lugar diferente do que você está, quando você pode relaxar no aqui e agora. Aí então vagarosamente você vai se abrindo, vai desabrochando e espargindo o perfume que vem da presença. Vai fortalecendo o Ser que renuncia ao fluxo do tempo psicológico e pode vivenciar a existência de maneira plena, sem expectativas ou projeções.”

………………………………..

“Do silêncio nasce tudo que é verdadeiro e belo. Essa é uma máxima que insisto em repetir. Se você realmente deseja uma transformação na sua vida mergulhe no silêncio, relaxe no silêncio. É na prática do silêncio diário que você pode perceber a quantas anda a sua agitação mental e a partir daí se comprometer com o caminho da equanimidade que sustenta a harmonia interior.”

………………………………………

“Estamos atravessando um estágio de nossa evolução em que muitos se encontram em meio a uma reforma íntima. Outros querem iniciar essa reforma por estarem cansados de sofrer. Se esse é o seu caso, você começou a acordar do sonho coletivo que tem o sofrimento como epicentro. Se você está consciente desse sofrimento e da sua insatisfação de estar vivendo nesse mundo por vezes insano, você começou a se curar, você começou a acordar.”

…………………….

“Os maiores desafios dos relacionamentos são minimizados quando existe disposição em seguir se aprofundando na amizade, na parceria e na união. Quando existe disposição também para se auto responsabilizar sobre um conflito, para dialogar quando surge uma diferença, para falar com franqueza sobre as coisas que estão incomodando. A chave para sustentar a harmonia nas relações é o diálogo franco, gentil e respeitoso.”

………………….

“Quando você tem consciência do seu sofrimento e da sua insatisfação, você se torna também consciente do sofrimento do outro. Assim se inicia a transição do egoísmo para o altruísmo que é quando você começa a se mover em direção a compaixão, começa a espargir o perfume da bondade essencial onde mora o desejo de ajudar o outro. Esse é um dos mais belos objetivos do jogo da vida e das relações, nos tornarmos pessoas boas. Ser bondoso consigo mesmo e com o outro. Amar a si mesmo para poder naturalmente sentir amor pelo outro.”

…………………..

“O que é meditação? Meditação é quando você de fato se aquieta e pode manifestar o Ser. Esse Ser está em comunhão com a totalidade. Essa é uma experiência que precisa ser construída. Eu tenho ensinado a construir esse caminho começando com a prática do cultivo do silêncio, onde você não faz nada. Apenas fica quieto com os olhos fechados se auto observando. A essência da prática é a auto-observação. É criar um hiato entre você que observa e aquilo que está sendo observado, que são os seus pensamentos, emoções, sensações.”

………………………..

“Até que ponto você consegue se relacionar com o outro a partir da presença? É preciso ter coragem e olhar com profundidade para as suas ações e comportamentos dentro de seus relacionamentos. Identificar o que você constrói e o que busca quando se relaciona. Perceber se você acolhe, recebe e agradece de verdade. Se colocar com inteireza quando estiver com o outro, trazendo para fora seus sentimentos sinceros e desejando ao outro aquilo de melhor que você mesmo merece.”

…………………………………

“O fato de a sociedade como um todo estar ou não pronta para ir além das mazelas do ego e se relacionar de uma forma construtiva, saudável, amorosa e pacífica não importa muito. O que importa é se você, indivíduo, está pronto para dar esse passo e se comprometer com a paz e com o amor. Se você está pronto para desfazer os acordos com a guerra que te habita, para se reconhecer como filho da existência, como merecedor da harmonia e da paz. Se está pronto para amar e cuidar do outro como ama e cuida de si mesmo.”

…………………………………..

“O Ser em você não sofre. O Ser ou Eu Divino ou a Verdade em você, que está além das crenças, não sofre. Quem está sofrendo é o seu eu idealizado, aquele que tem medo de não corresponder. É com esse entendimento que aos poucos que você transita do falso para o real, da mentira para a verdade, da máscara para o eu verdadeiro. Te digo que estou caminhando junto com você nessa travessia e estou certo de seu encontro com o potencial criativo e alegre do qual sua essência é feita.

………………………………………….

“Podemos dizer que o propósito maior deste jogo chamado relacionamentos é acordar o amor, o amor consciente, o amor incondicional, o amor que é a seiva da vida. O amor é a fragrância do ser que somos. Estamos de alguma maneira matriculados nesta escola e por mais paradoxal que seja, estamos vivendo um processo de desescolarização, porque estamos desaprendendo a odiar. Estamos, então, lembrando de quem somos. Somos amor.”

………………………………………..

“A gente se move em direção ao amor ou a verdade de quem somos, nos reconciliando com tudo e com todos. Quando falamos em manifestar um novo mundo, estamos falando a respeito dessa essência onde não faz sentido guerrear porque ela está além da dualidade. Eu considero que vamos ser bem-sucedidos nesta reconciliação, com tudo, com todos e inclusive com as partes de nós mesmos que tivemos que deixar de lado por vergonha ou por medo.”

………….

“É só com humildade e gratidão que seremos capazes de perdoar e com isso soltar o passado e nos colocar no aqui e agora. Se você sente que o amor, a alegria e a espontaneidade em algum grau estão trancados tenha paciência, não se cobre, siga dando seu melhor para essa aventura de amar e ser livre. Vamos seguir trabalhando objetiva e subjetivamente focados na reconciliação da família humana.”

…………………………..

“É só com humildade e gratidão que seremos capazes de perdoar e com isso soltar o passado e nos colocar no aqui e agora. Se você sente que o amor, a alegria e a espontaneidade em algum grau estão trancados tenha paciência, não se cobre, siga dando seu melhor para essa aventura de amar e ser livre. Vamos seguir trabalhando objetiva e subjetivamente focados na reconciliação da família humana.”

………………………….

“Existem alguns valores que são fundamentais para um estado de paz em nossa sociedade, a democracia é um deles, direitos humanos outro. Uma educação efetiva precisa contemplar esses valores. A essência de um novo sistema educacional precisa considerar a habilidade em gerenciar emoções. Ensinar o diálogo pacífico que permite a solução de um conflito sem precisar se ferir nem ferir ao outro.”

…………………………….

“Um motivo para que você se sinta feliz e grato é poder adentrar a esfera do autoconhecimento. Um estudo que nos permite acessar lugares preciosos dentro de nós mesmos. Você pode, por exemplo, se sentir grato por poder identificar a falta de acolhimento e cuidado consigo e com o outro e, partir dessa percepção, fortalecer a parte que deseja perdoar, acolher e cuidar. O seu eu profundo abriga os tesouros de Deus, por isso te digo: não desanime e se entregue à sua busca pessoal, ela irá te revelar toda a beleza que te habita.”

………………………….

“Muitos me perguntam sobre essa necessidade gritante de mudanças na esfera social. Eu sinto que qualquer movimento nesse sentido precisar ser comandado pelo espírito, por essa inteligência superior, embora às vezes a gente se sinta impelido a sair fazendo e tomando atitudes porque a injustiça cresceu muito ou porque você faz empatia e sente compaixão pelos seus irmãos, pela natureza, pelos animais, pela própria vida. Esse é um momento que requer muita atenção e muita oração para criarmos o espaço em que essa inteligência superior se manifeste e aponte com clareza o que e como fazer.”

…………………………………..

“Deus nos guie no caminho da luz. Que esse seja um tempo de muito proveito, tempo de cura, de entendimento, de livramento, de libertação daquilo que nos aprisiona. Nos fortaleça para que possamos nos afinar com o silêncio, para termos a sabedoria de quando e como utilizar a palavra que edifica. Deus livrai-nos do mal que se apresenta por meio da distração, da falta de disciplina e compromisso com você e com nós mesmos. Permita-nos mergulhar o mais fundo possível no mistério da existência para podermos aprender o que precisamos aprender. Nos desperte para a beleza e para a simplicidade da vida e movimente seu amor através de nós. Que possamos nos reconhecer na sua unidade.”

…………………………………

“Eu desejo que você se torne cada vez mais um elo de fraternidade, respeito, amor e união entre todos à sua volta. Que todas as pessoas que entrem em contato com você possam sentir as vibrações da Divina Harmonia. Que você possa trazer para esse círculo de luz e cura aqueles que você sentir que necessitam. E que essa Luz se expanda através do que você diz e da forma como você se movimenta nas suas relações, no seu trabalho, na sua vida. Que você possa reverenciar a existência e possa percebê-la em todos os seres e em todos os lugares.”

Sri Prem Baba

 

 

Pérolas de Sri Prem Baba

“É possível dar passagem a uma nova maneira de viver na terra e nos alinharmos com as frequências da bem-aventurança e do bem-estar, desde que tenhamos também disponibilidade para aceitar as nossas imperfeições sem querer estar acima delas. As imperfeições são aspectos
de nossa personalidade que precisam ser integrados com consciência e amor.”

……………………………

“Todas as noites antes de dormir, faça uma avaliação de como foi o seu dia, do que pôde perceber de sombra e de luz em você. Se houve alguma batalha entre esses dois aspectos do ser, a sombra e a luz, verifique quem ganhou a batalha nesse dia. Proponho que busque uma avaliação imparcial e serena. Fique atento para não se culpar, para não se criticar. Uma avaliação sincera para saber como é que você está dentro desse jogo. E faça uso da oração. Peça força, peça inteligência espiritual, discernimento para dar conta da parte que lhe caiba, para aprender aquilo que você está destinado a aprender, integrar aquilo que você está destinado a integrar.

………….

“A sua dor é a mesma do seu vizinho e a mesma que milhões, eu me arrisco a dizer que bilhões de pessoas também sentem. Quando você vai entendendo que esta dor não é só sua, você começa a ir além do pessoal e começa a entrar em contato com o aspecto espiritual desse processo, que no mais profundo está a serviço de desenvolver a compaixão, de fazer você transitar do egoísmo para o autêntico altruísmo. Aí você começa a entender o jogo. Estamos numa escola e essa escola quer nos ensinar a reconexão com a nossa essência genuína, o amor!”

……………………….

“A família é portal de chegada e de saída, não tem como você se emancipar espiritualmente sem se resolver com a família, não tem esse “bypass”. É preciso olhar para o seu pai, para a sua mãe, muitas vezes deixar cair as suas lágrimas até que você possa ir para fora disso e compreender que cada um dá o que tem. Esse entendimento abre as portas para a gratidão de verdade. A partir dele muitas curas são alcançadas assim como muita beleza também. A verdadeira gratidão traz a verdadeira liberdade.”

………………………….

“Estamos entrando na sintonia com o Divino e entendendo que às vezes precisamos passar por algum expurgo kármico, uma purificação no nível do corpo e da alma. A cura é um alinhamento com o dharma, entendendo que saúde é um aspecto de Deus, do divino que nos habita.”

…………………………………..

“A impermanência é a principal marca da existência. O dia se transforma em noite, a noite em dia, uma estação leva a outra e assim sucessivamente. Esse é um importante ponto, tem aí um aprendizado para você. A impermanência, a transitoriedade envolve quebra de apegos, desfazer um sistema de crenças que gera dependência a uma determinada coisa ou situação ou ideias. Abrir assim espaço para facilitar a transitoriedade que se apresenta.”

…………….

“Esse é um momento onde estamos sendo impulsionados a ressignificar também as nossas relações. Tenho assistido a muitas rupturas e muitos reencontros em outros níveis, até mesmo famílias se separando e ao mesmo tempo uma família espiritual se reencontrando. A questão é: O que te motiva a estar junto? Que te motiva a estar junto com alguém? Muitas vezes quando você está precisando revisar relacionamentos vem uma sensação de caos mesmo, mas sinto que a chance de você sair desse caos para uma verdadeira ressignificação, nesse momento atual, é bem grande. A chance de encontrar clareza e entendimento é bem grande. Rezo para que seja possível. Que você encontre clareza. Entendimento. Que saiba para onde ir e como ir.”

…………….

“A empatia é a primeira nota da compaixão que é exatamente para onde precisamos nos mover enquanto seres espirituais. A empatia permite o cuidado. Cuidar é acolher, abraçar. Eu compreendo a compaixão como a mais bela saída para todos nós. A compaixão pela ignorância que nos habita e pela ignorância que habita o outro. O perdão possibilita fazermos empatia e sentirmos a compaixão. Perdoar significa se libertar do passado, um passado que foi identificado e compreendido. Caminhamos para conseguir essa libertação e sermos vitoriosos.”

……………………………………..

“Como você vive espiritualmente na Terra? Esse precisa se tornar um dos focos de sua atenção. A vida espiritual, ao contrário do que muitos julgam, não nega a matéria e nem os desafios do ser humano na sociedade. Trabalhar, ganhar dinheiro e ter as necessidades materiais atendidas, fazem parte da atuação de todos nós neste planeta. O que precisamos é buscar um equilíbrio, nos conectando com a lembrança de que somos seres espirituais em uma experiência como seres humanos.”

………………..

“A vida material e a espiritual quando se integram, contribuem de maneira equânime para sua libertação. Caminhe pela vida aceitando que sua atuação no mundo não precisa te escravizar. Ela deve se tornar o seu Sadhana, a sua prática espiritual.”

………………..

“Nada está fora, tudo está dentro. Aquilo que não está aqui, não está em lugar nenhum. Existe uma anatomia oculta. O corpo é como um templo que tem salões, quartos que estão fechados aos olhos da matéria, mas abertos aos olhos do espírito. Cada pontinho de acupuntura é uma porta de acesso a esse templo interior que nos conecta com diferentes dimensões da existência.”

…………………………….

“Que possamos ser merecedores de receber as respostas para as nossas perguntas, que possamos receber alívio, conforto para as nossas angústias. Especialmente, que possamos nos alinhar com a vontade do Espírito Divino Supremo.”

……………….

“Você não é o pensamento, não é a emoção, não é a criação da mente. Você é a testemunha que a tudo observa. As criações da mente às vezes são claras, às vezes são escuras, mas sempre passam. Você é o céu, permanece o mesmo, apenas observando o passar das nuvens, focando no espaço vazio entre elas, focando no eterno agora, nem passado e nem futuro.”

………………

“Aos poucos vamos aprendendo a observar com serenidade e distanciamento aquilo que sentimos diante das nuvens claras e escuras. Observar que a vida nos leva a momentos de contração e expansão; sofrimento e prazer; tristeza e alegria. É muito importante que aprendamos a navegar nesse mar que tem ondulações e passemos a reconhecer a maior qualidade da vida: a impermanência. Que você se torne suficientemente curioso para observar suas reações diante da impermanência.”

…………….

“O ser que somos é descrito nas escrituras sagradas como Sat Chit Ananda – existência, consciência, bem-aventurança – que, em uma linguagem mais coloquial é prosperidade, bem, amor, alegria, liberdade, saúde… Tudo aquilo que constrói, que une, que edifica é o ser que somos, é a verdade do que somos.”

……………….

“O Divino é o Ser em nós. Usando a linguagem védica, é o Atma. Mas o Atma é algo que talvez não estejamos prontos para compreender. Às vezes o interpretamos como alma, mas não é alma. Alma ainda é pouco para descrever. O Atma é a totalidade. Que possamos então aos poucos, nos mover em direção a essa compreensão, que coloca cada molécula do nosso corpo de acordo com a vontade divina, que é a vontade do Ser.”

………………………

“O caminho da autorrealização é a religião eterna – religião no sentido correto da palavra. Quando usamos a palavra religião no Ocidente, esquecemos que essa é uma palavra que vem do latim e significa religare – união da alma individual com o absoluto, é o caminho de volta para casa.”

…………………..

“Para remover o medo da minha vida, oh Sol, com seus planetas, que está nos dando a luz, faça de mim um canal para seu trabalho”. Olha que coisa mais maravilhosa! Esse é o apelo do Eu consciente para o Eu divino. “Faça de mim o seu instrumento, de forma que ninguém possa dizer que somos diferentes.”

…………………….

“O Eu consciente identifica a natureza inferior, identifica a ignorância, identifica a escuridão e se identifica com a luz. Se torna um com a luz. “Que eu seja um contigo. Que nossa ligação nunca seja quebrada. Que eu seja um canal da tua luz, da tua vontade. Quando a luz da tua realização vier até nós, ficaremos agradecidos”

……………………………..

“Compreenda que estamos nos preparando para transitar do “NÃO” para o “SIM”. Estamos nos preparando há algum tempo para transitar da intencionalidade negativa, da autodestruição, para a intencionalidade positiva, para nos amarmos e querermos o bem para nós mesmos, iluminando as diferentes áreas da vida: a profissão, o dinheiro, o sexo, as relações afetivas, as relações de amizade, família, saúde, espiritualidade. Ter o “SIM” fluindo em todas elas. Vamos aos poucos ancorando o “SIM”, ancorando a intencionalidade positiva, onde você deseja de fato o bem e o bem se manifesta, porque não tem nada distorcendo ele no caminho.”

……………………….

“Então, eu lhe convido nesse momento para experimentar olhar nos olhos da sua mãe mais uma vez e ver se agora sai com verdade, sai com sinceridade um: “Muito obrigado por absolutamente tudo. Muito obrigado, mãe.” Olha nos olhos do seu pai e veja se pode dizer com verdade: “Muito obrigado por tudo. Pelas alegrias, pelas tristezas, por tudo de maravilhoso e por tudo de terrível que eu dividi com você. Por todas as bênçãos e por todas as misérias. Muito obrigado.” Essa gratidão real e incondicional abre os portais para a liberação emocional, para a ressignificação do seu passado. Você redescobre o seu amor por si fazendo as pazes com a sua história.”

……………………………………

“A avareza é um fruto da ingratidão, da vingança, aquela que bloqueia o fluxo da prosperidade e gera um falso poder. O acúmulo é um falso poder. O verdadeiro poder está no fluir, que é a confiança de que as suas necessidades serão atendidas pelo universo. E quando você acorda isso, o medo não te pega mais. Mas é importante que esse conhecimento seja transformado em sabedoria através da experiência. E essa experiência começa pelo perdão, que desperta a gratidão e nos alinha com o fluxo positivo natural da existência.”

…………………………………….

“A lei do dar e receber é o eixo da prosperidade. Compreender isso te libera do medo da escassez. Você deixa de lado o medo de dar, porque entende que dentro desse fluxo não existirá falta de nada. Confie na dinâmica da existência, se entregue para navegar na confiança de que terá todas as suas necessidades atendidas.”

………………………………..

“Quando você acorda a verdadeira generosidade, você dá e recebe e isso é infinito. Você acorda a colaboração, a cooperação e você começa a ser uma luz no mundo, uma luz na sociedade, um canal para elevar os valores sociais.”

……………………….

“O conhecimento abre caminhos para que você possa compreender a iniciação que a vida te dá. A iniciação é a própria vida. Cada um tem seu tempo. Meu Guru me ensinou o caminho do bhakti yoga, que é encontrar ou realizar a unidade com o Divino através da devoção. E a técnica para isso é a oração, é você orar com sinceridade. Pedir a quem pode te dar. Pedir a quem tem para dar. Pedir por sabedoria. Sabedoria é a luz que dissipa as trevas da ingratidão e de toda a ignorância que vem com ela.”

…………………

“Temos falado da importância de iluminarmos a gratidão como uma condição básica para acessarmos quadrantes mais elevados da consciência. Tenho dito que a gratidão – ou devoção – abre os portais dos reinos celestiais dentro de nós. Porém, sabemos que pode ser desafiador agradecer de fato, por tudo. Tem coisas que são mais fácies de agradecer, outras que são mais difíceis. Tudo depende da sabedoria, que pode ser adquirida por meio da oração, do estudo e da prática.”

……………………..

 

“Faz parte da experiência humana lidar com a dor, lidar com a perda, lidar com o abandono, lidar com a traição… Nós temos que encontrar uma maneira criativa de lidar com o sofrimento sem fugir dele. Temos que aprender a respirar esse sofrimento e se desprender dele, entender que o sofrimento faz parte da experiência humana, assim como a alegria e a bem-aventurança. Quando compreendemos que a vida pode integrar todos esses aspectos, abrimos uma porta importante para o desapego, que libera o sofrimento instalado em nosso sistema.”

 

 

 

Flor do Dia – Sri Prem Baba

Flor do Dia

“Independentemente de estarmos sendo movidos por uma crença ou por uma consciência real, todos buscamos a mesma coisa: o amor e a liberdade. Nesse incrível laboratório que são as relações humanas, o experimento atual é sermos nós mesmos. Seguirmos pouco a pouco nos despindo das máscaras e dando nosso melhor na aventura do ser autêntico e único. Errando, acertando, nos enganando, nos encontrando, fechando, abrindo, descendo e subindo. O resultado é a real intimidade, aquela que promove a verdadeira união.”

………………………………………………………..

“O novo mundo, no meu entendimento, significa o fim da era da vítima. A coragem em renunciar a lamentação, a maledicência, a reclamação. O fim do crítico, daquele que está exigindo que você seja aquilo que você não é. O fim da mecanicidade, da máscara e da mentira. Estou falando do fortalecimento da espontaneidade. É assim que você vai abrindo caminhos para vivenciar esse novo. É através de você que ele se manifesta.”

………………………………………………………….

“Muitos ainda acreditam que a felicidade está lá fora e que pode ser comprada. Essa é uma das mentiras em que fomos programados a acreditar. A mentira nos faz tomar o falso como real e o real como falso. O momento em que estamos conseguindo acessar isso é singular e muito significativo. A partir dele nós podemos criar um núcleo disruptivo. Estou falando em manifestar o novo mundo a partir da verdade de quem você é. Romper com o falso e confiar na bem-aventurança que te habita.”

……………………………………………………..

“A maturidade nos relacionamentos traz uma lição primordial: não cair na armadilha de se fechar e ficar com raiva quando você é desafiado. Entenda que se você está em uma relação, ali existe material de escola para você. Existe com certeza aprendizado, autoconhecimento e evolução. O outro é um espelho que reflete o que precisa ser encarado e muitas vezes transformado. O amor e o perdão são os alicerces que sustentam a paz que você deseja em suas relações.”

……………………………………………………….

“O crítico interno é uma falha, uma armadilha do ego distorcido baseada na crença de que você não é bom o suficiente. A perfeição não é desse mundo. A Terra é uma escola de amor e perdão. Quando você começa a se tornar consciente do quanto se critica, você começa a sair do labirinto e pode então romper com esse condicionamento que te traz dor e infelicidade. Pode se reconectar com a alegria de ser quem você é. Se perdoar, se aceitar e se amar de verdade.”

…………………………………………………………..

“Estamos em meio a uma revolução de consciência cujo núcleo são as relações, nosso grande desafio enquanto humanidade. Muitos mestres passaram pelo nosso planeta para abrir caminhos a essa nova consciência, permeada de amor e união. Estamos sendo chamados individualmente a criar essa união por meio de nossas palavras, de nossas ações e da compreensão de que não somos separados. O momento atual nos desafia a gerenciar nossas diferenças com maturidade e amor.”

…………………………………………………………

“Para expandir a consciência é necessário começar a romper com o sistema de crenças. Identificar, por exemplo, a vítima que te habita para aos poucos romper com ela. A vítima é responsável pelo jogo de acusações que envenena as relações de diversas maneiras. Porém, ela não passa de uma ilusão, uma matriz que o eu inferior utiliza para te escravizar. Renuncie ao jogo da vítima e busque a autorresponsabilidade em suas relações. Ela é uma virtude importante que te direciona ao campo dos relacionamentos maduros e altruístas.”

…………………………………………………………….

“A sua verdadeira essência vem com a sua espontaneidade natural. É ela que te fortalece para atravessar os desafios das relações com leveza e entrega. Você pode facilmente identificá-la quando se percebe liberto da necessidade de agradar o outro para ser aceito. Quando chamar a atenção do outro deixa de ser a sua prioridade. Quando você pode relaxar no presente sendo apenas quem você é.”

……………………………………………………………..

“Um dos maiores poderes do ser humano é a palavra. Ela é como pedra que constrói e edifica, mas também destrói e mata. Nos encantamos e encantamos o outro com a palavra. Nesse momento de nossa existência aqui na Terra é urgente nos comprometermos com o uso dharmico, ou seja, o uso positivo da palavra. Eu sugiro que você fortaleça a sua presença, a sua atenção plena todas as vezes em que for falar com alguém. Auto-observação para perceber o que a sua palavra promove, para identificar o quanto você destrói e o quanto você pode construir.”

…………………………………………………………………….

“Para identificar a área da sua vida que está encoberta por um NÃO, é preciso muita honestidade. E honestidade é você com você mesmo. Eu posso ser um guia, um facilitador no processo de autodescoberta que implica a auto cura, mas a cura é você com você. Eu não curo você, você que se cura. É você que precisa se permitir entrar nesses lugares dentro de você. É você que precisa querer se conhecer e querer se libertar dessas algemas, que são as crenças limitantes. Então, firmeza no compromisso com você mesmo e com a sua liberdade. Firmeza em reconhecer o seu poder em liberar a sua felicidade, o seu prazer e o seu SIM para a vida.”

……………………………………………………………………

“Você é o dono do poder. Você cria a sua realidade e seu destino. A existência te presenteou com a liberdade de escolha, a Terra tem como lei máxima o livre arbítrio. Se você se reconhece preso a crenças limitantes, se já pode identificar as áreas da sua vida onde o NÃO opera, eu te convido a chamar e confiar no seu poder de cura que é o Deus que te habita. A sua Essência Divina é incrivelmente poderosa e pode operar o milagre que você merece.”

………………………………………………………………………..

“Um NÃO para a verdade maior de quem somos, é um limite, um impedimento para a expressão dessa verdade. Esse NÃO quando identificado pode ser então removido ou transformado em SIM. Você pode começar a partir de um diagnóstico simples: na área da sua vida em que o NÃO opera você se sente frustrado e de certa forma azarado, porque as coisas não fluem como você entende que merece. Em contrapartida, as áreas que possuem um SIM seguem desbloqueadas, a energia de realização flui, você se sente abençoado e com sorte. Olhe com honestidade para identificar os seus NÃOS e os seus SIMS. É a partir daí que o fenômeno do autoconhecimento opera para te libertar.”

………………………………………………………………………..

“Em essência somos livres, todos nós somos livres. Em essência somos prósperos, saudáveis e amorosos. A fonte da potencialidade pura nos habita. Em essência somos um SIM para tudo que é bom, alegre e próspero. Posso então afirmar que este SIM é o nosso eu real mais pro-fundo. Aos poucos vamos caminhando para sustentar a conexão com a essência original. Vamos fortalecendo as nossas ações por meio do pensamento altruísta e do desapego aos resultados. Vamos juntos promovendo a verdade que liberta.”

………………………………………………………………….

“Identificar o sistema de crenças que você aprendeu a confiar e que move as suas ações é o primeiro passo para transformá-lo e consequentemente assumir a responsabilidade pela construção do seu destino. Você consegue reconhecer o que te conduz por meio da auto-observação. Avalie se está podendo colher os resultados que deseja e merece, e faça uma relação honesta entre esses resultados e as ações que te levam até eles. É um estudo fino que requer compromisso e dedicação. A transformação se dá quando você pode verdadeiramente afirmar: eu sou merecedor de tudo que é bom, alegre e próspero.”

……………………………………………………………..

“Muitos de nós seres humanos, estamos sob o encantamento da palavra, porque em algum momento nos disseram: você é isso. Passamos então a acreditar que somos o que disseram que somos e temos usado o poder da palavra para encantar o outro, criando assim limitações. Temos feito isso de maneira inconsciente, nos movendo a partir de crenças a respeito de quem somos, de quem o outro é, a partir do julgamento do que é certo e do que é errado, do que se pode e do que não se pode. Esse encantamento é responsável por muitas de nossas insatisfações e frustrações. Coragem então para romper com mais essa amarra, para ancorar o que é real e abandonar o falso eu.”

……………………………………………………………….

“É importante reconhecermos e compreendermos o poder da palavra. Um poder que constrói, mas também que destrói. Que pode nos libertar, mas pode nos aprisionar. A palavra pode realizar a magia que cura por meio do entendimento que promove a liberação. E pode também fazer a magia que encanta o outro e encanta a si mesmo num lugar negativo. A palavra é mal utilizada quando afirmamos para nós e para o outro aquilo que não somos. Eu te convido então a observar com atenção plena cada afirmação que você emana e a partir daí se comprometer de maneira positiva, amorosa e honesta a utilizar esse valioso poder.”

…………………………………………………………………

“São bem raras as almas nesse mundo que não precisam passar pela escola dos relacionamentos. Para a grande maioria ela é a maneira de desenvolver determinadas virtudes, especialmente humildade, aceitação, igualdade, empatia. É também quando podemos ter os primeiros vislumbres da meditação, que acontece por meio da experiência da união. Se você já pode se entregar sem receios e com confiança a uma relação, se consegue permitir que o fluxo de amor desinteressado passe por você para chegar ao outro, você tem motivos reais para dar graças aos céus.”

………………………………………………………………….

“As crenças instaladas no nosso subconsciente geram os desejos, que impulsionam a vontade, que determinam as nossas ações, que por sua vez criam aquilo que entendemos como realidade, como destino, como situação de vida. O destino, então, pode ser modificado, as situações de vida podem ser modificadas desde que mudemos as nossas ações. Para isso temos que redirecionar os vetores da vontade, temos que reprogramar o nosso sistema de crenças, mudar o paradigma que nos faz acreditar em uma realidade diferente da que merecemos e queremos.”

…………………………………………………………………….

“O nosso eu mais profundo é Deus. Deus cria obstáculos e nos instiga a usar nossa inteligência para ir além da ignorância e nos aproximarmos cada vez mais Dele. Aonde quer que você se encontre então, chame pelo Deus que te habita, ore para que Ele dissolva o véu da ignorância, para que Ele ocupe sua mente que é a condutora de suas ações. Comprometa-se com o des-pertar da Divindade interna, chame por Deus e confie que Ele atenderá o seu pedido.”

……………………………………………………………….

“Óh misericordioso Senhor ou Senhora, nos dê a sabedoria e a luz. Remova de nós o véu das tendências maldosas. Apresente-se nas formas de Annapurna e Lakshimi, as Deusas do alimento e da abundância e nos ilumine. Através de sua forma traga o equilíbrio e a harmonia para a nossa vida material. Permita que a criação nos conduza de acordo com as palavras dos Vedas (Deus). Purifique-nos para que nos tornemos um com a Divindade. Acabe com o jogo do sofrimento e traga a luz para o jogo da alegria. Por favor venha e manifeste-se em todos os seres e em todos os lugares, mostre-nos a sua luz.”

Sri Prem Baba