Dica do Dia

A imagem pode conter: planta

“Quando a situação for boa, desfrute-a.

Quando a situação for ruim, transforme-a.

Quando a situação não puder ser transformada, transforme-se.”

E lembre-se: antes da ordem , o caos.

São apenas fases.

Afinador de Silêncios

mia.jpg

“Quando me viam, parado e recatado, no meu invisível recanto, eu não estava pasmado.
Estava desempenhado , de alma e corpo ocupados: tecia os delicados fios com que se fabrica a quietude. Eu era um afinador de silêncios.”
(Mia Couto)


Postado por Vera Lúcia no Vale da Lua Cheia em 8/17/2017 10:03:00 PM

Reconhecer sua realeza divina – Eclipse Solar da Lua Nova em Leão em 21 de agosto de 2017

21

RECONHECER SUA REALEZA DIVINA
ECLIPSE SOLAR DA LUA NOVA EM LEÃO,
EM 21 DE AGOSTO, 2017
Por Natalia Alba

“Sejam destemidos na busca daquilo que incendeia sua alma” ~ Jennifer Lee

Bênçãos, meus amados,

Estamos finalmente nos aproximando de nosso Novo Espaço Dimensional/Linha do Tempo, mais elevado, em que alguns de nós vimos transitando, nos ancorando e habitando durante algum tempo. Neste momento único na Criação, conforme vocês já podem saber, somos o foco para muitas civilizações e seres não-físicos, que vêm nos assistindo neste salto quântico, e outros que estão ainda tentando submeter, manipular e controlar o nosso Planeta.

Neste momento, as forças da luz e as forças da escuridão estão disputando o controle do Planeta. Todos nós sabemos que, na verdade, a escolha está em nosso íntimo, para finalmente concluir éons de manipulação e controle energético. A escolha também é sua para se unir com uma força ou outra, porque foi exatamente o livre arbítrio que nos trouxe até este momento de bifurcação.

O eclipse solar da Lua Nova, no crítico grau 28 de Leão, será o catalisador para que todos possamos escolher: seja continuar promovendo o velho, seja avançar para novos horizontes. Esse eclipse agirá como o que desperta a consciência, algo essencial para o coletivo, principalmente para aqueles que decidiram acessar uma oitava mais elevada.

Essas ondas ardentes despertarão a nova consciência, queimarão o velho, e se formos alinhados com sua frequência, poderemos trabalhar na autotransformação, por alquimia interna – obtendo a purificação necessária para o lugar aonde vamos.

No período do eclipse, temos forças opostas nos céus. Porque, sem oposição, nunca poderíamos experimentar todos os aspectos do que somos e do que não somos. Por um lado, temos a Lua em Leão, que diz respeito à capacitação própria e ao acolhimento do aspecto individualizado da Criação, que nós somos.

Leão é um signo muito corajoso, que se ama e se comporta como o ser soberano e capacitado que é, visto que nunca se esquece do seu verdadeiro potencial e de sua herança divina. Os leoninos se mantêm firmes nas próprias crenças, honrando-se e amando-se e a sua verdade acima de tudo.

Uma vez que Leão também rege o coração, é uma oportunidade para que possamos ir além do nosso senso limitado do eu, para o nosso Coração Superior, onde constataremos a sensação de unidade com o Todo.

Por outro lado, temos Aquário em oposição à Lua em Leão. Os aquarianos são humanitários, que estão a serviço não apenas de si mesmo, mas da humanidade. Nosso poder e força interiores podem ser direcionadas para ajudar o Todo, ao mesmo tempo em que podemos ainda preservar o nosso aspecto que é livre e único, vivenciando um aspecto individualizado da Fonte, na Criação.

Assim, o nosso desafio é transcender o eu humano egoico para encontrar a Unicidade – sem perder nosso poder e capacidade de discernimento.

Além disso, temos também um grande trígono de fogo, formado pelo Sol, Lua, Marte e o Nodo Norte em Leão; Saturno em Sagitário e Urano em Áries. Não somente temos as bênçãos das forças de luz trabalhando a nosso favor, como também as forças criativas que, com este grande trígono, estão nos mostrando de onde vêm a verdadeira criatividade, inovação e expansão.

Um espaço interno de amor a si mesmos e ao Todo. Pois Leão nos faz lembrar de que é essencial permanecer firmes em nossa verdade. Por outro lado, o Nodo Norte, que representa o futuro, é uma confirmação do lugar para onde estamos indo, para um novo espaço de consciência mais elevada, cujas frequências já estão sendo fortemente sentidas/integradas.

Para mim, a essência oposta desse eclipse, por estar no grau crítico de Leão, e como a frequência oposta do Sol em Aquário, juntamente àquele que desperta, Urano, em um trígono exato com o eclipse, será fundamental para um despertar planetário em massa.

Porque é nesse momento que cada vez mais almas estão começando a reconhecer-se como Mestres, Curadores e Seres Soberanos da própria experiência de vida e, portanto, deixando para trás uma velha era de escravidão mental e emocional.

Lembrem-se, amados, a liberação é feita diariamente, isso não é fácil, porque é desafiador terminar com eons de manipulação e controle mentais, principalmente em nossas células corpóreas e no plano emocional. Isso não é processo para um único dia.

Transformem-se em seus cuidadores e tenham compaixão por si mesmos, conheçam-se e ao seu corpo, saibam do que precisam a cada momento para se curar, se rejuvenescer e se acolher.

Não se trata de uma corrida, mas apenas com o desejo de evoluir, isso não ocorrerá, porque o trabalho interno deve ser feito continuamente, uma vez que estamos mudando sempre, e, portanto, acolhendo uma frequência nova e mais elevada.

Em um nível físico, algumas das muitas sensações provocadas por nosso processo de integração são: palpitações cardíacas, ansiedade, estresse e até “depressão”.

Se não são assuntos médicos, isso está solicitando-lhes que destruam tudo que ainda os mantém temerosos e que vocês não estão deixando vir à tona. Esses sentimentos ocultos estão enterrados tão profundamente em seu subconsciente e no plano emocional, que vocês terão que trazê-los à luz para poder enfrentá-los e desfazê-los.

Problemas estomacais são uma indicação de liberação celular. As ativações da glândula pineal são frequentes neste período também, porque vamos receber muitas revelações para a nossa jornada, assim como para ajudar os outros.

Se vocês estão experimentando uma mudança interna, que é semelhante à reprogramação de si mesmos ou ao trabalho de purificação, então, devem observar como os seus sentidos superiores/chacras não estão fechados, mas trabalhando de modo diferente. Deixem-nos estar e façam o seu trabalho interno, eles também estão se ajustando a uma frequência mais elevada, desconhecida do seu eu inferior até este momento.

As sensações físicas não são fáceis de se compartilhar, em um nível geral, porque vocês são únicos, e vão saber quais os aspectos de si mesmos que precisam ser liberados. Vai variar dependendo do papel exclusivo de sua alma.

Eu estou segura de que neste momento do seu caminho ascensional, vocês acolheram suas sombras, se familiarizaram com elas, e em vez de temer confrontar o desconhecido, acolheram-no com coragem, compaixão e com o amor que vocês são, que em lugar de separar e julgar, reúne Todos.

Em uma visão planetária, a grande cruz, que ocorre no momento do eclipse, entre Áries, Urano, Vênus, quadratura de Plutão e Júpiter vai se concentrar nos governos e no modo como eles utilizam o seu poder.

Isso pode produzir uma crise no coletivo, mas isso é o que vai desencadear a mudança necessária para uma mudança em massa, que poderia ficar oculta pelos eventos negativos. Novamente, esse é o caos necessário que o Universo utiliza para criar novamente.

Visto que esse eclipse ocorre na estrela fixa, Regulus, no coração de Leão, somos convidados a nos perguntar se estamos colocando o nosso poder, permanecendo firmes nele e curando, criando os desejos de nossa alma e ajudando altruisticamente os demais, ou se estamos distribuindo-o, tornando-nos seres impotentes regidos pelas circunstâncias exteriores.

Vocês são seres independentes, íntegros e corajosos que assumem plena responsabilidade por tudo aquilo que criam? Ou vocês ainda colocam a sua responsabilidade nos outros? Vocês sabem de onde se origina a verdadeira realeza?

Um espaço de união total com o nosso aspecto mais elevado de onde agimos todas as vezes? Vocês estão firmes em suas crenças e as compartilham? Ou vocês as ocultam de si mesmos com as muitas máscaras que o seu eu inferior manifestou – durante todos os seus anos como humanos – devido aos temores e a muitas outras formas de ilusão?

Vocês não se arriscam? Ou optam por novos horizontes, demonstrando aonde quer que vão e a todos que vocês tocam quem realmente vocês são, mantendo-se firmes naquilo que os tornam únicos? E a pergunta mais importante: Como vocês se comportam com aqueles que o seu eu inferior acredita que os magoaram? Como vocês os tratam?

Como vocês reagem ou não, demonstra se permanecem em seu poder. Um ser soberano não reagirá, nem se afastará, nem responderá de qualquer maneira. Por quê? Porque se lembra de que só se caminha na verdade, integridade e auto capacitação, quando a pessoa simplesmente governa o próprio ser e poder, e, portanto, desfaz qualquer coisa que não esteja vibrando no mesmo nível.

Vocês se mantêm firmes nos seus?
Ou vocês ainda escolhem envolver-se com as frequências inferiores?

A verdadeira realeza divina provém da lembrança de nossa Essência Divina interna, não da violência, nem da crença de que somos melhores ou superiores aos demais. Sentir-se régios é quando se percebe que pertencemos à consciência superior e que se isso ocorre, Todos pertencem também, portanto, vocês também os veem como seres poderosos e não como seres inconscientes sem esperança.

Quando isso acontece, o seu ego os tocou novamente. E vocês devem começar a reprogramar-se de novo, porque a nossa mente é como uma máquina, e é somente por nos reprogramar continuamente que podemos nos libertar das antigas crenças.

Anjos disfarçados caminham entre nós. Nunca houve em nosso Planeta uma época em que fôssemos ajudados por tantos Seres de Luz, invisíveis aos olhos humanos, na maioria das vezes, mas Presenças muito reais cuidando de nós, vigiando o nosso caminho ascensional e nos ajudando em tudo que podem neste domínio livre.

Sua tarefa é integrar essas energias, que queimam, desfazem o velho e os ajudam a começar novamente. A sua missão não é pedir perdão, nem confiar em forças externas, pessoas ou circunstâncias. Seu principal objetivo é SER e transmutar o que vocês sentem que não os está servindo mais.

Vocês não estão aqui para simplesmente pedir às forças superiores e aguardar. Vocês foram colocados aqui para se lembrar, ajudar, permanecer firmes em seu divino poder e na verdade que vocês são, e criar qualquer coisa que desejem experimentar.

Quando uma de suas criações não funciona, então, realinhem-se com o verdadeiro desejo de sua alma e tentem novamente. Pois sabemos que vocês são os únicos responsáveis por ressoar ou não.

Este momento, como não há outro na verdade, lhes está sendo oferecido para que se honrem, vejam tudo por onde andaram e o que conseguiram. Este não é um momento para se sentir incapazes de evoluir, confiar no externo, lamentar todos que os deixaram, porque estavam lhes fazendo um favor, acreditem ou não.

Este é um momento único na Criação, dado a vocês para que o acolham, o absorvam e o acessem com plena responsabilidade. Vocês temem isso? Ou finalmente acolherão um Caminho Superior de existir, embora não lhes seja familiar?

A cada momento nos é dada uma dádiva preciosa para despertar, evoluir, curar e ver com clareza o que precisamos para a nossa jornada. Vocês têm um momento especial em suas mãos, para deixar de prestar atenção em quem vocês não são mais, liberar seu antigo eu e acolher um verdadeiro e não recordado self. Vocês não estão deixando nada para trás, porque vocês estão acessando um caminho unificado, onde todos são Um.

Todavia, acolher e agradecer as bênçãos de ser um aspecto individualizado da Fonte, encarnado como X, é maravilhoso e necessário, enquanto continuamos a escalar esta eterna experiência evolutiva.

Aproveitem-na, respeitem quem vocês são, porque se trata de Deus vivendo por seu intermédio. Permitam-se experimentar uma jornada de expansão e autodescoberta infinitas.

Porque, quando vocês enviam ao Universo a sua pura intenção para fazer isso, novas portas se abrem para que escolham uma. Novas linhas do tempo, que eram invisíveis antes para vocês, estarão à disposição, e, com isso, a oportunidade de experimentar uma nova jornada repleta de muitas revelações que os conduzirão, passo a passo, para o lugar a que estiverem destinados.

Não é um momento para que se preocupem com quem estará lá para vocês ou não, isso não lhes diz respeito, refere-se a uma Vontade Superior, e tudo o que vocês precisam é confiar no divino e ter um desejo de abrir o seu coração para vivenciar tudo o que o seu Eu Unificado preparou para vocês.

Os portais estão se abrindo à medida que chegamos mais perto do espaço da quinta dimensão, em que iremos habitar. Interiorizem-se, comuniquem-se com a sua alma, libertem-se de todos os temores e escolham a sua porta/linha do tempo.

Que vocês sempre possam habitar na Presença Iluminada da sua Alma, meus amados, onde a clareza, a paz e o amor infinito estão sempre lá para que vocês os acolham. Feliz eclipse!

Com amor e luz infinitos.

Natalia Alba

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Permita-se desistir

 

Desista de correr atrás de pessoas que não o incluem em nenhum de seus planos, de se contentar com pouco, de sentir pena de si mesmo, de investir naquilo que não tem futuro. Há desistências que nos salvam.

Dá-se muita importância ao que se consegue, ao que se alcança, ao quanto vencemos na vida. Livros, filmes, reportagens são dedicadas a louvar as virtudes daqueles que venceram, que saíram da pobreza, que se tornaram famosos, pois jamais desistiram de seus sonhos. No entanto, poucos se lembram de que será preciso que desistamos, que abramos mão de muitas coisas e de algumas pessoas, caso queiramos persistir na busca de uma meta. Permita-se desistir.

Desista de correr atrás de pessoas que não o incluem em nenhum de seus planos, que mal se lembram de que você existe, que colocam seu nome no final de qualquer lista. Não se humilhe por quem não consegue enxergar tudo o que você tem a oferecer. Aproxime-se daqueles que sorriem ao ver você chegar, que se dispõem a ouvir o que você tem a dizer, que respondem suas chamadas, suas mensagens, seu olhar.

Desista de investir naquilo que não tem futuro, de gastar energia e tempo elaborando planos que não condizem com o que você é. Não procure carreiras rentáveis, não se perca em meio a gente hipócrita, que sabe o preço dos seus sapatos, mas desconhece a data de seu nascimento. Invista na sua qualidade de vida, nos sonhos que vão ao encontro do que existe dentro de você, do que faz seu coração vibrar.

Desista de se contentar com pouco, com metades, conformando-se com o que poderia – e deveria – ser muito melhor. Não caminhe por travessias menos coloridas, menos iluminadas, menos especiais, por conta de achar que já está bom. Queira mais, queira inteireza, amplitude, bonança afetiva, amor transbordante, gargalhadas de doer o estômago. Deseje preencher a dimensão exata de seus sonhos mais altos, nada menos do que isso.

Desista de sentir pena de si mesmo, de choramingar pelos cantos, correndo os olhos pelas vidas alheias, enquanto desperdiça os momentos que anseiam por preencher a sua jornada. Não inveje, não se compare com o outro, não se esqueça do que e de quem já está com você, enquanto assiste aos acontecimentos que não são seus com sentimento de derrota. Nunca estaremos derrotados, enquanto vida houver, enquanto pudermos levantar a cada manhã, com tudo ali à nossa frente nos esperando.

Nem sempre estaremos bem, nem sempre poderemos contar com as pessoas, nem sempre conseguiremos conter as lágrimas que insistem em cair. Enfrentaremos dias e noites sem fim, sem luz, momentos de dor e desalento. Teremos perdas inconsoláveis, decepções doloridas, escuridões em que não conseguiremos ver saída. No entanto, caso tenhamos desistido de sofrer por tudo o que era inútil, estaremos fortalecidos junto ao amor com reciprocidade, ao consolo sincero e providencial de gente que ficou de verdade. Porque então teremos feito as desistências que salvam.

http://www.contioutra.com/permita-se-desistir/

Quando as calamidades acontecem

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Quando as calamidades acontecem
No que diz respeito à maioria da população, que ainda está inconsciente, só uma situação-limite crítica terá o potencial para rachar a dura casca do ego e forcá-lo a render-se e assim entrar num estado desperto.

Uma situação limite ocorre quando, através de alguma calamidade, convulsão social drástica, perda profunda, ou sofrimento, todo o seu mundo se estilhaça e deixa de fazer qualquer sentido. É um encontro com a morte, seja ela física ou psicológica. A mente egoica, criadora do mundo, entra em colapso. E das cinzas do mundo velho surge então um mundo novo.
Não há garantia, evidentemente, de que mesmo uma situação-limite o consiga, mas o potencial está lá sempre. A resistência de algumas pessoas ao que é até se intensifica em tais situações, que assim se transformam numa descida aos infernos. Noutras, poderá haver apenas rendição parcial, mas mesmo isso lhes proporcionará uma certa profundidade e serenidade que não tinham antes. Parcelas do ego quebrar-se-ão, e isso permitirá que brilhem pequenas quantidades de esplendor e de paz que residem para além da mente.
As situações limites têm produzido muitos milagres.

Houve assassinos que, no corredor da morte, esperando a execução, nas suas últimas horas de vida, tiveram a experiência do estado sem ego e da alegria e paz profundas que o acompanham. A resistência interior à situação em que se encontram tornou-se tão intensa que provocou um sofrimento insustentável, mas eles não tinham lugar para onde fugir nem havia nada a fazer para lhes escaparem, nem sequer um futuro projetado na mente. Viram-se assim obrigados a uma total aceitação do inaceitável. Viram-se obrigados a render-se. Desse modo, puderam entrar no estado de graça que acompanha a redenção: completa libertação do passado.

É evidente que não é a situação-limite que abre espaço para o milagre da graça e da redenção, mas sim o ato de rendição.
Por isso, sempre que qualquer espécie de calamidade acontecer, ou quando alguma coisa correr realmente “mal” – a doença, a incapacidade física, a perda do lar, da sua fortuna ou da sua identidade socialmente definida, o fim de um relacionamento íntimo, a morte ou o sofrimento de um ente querido, ou a sua própria morte iminente – fique ciente de que a situação tem outra face, de que você se encontra apenas a um passo de alguma coisa incrível: uma completa transmutação alquímica do metal base da dor e do sofrimento em ouro. Esse passo chama-se rendição.
Não quero dizer que você se sentirá feliz numa tal situação.

Não se sentirá. Mas o medo e a dor serão transmutados em paz e serenidade interiores, que vêm de um lugar muito profundo – do próprio Não-Manifesto.

É a “paz de Deus, que ultrapassa toda a compreensão”.

Comparada a isso, e felicidade é uma coisa bastante insípida.

Juntamente com essa paz radiosa vem a compreensão – não apenas ao nível da mente, mas de dentro, do fundo do seu Ser – de que você é indestrutível, imortal. Não é uma convicção. É uma certeza absoluta que não necessita de evidência exterior nem provas de qualquer fonte secundária.
Eckhart Tolle

Pessoas que irritam

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up

PESSOAS QUE IRRITAM….

Por mais espiritualizados que nos consideremos, tem gente que simplesmente nos irrita! Todos nós temos pessoas em nossas vidas que nos incomodam, nos irritam ou nos deixam reativos.

Mas a verdade é que essas pessoas estão aqui para nos ajudar a crescer. Imagine se elas batessem à sua porta e dissessem: “Olá, fui enviado até aqui como um mensageiro para lembrá-lo de lidar com sua raiva, sua impaciência, etc. Vou fazer alguma coisa que irá provocá-lo e assim você terá uma oportunidade de escolher como irá reagir.”

Todos aqueles que nos incomodam estão apenas nos mostrando o que podemos melhorar em nós.

~ Yehuda Berg ~

As energias do Agora

agora.jpg

AS ENERGIAS DO AGORA
Mensagem de Kara Schallock
14 de Agosto de 2017

Os Eclipses são poderosos para a mudança e eu honro a Simplicidade disto. Não entro na promoção destes e vejo que há muito disto e não sigo a multidão… Mas honro a escolha de todos. Nesta Nota da Ascensão, não irei passar o tempo glorificando o próximo Eclipse Solar, mas sim, irei falar sobre a energia subjacente nele.

O Eclipse e quaisquer rótulos que usemos depreciam a mensagem. Quando usamos rótulos, seja nos descrevendo ou definindo algo, nós somente tocamos a superfície, em vez de nos aprofundarmos.

Como você sabe, estivemos capacitando através de nossas formas únicas e mantendo a antiga matriz da 3D com vida, apegando-nos às velhas crenças, padrões e outras maneiras que acreditávamos serem verdadeiras. Passamos por ilusões, questionando tudo.

Este não é tanto um questionamento intelectual, mas um sentimento em algo que nos foi dito e percebendo que pode ser uma mentira encobrir a verdade de algo. À medida que a nossa intuição se fortalece, vemos e sentimos através de qualquer ilusão, de modo que podemos nos libertar da velha matriz. Isto inclui os eventos atuais e a história, seja em nós ou ao nosso redor.

Estivemos também liberando através de nossos corpos físicos.
Não é divertido, mas necessário.

Em minha meditação, eu perguntei se os nervos “em fogo”, no lado esquerdo inferior do meu corpo eram realmente uma Transformação para serem cristalinos. A resposta foi “sim”. Foi também uma liberação de antigas toxinas, enquanto o meu corpo se ajusta.

Sei que cada ser está experienciando algum tipo de ajuste físico, criado por você, para você. É melhor não tentar se agrupar em algum tipo de generalização, mas honrar o seu próprio processo, pois cada um é único na forma com que expressa a própria Divindade e tudo o que acontece com ele.

Talvez, também isto possa nos mostrar velhas crenças, como: “Estou doente. É melhor ver o médico”.

Ou: “Eu quero ver se o que estou experienciando é o que os outros estão experienciando”. (a necessidade de pertencer a um grupo). Sei que há muitas crenças que este ajuste pode trazer. Observe mais atentamente a manifestação física.

Respire e faça estas perguntas:

Vejo a Justiça Divina em todas as situações?


Assumo a responsabilidade por tudo em minha vida (não pelos outros, mas pelas suas próprias situações de vida)?


Continuo me separando, culpando os outros, seja neste meu pequeno círculo, ou no cenário global?


Percebo que crio as minhas circunstâncias através de minha própria consciência?


Eu sei realmente que não sou uma vítima?


Que eventos externos refletem o que eu ainda mantenho interiormente?


Qual é a verdade em cada situação que eu experiencio?


Estou ou não vendo a grande cena?


Confio na Ordem Divina/Justiça Divina ou ainda estou praticando e mantendo a dualidade através do julgamento?

Responder a estas perguntas pode ajudá-lo a se desligar completamente da matriz da 3D. É claro, isto não é tudo o que é preciso. Devemos deixar ir completamente tudo o que nos retém no velho.

Devemos estar absolutamente dispostos e comprometidos em estar no Novo e confiarmos em nossa jornada “sem destino”. Devemos estar dispostos a permitir que as nossas vidas sejam completamente diferentes.

Compreenda, também, que quando você libera, aqueles em sua vida que querem mantê-lo em seu antigo papel, podem resistir ao seu caminho, e isto pode não ser agradável. Você não está aqui para agradar os outros. No entanto, você cria a sua vida: esteja aberto às instabilidades da mudança. É uma bela maneira de ser, se você estiver comprometido com o seu Caminho da Ascensão.

Você pode fluir com as mudanças, ou está sentindo como se estivesse chutando e gritando, como se estivesse sendo arrastado para algum lugar que você não quer ir?

Lembre-se de que você escolheu isto. Qualquer resistência certamente cria uma energia de atração/repulsão dentro de você, assim, comprometa-se totalmente ou não.

Muitos percorreram ou percorrem um Labirinto… seja interior ou exterior, ou ambos. O Labirinto foi criado pela primeira vez pelo Rei Salomão, como um Compromisso com a Fonte. Ao percorrê-lo, somos lembrados de que eles/nós incorporamos tanto o Feminino Divino quanto o Masculino Divino e que não estamos separados da Fonte ou de qualquer outra coisa.

No centro do Labirinto, há um despertar completo, compreendendo que o nosso corpo físico é um templo sagrado. Percorrer o Labirinto é trazer o Céu à Terra, criando a Nova Terra. Somente o Amor existe aqui, dentro de nós. O Labirinto simboliza a nossa vida e somos convidados a nos aventurarmos para o centro (Coração) para a comunhão completa com e como a Fonte. Devemos ver que somos Divinos e nada menos. Divindade = Amor.

A energia de todo este mês é para nos ajudar a derrubar tudo o que percebemos como sendo uma limitação. Podemos usar a energia deste mês para ultrapassarmos o antigo e empoderarmos o Novo.

Onde você se retém, onde você se limita? Saiba que você pode transcender qualquer maneira pequena e limitada de viver a vida, vivendo de forma grandiosa. A cada vez que você medita, você fortalece a sua determinação de mudar para uma marcha mais elevada. Você não precisa esperar: faça-o agora.

Nossa Nova Rede do Corpo está no lugar agora. Ela é criada e ativada a cada vez que nos concentramos e integramos uma Essência da Alma, tais como o Amor, a Alegria, a Paz, a Responsabilidade (por si mesmo), a Abundância e muitas mais.

Concentrar-se em uma ou mais Essências da Alma na Rede de nosso Corpo cria a vida que é construída a partir destas essências. É o mesmo com a Rede da Nova Terra, que está ancorada na Terra. A cada vez que integramos uma Essência da Alma, nós empoderamos a Rede da Nova Terra, de modo que há um contínuo fortalecimento nosso e do Novo através de nossas escolhas.

Uma prática importante para ajudá-lo a integrar mais Amor em você e afastar o pensamento
dualista de “Eu irei gostar de você, se você for como eu.” Se você julga o outro como “ruim”, onde em você, você se mantém “ruim”? Todos os seres são Amor. Não retire o seu Amor deles apenas porque você pode vê-los com olhos de desdém.

Talvez, estes seres sejam aqueles que precisam serem mais amados. Não admoestados ou julgados. Veja o Amor em todos. À medida que o antigo se transforma, pode parecer como se ele estivesse se tornando mais forte. Isto é uma ilusão. Você ajuda a fortalecer o velho ao praticar qualquer tipo de dualidade, que está ainda dentro de você, se você estiver em algum julgamento ou medo.

Embora vejamos e sintamos as muitas mudanças dentro e ao redor de nós, temos ainda um longo caminho a percorrer, até que nada mais sejamos, que não seja o Amor. Você pode apressar isto ao se comprometer e se alinhar com o Novo, com o Amor.

Abra o seu Coração, pois é aqui que a Alma/Eu Superior se conecta com você. Funda-se com a Alma, de modo que não exista nada além do amor em você. Entregue qualquer resistência ou teimosia, ou insistência de que você está “certo” (em oposição a “errado?”) para o Amor.

Se você tiver planos, deixe-os ir. Substitua-os por intenções do Coração (não intenções da cabeça). Os planos o tiram do Agora. Entenda que os planos são ilusões. Eles são o velho. Somente ao estar no Momento do Agora, ajuda-o a avançar, momento a momento.

Mantenha o seu foco em como você quer se sentir. Isto só cria o futuro. Abra mão dos detalhes e simplesmente siga a sua orientação a cada momento. A Fonte não tem planos, pois os planos criam uma caixa de limitações. A Fonte é apenas Amor e nunca irá interferir com o seu Livre Arbítrio. A Fonte guia e não dirige e nem controla.

Continue a permitir que as emoções borbulhem, de modo que você possa transformá-las em Amor. Em outras palavras, não as leve de volta ao seu esconderijo. Elas podem se esconder e entrar em erupção em momentos perfeitos, pois cada emoção o leva a uma crença mais profunda. Estas emoções também escondem quem você realmente é, colocando uma camada de esquecimento ao seu redor, como um manto.

Uma grande emoção para a maioria é o medo. O medo de não ter o suficiente, medo de não fazer o suficiente, medo do desconhecido, medo de ficar fora do controle, medo de ficar sozinho… e a lista continua. Libere todos os seus medos na Rosa Sagrada e então preencha com o Amor da Fonte… para substituir o que você liberou. Isto transforma o medo e outras emoções em Amor.

Lembre-se de que tudo é vibração.
O que você é interiormente, é o que atrai fora de si mesmo.

Como é acima, é abaixo.
Como é no interior, é no exterior.

Lembre-se também de que não se trata de fazer tanto quanto se trata de Ser. Você faz através de Ser. Tudo o que você experiencia aumenta a sua Consciência e quando você está completamente desperto e consciente, você faz escolhas que estão alinhadas com quem você é.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
http://www.soulsticerising.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br